Monthly Archives: novembro 2018

AFOGADOS SEDIOU FÓRUM REGIONAL DE SECRETÁRIOS E DIRIGENTES MUNICIPAIS DE DESENVOLVIMENTO

O SEBRAE e A Prefeitura de Afogados da Ingazeira promoveram na manhã desta sexta (30), o Fórum Regional de Secretários e Dirigentes Municipais de Desenvolvimento Econômico e o Encontro de Agentes de Desenvolvimento dos Sertões Central, Moxotó, Pajeú e Itaparica. O evento integra a programação da IV Feira de Empreendedorismo de Afogados e ocorreu no auditório do Instituto Federal de Pernambuco – IFPE.

O Fórum teve o objetivo de reunir secretários e agentes municipais de desenvolvimento, que atuam junto às Salas do Empreendedor de cada município,  para discutir as melhorias do ambiente de negócios, melhorias na competitividade das empresas, capacitação e redução da burocracia. Os encontros estão acontecendo em todo o estado de Pernambuco. Em Afogados, os participantes assistiram a palestra do Gerente da Unidade de Políticas Públicas do SEBRAE, Fernando Clímaco, com dicas de como construir caminhos para que as pequenas empresas possam crescer mais e desenvolver melhor o potencial econômico das  cidades.
Participaram também, além dos Secretários de Desenvolvimento, o Prefeito de Cedro, Antonio Leite, a Secretária Municipal de Administração, Flaviana Rosa e o vice-prefeito de Afogados da Ingazeira, Alessandro Palmeira. “Esse é um encontro estratégico e muito importante para Afogados e a região. Recebemos secretários e representantes de vários municípios de Pernambuco, que estão vindo conhecer a experiência aplicada tanto pelo SENAC quanto pelo SEBRAE aqui em Afogados, mas também para conhecer a experiência exitosa da nossa sala do empreendedor, que tem ajudado muito na evolução da nossa economia local”, destacou Alessandro Palmeira.

Municípios do Agreste e Sertão serão capacitados pela Secretaria de Agricultura para o Programa Garantia Safra

Objetivo é apresentar as diretrizes e o papel de cada parceiro nas cidades que aderiram ao programa
Entre os dias 10 e 20 de dezembro, a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), por meio da Secretaria Executiva da Agricultura Familiar (Seaf), promoverá a capacitação do Programa Garantia Safra. Com investimento de R$ 46 mil, o treinamento acontecerá nas cidades de Lagoa Grande, Ouricuri, Salgueiro, Serra Talhada, Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Garanhuns, Caruaru e Bom Jardim, envolvendo um público estimado de 700 pessoas.
A capacitação é destinada aos secretários municipais de Agricultura, extensionistas do IPA, membros da sociedade civil (Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável) e sindicatos. “O objetivo da capacitação é garantir que o programa seja executado de maneira correta nos municípios, dando acesso aos agricultores que realmente se enquadram nas diretrizes do programa, garantindo as condições mínimas de segurança nutricional e alimentar dos agricultores aderidos”, esclarece o coordenador estadual do Garantia Safra, Tarcísio Pontes.
Durante a oficina será repassada a legislação base que regula o programa, bem como as novidades que atualizam a dinâmica do programa, como a nova comissão estadual que ira julgar a defesa dos agricultores bloqueados em safras anteriores.
O programa consiste no pagamento de um benefício (R$ 850), uma espécie de seguro, pago em cinco parcelas aos agricultores que registraram perda de lavoura por conta da estiagem ou de chuvas excessivas. É uma iniciativa do Governo Federal executada em parceria com estados e municípios. Na safra passada, foram aderidos em Pernambuco 120 mil agricultores.

Assembleia Legislativa prestou homenagem aos 30 anos do Sistema Único de Saúde

Os 30 anos do Sistema Único de Saúde (SUS) foram celebrados, nesta quinta (29), na Assembleia Legislativa. Durante Grande Expediente Especial que lotou o auditório do Edifício Governador Miguel Arraes, representantes de setores que participaram da construção dessa política pública destacaram os resultados alcançados e os desafios para que ela tenha continuidade.
Autora do requerimento em homenagem ao SUS, a deputada Teresa Leitão (PT) reverenciou “a jornada de centenas de brasileiros e brasileiras que lutaram para inscrever na Constituição Federal o Sistema Único de Saúde”. A parlamentar afirmou que, se o sistema ainda não funciona a contento, contribuiu para a redução da mortalidade infantil de mais de 60 óbitos por mil nascidos vivos, antes do programa, para 13,8 em 2015.
A petista citou, ainda, números do sistema referentes ao ano de 2017, como a realização de 69 milhões de cirurgias, quase 300 milhões de atendimentos de urgência e emergência e 26 mil transplantes. Também ressaltou que a rede administra 322 mil hospitais, 42 mil equipes de saúde da família e é a fonte exclusiva de atendimento para 162 milhões de brasileiros.
Grande Expediente Especial em homenagem aos 30 anos do Sistema Único de Saúde – SUS
APOIO – “O SUS é uma conquista do povo brasileiro, um poderoso instrumento de defesa da vida e dos mais pobres”, disse Teresa Leitão. Foto: Sabrina Nóbrega
“O SUS é uma conquista do povo brasileiro, um poderoso instrumento de defesa da vida e dos mais pobres. Mais do que nunca, ele precisa de nossa coragem e ousadia para continuar resistindo aos ataques que virão”, expressou Teresa. Os desafios do financiamento do sistema, agravados pela Emenda Constitucional 95/2016 (que estabelece um teto para os gastos públicos federais por 20 anos) e pelo rompimento do acordo de cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) para o Programa Mais Médicos foram os pontos mais abordados pelos participantes da reunião. Representando o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde de Pernambuco (Cosems/PE), a secretária de Saúde de Rio Formoso, Neijla Cardoso, mencionou também enfrentamentos contra interesses do setor privado, corporativismo e problemas de gestão.
Itamar Lages, do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes), propôs a criação de duas frentes democráticas, republicanas e populares em defesa do SUS, formadas pela sociedade e pelo Parlamento Estadual. “A gente precisa dessa organização política para o SUS continuar a fazer prevenção, promoção da saúde, tratamento, pesquisa e produção de fármacos”, acentuou.
Para a secretária-executiva de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de Pernambuco, Luciana Albuquerque, “o SUS é um direito conquistado, que a sociedade precisa garantir”. “Querem desqualificar o SUS, mas ele é um modelo em nível mundial. Esses 30 anos de resistência são um motivo de orgulho para todo o País”, concluiu a deputada Laura Gomes (PSB), que presidiu a reunião.
Também participaram representantes dos Conselhos Nacional e Estadual de Saúde, Ministério Público de Pernambuco, Instituto Aggeu Magalhães/Fiocruz e Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), entre outras entidades. Ainda houve entrega de diplomas em reconhecimento à atuação para a consolidação do SUS. Os contemplados foram José Augusto Carvalho de Barros, Joselma Cavalcante Cordeiro, Thália Velho Barreto de Araújo e Maria Bernadete de Cerqueira Antunes. Maria Cristina Cortes Fittipaldi também foi agraciada, mas não pôde comparecer e receberá o diploma posteriormente.
Fotos: Sabrina Nobrega/Alepe

FEIRA DE EMPREENDEDORISMO DE AFOGADOS DA INGAZEIRA TEM MAIS UMA NOITE COM EXCELENTE PÚBLICO

Que a IV edição da Feira de Empreendedorismo de Afogados da Ingazeira deste ano superaria a edição do ano anterior, todos sabiam, tendo em vista a grande procura de stands e expositores. Mas o que está surpreendendo mesmo é a grande frequência de público. Assim como na abertura, ocorrida na quarta, a noite de ontem agregou um público ainda maior de pessoas visitando os stands, participando das atividades culturais e fazendo um lanche na área destinada ao segmento gastronômico.

Na parte cultural, as atrações ficaram por conta do grupo de capoeira “cordão de ouro”, pelo jiu-jitsu do Chikao Team, e pelas atividades físicas coordenadas pelas academias estação atlética, Xtreme fit, Falcon e pelos alunos de educação física da UNIP.Uma atração à parte tem sido a exposição dos trabalhos realizados por crianças e adolescentes que integram a rede de proteção social coordenada pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), mantido pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Os jovens são orientados pelo artista plástico Luciano Pires.

Na feira de negócios, o público que lotou o espaço destinado aos stands, pode conferir novidades em produtos e serviços, muitos dos quais em promoção, nos mais diversos segmentos do empreendedorismo afogadense.“Mesmo estando ainda na metade, podemos afirmar que a feira tem sido um sucesso, com uma excelente frequência de público, o que abre espaço para avaliarmos que, possivelmente, teremos um volume de negócios bem maior do que o realizado no ano passado,” destacou Flaviana Rosa, Secretária de Administração de Afogados da Ingazeira.

Nesta Sexta (30) as atividades começam cedo, no auditório do IFPE, onde acontece o Fórum Regional de Secretários e Dirigentes de Desenvolvimento Econômico das regiões do Sertão Central, Moxotó, Pajeú e Itaparica. O fórum tem início às 8h. À noite, na Praça Arruda Câmara, a partir das 18h, teremos o samba de coco de Iguaracy, balé cultural de Afogados, Balé Expressart, Xaxado bandoleiros (Solidão), o reisado do Santo Antônio, de Afogados da Ingazeira. Às 20h30, acontece o tradicional desfile da grife “Moda Matuta”. E é claro, a partir das sete da noite, a tradicional feira de negócios.

Serra: Márcio Oliveira participa de Encontro Nacional de Municípios em Brasília

O vice-prefeito de Serra Talhada, Márcio Oliveira, representando o prefeito Luciano Duque, participou do III Encontro Nacional de Municípios, realizado no dia 27 de novembro, em Brasília. A pauta do evento contou com o tema: Alternativas para superação da crise nos municípios.

Na volta para Serra Talhada, além das ideias que visam adotar essas medidas para lidar com a crise de forma ainda mais eficaz, o vice-prefeito trouxe também um compromisso firmado com a assinatura do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia – América Latina e Caribe.

Esse Pacto é uma aliança global de cidades e governos locais voluntariamente comprometidos com a luta à mudança climática, reduzindo seus impactos inevitáveis e facilitando o acesso à energia sustentável e acessível para todos.

Além de especialistas nos assuntos debatidos, e do presidente da ABM e prefeito de São Leopoldo (RS), Ary Vanazzi, quem também participou do evento foi o presidente do STF, Ministro Dias Toffoli.

Em Pernambuco, micro e pequenas empresas tiveram crédito de R$ 26 milhões até outubro

De Janeiro a outubro deste ano a Agência de Fomento do Estado de Pernambuco – Agefepe financiou um total de R$ 26 milhões para Microempreendedores Individuais (MEIs), Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (EPPs). Desse total, 41% são referentes a 495 operações de microcrédito para capital de giro, com destaque para os setores de confecções e de alimentos (pequenas mercearias e lanchonetes). Outro segmento que se destacou foi o de artesanato com 220 operações, as quais beneficiaram expositores da Fenearte que obtiveram crédito para compra de estande e capital de giro.

Uma das beneficiadas foi Viviane Locatelli, que produz assessórios como brincos, colares e pulseiras com fibras de coco em Porto de Galinhas. Segundo ela, o acesso à linhas de financiamento é fundamental para o artesão. “Quando estamos no período de ‘entressafra’ o crédito viabiliza capital de giro para manter o negócio”, disse.No mesmo período do ano passado, o total de financiamentos realizados foi de R$ 16 milhões. Segundo o presidente da Agefepe, Emanuel Rocha, houve um aumento na demanda por crédito este ano, o que pode estar relacionado ao início da retomada de crescimento da economia do Estado.

“Com base no que registramos até agora, o ano de 2019 se mostra promissor com relação às perspectivas de consolidação da curva de crescimento econômico. Por isso, esperamos ampliar ainda mais as nossas operações de financiamento dos empreendedores que planejam abrir ou ampliar os seus negócios no próximo ano”, afirmou.Em 2018, a Agefepe desenvolveu um plano de ação com objetivo de atender a demanda crescente do polo de confecções de Pernambuco, que abrange principalmente os municípios de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama. Empregando mais de 100 mil pessoas, o polo é a principal atividade econômica do Agreste e um ambiente fértil para a geração de novos negócios.

Além disso, a Agência também criou uma linha de crédito específica para atender o segmento de Transporte Escolar, que reúne cerca de 2 mil veículos no Estado, dos quais 1.247 estão na Região Metropolitana do Recife.  “As condições oferecidas pela Agefepe em relação a prazo, taxas de juros e carência não têm igual no mercado por isso resolvi fazer o financiamento para trocar a minha Van”, afirmou Márcio José Marques, que atua há 20 anos no setor de transporte de estudantes.

PREFEITURA E SEBRAE PROMOVEM RODADA DE NEGÓCIOS EM AFOGADOS DA INGAZEIRA

Uma das atividades programadas para a IV Feira do Empreendedorismo de Afogados aconteceu na manhã desta quinta (30), no IFPE: a rodada de negócios, direcionada a segmentos específicos da economia local como agricultura familiar, gastronomia e beleza.

A rodada de negócios foi conduzida por especialistas do SEBRAE e da Sala do Empreendedor, coordenada pela Secretaria de Administração de Afogados da Ingazeira, reunindo empreendedores destes segmentos de Afogados e de Carnaíba. O objetivo é estabelecer contatos entre quem vende e quem compra dentro da mesma cadeia empreendedora. Hotéis, bares e restaurantes compram frutas, legumes e hortaliças, muitos deles produzidos pelos nossos agricultores familiares. A função da rodada de negócios é estabelecer o contato entre eles, para que possa gerar a demanda, beneficiando ambos os lados.O segmento de beleza tem sido destaque em Afogados, com diversos cursos realizados na área e expansão de cabelereiros, barbeiros e clínicas de estética na cidade. Fornecedores de produtos de beleza, na área de atacado, onde os preços praticados são mais em conta, puderam ter contato direto com os cabeleireiros, manicures e maquiadoras de Afogados, para diminuir custos e fortalecer a cadeia produtiva do segmento.

Participaram da atividade a analista do SEBRAE, Ana Paula Santos; o Presidente da CDL/Afogados, Glauco Queiroz; o Secretário Municipal de Agricultura, Valberto Amaral; e a Secretária de Administração, Flaviana Rosa. “Essa é uma oportunidade única para fortalecer os laços das cadeias produtivas, diminuindo os custos com a aquisição de matéria prima e fortalecendo a economia empreendedora destes e de novos segmentos,” avaliou Flaviana

Bolsonaro diz que privatizações do BB e da Caixa não estão no radar da próxima gestão

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quinta-feira (29) que a privatização do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal não estão no radar da próxima gestão federal. “Qualquer privatização tem que se responsável. Não é jogar para cima e ficar livre. Algumas privatizações ocorrerão. Outras estratégicas, não. Banco do Brasil Caixa Econômica não está no nosso radar”, declarou o presidente eleito.

Bolsonaro disse ainda que considera difícil a aprovação de uma reforma da Previdência ainda este ano. Ele disse que vai oferecer uma nova proposta no início do seu mandato. Segundo o presidente eleito, a atual proposta da gestão Michel Temer é “um pouquinho agressiva para com o trabalhador”.

“No corrente ano é difícil qualquer reforma andar. O Parlamento está dividido porque metade não se reelegeu. Devo sim apresentar uma reforma da Previdência no início do meu mandato. Não essa que está no momento, que nós achamos um pouquinho agressiva para com o trabalhador”, disse ele, após evento na Vila Militar, zona oeste do Rio de Janeiro.

Via: FolhaPE

Tribunal Regional Eleitoral lança projeto “TRE-PE Mais Perto do Eleitor” em Afogados da Ingazeira

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco lançou o projeto-piloto “TRE-PE Mais Perto do Eleitor” que busca se tornar referência em atendimento ao eleitor para os Tribunais Eleitorais de todo o país.

A iniciativa, que partiu da Presidência do Tribunal, permitiu a implementação de novas funcionalidades que permitirão a qualquer eleitor, vinculado a qualquer Zona Eleitoral de Pernambuco, ser atendido em 18 locais de atendimento, nas Centrais de Atendimento e nos Cartório Eleitorais sedes de polos eleitorais. A ideia é que, no futuro, qualquer eleitor possa ser atendido em qualquer Cartório Eleitoral e para todos os procedimentos realizados pela Justiça Eleitoral. Por enquanto o eleitor poderá realizar as quatro das principais operações oferecidas pelos Centrais e cartórios eleitorais: alistamento (primeiro título), revisão (para mudança de endereço no mesmo município, mudança de nome, etc.), transferência (para outro município) e segunda via (impressão sem alterações dos dados do eleitor).

No momento, o atendimento poderá ser realizado nas Centrais de Atendimento ao Eleitor das cidades de Recife, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Caruaru, Garanhuns, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Petrolina e Vitória, e nos cartórios eleitorais sedes dos polos das cidades de Carpina, Palmares, Surubim, Arcoverde, Serra Talhada, Petrolândia, Salgueiro, Ouricuri, Igarassu, Limoeiro, Belo Jardim e Afogados da Ingazeira. Os eleitores vinculados a municípios que não possuem atendimento biométrico poderão realizar as operações, exceto a coleta de dados biométricos. Nesse caso, os eleitores deverão comparecer ao cartório de seu domicílio de origem quando estiver o correndo o recadastramento biométrico no município.

Para ser atendido nas unidades autorizadas o eleitor deverá fazer um agendamento pelo próprio site do TRE (www.tre-pe.jus.br). Se o atendimento for em Recife, além da opção de agendamento pelo site, o eleitor pode agendar pelos telefones (81) 3194.9152 ou (81) 3194.9153. No dia do atendimento é necessário levar um comprovante de residência de seu município de origem para comprovar seu vínculo.

Cooperativa do Vale do São Francisco recebe prêmio nacional por práticas de ressocialização de menores

O projeto ‘Camerata Sicredi Vale do São Francisco’ conquistou o 2º lugar do Prêmio SomosCoop 2018, na categoria Cooperativa Cidadã. A prática agraciada consiste na ressocialização de menores socioeducandos por meio da música e já beneficiou mais de 100 adolescentes em 2 anos. Ao todo, o trabalho da unidade petrolinense disputou com outros 437 projetos de 267 cooperativas, sendo apenas 21 reconhecidas nacionalmente.

Uma das mais importantes premiações do cooperativismo brasileiro, o SomosCoop procura valorizar as boas práticas das cooperativas aos seus associados e à comunidade onde estão inseridas. Esta foi a primeira vez que o projeto Camerata Sicredi Vale do São Francisco, que é executado com o apoio da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) Case de Petrolina e Vara da Infância do município, competiu para o prêmio. As aulas de teoria e prática ocorrem na Funase.

Pequena orquestra com liberdade de instrumentos, a camerata é especializada em música de câmara e erudita, mas que, para a iniciativa do Sicredi, também foi adaptada para instrumentalizar canções e ritmos tipicamente nordestinos. Wagner Miranda, um dos instrutores do projeto e vocalista dos Matingueiros, afirma que a ação tem mudado a vida de muitos socioeducandos. “Temos um socializando que depois do projeto se mudou para Minas Gerais e agora é músico lá”, cita.Neste ano, houve um aumento de 25% do número de inscrições no SomosCoop em relação à edição anterior, segundo o Sistema OCB, que promove a distinção. O prêmio é dividido em sete categorias: Comunicação e Difusão do Cooperativismo, Cooperjovem, Desenvolvimento Sustentável, Fidelização, Inovação e Tecnologia, Intercooperação e Cooperativa Cidadã, que, além do Sicredi Vale do São Francisco (em Pernambuco), premiou também outras duas cooperativas dos estados de Santa Catarina e Minas Gerais.

O Prêmio SomosCoop é entregue a cada dois anos e também é uma forma de difundir boas práticas pelo movimento cooperativista de todo o país. “A cada dia nós buscamos colocar um tijolo a mais na construção de um Brasil melhor e mais justo. Então é preciso parabenizar e incentivar todos esses trabalhos para seguirmos colaborando com o desenvolvimento de uma sociedade mais próspera”, comenta o presidente da Sicredi Vale do São Francisco, Antonio Vinícius Ramalho Leite, que recebeu o título em Brasília.