Monthly Archives: Março 2018

Armando reúne-se com presidente da UVP e avalia cenário de Pernambuco

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e terno
O senador Armando Monteiro (PTB-PE) reuniu-se com o vereador e presidente da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), Josinaldo Barbosa. Armando e Josinaldo, que é filiado ao PTB e preside a Câmara Municipal de Timbaúba, trocaram impressões sobre a situação econômica e política de Pernambuco.
 
Na ocasião, Armando destacou a liderança de Josinaldo à frente da entidade, que representa um grande quantitativo de vereadores em Pernambuco. O senador também colocou-se à disposição da entidade para colaborar com projetos e ações em benefício dos municípios.

​Petrolina ganha centro pioneiro de energia solar

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, nuvem e atividades ao ar livre

O prefeito Miguel Coelho e o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, inauguraram, nesta quinta (29), a primeira etapa do Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina (Cresp). A unidade é a primeira em funcionamento no Brasil com este formato e servirá para pesquisas e desenvolvimento de matrizes energéticas renováveis. A estrutura também será utilizada para geração de energia para abastecimento interno da Chesf, reduzindo os custos da companhia.

O Centro fica situado na região do Pontal, zona rural de Petrolina. A estrutura tem área total de 45 hectares. Nessa fase, o ministro e o prefeito entregaram uma planta fotovoltaica com 7600 módulos de geração de energia solar de 2,5 megawatts (volume suficiente, a grosso modo, para atender 60 mil famílias). Além da estrutura energética, foi inaugurado o prédio administrativo do Cresp, com ambientes para debates da evolução tecnológica, salas de monitoramento e laboratórios de pesquisa.

A primeira etapa do empreendimento já recebeu R$ 30 milhões em investimentos do Ministério de Minas e Energia e começa a produzir energia (em caráter de pesquisa) em abril. “No total, deixamos garantidos cerca de R$ 200 milhões para concluir esse Centro. Petrolina sai na frente dando um passo fundamental para o desenvolvimento da energia solar em nosso País”, disse o ministro Fernando Filho.

Segundo o prefeito, a unidade de pesquisa também vai ajudar a cidade sertaneja no processo de implantação de projetos pioneiros para energia renovável. Uma dessas ações é a criação de uma Parceria Público-Privada para produzir energia solar em todos prédios da Prefeitura de Petrolina. “Estamos escrevendo o nome na história da pesquisa e do desenvolvimento de energia sustentável do Brasil. Vamos ser, portanto, a primeira cidade do Brasil na geração de energia renovável na rede municipal”, adiantou Miguel.

A conclusão de todo o projeto do Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina (Cresp) está prevista para o próximo ano. A unidade de pesquisa e tecnologia será gerenciada pela Chesf e contará com parcerias de universidades, institutos de pesquisa e da Prefeitura para o desenvolvimento de matrizes energéticas no Sertão de Pernambuco.

Paulo Câmara assina acordo de federalização da Unidade III do complexo prisional de Itaquitinga

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sentadas

Termo foi assinado nesta quinta-feira, entre o governador e o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann

O governador Paulo Câmara e o ministro Raul Jungmann assinaram, nesta quinta-feira (29.03), termo entre o Governo de Pernambuco e o Ministério da Segurança Pública para a federalização da Unidade III do Centro de Integrado de Ressocialização (CIR) de Itaquitinga. Com a assinatura do protocolo de transferência, o Governo Federal passa a ser responsável pela conclusão das obras da unidade, que se encontra 62% construída, além de sua administração e manutenção, tornando-a a primeira instalação carcerária federal em Pernambuco. O local irá receber presos do regime fechado e receberá um investimento de R$ 25 milhões. A estrutura e o número de vagas serão adequados pela União, de acordo com as necessidades do novo projeto. O encontro aconteceu nesta manhã, no Palácio do Campo das Princesas, no Recife.

"Hoje, avançamos numa parceria que estava sendo construída com o Governo Federal para a questão do complexo prisional de Itaquitinga. Todos nós sabemos que era uma parceria público-privada, a qual o parceiro privado não conseguiu terminar e o Estado assumiu. Um pavilhão já está pronto, outro está em obra e, agora, em parceria com o Governo Federal, nós vamos concluir os demais pavilhões. E isso vai ser importante para o sistema de ressocialização de Pernambuco, a partir do momento que vamos ter um presídio federal aqui no nosso Estado. E isso vai também ao encontro da nossa política, da nossa forma de tratar a segurança pública", destacou o governador.

O ministro Raul Jungmann detalhou como o CIR passa a funcionar com a federalização de uma das unidades prisionais. “Todo o complexo de Itaquitinga funcionará com os sistemas prisionais federal e estadual.  A unidade federal terá aproximadamente 500 vagas e nós vamos investir um total de R$ 25 milhões para a conclusão das obras. E eu acredito que isso é decisivo, porque na área prisional nós temos um dos grandes gargalos da segurança pública no Brasil  hoje. E, de fato, essa ampliação é muito significativa e vem favorecer exatamente a segurança de Pernambuco, que é o que todos nós desejamos”, frisou.

CIR – O governador Paulo Câmara entregou, em janeiro deste ano, a  Unidade I do Centro Integrado de Ressocialização de Itaquitinga, que abrigará, gradativamente, um total de 1 mil detentos do regime fechado. A estrutura de 1 mil metros quadrados contou com um investimento de R$ 9.649.201,63 do Tesouro Estadual, contemplando celas de vários tamanhos, administração e recepção de visitantes, pavilhão destinado aos concessionados (presos que exercem atividades laborais), 12 salas de aula, áreas jurídica e de saúde, refeitório, 03 pavilhões de vivências coletivas, instalações para a Polícia militar (vestiários, WCs), 08 guaritas e muros com alambrados. Seguindo um novo conceito de arquitetura prisional, as paredes internas da administração são de gesso e toda a área externa e demais áreas são de concreto.

A Unidade II, cuja ordem de serviço também foi assinada no último mês de janeiro pelo governador, segue a mesma estrutura da Unidade I, inclusive com o mesmo número de vagas ofertadas (1.000). Com um investimento total na ordem de R$ 10.627.243,84, a Unidade II será concluída no prazo de oito meses.

ARMAMENTO – O ministro aproveitou o momento para anunciar que novos armamentos serão doados pelo Ministério para uso da Polícia Militar no Estado. “O Ministério enviará a Pernambuco, nos próximos dias, 1 mil armas para equipar esses novos 1.300 policiais militares que se formam agora em abril e que estarão, em breve, nas ruas trazendo mais segurança para os pernambucanos. Além disso, nós estamos trabalhando também para que o Governo do Estado possa obter recursos na nova linha de financiamento do BNDES. Serão aproximadamente R$ 42 bilhões para os próximos cinco anos, tanto para Estados quanto para municípios. E eu sei que há interesse do Governo de Pernambuco nesse financiamento”, afirmou.   

Participaram do encontro o diretor-geral do Departamento Penitenciário Nacional, Carlos Carvalho; os secretários estaduais Pedro Eurico (Justiça e Direitos Humanos), César Caula (Procuradoria Geral), Márcio Stefanni (Planejamento e Gestão), Antônio de Pádua (Defesa Social) e Antônio Carlos Figueira (Assessoria Especial).

EM AFOGADOS, PAIXÃO DE CRISTO SERÁ ENCENADA NESTA SEXTA (30)

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

O tradicional espetáculo da Paixão de Cristo será encenado na próxima sexta-feira (30), no ginásio desportivo municipal. O espetáculo conta com o apoio da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, é gratuito e terá início às 19h, pontualmente.

 

A exemplo do ano passado, o espetáculo será musical e terá duração de uma hora, com a participação de artistas afogadenses que integram o grupo "Paixão de Cristo, Paixão de todos", responsável pela encenação. O objetivo é propor uma reflexão sobre a importância de contar a história de Jesus nos dias de hoje, se estamos mesmo colocando em prática todo o amor que ele pregou.

 

Este ano, algumas novidades. O acréscimo de três cenas: a parábola do filho pródigo, as bem-aventuranças e a cena da mulher adúltera. Outra inovação será a participação dos poetas Welington Rocha e Elenilda Amaral. Eles conduzirão as reflexões do espetáculo, sob a forma de poesia.

Conferência de Igualdade Racial do Estado elegeu 45 delegados

A imagem pode conter: 10 pessoas, área interna

Próximo passo é levar as demandas de Pernambuco para a Conferência Nacional, em Brasília

Realizada em apenas um dia de atividades, a IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Conepir-PE), que aconteceu nesta quinta-feira (27), elegeu 45 delegados e escolheu as demandas mais votadas pelos representantes Quilombolas, Indígenas, Povos e Comunidades Tradicionais, Comitê de Mulheres Negras e Regional Agreste, para serem levadas à assembleia Nacional, que acontece no próximo mês de maio, em Brasília. Do total, 32 delegados representam a sociedade civil, quatro deles como Governo Estadual e nove dos governos municipais.

Enfático sobre a necessidade de união dos movimentos populares na luta pela promoção da igualdade racial, o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, falou sobre como o Estado examina as questões relacionadas ao segmento. “Precisamos unir as forças populares que formaram o povo brasileiro e mostrar que podemos conquistar ainda mais quando a luta parte da base da população. E esse é o desejo do governador Paulo Câmara: ouvir a voz do povo. Com intolerância, força bruta, não conquistamos as mudanças que Pernambuco anseia.”

O ato foi acompanhado pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), representada por Diego Moreno, chefe de gabinete. “Nossa participação na IV Conepir-PE é legitimar o esforço e empenho do Governo de Pernambuco e da sociedade civil, na construção das políticas de promoção da igualdade racial. Estamos em um caminho de enfrentamento ao desrespeito a pessoas de religião de matriz africana e negros e negras. Estamos atentos ao grande número de jovens negros mortos, assim como a violência doméstica sofrida pela mulher negra no Brasil. Por isso, torcemos para que Pernambuco continue apoiando nossa política e inserindo-a em pautas positivas”, destacou Moreno.

A conferência foi formatada com a divisão dos presentes em quatro eixos de debates. Após a realização desta fase, os participantes apresentaram oito propostas que serão levadas à Conferência Nacional. “A Conepir veio consolidar o processo que temos traçado ao longo do tempo. Para o movimento social, a pauta da igualdade racial avança à medida que os governos, com sensibilidade, entendem que é preciso dar aporte às políticas de promoção deste povo, com a perspectiva de formar, educar e empoderar a comunidade. Assim, ganhamos mais força para continuar nossa trajetória, em busca de alcançar a fraternidade na sociedade brasileira”, comenta o integrante do Movimento Negro Unificado (MNU), José de Oliveira.

Já Miranete Arruda, da coordenação de Saúde da População Negra de Pernambuco, foi com o apoio do Estado e dos movimentos sociais que o processo de enfrentamento ao racismo e a multiplicação de políticas públicas da igualdade racial passaram a ocupar mais espaços na sociedade. “A partir do momento que o Governo de Pernambuco conseguiu institucionalizar as políticas de saúde, cultura e outras, com recorte direcionado à população negra, o segmento já entendeu o reconhecimento da luta. Conquistamos muito e ainda temos mais a fazer. Uma sociedade só alcança definitivamente o respeito, quando entende que é preciso garantir os direitos individuais das pessoas”, disse.

A IV Conepir-PE elegeu cinco representantes da População Indígena; Cinco Quilombolas; 5 de Povos e Comunidades Tradicionais; dois do segmento da Pessoa com Deficiência; Regionais do Interior contaram com três membros; a sociedade civil, com 15 pessoas; nove delegados municipais e outros quatro na esfera estadual.  Os escolhidos estarão presentes à próxima Conferência Nacional, programada para acontecer de 27 a 30 de maio, em Brasília.
A conferência também contou com a presença do líder do Governo, na Alepe, Isaltino Nascimento; do secretário Executivo da Casa Civil, Roberto Franca; da Secretária Estadual da Mulher, Sílvia Cordeiro e do promotor do Ministério Público de Pernambuco, Dr. Marco Aurélio Farias.

Parceria com o Google expande uso de plataforma de aprendizagem nas escolas estaduais de Pernambuco

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sentadas e área internaA imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas, terno e sapatosA imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno

Governador Paulo Câmara assinou, nesta quarta-feira, um acordo de intenções com a empresa de tecnologia para a ampliação do uso da plataforma G Suite for Education 

Uma educação cada vez mais desenvolvida e conectada com as transformações e inovações da tecnologia. Esse foi o compromisso defendido pelo governador Paulo Câmara, na manhã desta quarta-feira (28.03), ao assinar um acordo de intenções com o Google para a expansão da utilização da plataforma de aprendizagem “G Suite for Education” em mais cinco escolas da Rede Estadual. O projeto, que teve início em 2017, em parceria com a Secretaria de Educação do Estado, já contempla duas escolas do Recife e uma em Bezerros, no Agreste, oferecendo uma série de ferramentas gratuitas para auxiliar no processo de ensino-aprendizagem de maneira mais interativa, prática e divertida.

“É uma parceria fundamental porque estamos plantando sementes. O nosso objetivo é expandir com mais velocidade até atender todas as escolas da rede. Nós temos uma rede muito grande, com profissionais de ensino dedicados e determinados a trabalhar pelo desenvolvimento da educação no Estado. Somos a melhor educação pública do Brasil, mas precisamos avançar muito. E por isso a gente precisa estar sempre abertos a agregar e buscar parcerias que nos ajudem nesse propósito, como esta parceria do Google. Eles estão oferecendo um conjunto importante de ferramentas que vai facilitar o aprendizado e aproximar ainda mais professores e alunos, também fora das salas de aula”, ressaltou o governador.

O projeto consiste na liberação para utilização, de forma gratuita, da Plataforma de Aprendizagem Google, com ferramentas e aplicativos que favorecem transformações em sala de aula para professores e estudantes com tecnologia, criatividade e inovação. Nela, professores e alunos, assim como o corpo administrativo das escolas, podem usar as ferramentas simultaneamente, através do armazenamento de dados na nuvem. As ferramentas já vinham sendo usadas nas Escolas Técnicas Estaduais Miguel Batista e Professor Agamenon Magalhães (Etepam), no Recife, e Maria José Vasconcelos, em Bezerros.

As novas unidades contempladas estão sendo analisadas pela Secretaria de Educação. “Nós já estamos implantando o programa na EREM Trajano Mendonça, em Jardim São Paulo, no Recife, e estamos estudando as outras quatro para atender tanto a Região Metropolitana quanto o Interior do Estado. O planejamento é ampliar aos poucos e atender toda a rede, porque a gente está vendo os benefícios. Não é só inovação, esse programa envolve professores e alunos e torna mais dinâmico esse vínculo”, pontuou o secretário estadual de Educação, Fred Amâncio.

Orgulhoso por ter sido a primeira escola do Interior do Estado a receber a plataforma, o diretor da Escola Técnica Estadual de Bezerros, Francisco Barbosa, fez uma avaliação dos seis meses de uso. “As ferramentas são um diferencial quando, usadas de forma pedagógica, se tornam aliadas da educação e não concorrentes, como acontecia com o uso dos smartphones em sala de aula, sem a interação com o professor. Então, o uso da ferramenta pelo professor e o retorno dado pelo estudante faz com que as aulas se tornem mais atrativas, mudando a dinâmica da rotina escolar e gerando ótimos resultados no processo de aprendizagem. Enquanto a gente vê escolas privadas vendendo isso como um diferencial para os seus estudantes, o nosso educando também já conta com essa plataforma”, afirmou.

G SUITE FOR EDUCATION – A plataforma foi criada para facilitar a interação entre professor e aluno, onde os estudantes poderão conversar e tirar dúvidas diretamente com os professores em tempo real. Além disso, através da própria plataforma, o professor pode enviar aos alunos temas para trabalhos em grupo, questões de testes, criar, compartilhar e corrigir tarefas, entre outras funções. Nas escolas, a Plataforma de Aprendizagem Google disponibiliza conteúdos como textos, materiais, atividades e questionários que são inseridos tanto pelos professores quanto pelos estudantes. Para utilização dos benefícios disponíveis, os professores passam por uma capacitação oferecida por representantes do Google no Brasil.

O representante da Google For Education na América Latina, Rodrigo Pimentel, destacou a preocupação da empresa não só com a implantação da plataforma, mas com o acompanhamento dos resultados. “A gente escutou aqui, dos dirigentes e dos professores das escolas, como a vida deles tem mudado com uso correto da tecnologia. E a gente entende com clareza que a tecnologia por si só não vai mudar absolutamente nada. É a combinação da tecnologia com as práticas corretas na sala de aula, com os professores treinados, com os pais envolvidos que vai de fato fazer a diferença. Acho que a indústria tem tido uma preocupação muito grande em empurrar tecnologia sem se preocupar com o impacto na dinâmica da sala. E nós vamos no caminho contrário disso”, frisou.

Participaram da solenidade também o secretário executivo de Educação, João Charamba; o sócio-diretor da Ensinar Tecnologia, Cláudio Castro; o secretário de Educação de Bezerros, Paulo Dutra; a gerente regional da GRE Recife Norte, Nelsa Pontes; a gerente da GRE Vitória, Ana Xavier; além dos diretores das escolas técnicas Francisco Barbosa (ETE Bezerros), Sandra Donitilha (ETEPAM) e Sheila Ramalho (ETE Miguel Batista).

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no 5º Congresso Pernambucano de Municípios

A Associação Municipalista de Pernambuco- Amupe, convoca prefeitos, vereadores, gestores públicos e a população em geral, para o 5º Congresso Pernambucano de Municípios a realizar-se no Centro de Convenções de Pernambuco, nos dias 5 e 6 de abril. As inscrição estão abertas e é gratuita pelo www.congressoamupe.com.br.

 A abertura do evento começa às 10 hs com presença de ministros, Governador Paulo Câmara e demais autoridades. Ainda dentro da solenidade será assinado um Memorando de Entendimento entre o Governo do Estado/Amupe/PNUD e o lançamento do Prêmio Sebrae, “Prefeito Empreendedor”.

Na parte da tarde, das 14h00 às 17h00, acontecerá a mesa redonda com debates sobre os Desafios e Oportunidades dos Municípios na Implementação dos ODS-Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Para falar sobre o tema: Henrique Villas, Secretário Executivo da Comissão Nacional de ODS(CNODS), Antônio Carlos Vilaça, prefeito de Barcarena/ PA e José Patriota, presidente da Amupe e representante da CNM na Comissão Nacional dos ODS, além de prefeito de Afogados da Ingazeira.

No dia 06/04, durante todo o dia haverá um seminário sobre Transparência e Participação Social para a Democratização da gestão Pública Local, o Papel dos órgãos de controle na eficiência da gestão pública municipal, que será debatido por Fábio Araújo(CGU) e Rafael Bezerra da Prefeitura do Recife, e representante do CGE/PE, mediado pelo consultor técnico da CNM, Eduardo Stanz. À tarde haverá exposição das boas práticas dos municípios de: Afogados da Ingazeira. Igarassu, São Bento do Uma, Serra Talhada e Triunfo, mediado por Giane Bosseli, coordenador do Projeto Gestão Cidadã

Também na 6ª feira(6/04), acontecem as oficinas pela manhã e tarde ( 9 h às 12hs e 14h às 17). Durante o dia haverá atrações culturais dos municípios. O Congresso conta com muitas discussões de interesse municipalista que representam as 17 metas dos ODS. São 21 oficinas simultâneas, todas vinculadas ao tema central do evento: Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, Meta Global, Ação Municipal.

O prefeito  de Gramado/RS, João Alfredo Castilhos Bertoluci, mostra  a experiência da cidade em unir voluntariamente a população para participar ativamente do turismo no município, promovendo a Geração de Renda e favorecendo o comércio local; Francisco Hebert, secretário de Educação de Sobral/CE, vai mostrar porque o seu Município Sobral no Ceará, foi constatado o melhor IDEB do Brasil; Camila Almeida da ONU Mulher, debate sobre Gênero, Inclusão e Empoderamento;  Jô Mazarollo, diretora da Globo Recife, Guilherme Larsen do PNUD e Eduardo Amorim do Intervozes discutem sobre  como os ODS podem ser melhor divulgados, e tantos outros debates igualmente necessários para a melhoria de vida das pessoas.

O Congresso conta ainda   com discussões que incluem: O Uso dos Recursos do Fundo Municipal da Assistência da Assistência Social; Gestão de Saúde e o Impacto do Novo Sistema de Transparência de Recursos; Gestão Sustentável da Água; Resíduos Sólidos e Saneamento, entre outros.

Uma palestra também bastante aguardada é com o especialista Jacoby Fernandes, conferencista famoso no meio jurídico e que escreveu diversos livros sobre direito, licitações e contratos. Ele fará a palestra magna” Licitações e Contratos ( Lei 8.666/93) para uma gestão sustentável”, no dia 06/04 às 14h.

Também presentes Gustavo Cesário, secretário executivo da Comissão Nacional de Municípios(CNM), a Superintendente do IPHA/PE, Renata Duarte, e o cantor/Educador e ator Silvério Pessoa, falam sobre Gestão da Cultura para o Desenvolvimento Sustentável, junto com o secretário Marcelino Granja.

O Gerente Executivo do Pronaf do BNB, Josué Lucena, Jorge Mattos e Wellington Batista Secretário Estadual de Agricultura e Reforma Agrária/PE, debatem sobre o Desenvolvimento Rural, Caminhos para a Produção do Consumo Consciente. Também discussão os Resíduos Sólidos e Saneamento, o Desafio dos Municípios, entre outros.

A Agenda 2030 é um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, que busca fortalecer a paz universal. O plano indica 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Os ODS e 169 metas para erradicar a pobreza e promover vida digna para todos. Para alcançar estes objetivos o envolvimento dos municípios é de fundamental importância.

A Amupe sai na frente e encabeça a missão de levar as informações e ajudar os municípios a ajustar seus planos e projetos às metas dos ODS. “Todos os municípios já trabalham, de alguma maneira com essa agenda. Mas queremos alinhar ainda mais nossas ações trabalhando com indicadores e monitorando os resultados”. Disse José Patriota, presidente da Amupe  e que representa todos os municípios brasileiros, pela CNM, na Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento  Sustentável. Fazem parte da Comissão, além do governo federal, representantes do setor produtivo, instituições sem fins lucrativos, academia e governos estadual, distrital e municipal.