Mais água de qualidade para a população de Caruaru, no Agreste Central

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Em mais uma demonstração do compromisso com a melhoria e ampliação do abastecimento de água nas regiões mais afetadas pela estiagem, o governador Paulo Câmara inaugurou, nesta sexta-feira (29.12), a primeira etapa da ampliação da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Salgado, em Caruaru, município do Agreste Central. A obra, que beneficiará cerca de 300 mil habitantes, contou com um aporte de R$10 milhões. Além disso, Paulo inaugurou também a Estação Elevatória do Salgado, que recebeu um investimento de R$ 500 mil e beneficiará cerca de 35 mil habitantes dos municípios de Riacho das Almas, Cumaru e Passira, com a oferta de mais água de qualidade nas torneiras.

 

"É uma obra importante que a gente faz questão de realizar em vários municípios do Agreste, justamente para melhorar a condição hídrica. A ETA Salgado está com um padrão de qualidade muito importante. Segundo os técnicos da Compesa, hoje, é a melhor água de Pernambuco. Ou seja, um padrão de tratamento de excelência", destacou o governador, completando: "A gente quer fazer com que as coisas continuem a acontecer, mesmo sabendo que são seis anos de seca. Muita coisa ainda precisa ser feita e muita coisa tem que melhorar, mas nós estamos no caminho certo, conseguindo fazer com as que as obras aconteçam mesmo em um momento tão difícil como o que passa o Brasil". 

 

A 1º etapa contempla a ampliação da capacidade de tratamento da ETA Salgado de 259 L/s (litros por segundo) para 500 L/s,  através da construção de novas unidades de floculação, decantação e filtração; adaptações no canal de chegada de água bruta; além da construção de um novo laboratório. Já a 2º etapa, que encontra-se licitada e aguardando apenas a aprovação da Caixa para para início das obras, consistirá na implantação de um sistema de tratamento de efluentes gerados pela própria ETA, além da implantação de novos equipamentos para desinfecção da água com cloro, possibilitando um fornecimento hídrico com mais qualidade e segurança para a população das regiões beneficiadas.

 

Já a implantação da Estação Elevatória do Salgado irá proporcionar a infraestrutura necessária para o bombeamento de 100 L/s para o retorno do abastecimento de água por meio da rede de distribuição aos habitantes das localidades beneficiadas, as quais eram abastecidas anteriormente pela Barragem Jucazinho, manancial que, atualmente, se encontra em colapso. Com a construção iniciada ainda em setembro deste ano, a estação elevatória está localizada na mesma área da ETA Salgado, em Caruaru, e foi executada pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *