Rádio Web do Sertão

Anuncie Aqui!

 

Publicidade

 

 

 

Denucie

 

Curta no Facebook

Nos dias 07 e 08 de abril, a Prefeitura Municipal de Serra Talhada, através da Secretaria de Agricultura e Recursos Hídricos e em parceria com a Universidade Federal Rural de Pernambuco – Unidade Acadêmica de Serra Talhada, realizou o cadastramento de 30 (trinta) pescadoras que serão beneficiadas com o curso de capacitação em “Aproveitamento de Resíduos de Pescado: Artesanato com Escama e Pele de Peixe”, junto à Colônia de Pescadores Nossa Senhora Aparecida.

No geral, duas comunidades rurais foram beneficiadas, sendo Cachoeira II e Serrinha. Ao todo foram formadas 3 (três) turmas que receberão cada uma quatro aulas, teóricas e práticas, de cinco horas cada, totalizando uma carga horária de 20 horas por turma. A previsão de realização das aulas é para os meses de maio, junho e julho de 2018.

“Este Projeto vem em um momento crucial para os pescadores e pescadoras, depois de sofrerem com a diminuição da disponibilidade dos recursos pesqueiros naturais devido à forte seca que castiga toda a região Nordeste. Agora, os artesanatos produzidos com a escama e pele de peixes poderão resgatar e até superar o déficit financeiro da renda familiar destes trabalhadores rurais”, destaca o secretário José Pereira.

A expectativa por parte de todos os membros envolvidos no Projeto é muito grande e a projeção é que já no mês de agosto a comercialização das biojóias seja iniciada em Serra Talhada.