Monthly Archives: outubro 2018

Mercado reage com otimismo a resultado das eleições, dizem economistas

A reação do mercado diante do resultado das eleições, com a vitória de Jair Bolsonaro, foi positiva, afirmaram hoje (29) especialistas ouvidos pela Agência Brasil. Para o coordenador do Centro Macro Brasil da Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas, Marcelo Kfoury, o mercado está vivendo uma espécie de “lua de mel” com a ascensão de Bolsonaro. Ele disse que o resultado não foi uma surpresa, “tanto que o câmbio já vinha oscilando para baixo, em torno dos US$ 3,60, e hoje chegou a empatar com a cotação da última sexta-feira”. Em relação à bolsa de valores os negócios ganharam um pouco mais de impulso ancorados nesse “otimismo”.

O que surpreendeu, segundo o economista, foi o resultado divulgado nesta segunda-feira (29), do Índice de Confiança da Indústria (ICI), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da FGV, que caiu em dois pontos, em outubro, passando para 94,1 pontos, o mais baixo desde setembro de 2017 (93,4 pontos), na terceira queda seguida. Kfoury acredita na reversão, com a retomada do otimismo do setor e a possibilidade de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) ainda no primeiro trimestre de 2019.

Em sua análise, as atenções estarão muito voltadas daqui para a frente para a estratégia a ser usada pelo presidente eleito na obtenção de votos da maioria no Congresso Nacional para a aprovação de medidas importantes e de anseio do mercado como as reformas da previdência e do sistema tributário.

“Ele pode ter uma pegada mais populista, atendendo interesses corporativos e usar a tática do toma lá da cá”, disse o economista, demonstrando que todas as ações serão atentamente acompanhadas pelo mercado. “Por enquanto, há boa expectativa de que se prossiga na linha que já vinha sendo defendida pelo atual presidente. “Qualquer divergência vai ser analisada na lupa.”

Linha ortodoxa

Para o economista da Tendências Consultoria, Silvio Campos Neto, o mercado demonstra a expectativa de que será mantida uma linha ortodoxa e mais liberal na condução da economia. “Uma linha como a que já vinha sendo adota nos últimos dois ano e que favorece a precificação dos ativos”, afirmou. No entanto, o economista disse que há um compasso de espera quanto à real capacidade de se colocar em prática as medidas defendidas durante a campanha, bem como no discurso do futuro ministro da economia, Paulo Guedes.

Para Campos Neto, ainda pairam incertezas em torno do apoio a ser conquistado pelo novo governo no Congresso Nacional com relação às mudanças pretendidas, tendo comoprioridade a reforma da previdência social. Outra missão assumida em campanha pelo presidente eleito, e que estará no radar do mercado, de acordo com o economista, é a promessa de um ajuste fiscal, visando reduzir o déficit público para que haja mais recursos destinados a investimentos.

O economista justificou que, com base na agenda econômica proposta, o mercado acenou positivamente neste dia primeiro dia, após o resultado eleitoral, com a abertura dos negócios do Ibovespa em alta. Por volta das 11h30, o índice operava com alta de 1,4%. Já o dólar, iniciou o dia em queda, sendo comercializado a US$ 3,60. O valor da moeda norte-americana, na opinião do economista, não deve baixar muito além disso, em razão da falta de suporte no cenário econômico mundial.

Supermercadistas defendem menos impostos e cortes de gastos públicos
Em nota, a Associação Paulista de Supermercados (APAS) manifestou a expectativa de que o novo governos desenvolva uma política alinhada a “fatores como geração de empregos, investimentos na qualidade da educação, diminuição da máquina pública e simplificação tributária”.

A entidade defendeu ainda medidas que estimulem a livre concorrência, a privatização e venda de propriedades imobiliárias da Uniãobem como a “manutenção do tripé macroeconômico vigente (câmbio flexível, meta de inflação e meta fiscal); a criação de novo modelo de carteira de trabalho baseada em vínculos empregatícios fixos ou contratos individuais; permissão legal para a escolha entre sindicatos; redução de alíquotas de importação e de barreiras não-tarifárias; simplificação de abertura e fechamento de empresas em até 30 dias; e estímulo à gestão do espaço rural pelos produtores”.

Fonte: FolhaPE

Em seis meses, Prefeitura de Petrolina entrega nono posto de saúde

A Prefeitura de Petrolina segue com a política de aproximar o atendimento médico e odontológico da população com a abertura de novos postos de saúde. No último sábado (27), o bairro beneficiado foi o Fernando Idalino. A Unidade Básica de Saúde da comunidade, que estava fechada há cinco anos, foi reinaugurada pelo  prefeito Miguel Coelho. Com isso, a gestão municipal contabiliza a entrega de nove postos de saúde em apenas seis meses.

Antes da reabertura, os moradores do Fernando Idalino precisavam se deslocar mais de 2 km até o bairro Henrique Leite, aumentando a fila por atendimento no local. Agora, a comunidade terá  os serviços perto de casa com uma estrutura recomendada pelo Ministério da Saúde, com recepção, salas de vacina, procedimentos e curativos; consultório médico; consultório odontológico e assistência farmacêutica.

Durante a inauguração, o prefeito Miguel Coelho adiantou que mais três unidades serão abertas até o final deste ano e, em 2019, outros dez postos devem ser inaugurados. “Estamos aproximando o médico de quem mais precisa. Descentralizar o serviço de saúde é humanizar e estar sensível às dificuldades dessas comunidades que muitas vezes não tem condições de se deslocar longos trajetos ou precisavam se amontoar para conseguir um simples atendimento. Esse trabalho de melhorar a saúde básica é nossa prioridade e será cumprida durante toda nossa gestão”, assegurou o prefeito.

A abertura de postos de saúde nas comunidades sem atendimento médico e odontológico faz parte da plataforma de ações “Petrolina Cuida”. A iniciativa tem investido mais de R$ 37 milhões em medidas para melhorar a saúde básica, oferecendo também mutirões para zerar filas por cirurgias, novas ambulâncias, consultórios odontológicos, entre outros serviços.

Marconi Santana: “Dois pilares que estamos fortalecendo que é a educação e saúde”

Na tarde da última sexta-feira (26), os moradores do Bairro Vila Nova foram contemplados com dois atos de assinaturas, que vão garantir o início da construção de uma escola de 4 (quatro) salas, padrão FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação e uma Unidade Básica de Saúde da Família, que vai assegurar o atendimento aos mais de 3 mil usuários do serviço, que hoje precisam se deslocar para o centro urbano do município.

Os atos aconteceram no espaço Deputado Estadual Wilson Santana, na sede do museu municipal e foram prestigiados pelos vereadores, Alberto Ribeiro, Jeane Lucas e Flávia Santana; além de secretários municipais, moradores do Bairro Vila Nova e a primeira dama, Lucila Santana.

“Nós só temos mesmo é que agradecer, por esta ação maravilhosa. Vai melhorar muito o nosso Bairro e ainda mais o aprendizado dos nossos filhos…e não vamos precisar andar tanto a pé, para ir até o postinho”. Disse Maria de Fátima Oliveira, moradora do Bairro.

“Diante do cenário, onde existe uma grande dificuldade para se conseguir recursos, a gente tem uma gestão que não só busca recursos no governo federal, como também, tem investido recursos próprios no nosso município”. Destacou a Secretária de Saúde, Joselma Cordeiro.

Já Marconi Santana, prefeito municipal destacou, que “com a entrega deste equipamento estaremos deixando de pagar o aluguel de uma casa, e estamos garantindo mais recurso para a melhoria dos serviços em saúde, para o nosso povo”, e completou:

“São dois pilares importantes da administração pública que estamos fortalecendo que é a educação e saúde; o que nos deixa com uma felicidade imensa”, disse acrescentando:

“Agradeço de forma muito especial a Danilo Cabral e Mendonça Filho. Ambos foram fundamentais para pudéssemos hoje, autorizar estas duas construções”, finalizou.

Em mensagem nas redes sociais, Antonio Souza faz defesa da Democracia

Na manhã desta segunda-feira (29), o empreendedor social Antonio Souza se posicionou em suas redes sociais sobre o resultado das eleições do último domingo.
Antonio ressaltou o papel da Democracia no Brasil, que dá voz ao povo, sem desconsiderar as minorias. A mensagem também destaca o sentimento de paz, esperança e dias melhores para o estado de Pernambuco e para o País.
O empreendedor social ainda reafirmou seu compromisso com projetos que contribuem positivamente para o Nordeste. E parabenizou a todos os brasileiros que contribuíram com as eleições deste ano, com bravura e honestidade.
Leia na íntegra a mensagem de Antonio Souza:
Em uma democracia, a vontade da maioria, uma vez confirmada, deve ser defendida por todos, pois, em nossa Constituição, a orientação é que todos os poderes para governar emanam do povo.
Tenho certeza de que o desejo dessa maioria é um futuro melhor para todos, com paz, prosperidade, harmonia em todos os aspectos; para o nosso bem mais precioso que é a nossa família.
Estaremos atentos, vigilantes, mas, principalmente, trabalhando e contribuindo ainda mais para o sucesso dos projetos do nosso estado, do Nordeste e, consequentemente, do nosso País!
Que Deus nos abençoe, e que o desejo e a pureza do coração de quem votou acreditando ser o melhor projeto, realmente se concretize.
Parabéns a todos. Agora temos que acreditar não existem perdedores, e sim bravos brasileiros que merecem um país próspero e de oportunidades.
Estarei, como sempre, defendendo os projetos que são de extrema importância para a geração dessas oportunidades para a nossa região.
Estamos todos no mesmo barco chamado Brasil!!!
Antonio Souza

Bolsonaro confirma quatro ministros para seu governo

Por: Agência Brasil

A definição do ministério do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) deverá se acelerar nos próximos dias, mas os primeiros nomes foram confirmados hoje por ele. No poderoso ministério da Fazenda, que poderá ser renomeado para Economia, figura desde o início o economista Paulo Guedes. Para a estratégica Casa Civil, foi escolhido o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS). E para o Ministério da Defesa, a escolha recaiu sobre o general reformado Augusto Heleno.

Na pasta de Ciência e Tecnologia, o astronauta brasileiro Marcos Pontes, que é tenente-coronel da Aeronaútica, também foi confirmado por Bolsonaro e ele próprio admitiu que aceitaria a missão.
A meta máxima de 15 ministérios, por exemplo, já não é uma certeza. A primeira polêmica surgiu com a tão anunciada e propagada pelo candidato fusão entre as pastas da Agricultura e Meio Ambiente. Após receber visitas de empresários, exportadores, e de representantes do agronegócio, ficou claro que é preciso analisar eventuais prejuízos na economia internacional com as possíveis mudanças. Hoje, o principal discurso de Bolsonaro é afirmar que irá ouvir e avaliar todas as vertentes políticas e econômicas antes de tomar qualquer decisão.
Civis
Paulo Guedes é carioca, tem 69 anos, é formado em economia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e com mestrado pela Universidade de Chicago. É conhecido no meio acadêmico, tendo lecionado na PUC-Rio e na Fundação Getúlio Vargas (FGV). Foi um dos fundadores, em 1983, do Banco Pactual.

Também foi sócio-fundador e diretor executivo da JGP Gestão de Recursos, onde era um dos responsáveis pela supervisão da gestão do Fundo JGP Hedge e pela estratégia das operações. Tornou-se membro do conselho diretor da PDG Realty Empreendimentos e Participações, da Abril Educação e da Localiza Rent a Car. Ajudou a fundar o Instituto Millenium, um centro de pensamento econômico, e também foi sócio-fundador do grupo financeiro BR Investimentos, que se tornaria parte da Bozano Investimento.

O deputado gaúcho Onyx Lorenzoni (DEM-RS) foi escolhido para a Casa Civil pelo trabalho de articulação legislativa desempenhado com sucesso no Congresso, meses antes do início da campanha, arregimentando maioria parlamentar de sustentação a Bolsonaro.
Onyx tem 64 anos, nascido em Porto Alegre, formado em medicina veterinária pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Está em seu quarto mandato como deputado federal, depois de exercer dois mandatos como deputado estadual.
No Congresso, Onyx  é apontado pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) como um dos parlamentares mais influentes. Participou de 12 CPIs, com destaque para a dos Correios, e a da Petrobras. Em 2016, foi relator do projeto que transforma as 10 Medidas contra Corrupção, propostas pelo Ministério Público Federal (MPF), em lei.
Generais na Esplanada 
O general Heleno tem 70 anos, é nascido em Curitiba e formado na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman). É considerado uma das pessoas que gozam do maior prestígio e respeito por parte de Bolsonaro.
Heleno foi o primeiro comandante da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (Minustah), de junho de 2004 a setembro de 2005. Antes disso, no início de sua carreira, foi primeiro colocado de sua turma de cavalaria na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO) e na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (Eceme).

No posto de major, integrou a missão militar brasileira de instrução no Paraguai. Como coronel, comandou a Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), em Campinas, e foi adido militar da Embaixada do Brasil em Paris, acreditado também em Bruxelas.

Como oficial-general, foi comandante da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada e do Centro de Capacitação Física do Exército, chefe do Centro de Comunicação Social do Exército e do Gabinete do Comandante do Exército. O general também foi comandante militar da Amazônia.
O tenente-coronel da Força Aérea Brasileira (FAB) Marcos Pontes tem 55 anos e é natural de Bauru (SP). Notabilizado como o primeiro astronauta brasileiro, que atingiu o espaço em março de 2006, à bordo de uma nave russa, após anos treinando na Nasa, irá comandar a pasta de Ciência e Tecnologia.

Formou-se no Colégio Liceu Noroeste, em Bauru em 1980. Em 1984, recebeu o bacharelado em tecnologia aeronáutica da Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga. Em 1989, iniciou o curso de engenharia aeronáutica no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos, recebendo o título de engenheiro em 1993. Em 1998, obteve o mestrado em engenharia de sistemas pela Naval Postgraduate School, em Monterrey, Califórnia.

Em junho de 1998, foi selecionado para o programa espacial da Nasa, para a candidatura a que o país tinha direito no programa espacial do governo americano, pelo fato de integrar o esforço multinacional de construção da Estação Espacial Internacional.
Iniciou o treinamento obrigatório em agosto daquele ano no Centro Espacial Lyndon Johnson, em Houston. Em dezembro de 2000, ao concluir o curso, foi declarado oficialmente astronauta da Nasa.
Cotados
Também aparece cotado para um ministério da Infraestrutura o general da reserva Oswaldo de Jesus Ferreira, 64 anos, que atuou em Brasília como um dos coordenadores do plano de governo de Bolsonaro. O general, que chegou ao posto máximo da carreira como chefe do Departamento de Engenharia e Construção do Exército, tem como meta retomar as obras paralisadas, o que exigirá aumento das verbas para investimentos, hoje reduzidas.
Na área de educação e comunicações, surge o nome do general Aléssio Ribeiro Souto, que tem coordenado esta área do programa de governo, mas há políticos do DEM cotados para ser ministro da Educação – como o próprio ex-ministro Mendonça Filho.

Em Pernambuco, Haddad vence com 66,50% dos votos válidos

Ao longo deste domingo (28), 5.377.444 eleitores compareceram às 19.797 seções eleitorais de Pernambuco. A abstenção neste pleito foi de 18,14%, ou 1.191.872 eleitores, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na totalização das urnas, o candidato Fernando Haddad (PT) foi o mais votado no Estado. Derrotado no total nacional, o petista, que fez um grande ato no Pátio do Carmo, no Centro do Recife, na última quinta-feira (25), recebeu 3.297.944 votos66,50% dos válidos. Eleito o próximo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL) terminou o segundo turno em Pernambuco com 1.661.163 votos, o equivalente a 33,50%.

Na contagem total, 76.515 eleitores (1,42%) votaram em branco e 341.822 votos nulos (6,36%) foram computados. As primeiras parciais dos resultados começaram a ser divulgados apenas às 19h, uma vez que os eleitores do Acre e de algumas cidades do oeste do Amazonas votaram em um fuso horário de duas horas a menos em relação ao horário de Brasília.

Balanço das ocorrências
Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) avaliou que a eleição transcorreu de forma “muito positiva e sem qualquer intercorrência grave”. Durante a votação, em Pernambuco, de acordo com o TRE-PE, foram registradas 254 ocorrências com urnas e 136 delas foram substituídas.

“O eleitor pernambucano, é muito ordeiro e merece todo o respeito”, afirmou o presidente do TRE-PE, Desembargador Luiz Carlos Figueiredo. No Estado ocorreram 11 prisões e três detenções. “A maior parte, inclusive, já passou pela audiência de custódia e já foram liberados. Num universo de eleitores de mais de 6,5 milhão de eleitores e de quase 21 mil urnas. Isso é uma gota d´água no oceano”, comentou o presidente do órgão.

“Qualquer das circunstâncias que foram narradas, todas elas são comunicadas ao Ministério Público Eleitoral para averiguar as circunstâncias inquietas em que essas coisas aconteceram. Essas coisas serão avaliadas devidamente no Ministério Público, para saber se irá ou não, ajuizar em cada caso concreto”, complementou o Desembargador Luiz Carlos Figueiredo.

com informações de Luiza Alencar, da editoria de Política

Fonte: FolhaPE

Derrotado, Fernando Haddad diz que defenderá liberdade de 45 milhões de eleitores: “Não tenham medo”

O candidato derrotado à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), afirmou na noite deste domingo (28) que, agora, terá a “tarefa” de fazer oposição e de defender o pensamento e as liberdades dos mais de 45 milhões de brasileiros que não votaram no presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Haddad foi derrotado por Bolsonaro no segundo turno. De acordo com a apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com 99% das urnas apuradas, o petista havia recebido 46,85 milhões de votos contra 57,7 milhões do adversário até a última atualização desta reportagem.

Uma parte expressiva do povo brasileiro precisa ser respeitada neste momento. Diverge da maioria, tem um outro projeto de Brasil na cabeça e merece o respeito no dia de hoje. […] Portanto, nós temos uma tarefa enorme no país que é, em nome da democracia, defender o pensamento, defender as liberdades desses 45 milhões de brasileiros que nos acompanharam até aqui“, afirmou o petista durante discurso em um hotel em São Paulo.

Durante o discurso, Haddad afirmou que coloca a “vida à disposição desse país” e se dirigiu aos seus eleitores, pedindo a todos que “não tenham medo“. Ele parafraseou o Hino Nacional e afirmou: “Verás que um professor não foge à luta, nem teme quem adora a liberdade à própria morte”.

Olhando nas ruas desse país em todas as regiões, eu senti uma angústia e um medo na expressão de muitas pessoas que às vezes chegavam a soluçar de tanto chorar. Não tenham medo. Nós estaremos aqui, nós estamos juntos, nós estaremos de mãos dadas com vocês, nós abraçaremos a causa de vocês. Contem conosco. Coragem. A vida é feita de coragem. Viva o Brasil“, disse Haddad.

Compromisso

Para o petista, há “muita coisa em jogo” no Brasil e, por isso, é preciso “exercer a nossa cidadania” para garanir o pleno funcionamento das nossas instituições. Ele disse ainda que tem o compromisso de manter a democracia e pediu aos eleitores que não aceitem “provocações e ameaças”.

O candidato derrotado disse ainda que, agora, o PT e a militância precisarão se reconectar com suas bases e com os pobres desse país para “retecer um programa de nação que há de sensibilizar mentes e corações desse país“.

Nós não vamos deixar esse país para trás. Nós vamos colocá-lo acima de tudo, e nós vamos defender o nosso ponto de vista, respeitando a democracia, respeitando as instituições, mas sem deixar de colocar o nosso ponto de vista sobre tudo que está em jogo a partir de agora“, afirmou Fernando Haddad.

Fonte: G1

Serra: Desenvolvimento do turismo cultural do Sertão do Pajeú é tema de evento em Triunfo

Começa nesta segunda-feira (29) e segue até a quarta-feira (31), no Centro de Convenções do SESC Triunfo-PE, o evento “O Voo do Desenvolvimento – O Turismo Cultural no Sertão do Pajeú. O evento tem o objetivo de fomentar os setores de turismo, cultura, economia e desenvolvimento social, envolvendo profissionais liberais, empresários, prefeituras e sociedade civil para conhecerem de perto a importância do Aeroporto Regional Santa Magalhães, que deverá ser inaugurado em breve em Serra Talhada.

O evento tem o apoio do Sesc-PE, Sebrae-PE, Azul Linhas Aéreas, Amupe, Empetur e prefeituras da região. A programação contará com Rodada de Negócios, Espaço Destinos, Visita Técnica, Palestras, Homenagens, Happy Hour e momento de Sociabilidade, Lazer e Solidariedade, com doações de alimentos, roupas e acessórios diversos. Os alimentos serão distribuídos entre os espaços carentes da região e as roupas e acessórios ao Bazar do Câncer do Sertão.

Na terça-feira (30), haverá, às 15h, a palestra “Vôo do Desenvolvimento – Solidariedade e Beneficência, ministrada pela colunista e publicitária, Andréa Martins.

Saiba mais sobre o evento

Rodada de Negócios – Diversas empresas da região participarão da Rodada de Negócios, realizada em parceria com o Sebrae-PE. A Rodada tem como objetivo a geração de renda, o empreendedorismo e o fomento entre os mais variados setores.

Espaço Destinos – Este espaço será utilizado pelas prefeituras da região para exposição de seus potenciais de cultura, turismo, gastronomia, arte entre outros.

Visita Técnica – As associações do Trade Turístico de Pernambuco estarão participando ativamente do evento, realizando visitas técnicas nas cidades da região.

Palestras – As palestras serão ministradas pela Azul Linhas Aéreas, Sebrae-PE, SDS-PE, Trade Turísticode PE e um profissional médico.

Happy Hour – Será o momento de sociabilidade e congraçamento do evento. Com serviço de alimentos e bebidas.

Stand UP – Momento de Lazer

PROGRAMAÇÃO:

DIA 29.10.18 (SEGUNDA-FEIRA)

11h30 – Chegada em Triunfo e recepção de boas-vindas pelo prefeito João Batista

12h15 – Check-in Hotéis

12h40 – Almoço com a colunista Andréa Martins (SESC TRIUNFO)

14h – Apresentação e Visita Técnica a pontos turísticos de Triunfo-PE

19h – Jantar oferecido pela Prefeitura de Triunfo, no Papo Pizza

 Parlatório de boas-vindas:

•         Prefeito João Batista.

•         Conselheiro da Empetur

–         Representante do Trade Turístico

•         Prefeito de Serra Talhada.

•         Apresentação do Grupo de Caretas.

30.10.18 (TERÇA-FEIRA)

8h00 – Saída para Serra Talhada

8h40 – Chegada em Serra Talhada

8h50 – Coquetel de boas-vindas e Recepção pelo prefeito Luciano Duque

9h10h – Apresentação do potencial turístico / cultural de Serra Talhada

9h40 – Visita ao Sítio Passagem das Pedras – Onde Nasceu Lampião.

11h30 – Visita ao Museu do Cangaço – Visita ao Museu da Cidade/Casa da Cultura.

12h30 – Almoço oferecido pela Prefeitura de Serra Talhada

14h00 – Saída para visita técnica Aeroporto local

15h – Retorno a Triunfo.

17h– Evento Andréa Martins – participação mesa redonda –  Após evento horário livre.

17h – Abertura. (Em ponto)

17h10 – Momento de descontração

17h15 – Palestra Sebrae

17h 40 – Desfile de Moda

18h00 – Mesa Redonda – Trade Turístico de PE

18h30 – Mesa Redonda – Prefeitos de Serra Talhada, Triunfo, Solidão, Afogados da Ingazeira e Solidão e Carnaíba

19h00 – Mesa Redonda – Sertão do Pajeú: Turismo Histórico e Cultural Movendo a Economia, com Anildomá Willans de Souza, Ronaldo Alves, Conselheiro da Empetur, Andrea Martins e Marcelo Wakeed, representante de Solidão, Carnaíba, Santa Cruz e Triunfo.

19h00 – Apresentação do Grupo de Xaxado Cabras de Lampião.

19h30 – Apresentação da Sinfônica, de Carnaíba.

20h – Sorteios e Encerramento – Logo após Happy Hour

31.10.18 (QUARTA-FEIRA)

7h30 – Check-out hotéis

8h – Saída para Carnaíba

8h20 – Chegada à cidade e recepção e pelo prefeito Anchieta Patriota

8h30 – Apresentação do destino e coquetel de boas-vindas / entrevistas

9h30 – saída para Afogados da Ingazeira

10h – Chegada à cidade e recepção pelo prefeito José Patriota

10h20 – Apresentação do destino e coquetel de boas vindas

11h30 – Almoço

13h30 – Saída para o Recife.

Paulo Câmara emite nota ao atual Eleito Presidente 2018

“Espero que o presidente eleito Jair Bolsonaro governe para todos, respeitando a Constituição Federal, as instituições democráticas e a Federação. A retórica agressiva deve ficar no passado. Bolsonaro precisa ser presidente de todos e não apenas de uma parcela do Brasil. Quero também elogiar o desempenho irrepreensível de Fernando Haddad, que foi um guerreiro, correto, leal e que fez o que esteve ao seu alcance nessa curta campanha eleitoral. Torço para que Haddad se mantenha atuante, pois é um importante quadro político que tem muito ainda a oferecer ao Brasil”.

Governador Paulo Câmara