Amupe promoveu capacitação de assessores de comunicação no Sertão

A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), por meio de seu projeto Gestão Cidadã desembarcou nesta quinta-feira (21/11) na cidade de Afogados da Ingazeira, no Sertão, para promover a segunda etapa do 3° Encontro de Assessorias de Comunicação das Prefeituras Pernambucanas, o foco foram os assessores do Sertão do estado e municípios participantes do Projeto. Cerca de 140 assessores de Pernambuco participaram das duas edições do evento.

Foi um dia de grandes debates sobre o papel das assessorias de comunicação atualmente, principalmente pelo advento das mídias sociais que são o principal mote da comunicação hoje em dia. As fake news estão cada vez mais presentes no dia a dia da população e isso acaba impactante nos municípios, principalmente nas prefeituras e esse tema foi o tema da mesa de debate que abriu o encontro.

 Na abertura do evento José Patriota, presidente da Amupe e Prefeito de Afogados da Ingazeira falou sobre a importância desse diálogo para a Gestão Pública. “A CNM e a Amupe são instituições vitais para o municipalismo brasileiro. O evento de hoje, devido a alta capacidade intelectual dos palestrantes, vai contribuir e muito para aprimorarmos ainda mais, democratizarmos a comunicação dos municípios”, enfatizou Patriota.

Participaram da mesa de debate o radialista e presidente da Asserpe, Nill Júnior, o diretor-vice presidente da Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC), Felipe Peres Calheiros e o gestor de redes sociais da CNM, Marco Melo. O radialista Nill Júnior, tratou durante a sua fala sobre a importância das assessorias das prefeituras, a checagem de informações, a disseminação de fake news nos municípios e as formas que suas assessorias podem responder de forma efetiva.

Felipe Calheiros, da EPC, apresentou a EPC e falou da importância da TV pública no debate de assuntos como é o caso das notícias falsas. Terminada a mesa de debate, o professor e cientista político Adriano Oliveira, palestrou sobre o relacionamento do poder público com a imprensa e com a sociedade. Segundo ele, “para que o poder público mantenha relação saudável com a imprensa é necessário que ela esteja pautada, acima de tudo, no quesito da transparência e no respeito à liberdade de imprensa e expressão”.

A parte da tarde foi de oficina com o gestor de redes sociais da CNM, Marco Melo. De tema “Comunicação para Democratização da Gestão Pública”, o encontro teve por objetivo contribuir para que a comunicação municipal seja um mecanismo impulsionador de participação popular. Para o gestor de redes sociais da CNM, Marco Melo, “Marco Melo, “foi muito gratificante vir até o Sertão de Pernambuco e ver interação e o compartilhamento de experiências exitosas das assessorias dos municípios. Compartilhar essa oficina foi um impacto social incrível. É ver de fato a missão da CNM se cumprir na ponta com uma comunicação que transforma realidades e tem o papel de mudar a vida das pessoas”.

Participaram da edição de Afogados da Ingazeira cerca de 60 pessoas entre assessores, jornalistas e comunicadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *