Monthly Archives: outubro 2018

Aliados de Haddad e Manuela planejam ato público em Petrolina e Juazeiro neste sábado

O prefeito de Juazeiro (BA), Paulo Bomfim, é um dos principais articuladores de um movimento político-eleitoral em prol dos candidatos a presidente, Fernando Haddad (PT), e a vice, Manuela D’ávila (PCdoB), marcado para amanhã (20), a partir das 14h30.

Pelas redes sociais, Bomfim explica que a concentração será em Petrolina (PE). Em seguida, a militância seguirá pela Ponte Presidente Dutra até a Orla de Juazeiro, no Centro da cidade. O prefeito confirmou, inclusive, a presença de Manuela no evento.

Receberemos lideranças políticas de todo o Nordeste aqui. Nossa vice, Manuela D’ávila, estará conosco. É a hora da virada! Conto com sua mobilização. Vamos fazer bonito para todo o Brasil ver!”, declarou o prefeito.

Fonte: Blog do CarlosBritto

UNIVERSO marca presença no Arena Enem

Os feras 2018 que farão a prova do Enem já têm encontro marcado na ARENA ENEM que acontece no sábado (27), na Arena de Pernambuco, das 14h às 19h30. No setor Oeste, será montado um grande palco onde os professores darão dicas de questões e como administrar bem o tempo da prova. Marcando presença no evento, a Universidade Salgado de Oliveira será a responsável pelas apostilas dos alunos e montará um grande espaço para tirar dúvidas sobre as profissões.

No comando do aulão, alguns os melhores professores do Estado: Ramon Gadelha (Biologia), Rodrigo Morato (Geografia), Bruno Machado (Física/Química), Marconi Sousa (Matemática), Ricardo Berardo (Matemática), Mitchel Estevão (História), Tereza Albuquerque (Linguagens) e Salviano Feitoza (Filosofia/Sociologia). Segundo um dos produtores do evento, Bruno Downey, do The Match Strike Pub, o Arena Enem vai ser um evento que vem para ficar no calendário anual do jovem Pernambucano que vai se preparar para o Enem. “O jovem que for ao evento vai sair muito mais motivado e focado para dar o seu melhor na prova, pois o Arena Enem vai trabalhar todas as áreas necessárias para o aluno atingir a sua alta performance durante a prova”, explica.

Além disso, o aulão contará com convidados especiais para trazer um pouco mais de tranquilidade e leveza como humoristas, programação musical e dicas de mentalidade positiva com a turma do Papo de Universitário. O Trilogiabio também marcará presença com a apresentação de animais silvestres para que os feras fiquem ainda mais encorajados para essa prova. Ainda na programação, o ARENA ENEM contará com áreas paralelas que deixarão os alunos ainda mais preparados para o grande dia. Entre os espaços estão a Arena relaxamento, Arena tira-dúvidas, Arena profissões, Arena mentalidade , Arena Food, Arena Pub e Arena diversão.

De acordo com o diretor geral da Universo, Ubirajara Tavares, a universidade sempre apoiará esse tipo de evento haja vista que muito desses jovens chegam perto do vestibular sem escolher a profissão a seguir. “Essa é uma escolha decisiva na vida desses feras levando em consideração a realização profissional para uma vida inteira”, comenta.

Os feras interessados em participar podem comprar o ingresso pelo site https://www.sympla.com.br/arena-enem__377634. O primeiro lote está sendo vendido por R$ 35, por pessoa, até o próximo dia 21.

MOBILIDADE – Quem quiser ir de transporte público, pode utilizar o metrô, desembarcar na Estação Cosme e Damião e embarcar na linha especial 047 – TI Cosme e Damião/Arena a partir das 8h. Para ter acesso ao serviço, pulseiras serão vendidas antecipadamente no valor de R$ 3,20. O serviço pode ser adquirido tanto em dinheiro quanto por meio do cartão VEM Trabalhador ou Comum. Os estacionamentos também estarão abertos e o tíquete custará R$ 20.

PROGRAMAÇÃO

14h – 14h45: Tereza (Linguagens + Redação)

14h45 – 15h: ítalo Sena e Marcílio Rodrigues (Humorista)

15h – 15h30: Mitchel (História)

15h30 – 15h45: Marcos Strider (Papo de Universitário)

15h45 – 16h30: Bruno Machado (Física/Química)

16h30 – 17h15: Intervalo

17h15 – 17h45: Ramon (Biologia)

17h45 – 18h00: André Maia (Trilogiabio)

18h – 18h30: Morato (Geografia)

18h30 – 19h: Marconi e Berardo (Matemática)

19h – 19h30: Salviano (Fisologia e Sociologia)

Com queda de 15,38% no FPM, presidente do Cimpajeú fala em cautela, enxugamento das despesas e pede compreensão da população

Com a principal renda dos municípios em queda constante, com cortes iniciais no 2º decênio do mês de setembro, quando o FPM – Fundo de Participação dos Municípios sofreu uma redução de 8,01% – comparando com o mesmo período de 2017 – isso levando em consideração a inflação do mesmo período; valendo acentuar que além desta redução, o prometido aumento de 1% do FPM para o mês de setembro, não saiu, impossibilitado de ser votado em virtude da Intervenção no Estado do Rio de Janeiro, e que as receitas oriundas do Imposto Sobre Serviços – ISS de cartões de crédito foram suspensas e, os royalties do petróleo que aguardam uma decisão da suspensão dos efeitos da Lei 12.734/2012 que determina novas regras de distribuição entre os entes da federação dos royalties e da participação especial em função da exploração de petróleo, O CIMPAJEÚ – Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú, presidido por Marconi Santana, prefeito do município de Flores, no sertão do Pajeú, faz um alerta da necessidade dos gestores municipais que já trabalham no limite apertarem ainda mais os cintos.

Para o líder municipalista que esteve no início da semana na sede da CNM – Confederação Nacional dos Municípios, em Brasília, lamentando como tem sido as dificuldades para arcar com a previdência social “é necessário cautela e manter o foco na garantia dos serviços essenciais; enxugar o máximo as despesas e pisar forte nos freios”, alertou o presidente do CIMPAJEÚ.

Preocupado com a difícil situação dos gestores municipais, e com as consequências que os mesmos poderão sofrer junto com a população, devido o impacto já anunciado hoje pela STN – Secretária do Tesouro Nacional, da redução de 15,38% a menos no FPM, Marconi pede um olhar mais firme dos gestores municipais para o cenário que vem se agravando nos cofres públicos municipais, com desenfreada queda de receita.

“O momento é desafiador, de muita cautela e de decisões enérgicas por parte de nós gestores, que teremos dias ainda mais difíceis daqui para frente, já que o declínio do FPM tem sido constante. Sendo assim, precisamos de um olhar mais firme para o atual cenário”, ressaltou.

Marconi ainda chamou a atenção da população no sentido de compreender que, o FPM é a principal receita dos municípios da região do Pajeú e que, nos últimos meses, só tem sido possível com muita dificuldade, com o FPM, manter os principais serviços como: Saúde, educação, limpeza, manutenção de estradas e o pagamento da folha de pessoal.

Petrolina: Após impasse da Compesa, Miguel Coelho pede ao Governo Federal para assumir obras de saneamento no Dom Avelar

Na passagem por Brasília, durante esta semana, o prefeito Miguel Coelho reuniu-se com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, para discutir a situação das obras de saneamento que deveriam estar em execução na bacia do Dom Avelar. O gestor municipal solicitou que os recursos em torno de R$ 38 milhões sejam transferidos para a Prefeitura de Petrolina realizar o trabalho que a Compesa decidiu não fazer.

Segundo Miguel, o financiamento federal está liberado desde o início deste ano, mas a companhia  estadual optou por deixar o dinheiro parado por questões políticas. Diante da situação de inércia por parte da Compesa, o prefeito decidiu solicitar formalmente ao Ministério das Cidades para realocar os recursos para a Prefeitura de  Petrolina tocar as obras aguardadas por milhares de moradores que convivem com esgoto a céu aberto.

Miguel garante que existe amparo legal para reivindicar os investimentos e disse estar confiante no posicionamento do ministro Alexandre Baldy. “A gente percebe a inércia da Compesa em resolver o problema do Dom Avelar, do São Jorge, Antonio Cassimiro, Mandacaru dentre tantos outros bairros. Por isso, solicitei pessoalmente ao Governo Federal para que a Prefeitura possa contrair esse empréstimo e não precisemos mais depender da Compesa, e sim, fazer essa obra tão esperada pelos petrolinenses”, explicou o prefeito.

Encontro em Petrolina, discute vias extrajudiciais para solução de conflitos

Um processo na justiça leva, em média, dez anos para ser encerrado no Brasil. Em muitos casos, a escolha extrajudicial pela conciliação ou mediação de conflitos pode trazer às partes uma grande solução e ainda desafogar os tribunais. Para ajudar empresários a entender esses mecanismos, a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) realizou nesta quarta-feira (17), no SENAI em Petrolina, um encontro com três mediadoras pioneiras na região.

As conciliadoras são representantes da Câmara de Conciliação e Mediação do Vale do São Francisco (CCMVASF), entidade instalada em Petrolina desde 2017 e que é especializada em apaziguar os ânimos, promovendo o diálogo, na busca por um acordo benéfico entre empresas ou pessoas envolvidas: empresários, sócios, funcionários e consumidores.

No país, mais de 100 milhões de processos esperam por decisões da Justiça; uma litigiosidade que, segundo a mediadora Alina Monteiro, causa lentidão nas salas e audiências dos tribunais. “Já é de entendimento comum que o simples litígio não traz benefícios para nenhuma das partes. Então o nosso objetivo é propiciar um acordo em que todos ganhem, sem precisar arrastar um processo judicial por 10 anos”, explica Alina, que é advogada especialista em mediação corporativa e empresarial.Durante o encontro na FIEPE, que reuniu conselheiros da unidade no Sertão do São Francisco, Alina ressaltou ainda que um procedimento de mediação leva, em média, de um dia a uma semana, dependendo da complexidade do caso; e que depois de assinado o acordo, ele passa “a ter força de lei”. “Todas as pessoas que optaram pelo mecanismo conseguiram uma taxa de sucesso de 90%, isso porque esses acordos não voltam à justiça para serem rediscutidos”.

De olho nos resultados e ampliação de câmaras de conciliação e mediação de conflitos em cidades como Recife, o diretor regional da FIEPE, Albânio Nascimento, disse que a reunião com a CCMVASF teve o papel de informar e tirar dúvidas do empresariado petrolinense, que prefere soluções benéficas para as partes a um litígio desnecessário. “Sabemos das dificuldades que todas as empresas têm, seja internos ou externos. E entendemos que a Câmara pode nos ajudar a chegarmos num acordo para casos que muitas vezes podem ser solucionados com diálogo”, finaliza.

Lei nº 13.140 de 2015

Prática já amplamente utilizada em países desenvolvidos como Estados Unidos, a Lei de Mediação foi criada para incentivar o uso de métodos extrajudiciais, como a conciliação, arbitragem e mediação, visando desafogar as comarcas e tribunais do Brasil. Por estar amparado na legislação, o acordo firmado entre as partes tem força executória a partir da assinatura.

Abertas inscrições para 77ª Exposição Nordestina de Animais

Bovinos, equinos, ovinos e caprinos vindos de vários estados do Brasil estão sendo inscritos para participar dos julgamentos que acontecerão durante a 77ª edição da Exposição Nordestina de Animais e Produtos Derivados – ENAPD, que será realizada de 3 a 11 de novembro de 2018, no Parque do Cordeiro, no Recife.

Reconhecida como uma das mais importantes do calendário pecuário brasileiro, a Exposição Nordestina de 2018 também vai sediar, mais uma vez, a Exposição Nacional de Ovinos da Raça Santa Inês, que deverá contar com cerca de 600 animais.

Como acontece todos os anos, será realizado, durante 77ª ENAPD, no sábado, dia 10, o Leilão Tradição Pernambuco, no qual serão comercializados ovinos e caprinos das raças Santa Inês, Boer, Dorpper e Anglo-Nubiano. Também está confirmada a realização do 2º Leilão MWM de Cavalos Quarto de Milha, na terça-feira, dia 6.

Outras atrações da Exposição serão os animais de pequeno porte como aves, coelhos e peixes ornamentais, entre outros, que estarão à disposição para compra pelo grande público. A estimativa é de que, ao todo, a Exposição deverá receber cerca de 5 mil animais. Além disso, estão sendo esperadas mais de 200 mil pessoas nos nove dias de exposição.

As inscrições de bovinos e equinos estão sendo feitas na sede da Sociedade Nordestina dos Criadores – SNC. Já os proprietários de ovinos e caprinos estão inscrevendo seus animais na Associação Pernambucana de Caprinos e Ovinos (Apecco). As duas entidades ficam no Parque do Cordeiro. Mais informações podem ser obtidas na SNC (81 3228.4332) e na Apecco (81 3445.6344). A Exposição Nordestina de Animais, é realizada pela Sociedade Nordestina dos Criadores (SNC), em parceria com a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco.

Hospital Dom Malan/IMIP realiza mais uma etapa de treinamento sobre reanimação neonatal

O Núcleo de Educação Permanente do Hospital Dom Malan/IMIP está realizando, de 15 a 23 de outubro, mais uma etapa de treinamento sobre reanimação neonatal para profissionais de enfermagem. Mensalmente o NEP desenvolve um calendário de cursos e reciclagem, que se repetem de acordo com a necessidade do serviço.

Este de Reanimação Cardiorrespiratória (RCR), por exemplo, foi ofertado em junho e está sendo repetido agora em outubro. “Essa é uma determinação do próprio IMIP. Existem alguns cursos que acontecem trimestralmente e outros em maior ou menor espaço de tempo”, esclarece a enfermeira gerente, Rejane Lins.

No RCR são repassados todos os cuidados básicos de enfermagem relativos aos primeiros socorros. A equipe que identifica a parada cardiorrespiratória deve iniciar de imediato o protocolo de reanimação e, por isso, todos devem estar preparados.

“O principal impacto positivo é o da diminuição da taxa de mortalidade. A equipe precisa estar pronta para agir na ausência do médico e essa é a hora de treinar”, ressalta Rejane, dando ênfase à importância da realização das manobras corretas.

O HDM é um hospital de referência materno e infantil, trabalha com uma incidência de prematuros muito grande e, nesse caso, o suporte básico de reanimação pode salvar muitas vidas.

Palestra sobre sustentabilidade na administração pública marca o Dia do Consumo Consciente em Serra Talhada

Há nove anos se comemora no Brasil o Dia do Consumo Consciente em 15 de outubro. E para marcar a data, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA) e a Comissão Municipal da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), realizaram na última segunda-feira (15) uma palestra para os servidores municipais sobre o uso consciente na administração pública.

O evento teve início com uma explanação da Secretaria de Meio Ambiente acerca do consumo consciente na administração pública através de práticas de sustentabilidade adotadas pelas secretarias e órgãos municipais após a adesão do município à A3P, como a redução do consumo de água e energia elétrica, reutilização de papel para rascunho, reutilização de equipamentos, redução do uso de copos descartáveis e destinação adequada do lixo, entre outras.

O evento contou também com uma palestra do Centro de Educação Comunitária Rural – CECOR acerca da experiência da Feira Agroecológica de Serra Talhada – FAST e sobre a importância dos produtos orgânicos. “Este tema tem o objetivo de chamar a atenção dos servidores presentes à respeito do consumo consciente e sobre o desperdício desnecessário na administração pública, reduzindo as despesas do município e contribuindo ao mesmo tempo para a sustentabilidade”, ressaltou o secretário Ronaldo Melo Filho.

O que é A3P?

A Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) é um programa do Ministério do Meio Ambiente que objetiva estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade. A adoção da A3P demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública enquanto promove a preservação do meio ambiente. Ao seguir as diretrizes estabelecidas pela Agenda, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus gastos.
O Programa A3P se destina aos órgãos públicos das três instâncias: federal, estadual e municipal; e aos três poderes da República: executivo, legislativo e judiciário. É uma agenda voluntária – não existe norma impondo e tampouco sanção para quem não segue as suas diretrizes.

A proposta da A3P é criar é criar uma cultura de responsabilidade socioambiental na administração pública a partir de seis eixos temáticos: uso racional dos recursos naturais e bens públicos; gestão adequada dos resíduos gerados; qualidade de vida no ambiente de trabalho; sensibilização e capacitação dos servidores públicos; compras públicas sustentáveis; e construções sustentáveis.

Congresso derruba veto de Temer e mantém cronograma de reajustes para ACS

O Ministério do Planejamento informou nesta quarta-feira (17) que a elevação do piso salarial para agentes de saúde vai custar aos cofres do governo R$ 4,8 bilhões em três anos.

O aumento do piso havia sido aprovado pelo Congresso e posteriormente vetado pelo presidente Michel Temer. Nesta quarta, o Congresso derrubou o veto presidencial.

O novo piso vai valer para agentes comunitários de saúde e de combate a endemias. O valor atual é de R$ 1.014,00 e estava congelado desde 2014. Agora vai aumentar de forma gradual nos próximo anos até chegar a R$ 1.550,00 em 2021.

Contrário à medida, o governo federal argumentou que aumento de despesa com pessoal nos 180 dias anteriores ao final do mandato do Poder Executivo pode ser enquadrado na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Pelo texto aprovado no Congresso, o reajuste será concedido da seguinte maneira: R$ 1.250,00 a partir de 1º de janeiro de 2019; R$ 1.400,00 a partir de 1º de janeiro de 2020 e R$ 1.550,00 a partir de 1º de janeiro de 2021.

A votação desta quarta-feira foi realizada por meio de cédula e, no plenário da Câmara, não houve oposição à derrubada do veto. Durante a sessão, um grupo de agentes comunitários acompanhou a votação das galerias do Congresso e aplaudiu a aprovação.

Em visita a ministros, Miguel acelera liberação de nova Casa de Partos e obras de mobilidade

O prefeito Miguel Coelho cumpriu agenda em Brasília, nesta quarta-feira (17), ao lado do senador Fernando Bezerra e do deputado federal Fernando Filho. O trio visitou representantes do Governo Federal para tratar da liberação de recursos para a saúde pública, obras de mobilidade e habitação.

No Ministério da Saúde, Miguel cobrou a autorização para funcionamento da nova Casa de Partos, que será construída no Centro de Petrolina. O ministro Gilberto Occhi assegurou que a formalização para o equipamento será garantida até o próximo mês. Miguel ainda reivindicou investimentos para a construção de um novo Centro De Especialidades Odontológicas, além de recursos para custear medicamentos e outros insumos da rede municipal de Saúde. “Saio muito satisfeito da visita, pois estamos destravando alguns recursos e autorizações que serão muito importantes para Petrolina”, resumiu o prefeito.

Miguel ainda se encontrou com o ministro dos Transportes, Valter Casimiro, que confirmou a visita a Petrolina no dia 26 de outubro para inaugurar as obras da Avenida Sete de Setembro e anúncio de investimentos em mobilidade. Por fim, o prefeito esteve com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, para tratar de uma nova etapa do programa Minha Casa, Minha Vida para pessoas em condição de vulnerabilidade em Petrolina.