Serra: Prefeitura apoia edição do Sertão Saudável em Bernardo Vieira

Serra Talhada recebeu no último domingo (12.01) mais uma edição do Sertão Saudável. A iniciativa é de estudantes dos cursos de medicina, enfermagem, odontologia, nutrição e psicologia da região, com apoio da Federação Internacional de Associações de Estudantes de Medicina – IFMSA BRAZIL.

A ação gratuita de promoção e educação em saúde aconteceu na Escola Barão do Pajeú, no Distrito de Bernardo Vieira, com apoio da Prefeitura de Serra Talhada, através da Secretaria de Saúde e Autarquia Educacional – AESET. Foram ofertados diversos serviços à população do distrito e comunidades vizinhas, beneficiando cerca de 350 pessoas com atendimento médico, odontológico, nutricional e psicológico, além de eletrocardiogramas, vacinação e testes rápidos de sífilis, hepatites e HIV.

O estudante de medicina, Emanuel Cordeiro, um dos organizadores do evento, agradeceu à Prefeitura Municipal pela parceria. “Nós queremos agradecer à Secretaria de Saúde que disponibilizou o transporte para locomoção dos estudantes, equipe médica com dois clínicos e um cardiologista, unidade odontológica móvel com dentista e auxiliar de saúde bucal, eletrocardiogramas, vacinação, testes rápidos e equipe da Unidade Básica de Saúde local. Agradecer também à AESET, que disponibilizou os serviços da Clínica Escola de Psicologia, aos empresários parceiros e aos vereadores Alice Conrado e Zé Raimundo pelo apoio”, disse.

A secretária de Saúde, Márcia Conrado, destacou a importância do evento, que foi realizado pela primeira vez na zona rural do município. “Os estudantes da área de saúde de Serra Talhada estão de parabéns pela iniciativa, mostrando que se preocupam com o bem-estar das pessoas, e desta vez escolheram Bernardo Vieira para realizar o Sertão Saudável, atendendo centenas de pessoas em parceria com o município. Faço questão de agradecer a cada um dos envolvidos na ação, e dizer que estamos sempre à disposição para contribuir com esse projeto que ajuda tantas pessoas, levando atendimento, orientação e prevenção em saúde”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *