Secretário de Saúde de Afogados da Ingazeira conta ações de combate à COVID-19 no município

Artur Belarmino – Atualmente, o município tem 9 casos descartados e 2 em investigação. Já passaram pelo monitoramento da quarentena 276 pessoas que chegaram de outras cidades e foram identificadas nas barreiras sanitárias. Dessas, 220 já deixaram o monitoramento e 56 continuam sendo o monitoradas. Já com relação a Síndrome Gripal identificada nas Unidades Básicas de Saúde, 628 pessoas foram notificadas para cumprir as medidas de isolamento. Dessas, 615 saíram do monitoramento e 13 ainda continuam sendo observadas.

COSEMS/PE: Como a população tem reagido à quarentena?

Artur Belarmino – A população reage de várias formas. No início, a situação foi mais difícil. Hoje, uma grande parte entende, respeita… O grande dificultador são as agências bancárias. As pessoas estão tendo que desrespeitar a orientação do isolamento para procurar os bancos e poder sacar o auxílio de emergência oferecido pelo governo.

COSEMS/PE: Conta como foi concebida e planejada a ação de distribuição de 20 mil máscaras para a população.

Artur Belarmino – A distribuição das máscaras foi pensada a partir da necessidade de prevenir a população utilizando uma medida não farmacológica. O uso de máscara é uma barreira eficaz e já utilizada em vários outros países. Pensando nesse cenário, nas evidências científicas existentes, nós adquirimos inicialmente máscaras com uma rede de costureiras locais, mas pensando em atender a totalidade da população, adquirimos 40 mil máscaras. Chegaram e foram distribuídas 30 mil. Estamos aguardando as 10 mil unidades restantes para atender 100% da população.

COSEMS/PE: Fale um pouco sobre a ação de barreiras sanitárias nas entradas do município. Como tem sido a repercussão e os resultados frente à COVID-19?

Artur Belarmino – As barreiras são importantes. Elas identificam pessoas que estão chegando no município advindas de áreas com transmissão sustentada da COVID-19 e nos ajudam a identificar, informar e monitorar junto com a Atenção Básica todas as pessoas. Além do controle do nosso município, informamos aos municípios circunvizinhos pessoas com sintomas de febre que estão passando por elas. A barreira ajuda no monitoramento de casos suspeitos da COVID-19 não só de Afogados da Ingazeira, mas de vários outros municípios.

COSEMS/PE: Que dica você gostaria de dar à população neste momento?

Artur Belarmino – Que respeitem as orientações das autoridades sanitárias e que fiquem em casa. Se precisar sair para utilizar algum serviço essencial, utilize a máscara. Um outro detalhe importante é sobre a não propagação de notícias falsas. Acompanhem os dados informados pelo Governo Municipal através de sua página oficial, redes sociais e informativos em rádio e carro de som.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *