Monthly Archives: janeiro 2018

Em Vicência, Paulo Câmara garante abastecimento de água para a população do distrito de Borracha

A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas sentadas e pessoas em pé

Governador assinou, nesta sexta-feira, Ordem de Serviço para a implantaçãode SAA, que beneficiará mais de cinco mil pessoas 

VICÊNCIA – Mais de cinco mil pernambucanos serão beneficiados com a implantação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) no Distrito de Borracha, neste município, localizado na Mata Norte. O governador Paulo Câmara assinou, nesta sexta-feira (05.01), a Ordem de Serviço para o início das obras, que receberão um investimento de R$ 900 mil, sendo R$ 530 mil em execução de serviços e R$ 370 mil em aquisição de materiais. Com a entrega do equipamento, prevista para daqui a 180 dias, a população contará com o fornecimento de água através de tubulações diretamente em suas residências.
 
“Nesse momento, em que passamos pelo sétimo ano de seca, temos que priorizar obras importantes e a água é fundamental para o povo de Borracha. Vai ser uma obra que vai trazer água de qualidade e regularidade no abastecimento para a população, melhorando a vida do povo. Voltarei em breve para inaugurar esse sistema, mas vamos continuar a trabalhar muito por Vicência e por toda a Mata Norte, investindo em prioridades”, afirmou o governador Paulo Câmara. 
 
A implantação do Sistema de Abastecimento de Água do distrito de Borracha contará com o assentamento de 6,5 quilômetros (km) de sistema adutor com diâmetro de 150 milímetros (mm), além da construção de estação elevatória a partir do Sistema Siriji até o reservatório apoiado existente no Distrito para transporte de 9 litros por segundo (L/s) de água tratada na ETA Murupé até a população.
 
O presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, destacou que a população do distrito de Borracha vive há muito tempo sem água de qualidade.  “O povo de Borracha vive com água que não é tratada, que pode contaminar as pessoas, e a gente chega com essa ação do governador Paulo Câmara para começar a mudar a realidade com esse investimento tão importante”, pontuou Tavares.
 
Para o prefeito de Vicência, Guiga, a implantação do equipamento é uma grande conquista para a cidade. “A gente tem dificuldade de água há muito tempo, mas o governador é sensível às dificuldades do cidadão e fez esse projeto ousado. Com organização, trabalho e planejamento, pouco a pouco, vamos atingindo nossos objetivos”, afirmou.
 
Acompanharam o ato o secretário Milton Coelho (Administração); os deputados estaduais Aluísio Lessa, Lucas Ramos, Antonio Morais, Henrique Queiroz e Simone Santana; além dos prefeitos Fabinho Queiroz (Buenos Aires); Nino (Nazaré da Mata); e Xisto Freitas (Aliança).

DETRAN-PE faz campanha educativa no verão pernambucano

O Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, da continuidade na campanha educativa de verão sob o título “Bebida e Direção? Nãoooo”.

A ação acontece neste sábado (07), na praia da Vila de Porto de Galinhas, Ipojuca, onde técnicos da Coordenação de Educação no Trânsito, acompanhados de artistas educadores da Turma do Fom Fom, estarão realizando abordagem e distribuição de material educativo.

Já a noite, a equipe da Coordenadoria de Educação, sempre acompanhados da Turma do Fom Fom. Visitam os bares da Vila levando óculos que simulam embriaguez e bafômetros descartáveis durante as visitas nos bares e praias do litoral sul e norte, além de entregar medalhas para premiar os amigos da vez. Serão distribuídos panfletos esclarecendo os valores e punições para quem uso álcool e direção com o objetivo de chamar a atenção para uma mudança de atitude dos condutores que ainda insistem de fazer a mistura do álcool com direção.

De acordo com o diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, a ação parte de uma determinação do governador Paulo Câmara, que indicou a ampliação dos investimentos em educação de trânsito visando expandir as frentes de atuações para atingir crianças, adolescentes, jovens e adultos, com o intuito exclusivo de reduzir consideravelmente o número de acidentes no estado.

Blitzes

Paralelo a ação educativa e com o objetivo de cooperar com a segurança evitando roubos de veículos, acidentes e outros tipos de violência, além de coibir o cometimento de infrações e auxiliar com a fluidez do tráfego. No Litoral Sul e Norte e cidades que recebem um grande fluxo de visitantes.

Para tanto, cerca de 150 agentes de trânsito das Operações Trânsito Seguro – OTS e Rota de Fuga – ORF, 20 viaturas, 10 motocicletas, 11 caminhões guinchos e dois veículos de leitura de placas (PK) estarão espalhados em locais estratégicos, principalmente nas praias de Porto de Galinhas, Tamandaré, no Litoral Sul e Itamaracá e Ponta de Pedra, no Litoral Norte, além das cidades de Gravatá, Caruaru e Limoeiro, no interior do Estado.

As operações contarão ainda com o apoio do Batalhão de Policia de Trânsito – BPTran, Batalhão de Polícia Rodoviária – BPRV e da Polícia Militar de Pernambuco – PMPE, tendo também como foco principal, a realização do teste de alcoolemia (bafômetro) para coibir a mistura de álcool e direção no trânsito.

De acordo com o diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, a ampliação do trabalho da OTS e ORF partiu de uma determinação Governo de Pernambuco no que se refere as ações de segurança nas praias. “Nossos agentes estão nas ruas para garantir aos cidadãos mais tranquilidade nesses dias de descanso. É importante que cada um faça seu papel e pedimos aos condutores prudência na hora de dirigir, além de não ingerir bebida alcoólica”, enfatizou.

“Muitos condutores já assimilaram a importância de se precaver, mas infelizmente uma parcela ainda insiste em descumprir a Lei e o fazem de forma deliberada, cientes que colocam em risco não apenas a própria vida, mas também a vida de outras pessoas. Por isso, estamos usamos as atividades educativas e fiscalizadoras, e, se for preciso, coercitiva”.

IPPS realiza recadastramento de beneficiários

Resultado de imagem para aposentados e pensionistas

O Instituto de Previdência do município está realizando o recadastramento dos aposentados e pensionistas, que terão até o dia 30 de janeiro para comparecer ao órgão ou requerer atendimento especial para que todas as informações sejam atualizadas.

Os beneficiários deverão comparecer munidos dos seguintes documentos: RG ou CNH (original) e comprovante de residência atualizado. Aposentados e pensionistas residentes em Serra Talhada e que estejam impossibilitados por motivo de enfermidade, deverão solicitar a visita de um servidor do Instituto. Aqueles que residem fora de Serra Talhada e por motivo comprovado não puderem comparecer ao IPPS, poderão enviar um representante legal com procuração, que além dos documentos necessários, deverá apresentar uma foto do beneficiário com um jornal do dia.  

O recadastramento está sendo realizado na sede do IPPS, na Rua Cornélio Soares, nº 587, Bairro Nossa Senhora da Penha, das 08h às 12h. O telefone para informações é (87) 3831-3196.

O não recadastramento no período estabelecido implica no bloqueio do beneficio.

Prefeitura de Flores divulga calendário para entrega do boleto do garantia-safra

A prefeitura de Flores, através do gabinete do prefeito, vai iniciar na próxima segunda (08), a entrega dos boletos do garantia-safra. O ato começará às 7h, por ordem 
alfabética, na quadra poliesportiva da  Escola Municipal Onze de Setembro

Resultado de imagem para garantia safraOs agricultores da região do distrito de Fátima receberão o boleto na terça-feira (09), às 7h, no prédio da Fundação Ambiental Pedro Daniel.

Já os agricultores da região de Sítio dos Nunes receberão os boletos, na quarta-feira (10), no mesmo horário, na Escola Dr. Paulo Pessoa Guerra.

Às 14h, do mesmo dia, os contemplados serão os agricultores da região do Povoado do Tenório.

Na quinta-feira (11), às 8h, o ato de entrega será encerrado no Povoado de São João dos Leites, na Escola Municipal José Josino de Goes.

Paulo Câmara: “Vamos trabalhar para acelerar as obras do Hospital Geral do Sertão”

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em péA imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e textoA imagem pode conter: 7 pessoas

Novo equipamento de saúde, que receberá um investimento total de R$ 60 milhões, disponibilizará, ao todo, 140 leitos de internamento e 20 leitos de UTI, beneficiando mais de 236 mil habitantes

SERRA TALHADA – Com o compromisso de ampliar o acesso à saúde pública e melhorar a qualidade dos serviços prestados aos sertanejos, o governador Paulo Câmara assinou, nesta quinta-feira (04.01), Ordem de Serviço para o início das obras do Hospital Geral do Sertão Governador Eduardo Campos – HGS, neste município, no Sertão do Pajeú. Acompanhado da primeira-dama Ana Luiza, Paulo destacou que não faltará empenho para que o equipamento seja entregue no final deste ano. A unidade, que receberá um investimento total de R$ 60 milhões, irá beneficiar mais de 236 mil habitantes de dez cidades da região. Com capacidade para realizar, em média, 500 internamentos por mês, serão disponibilizados, entre outros serviços, atendimento ambulatorial nas especialidades de traumato-ortopedia, clínicas geral, cardiológica e neurológica.

“A gente começa 2018 muito otimista em relação ao futuro e ciente dos desafios que temos que enfrentar, não podendo descansar sobre a questão da saúde. Não podíamos deixar de realizar esse investimento, que vai preencher uma lacuna importante. Uma estrutura que vai dialogar com toda a região. Vamos fazer esse esforço porque sabemos que é fundamental para melhorar a saúde dos pernambucanos. A previsão para conclusão do hospital era de 24 meses, mas vamos acelerar a obra para tentar entregar o Hospital Geral do Sertão já no final do ano, para que a gente tenha condição de começar os atendimentos no início de 2019”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Para a obra de terraplanagem – primeira etapa das intervenções -, serão investidos cerca de R$ 2,6 milhões, e os serviços serão realizados em um terreno de 30 mil metros quadrados (m²), localizado às margens do km 418 da BR-232, com prazo de conclusão de 90 dias. Além de Serra Talhada, o HGS abrangerá os municípios sertanejos de Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte e Triunfo.

Após a conclusão da terraplenagem, será iniciada a fase de locação e escavação dos elementos de fundação, drenagem de águas pluviais e serviços preliminares de construção, para que, posteriormente, seja iniciada a edificação da unidade hospitalar, que terá, aproximadamente, 10 mil m² de área construída. A previsão é de que as obras totais do hospital sejam concluídas em dezembro de 2019.

A estrutura física do Hospital Governador Eduardo Campos contará com cinco salas de cirurgia, 140 leitos de internamento e 20 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O Hospital irá oferecer atendimento ambulatorial nas especialidades de traumato-ortopedia, clínicas geral, cardiológica e neurológica, além de cirurgia geral e vai complementar a rede de saúde da III Macrorregião, que possui 35 municípios e atende uma população de 842.153 habitantes. A III Macrorregião é composta pelas VI, X e XI Regionais de Saúde do Estado de Pernambuco.

O secretário de Saúde, Iran Costa, destacou a grandiosidade da obra, enfatizando que a interiorização de equipamentos de saúde como o HGS não beneficiará apenas a população do Sertão do Pajeú, mas de todo o Estado. “Quero dizer que o governador Paulo Câmara está andando na contramão da crise. Essa é uma obra fundamental para expansão do serviço público de saúde e resolve uma dificuldade assistencial que é um trauma para a região. O Hospital Geral do Sertão será um dos maiores hospitais do interior. É uma obra grandiosa para uma região grandiosa”, ressaltou. O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, agradeceu ao governador Paulo Câmara e enfatizou que a obra terá um significado histórico para todo o Sertão. “Marca um tempo diferente, em que demonstra que o senhor tem coragem e ousadia. O Hospital vai mudar o atendimento de urgência e emergência do Sertão pernambucano. O governador está escrevendo uma página na história de Pernambuco com a construção dessa unidade de saúde”, pontuou.

VARZINHA – Após a assinatura da Ordem de Serviço do Hospital Geral do Sertão, o governador Paulo Câmara inaugurou a travessia urbana do Distrito de Varzinha, localizado no km 388,3 da Rodovia BR-232, também no município de Serra Talhada, Sertão do Pajeú. A melhoria do trecho entre a Ponte Lima e Castro, na entrada da BR-316, com extensão de 0,61 quilômetros (km), recebeu um investimento de R$1.272.371,63 e teve como objetivo canalizar e disciplinar o tráfego local. Com o crescimento do comércio, aumentou, também, a quantidade de veículos – principalmente caminhões – trafegando na rodovia. Esse aumento resultou na falta de ordenamento, provocando o surgimento de pontos de conflito e impactando, diretamente, na utilização da via. Foram projetadas vias marginais com 9 metros (m) de largura e dois retornos com distância entre si de 300m, com área de estacionamento.

Também  acompanharam o ato os secretários Kaio Maniçoba (Habitação); João Campos (chefe de Gabinete); Sebastião Oliveira (Transportes); a deputada federal Creuza Pereira; os deputados estaduais Rogério Leão, Lucas Ramos e Aluísio Lessa; o diretor de operação e obras do Departamento de Estradas e Rodagens de Pernambuco (DER-PE), Silvano Carvalho. Também estiveram presentes os prefeitos Tácio Pontes (Parnamirim); José Patriota (Afogados da Ingazeira); Sandra da Farmácia (Calumbi); Anchieta Patriota (Carnaíba); Sebastião Nunes (Quixaba); Belarmino Vasquez (Tracunhaém); Geovane Martins (Santa Terezinha); Evandro Valadares (São José do Egito); João Batista (Triunfo); e João Angelim (Moreilândia).

PREFEITURA DIVULGA QUANTITATIVO DE VAGAS PARA AS ESCOLAS DOM MOTA E PADRE CARLOS COTTART

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas
A Secretaria Municipal de Educação concluiu na tarde desta quinta (04),
o levantamento das vagas remanescentes para os anos finais e iniciais da Escola
Dom Mota, assim como para os anos finais da Escola em tempo integral Padre Carlos Cottart, 
incluindo também as vagas de cadastro reserva.
 
Confira o quadro de vagas:
 
Dom Mota – Ensino Fundamental (anos iniciais e finais)
 

SÉRIE

VAGAS

CADASTRO DE RESERVA

3º ANO

11

03

4º ANO

07

03

5º ANO

07

03

6º ANO

03

03

7º ANO

02

03

8º ANO

05

03

9º ANO

NÃO HÁ VAGAS

NÃO HÁ VAGAS

 
Padre Carlos Cottart – Ensino Fundamental (anos finais)

SÉRIE

VAGAS

CADASTRO DE RESERVA

7º ANO

10

03

 

Final de ano com muita música e animação em Serra Talhada

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas tocando instrumentos musicais, violão e criançaA imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

O final de ano foi bastante animado em Serra Talhada. Em parceria com o Ministério da Cultura e Governo Federal, a Prefeitura Municipal realizou o Festival SerTão, que reuniu mais de 30 atrações regionais e de outros estados de 27 a 31 de dezembro na Estação do Forró.

Turistas de toda a região vieram prestigiar o evento, que contou com as apresentações de cantores como: Maciel Melo, Targino Gondin, Nádia Maia, Irah Caldeira, Raphael Moura, Rai de Serra, Henrique Brandão, André Rio, Almir Rouche, Maestro Forró, Assisão e tantos outros grandes nomes da música pernambucana e brasileira.

Ao longo de cinco dias de

festival, milhares de pessoas se divertiram ao som da boa música, dançando muito forró, maracatu, frevo e outros ritmos típicos do Nordeste. E para a festa ficar ainda mais bonita, não poderia faltar a tradicional queima de fogos, que esse ano coloriu o céu de Serra Talhada em dois pontos: Na Praça Sérgio Magalhães, onde já é tradição e na Estação do Forró, onde aconteceram todas as apresentações artísticas do Festival SerTão.

O Prefeito do município comemorou o sucesso do evento, que para ele “foi uma das grandes realizações festivas que já tivemos em Serra Talhada, trazendo o melhor da nossa música regional com a apresentação de grandes nomes da cultura popular pernambucana e brasileira, e celebrando as conquistas de 2017 com um belíssimo festival, que merece todos os nossos aplausos. Serra Talhada tem se mostrado uma cidade cada vez mais forte e atrativa, e vamos continuar trabalhando para ampliar ainda mais o potencial turístico, cultural e econômico da nossa terra”, disse Luciano Duque.

O Festival SerTão homenageou os músicos Santana e o filho da terra Luizinho de Serra, e contou ainda com apresentações no polo instalado no pátio da feira livre, atraindo também muitos turistas e moradores do município para prestigiar a iniciativa.

Programa Mais Água amplia ações em Caiçarinha da Penha

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre

Uma das ações mais exitosas já desenvolvidas pela Prefeitura de Serra Talhada é o programa Mais Água. Uma iniciativa que tem mudado a realidade de vida de muita gente na zona rural do município. Para reforçar o programa, o Governo Municipal firmou uma nova parceria com o DNOCS, que viabilizou a cedência de uma máquina perfuratriz que vai atender a região de Caiçarinha da Penha, área produtiva e propícia para o desenvolvimento de projetos de irrigação.

Desde que foi lançado, o Programa Mais água alcançou todas as regiões do município, perfurando poços e implantado sistemas de abastecimento que têm amenizado os efeitos da longa estiagem que assola a região. Além das parcerias firmadas, a Prefeitura adquiriu em 2015 uma máquina perfuratriz própria, possibilitando a ampliação do programa em todo o território.

Nessa nova fase, o Mais Água vai focar nas áreas com maior capacidade produtiva, fomentando a geração de emprego e renda para centenas de famílias que tiram o sustento do trabalho no campo. A parceria inclui também as Associações Comunitárias, que já estão se articulando com instituições públicas de crédito com o objetivo de assegurar financiamento para a implantação dos núcleos irrigados.

“Vamos trabalhar para ampliar o cinturão verde na região de Caiçarinha da Penha, garantindo água para que as famílias residentes lá possam desenvolver diversas culturas agrícolas a partir de sistemas de irrigação. Não temos dúvidas que vamos dar um grande passo com a ampliação do Programa Mais Água, beneficiando, verdadeiramente, as pessoas que levam os alimentos as nossas mesas e que dependem da agricultura para garantir renda e o sustento da família”, enfatizou o Prefeito Luciano Duque.

Sertânia está acima da média nacional no Índice de Gestão do Bolsa Família

Nenhum texto alternativo automático disponível.

O Índice de Gestão Descentralizada para os municípios (IGD-M), que mede mensalmente as Taxas de Atualização Cadastral e de Acompanhamento das Condicionalidades de Educação e Saúde, de Sertânia fechou o ano de 2017 com uma média acima da nacional. Enquanto a média no Brasil é de 0,73, aqui na cidade é de 0,83, de acordo com o último relatório gerado em novembro.

Segundo a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, que gerencia o programa no município, o empenho é constante para aprimorar a gestão do Bolsa Família e do Cadastro Único. E este valor, superior em relação à média nacional, é fruto deste trabalho. Sertânia também está acima da média nacional, se forem analisados, isoladamente, os Acompanhamentos da Atualização Cadastral e das Condicionalidades da Saúde.

Com base neste índice, que varia de zero a um, são calculados os repasses financeiros que o Ministério do Desenvolvimento Social faz aos municípios para ajudar na gestão do Cadastro Único e do Bolsa Família.

Lula pede outra vez a Tribunal da Lava-Jato para ser ouvido antes do julgamento

A imagem pode conter: 1 pessoa, barba e texto
 
Por: Agência Estado
 
Os advogados do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva reiteraram nesta quarta-feira, ao Tribunal da Lava-Jato que o ex-presidente seja novamente ouvido antes do seu julgamento, marcado para o próximo dia 24. 
 
Em petição endereçada ao desembargador João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Lava-Jato no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4), a defesa do petista alega que seu interrogatório pelo juiz Sérgio Moro, no dia 10 de maio de 2017, "foi totalmente viciado". 
 
Os advogados sustentam que Moro "dirigiu a ele (Lula) perguntas estranhas ao processo" e "não permitiu ao ex-presidente exercer o direito de autodefesa com plenitude".
 
Neste processo – sobre o famoso triplex do Guarujá -, Moro condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro que teria recebido da empreiteira OAS na forma de obras de melhorias do imóvel.
 
O interrogatório, realizado no dia 10 de maio, se prolongou por cerca de quatro horas e foi marcado por um pesado clima de tensão. Lula negou ter recebido propinas da empreiteira.
 
Contra a condenação, a defesa recorreu ao TRF4. A Procuradoria da Lava Jato também apelou. No próximo dia 24, os desembargadores da Oitava Turma da Corte vão decidir se mantêm a condenação ou se reformam a sentença imposta por Moro ao petista.
 
A defesa de Lula já havia pedido, em 11 de setembro de 2017, no âmbito das razões do recurso ao TRF4, que Lula fosse ouvido novamente. Segundo os advogados, até agora o pedido formulado em setembro "não foi apreciado".
 
O pedido está previsto no Código de Processo Penal, destacam os advogados do petista, "à luz da ampla defesa, do contraditório e da presunção de inocência".
 
"O pedido se baseou na evidente violação, por parte do magistrado de piso (Moro, da primeira instância), das garantias fundamentais do peticionário, que se viu alvo, em seu interrogatório, de uma verdadeira inquisição", sustenta a defesa. 
 
"Isso porque, durante tal ato, o magistrado valeu-se de sua autoridade para impedir a livre manifestação do interrogado e consequentemente o exercício de sua autodefesa."
 
"O juiz, que deveria zelar pelas garantias fundamentais do jurisdicionado, portou-se como um acusador do peticionário, cortando suas manifestações e impedindo-o de livremente se manifestar", afirmam os advogados de Lula, criminalistas Cristiano Zanin Martins, José Roberto Batochio, Valeska Teixeira Zanin Martins, Paula Nunes Mamede Rosa e Luís Henrique Pichini Santos.
 
"Ademais, realizou o magistrado indagações sobre temas que não são objeto da ação penal, como é o caso, por exemplo, da opinião do peticionário sobre a Ação Penal 470 (Mensalão), que tramitou perante o Supremo Tribunal Federal", segue a defesa.
 
"Lançou mão, também, da insistente repetição de perguntas, com o nítido intento de constranger e intimidar o peticionário. Evidencia-se, portanto, que um dos atos mais importantes para a defesa do peticionário, fulcral ao constitucional exercício de sua autodefesa, mostrou-se sobremaneira prejudicado."
 
Segundo os advogados, por meio de sua reinquirição, Lula busca, como "o maior interessado no esclarecimento dos verdadeiros fatos e na comprovação de sua inocência, elucidar os diversos trechos do interrogatório apontados na sentença condenatória como contraditórios que, na verdade, não passam de uma idiossincrática interpretação de um julgador parcial, alinhado com a tese acusatória desde o início do processo".
 
"Nunca é demais relembrar, por inegável pertinência, que ao acusado é assegurado, por imperatórias normas constitucionais e infraconstitucionais, o direito de ser ouvido perante um órgão jurisdicional imparcial, isento e que possua, por decorrência, posição de equidistância em relação às partes, o que, evidentemente, não ocorreu no ato presidido pelo magistrado de 1.ª instância", assinalam os advogados.
 
"Considerando que o pleito em questão não restou, até o presente momento, apreciado por esse douto relator, propugna-se por sua análise e deferimento, em atenção às garantias fundamentais do peticionário", insistem.

Por: Agência Estado