Prefeito Ângelo Ferreira entrega ambulância em Albuquerque Né e comunidade comemora

A população do distrito de Albuquerque Né recebeu na manhã dessa sexta-feira (7/05) mais uma importante ação do Governo Municipal de Sertânia. O prefeito Ângelo Ferreira esteve na Vila para fazer a entrega de uma ambulância que servirá aos moradores daquela região. O transporte foi adquirido com recursos próprios da Prefeitura, no valor de R$ 87.826,000. O veículo ficará à disposição para qualquer emergência.

“Saúde é uma prioridade no nosso governo. Essa é a 13ª ambulância que entregamos ao povo sertaniense, além do Hospital, também vilas e povoados já foram beneficiadas, como Cruzeiro do Nordeste, Caroalina, Rio da Barra, Algodões e Henrique Dias e hoje estamos fazendo a entrega aqui na Vila Albuquerque Né. Sabemos das dificuldades que as pessoas daqui e dos sítios vizinhos enfrentam,  quando precisam se deslocar em casos de urgência e emergência de saúde, por isso, a ambulância vem atender uma demanda local e mais que isso, cumprir com o nosso dever de gestor público que é oferecer ao povo a garantia dos seus direitos. Essa não é uma conquista da Prefeitura, mas do povo de Albuquerque Né”, destacou o prefeito.

Com esses veículos os pacientes da comunidade vão dispor de mais agilidade, segurança e conforto quando necessitarem serem atendidos de forma emergencial no Hospital Maria Alice Gomes Lafayette, na cidade de Sertânia.

Os moradores ficaram bastante satisfeitos com a entrega. “Era o sonho de Albuquerque Né ter essa ambulância. O prefeito prometeu e cumpriu. Hoje estamos recebendo esse transporte que vai servir a população de Albuquerque Né e de toda região, disse o senhor Pedro Mercês de Oliveira, de 64 anos, que mora na comunidade. Já dona Severina Maria da Silva, 46 anos, também demonstrou muita alegria com a chegada da ambulância. “Às vezes nós precisávamos e não tínhamos um carro para nos levar para o hospital e agora nós temos uma ambulância. É outra vida”, disse ela.

A iniciativa representa um conjunto de investimentos feitos pelo Governo Municipal na saúde do município.

PROJETO “MÚSICA EM MOVIMENTO” ESTREIA VISITANDO UNIDADES DE SAÚDE

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira deu início nesta Sexta (07) ao projeto “Música em Movimento”, que tem por objetivo, nesse contexto de pandemia, em levar música de qualidade para diversos locais, cumprindo um roteiro itinerante.

Os músicos da Escola  Municipal de música Bernardo Delvanir Ferreira, coordenados pelo maestro Cacá Malaquias, percorreram diversas unidades de saúde no município, levando um repertório especial para pacientes e profissionais de saúde. O evento também contou, em seu repertório, com canções alusivas ao dia das mães, numa homenagem simbólica.

Nessa primeira edição, o projeto percorreu a unidade de campanha dia da covid 19, a UPA-E e Hospital Regional Emília Câmara. “Visitamos os equipamentos da saúde com o intuito de levar um pouco de música aos pacientes e funcionários  que estão nessa pandemia se doando tanto pelas pessoas. Sabemos do poder que a música tem em acalmar o coração, aliviar as angústias, trazer um pouco de paz e relaxamento, chegando até a alma das pessoas,” destacou o Secretário de Cultura e Esportes, Augusto Martins, que fez questão de agradecer às parcerias com as Secretarias de Educação e de Saúde.

Para a atividade, todos os músicos utilizaram equipamentos de proteção individual, para prevenção da Covid.

Em Sertânia, Mães foram homenageadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania

A ação celebrou as mães da cidade, do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo e do Programa Criança Feliz

Na manhã desta sexta-feira (07) mães da cidade de Sertânia, localizada no Sertão do Moxotó, foram homenageadas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania. Foram distribuídas flores naturais e frascos contendo álcool em gel 70% às mães que passavam no Centro da Cidade, onde aconteceu a ação. O objetivo é mostrar a importância e o papel que toda mãe tem dentro da sua família.

A atividade foi iniciada na quinta-feira (06) celebrando as mães atendidas no Centro de Referência e Assistência Social através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo do Programa Criança Feliz, que começaram a receber dos educadores e visitadores sociais flores e chaveiros. Devido à pandemia do novo coronavírus, para evitar aglomerações, os educadores iniciaram as entregas nas residências distribuindo essas lembrancinhas simbólicas. A atividade acontecerá todo esse mês até que todas as mães sejam contempladas.

O secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania, Paulo Henrique Ferreira, ressaltou a importância do Desenvolvimento Social na cidade para promover o fortalecimento do vínculo familiar na garantia de uma melhor qualidade de vida e bem-estar da população.“Essa homenagem visa demonstrar o importante papel que as mães têm dentro da família, sendo um ponto de equilíbrio e também exercendo um papel na sociedade. Parabenizo as mães sertanienses e a toda a equipe da Secretaria. Juntos, temos realizado um trabalho importante no sentido de fortalecer a política da assistência social em nosso município”, disse.

Uma das mães que recebeu a lembrancinha enquanto passava no local do evento foi dona Antônia Ivonete, de 66 anos, residente no povoado de Waldemar Siqueira. “Deixo aqui meu gesto de gratidão. Isso é um reconhecimento e eu fiquei muito emocionada”, contou. Já Jucielle Cordeiro, mãe de João Pedro (06 anos), e que está prestes a dar à luz a José Davi, contou que nunca viu uma ação como essa antes. “Isso mostra que somos importantes, é um ato que valoriza e reconhece o nosso papel. Parabéns a todos da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania por essa iniciativa”, disse.

PREFEITURA DE AFOGADOS LANÇA PROJETO MUNICIPAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR

 

O Prefeito de Afogados da Ingazeira participou nesta sexta (07), na sede do Centro de Referência em Assistência Social, do lançamento do Projeto Municipal de Segurança Alimentar. Acompanhado da Secretária Municipal de Assistência Social, Madalena Leite, e dos gestores dos diversos programas que integram a Secretaria – CRAS, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e Criança Feliz – o Prefeito entregou cestas com alimentos a 48 famílias em situação de vulnerabilidade social.

As entregas ocorrerão a cada 15 dias, com meta inicial de atendimento de 50 famílias. Foram atendidas gestantes e mulheres em fase de amamentação e famílias atendidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. Ao todo foram doados 1.500 quilos de alimentos, obtidos através do Programa de Aquisição de Alimentos, junto aos agricultores familiares do município. As cestas com produtos do PAA serão doadas a cada 15 dias. As cestas básicas com produtos doados com recursos da Prefeitura, mensalmente.
Cada família recebe uma cesta montada com os seguintes produtos do PAA: batata-doce, banana, melancia, macaxeira, abóbora, laranja, tangerina, cebolinha, coentro, couve, ovos, carne bovina, mamão, feijão verde. Na cesta básica, a Prefeitura inclui também dois quilos de açúcar, dois quilos de arroz, dois quilos de feijão, dois biscoitos, dois pacotes de fubá, dois pacotes de café, dois de macarrão, duas bolsas de leite, 01 óleo de cozinha e uma margarina.


Durante a entrega, as mães também receberam lembrancinhas produzidas pela Secretaria de Assistência Social, em alusão ao dia das mães, que será celebrado nesse domingo. Representantes do grupo “idosos conectados”, assistido pela secretaria, também participaram da atividade.

“Essa é uma ação crucial nesse contexto de pandemia, de insegurança alimentar, com tantos passando por tantas dificuldades. Precisamos chegar junto, em auxílio aos mais vulneráveis. O poder público deve direcionar suas ações para poder atender a todos, mas, sobretudo, aos que mais precisam,” destacou o Prefeito de Afogados, Alessandro Palmeira.

“Essa distribuição dos produtos do PAA será quinzenal. Já as cestas básicas que adquirimos com recursos próprios da Prefeitura, terá a distribuição mensal. Quero aproveitar para agradecer a todos os funcionários e gestores da assistência social pelo trabalho e dedicação para que esse projeto pudesse ser lançado. E parabenizar também a todas as mães afogadenses pelo nosso dia,” afirmou Madalena Leite, Secretária Municipal de Assistência Social.

Miguel Coelho apresenta potencial da fruticultura a Eduardo Bolsonaro e ao presidente do BNDES

O prefeito Miguel Coelho recepcionou, nesta sexta (07), o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro. A visita das duas autoridades ao Sertão do São Francisco teve como objetivo conhecer os potenciais da fruticultura e do turismo.

Em uma das principais fazendas da região, o prefeito Miguel Coelho mostrou o processo de produção e preparo para exportação de frutas como a manga e a uva. Durante a conversa, o gestor falou sobre a importância do segmento para a economia local. A região de Petrolina é a maior exportadora de uva e manga no Brasil, além de referência em irrigação.

O prefeito de Petrolina também conversou ainda com Montezano e Bolsonaro sobre os potenciais do turismo de lazer e de negócios do Sertão do São Francisco. “Petrolina é exemplo de sucesso. Mesmo com a pandemia, nossa região consegue manter crescimento na produção e na geração de empregos. Muito disso se deve à fruticultura irrigada. Mostrei para o presidente do BNDES e ao deputado Bolsonaro que com mais investimentos públicos podemos expandir o desenvolvimento”, disse o prefeito após o tour.

Pernambuco recebe mais 40,6 mil unidades da Coronavac para segundas doses

Pernambuco recebeu, às 7h52 deste sábado (08.05), mais 40,6 mil doses de vacinas contra a Covid-19, da Coronavac/Butantan. O novo lote será destinado exclusivamente para a segunda dose de idosos, além de trabalhadores das forças de segurança e salvamento do Estado. Os quantitativos já estão sendo verificados e separados pelo Programa Estadual de Imunização e seguirão ainda hoje para todas as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres), onde ficam à disposição para retirada pelos gestores municipais.
“Recebemos, hoje, a terceira remessa de vacinas desta semana, o que vai nos permitir dar prosseguimento à imunização da nossa população, inclusive de grupos prioritários recém-iniciados. Mas ainda aguardamos que o governo federal cumpra com o planejamento inicial e envie todo o quantitativo de doses que foi acordado, para que possamos consolidar a vacinação dos grupos que já haviam recebido a primeira dose e iniciar a imunização de novos segmentos”, afirmou o governador Paulo Câmara.
Embora o quantitativo possibilite que os municípios consigam avançar na segunda dose dos idosos, o secretário estadual de Saúde, André Longo, reiterou a advertência feita pelo governador, lembrando o passivo do Ministério da Saúde com o Estado, de mais de 71 mil doses da Coronavac/Butantan para finalização dos esquemas vacinais. “Esperamos que novas remessas cheguem o quanto antes, para que possamos ofertar a proteção adequada para a população”, reforçou o secretário de Saúde.
A superintendente de Imunizações da Secretaria Estadual de Saúde, Ana Catarina, informou que já estão sendo enviadas mais de dois milhões de seringas para a vacinação da população com comorbidades, pessoas com deficiência, gestantes e puérperas. “Esse já é o volume total de seringas para primeira e segunda doses”, destacou.
Com esta terceira entrega de vacinas nesta semana, o Estado totaliza o recebimento de 490.500 doses. O primeiro envio feito pelo Ministério da Saúde (MS) chegou na última segunda-feira (03.05), com as primeiras 17.550 da Pfizer/BioNTech e mais 267.250 unidades da vacina Astrazeneca/Fiocruz. Já na quinta-feira (06.05) chegaram 165.100 da Astrazeneca/Fiocruz.
Ao todo, Pernambuco já recebeu 3.135.780 vacinas contra a Covid-19, sendo 1.830.160 da Coronavac/Butantan, 1.288.070 da Astrazeneca/Fiocruz e 17.550 da Pfizer/BioNTech. Já estão sendo imunizados nesta campanha todos os idosos a partir dos 60 anos, idosos e pessoas com deficiência abrigados em instituições, população indígena aldeada, povos e comunidades quilombolas tradicionais, trabalhadores de saúde, trabalhadores de forças de segurança e salvamento, pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidades e pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC.

Eduardo da Fonte acompanha prefeito Júnior de Beto em inaugurações e assegura novos investimentos para Palmares

Durante agenda no município de Palmares nesta sexta-feira (07), o deputado federal (PP) Eduardo da Fonte anunciou a liberação de 1,5 milhão de reais para a saúde, além de aquisição de três novos tratores e duas retroescavadeiras. Ao lado do presidente do PP Recife, Lula da Fonte, do prefeito de Palmares, Júnior de Beto, do secretário executivo de Agricultura Familiar do estado, Humberto Arraes e vereadores da cidade, o parlamentar também acompanhou o anúncio da reforma de cinco escolas municipais, no valor de 480 mil reais.

“Fico feliz em ver que, agora, a cidade está no rumo certo, já demostrando avanços em diferentes áreas, como a educação, a saúde e a infraestrutura. Palmares começa a viver uma nova realidade e, ao lado de Júnior de Beto, irei trabalhar incansavelmente para garantir mais qualidade de vida para todos”, registrou Eduardo da Fonte.

O deputado também participou da inauguração do Centro de Atendimento para Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência acompanhadas pelo Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS). O local passará a acolher cerca de 80 pacientes por mês, através de atendimento psicológico e atividades culturais.

Caso Henry: Jairinho e Monique se tornam réus por homicídio qualificado

Foto Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por: Correio Braziliense

A 2ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro decretou a prisão preventiva do vereador Jairo Santos Souza Júnior, Dr. Jairinho, e da professora Monique Medeiros. Os dois são acusados pela morte do menino Henry Borel. A mãe da criança e o padrasto se tornam réus no processo.

Na última quinta-feira (06), o Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o casal pelos crimes de homicídio triplamente qualificado; tortura de vítima incapaz; coação de testemunhas; e fraude processual. A juíza encarregada pelo caso, Elizabeth Machado Souza, também determinou para que o casal permanecesse preso para evitar uma possível coação de testemunhas.
“Para além da revolta generalizada que os apontados agentes atraíram contra si antes mesmo de serem denunciados pelo órgão com atribuição para tal, releva assinalar que o modus operandi das condutas incriminadas reforça o risco a que estará exposta a ordem pública, bem como a paz social, se soltos estiverem os ora acusados”, escreveu a magistrada.

Aos 4 anos, Henry Borel morreu em 8 de março. O inquérito conduzido pela Polícia Civil revelou, entre outros fatos, que Jairinho tinha um histórico de agressões a mulheres e seus filhos. Durante as investigações, Monique Medeiros tentou dar um novo depoimento. Mas os responsáveis pelo inquérito recusaram. Houve ainda uma tentativa de orientar o depoimento da babá, testemunha de seguidas agressões supostamente cometidas por Jairinho contra Henry.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Fiocruz: pandemia de Covid-19 faz vítimas cada vez mais jovens

Por: Agência Brasil

A pandemia de Covid-19 no Brasil está se espalhando cada vez mais pelas camadas jovens da população.

A constatação faz parte do Boletim do Observatório Covid-19, editado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado nesta sexta-feira (7). Os dados apresentados nesta edição confirmam o processo de rejuvenescimento da pandemia, com uma clara mudança demográfica: adultos jovens e de meia-idade representam uma parcela cada vez maior dos pacientes em enfermarias e unidades de terapia intensiva.

Referente às semanas epidemiológicas 16 e 17 de 2021, entre 18 de abril e 1º de maio, a análise destaca as oscilações dos indicadores nos estados, a alta proporção de testes com resultados positivos, bem como a manutenção da sobrecarga de todo o sistema de saúde. Esses indícios revelam que a pandemia se mantém em patamar crítico de transmissão, com valores altos de incidência e mortalidade.

“A ligeira redução de casos e óbitos por Covid-19 não significa que o país tenha saído de uma situação crítica, pois as médias diárias de 59 mil casos e de 2,5 mil óbitos nestas duas semanas epidemiológicas se encontram em patamares muito elevados. Somente com a redução sustentada por algumas semanas, associada à aceleração da campanha de vacinação e à intensificação de ações de distanciamento físico e social, combinadas com proteção social, será possível alcançar a queda sustentada da transmissão e a redução da demanda pelos serviços de saúde”, alertaram os pesquisadores do Observatório, responsáveis pelo boletim.

Rejuvenescimente

O processo de rejuvenescimento da pandemia no Brasil é confirmado por meio dos novos dados apresentados no Boletim. A semana epidemiológica 16 apresenta idade média dos casos internados de 57 anos, versus idade média de 63 anos na semana epidemiológica 1. Para óbito, os valores médios foram 71 anos, na semana epidemiológica 1 e 64 anos nesta última. Segundo a Fiocruz, há deslocamento da curva em direção a faixas etárias mais jovens.

Quanto ao número de leitos, após muitas semanas em situação muito crítica, as taxas de ocupação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) covid-19 no país começam a dar sinais de melhora, embora ainda longe de indicar um quadro tranquilo. Entre 26 de abril e 3 de maio, as taxas de ocupação de leitos de UTI covid-19 para adultos mantiveram a tendência lenta de queda em quase todo o país.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Em Sertânia, mães foram homenageadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania

A ação celebrou as mães da cidade, do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo e do Programa Criança Feliz

Na manhã desta sexta-feira (07) mães da cidade de Sertânia, localizada no Sertão do Moxotó, foram homenageadas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania. Foram distribuídas flores naturais e frascos contendo álcool em gel 70% às mães que passavam no Centro da Cidade, onde aconteceu a ação. O objetivo é mostrar a importância e o papel que toda mãe tem dentro da sua família.

A atividade foi iniciada na quinta-feira (06) celebrando as mães atendidas no Centro de Referência e Assistência Social através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo do Programa Criança Feliz, que começaram a receber dos educadores e visitadores sociais flores e chaveiros. Devido à pandemia do novo coronavírus, para evitar aglomerações, os educadores iniciaram as entregas nas residências distribuindo essas lembrancinhas simbólicas. A atividade acontecerá todo esse mês até que todas as mães sejam contempladas.

O secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania, Paulo Henrique Ferreira, ressaltou a importância do Desenvolvimento Social na cidade para promover o fortalecimento do vínculo familiar na garantia de uma melhor qualidade de vida e bem-estar da população.“Essa homenagem visa demonstrar o importante papel que as mães têm dentro da família, sendo um ponto de equilíbrio e também exercendo um papel na sociedade. Parabenizo as mães sertanienses e a toda a equipe da Secretaria. Juntos, temos realizado um trabalho importante no sentido de fortalecer a política da assistência social em nosso município”, disse.

Uma das mães que recebeu a lembrancinha enquanto passava no local do evento foi dona Antônia Ivonete, de 66 anos, residente no povoado de Waldemar Siqueira. “Deixo aqui meu gesto de gratidão. Isso é um reconhecimento e eu fiquei muito emocionada”, contou. Já Jucielle Cordeiro, mãe de João Pedro (06 anos), e que está prestes a dar à luz a José Davi, contou que nunca viu uma ação como essa antes. “Isso mostra que somos importantes, é um ato que valoriza e reconhece o nosso papel. Parabéns a todos da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania por essa iniciativa”, disse.