Monthly Archives: junho 2020

BOLETIM NOVO CORONAVÍRUS – SERRA TALHADA

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada informa que foram registrados mais 46 casos positivos de Covid-19 nesta terça-feira (30), sendo 24 pacientes do sexo feminino e 22 do sexo masculino, totalizando 578 casos confirmados. Entre os 46 novos casos confirmados, 12 são resultados de exames do Lacen-PE, de pacientes considerados suspeitos, que realizaram a coleta de Swab na semana passada e tiveram os resultados divulgados hoje pelo Laboratório Central do Estado. 

O município registrou o décimo primeiro óbito. O paciente era idoso, tinha 93 anos, morador do centro da cidade e vinha sendo monitorado em casa por familiares, que são profissionais da área de saúde. Como vinha apresentando sintomas de Covid-19, foi feita a coleta de Swab na última sexta-feira (26), mas infelizmente o idoso veio a óbito na manhã desta terça (30), sendo o resultado positivo divulgado ainda esta tarde.

O número de casos suspeitos subiu para 35 e o de casos descartados subiu para 2.269. O município tem 353 pacientes recuperados, 210 em tratamento domiciliar e 04 em leitos de internamento. Em relação aos profissionais de saúde contagiados, 29 estão recuperados 19 estão em isolamento domiciliar monitorado. 

O boletim diário, portanto, fica com 578 casos confirmados, 35 casos suspeitos, 353 recuperados, 2.269 descartados e 11 óbitos. 

CASOS CONFIRMADOS:

ZONA URBANA 

IPSEP (107)

São Cristóvão (81)

AABB/Várzea (72)

Bom Jesus (63)

Centro (55)

Cohab/Tancredo Neves (37)

Alto da Conceição (23)

Cagep (22)

Vila Bela (22)

Mutirão (13)

Malhada Cortada/Baixa Renda (12)

Caxixola (10)

Universitário (08)

Borborema (08)

Nossa Senhora de Fátima (02)

ZONA RURAL 

Barra do Exú (10)

Varzinha (10)

Sítio Poço Escuro (05)

Fazenda Saco – IPA (03)

Caiçarinha da Penha (03)

DNOCS (03)

Fazenda Cacimbinha (02)

Sítio Conceição de Cima (02)

Fazenda Icós (01)

Lagoa da Pedra (01)

IPA (01)

Fazenda Joazeiro (01)

Fazenda Cajuí (01)

‘Me deixou dois anjinhos’, diz marido de grávida de gêmeos que morreu com Covid-19

Larissa Branco tinha 23 anos (Foto: arquivo pessoal)

Por: Diario de Pernambuco

A Covid-19 levou embora a vida de Larissa Branco, uma jovem de 23 anos, grávida de 35 semanas, esperando filhos gêmeos. Ela faleceu por complicações da doença após dar à luz as duas crianças, em um parto de emergência.
O marido Diego Rodrigues, 24, se encarregará sozinho de cuidar dos meninos, Guilherme e Gustavo. “Quando uma mãe morre no parto, ela vira anjo e está nos protegendo”, afirma o jovem que tenta buscar forças na esperança de uma proteção especial
Morador de Macatuba, no interior de São Paulo, Diego desabafa que sua vida transformou de uma hora para outra e os filhos recém-nascidos o dão forças para continuar. “Eu estou muito abatido, não tiro ela da cabeça, mas sei que Deus tem um plano pra nossa vida. Deus permitiu que ela deixasse dois anjinhos para eu cuidar, para me dar forças. Chorei tanto quando vi eles pela primeira vez, foi a coisa mais linda”, lembra o jovem em entrevista ao G1, portal de notícias da Globo.
As crianças testaram negativo para o coronavírus, mas permanecem no hospital em recuperação, pois nasceram prematuros. “Me deu um alívio de ver eles bem. Os dois meninos vão precisar muito de mim e eles sempre vão ouvir histórias e saber da mamãe que tiveram. Todo mundo a amava”, conta o pai.
O jovem diz ainda que a esposa precisou ser internada no dia 26, após alguns dias apresentando os sintomas da doença. No sábado à noite, ela foi transferida para Botucatu e entrou em trabalho de parto. “Eu fui na sala de cirurgia e eles já estavam tirando o primeiro bebê. Ela olhou para aquela carinha maravilhosa e eu fiquei todo emocionado, era o sonho dela”, lembra o marido.
Larissa faleceu após ter uma hemorragia e precisar fazer transfusão de sangue. “Ela teve uma hemorragia e não estava conseguindo conter. Depois ela teve uma parada cardíaca e precisou fazer transfusão de sangue. Por volta das 6h, me avisaram que ela não aguentou e tinha falecido. O médico disse que por causa da Covid, o corpo dela não conseguia cicatrizar”, explicou o pai dos gêmeos.
Diego também tinha testado positivo para a Covid-19, mas não está mais transmitindo o vírus. Por isso, pôde acompanhar o desenvolvimento dos filhos no hospital até eles estarem prontos para receberem alta.

Com informações do G1.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Covid-19: Brasil registra 1.280 mortes e 33.846 novos casos em 24 horas

 Foto: Miguel Schincariol/AFP

Por: Correio Braziliense

Com mais 33.846 infecções pelo novo vírus e 1.280 óbitos novos óbitos, o país soma 1.402.041 brasileiros infectados e 59.594 vítimas da Covid-19. Puxado pelo Brasil, a América Latina é a região do mundo mais gravemente atingida pela pandemia e, para vencê-la, as autoridades responsáveis “não devem abandonar o que funciona por fadiga ou pressão política”, alertou a diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Carissa Etienne.
Durante coletiva de imprensa desta terça-feira (30), Etienne comentou sobre medidas de relaxamento adotadas em países Brasil e disse que a decisão precoce pode trazer uma inundação de novos casos e, por isso, definiu o momento como “crítico”. “Muitas pessoas vivem abaixo da linha da pobreza ou dependem da economia informal, dificultando a manutenção das medidas de quarentena por períodos prolongados”, usou como uma das justificativas para a abertura mesmo em um momento crítico de transmissão do vírus.
No entanto, a diretora alertou: “reabrir não é apenas suspender as restrições de viagem e ficar em casa; requer a implementação de um conjunto de medidas de saúde pública para rastrear novos casos e criar capacidade suficiente para detectar e controlar novos surtos.”
Em uma análise mundial, o Brasil só fica atrás dos Estados Unidos no ranking que mede quais países têm mais casos e mortes pela Covid-19. De acordo com a Universidade Johns Hopkins, os Estados Unidos tem 2.618.480 infectados e 126.628 mortes pelo vírus.
Ao comparar os estados brasileiros com os números mundiais, São Paulo, que soma 281.380 infecções e 14.763 óbitos ultrapassou, sozinho, o acumulado de casos do Chile (279.393) e, desde a semana passada, soma mais confirmações que a Espanha (249.271) e Itália (240.578).
Segundo estado brasileiro mais afetado pela Covid, o Rio de Janeiro bateu a marca dos 100 mil mortos e acumula mais fatalidades que a Bélgica (9.747), Peru (9.504) e Rússia (9.306). No estado fluminense são 10.080 perdas para a doença e 112.611 infectados, número superior aos registros em todo o Canadá (105.984). Além dos dois estados do Sudeste, Ceará (108.699) e Pará (103.206) já acumularam mais casos do que a China, que contabiliza 84.782 infecções.
Após Alagoas entrar esta semana para o rol dos estados com mais de mil mortes cada, o Rio Grande do Norte bateu a marca nesta terça-feira (30), ao registrar 1.034 perdas até o momento. Enquanto isso, Alagoas confirmou 1.052 fatalidades. Também estão nesse grupo: Ceará (6.146), Pará (4.920), Pernambuco (4.829), Amazonas (2.823), Maranhão (2.048), Bahia (1.853) e Espírito Santo (1.648).
Além disso, todos os estados do Nordeste ultrapassaram as 500 mortes cada. No Brasil, apenas Mato Grosso do Sul tem menos de 200 óbitos, já que, com a última atualização, Tocantins cravou a marca. No MS são 76 mortes.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Números da epidemia em Pernambuco permanecem em queda e Governo dá prosseguimento ao Plano de Convivência

Cinquenta municípios das Gerências Regionais de Saúde do Recife, Limoeiro e Goiana avançam para a 5ª etapa de flexibilização, na próxima segunda-feira. Situação do Agreste, Sertão e da Regional de Palmares será avaliada no fim de semana

O Gabinete de Enfrentamento à Covid-19 finalizou, nesta terça-feira (30.06), a avaliação dos dados de saúde do mês de junho e definiu que na próxima segunda-feira (06.07) cinquenta municípios das Gerências Regionais de Saúde do Recife, Limoeiro e Goiana avançam para a 5ª etapa do Plano de Convivência com o novo coronavírus. Com isso, serão liberadas as atividades comerciais de vendas de automóveis com 100% da carga e os serviços de escritório com 50%. A avaliação sobre a Região Agreste, que está na etapa 2 do plano e tem os municípios de Caruaru e Bezerros em isolamento rígido, além do Sertão e da regional de Palmares, será feita no fim de semana. Os jogos de futebol sem público e a retomada do Polo de Confecção permanecem suspensos. Na próxima terça-feira (07.07), a situação dessas atividades será reavaliada.

De acordo com os dados do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19, os números de casos, óbitos e a demanda sobre o sistema de saúde permanecem em queda no Estado de Pernambuco de maneira geral. A redução vem sendo puxada pela Região Metropolitana do Recife. Mata Sul, Agreste e Sertão ainda têm índices não estabilizados e, por isso, é necessário cautela no avanço das flexibilizações. No próximo sábado (04.07), com o fechamento da semana epidemiológica 27 será possível determinar a progressão dessas regiões.

“A análise das informações de saúde é feita com muita responsabilidade e critério. Estamos sendo extremamente cuidadosos com o andamento do Plano de Convivência. Permanecemos expandindo nossa rede de atendimento e investindo na prevenção. Vale destacar que, mesmo com a retomada das atividades econômicas, as pessoas só devem sair de casa em casos de extrema necessidade, usar máscara de proteção e reforçar os hábitos de higiene”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Nesta terça-feira (30.06), o sistema de saúde público estadual estava com 77% dos leitos de UTI ocupados. É o menor índice desde o dia 5 de abril. Ontem, Pernambuco atingiu a marca de 40 mil pessoas recuperadas após enfrentar a doença. “São números importantes que só reforçam o nosso compromisso com o que foi, desde o início, o nosso maior objetivo: salvar vidas”,  avaliou o secretário de Saúde, André Longo.

Prorrogação do auxílio emergencial trará segurança econômica para as famílias, diz Eduardo da Fonte

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP) celebrou o anúncio do governo federal de pagar por mais dois meses o valor de R$ 600 do auxílio emergencial. Mais de 64 milhões de brasileiros recebem o benefício, criado para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

“O benefício é fundamental para que as famílias tenham o mínimo de condições de enfrentar essa crise. É um alívio para muitos pais e mães que, por perderem o emprego e a renda por causa da pandemia, não teriam como sustentar seus filhos. Vamos continuar lutando pelo pagamento do benefício até dezembro e pela implementação da renda mínima”, afirmou o deputado.

O anúncio da prorrogação do benefício se aproxima do que é proposto no PL 2550/20, de autoria de Eduardo da Fonte. O projeto conta com apoio de pelo menos 273 deputados federais e amplia o pagamento do benefício por mais seis meses, até 31 de dezembro. Quase 130 mil pessoas e mais de 150 entidades da sociedade civil também assinaram um abaixo assinado se manifestando favoráveis ao pagamento do auxílio até o fim do ano. A renda mínima, citada pelo deputado, é proposta no PL 3023/20, que cria um programa social com o pagamento mensal e permanente de R$ 600.

Rodrigo Vilela/ Assessor de Imprensa – Dep. Fed. Eduardo da Fonte (PP/PE)    

Governo do Estado entrega respiradores e EPIs em Caruaru e Bezerros

Secretário André Longo pactuou abertura de novos leitos no Agreste e se reuniu com secretários de Saúde para planejar e monitorar as ações de enfrentamento à Covid-19
 
Na manhã desta terça-feira (30/06), o secretário de Saúde André Longo esteve nos municípios de Bezerros e Caruaru, localizados no Agreste do Estado. O gestor anunciou a chegada de 20 respiradores para o Hospital Mestre Vitalino e pactuou a abertura de novas vagas de UTI em Bezerros. 
 
No início da manhã, Longo foi ao Hospital Jesus Pequenino, em Bezerros, onde assinou o termo de cessão de cinco respiradores, cinco monitores multiparamétricos e cinco camas hospitalares para a unidade. Os equipamentos, que serão entregues nesta quarta-feira (1º), vão possibilitar a abertura de 10 novos leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com Covid-19 na cidade. 
 
Em seguida, o secretário seguiu para Caruaru, onde anunciou a chegada de mais 20 respiradores ao Hospital Mestre Vitalino – principal referência para o tratamento da Covid-19 no município. Atualmente, a unidade já conta com 110 leitos exclusivos para os pacientes com o novo coronavírus, sendo 60 de Terapia Intensiva. 
 
“O governador Paulo Câmara determinou que nós expandíssemos a capacidade instalada para o acolhimento dos pacientes com a Covid-19 no interior do Estado. Estamos com esse plano em curso e essa cessão de equipamentos para a UTI do Hospital Jesus Pequenino, em Bezerros, faz parte desse esforço do Governo do Estado. O Agreste, hoje, é o foco principal das nossas atenções, por isso essa força-tarefa em Bezerros e também em Caruaru, principal cidade da região, que ganhará novos leitos no Hospital Mestre Vitalino”, afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo. 
 
O gestor ainda lembrou a importância do uso de máscaras e de sair de casa apenas para situações essenciais. “O grande esforço tem que ser do aumento do isolamento social, que melhorou nos últimos dias, mas ainda pode ser ampliado, e da conscientização das pessoas, pois precisamos gerar menos doentes graves. Para isso, é essencial ampliar o distanciamento social e diminuir a transmissibilidade da Covid-19, que estava em alta na região. É preciso o esforço de toda a população, assim como o Polo de Confecções e o comércio que precisam seguir todos os protocolos de higiene e segurança para que possamos controlar a doença”, frisou Longo. 
 
Nesta terça, o Governo de Pernambuco também está entregando mais de 85 mil Equipamentos de Proteção Individual para as secretarias de Saúde dos dois municípios. Entre os itens estão máscaras cirúrgicas (70 mil); máscaras do tipo N95 (14 mil), que são indicadas para uso de profissionais que estão em contato direto com os pacientes em procedimentos com risco de geração de aerossol; protetores faciais (1.400) e óculos de proteção (210).
 
Para fechar a visita ao Agreste, André Longo participou, na sede da IV Gerência Regional de Saúde (IV Geres), em Caruaru, de uma reunião com os secretários de Saúde das duas cidades. Durante o encontro, foi feita uma avaliação da situação epidemiológica da Covid-19 e discutido o andamento dos primeiros dias de isolamento rígido nos dois municípios.

Sesc Triunfo promove Mesa de Glosa feminina

Dias 2 e 10 de julho haverá apresentação de poesia improvisada e bate-papo sobre a produção literária no Pajeú

O fazer da poesia improvisada declamada por artistas pernambucanas é o tema principal das lives de julho programadas pelo Sesc Triunfo. O Mesa de Glosa, que já teve apresentações em junho, agora é comandado por mesas exclusivamente femininas. Nos próximos dias 02 e 10/07, haverá apresentações artísticas e conversas sobre a produção poética na região do Pajeú. As lives serão transmitidas pelo Youtube da Associação dos Poetas e Prosadores de Tabira (APTTA), sempre às 19h.

No dia 2 de julho, haverá a live “Mesa de Glosa”, que é uma apresentação poética improvisada. Na ocasião, a poetisa Verônica Sobral, que será a mediadora da mesa, inicia com duas linhas poéticas. As outras convidadas, Dayane Rocha, Elenilda Amaral, Erivoneide Amaral e Francisca Araújo, chamadas de glosadoras, completam a ação declamando outros versos poéticos de improviso.

Já no dia 10, vai acontecer a conversa “A voz feminina na literatura do Pajeú: Da poesia de bancada à Mesa de Glosa”. O bate-papo será realizado entre as poetisas Alecsandra Barros, Francisca Araújo, Isabelly Moreira, Luna Vitrolira e Thaynnara Queiroz. A mediação fica por conta da curadora da programação e professora de Literatura do Sesc, Aurilene Ferreira.

Sesc – O Serviço Social do Comércio, seguindo as orientações de isolamento social determinadas pelo Governo de Pernambuco, em razão da pandemia do novo coronavírus, está realizando seus trabalhos em regime home office. Ações das cinco áreas fins da instituição (Educação, Cultura, Lazer, Assistência e Saúde) estão sendo realizadas com o auxílio de plataformas digitais, que contribuem para que a interação não seja interrompida. Aulas gratuitas de Pré-Enem e cultura, além do conteúdo da Educação Infantil e Ensino Fundamental estão sendo transmitidos à distância, assim como dicas de leitura, atividades físicas, brincadeiras e jogos. Profissionais da saúde estão repassando informações educativas de prevenção e combate ao Covid-19 para o público infantil, jovem, adulto e idoso. Ao mesmo tempo, o Banco de Alimentos da instituição está em campanha, em todo o estado, para arrecadar cestas básicas, alimentos não-perecíveis e produtos de limpeza e itens de higiene. Para conhecer mais sobre o Sesc e saber de novas decisões e determinações neste período de quarentena, acesse www.sescpe.org.br.

Serviço – Lives de literatura

02/07

Mesa de Glosa, 19h

Convidadas: Vanessa Sobral (mediadora da mesa), Dayane Lopes, Elenilda Amaral, Erivoneide Amaral e Francisca Araújo

Onde: Youtube da Associação dos Poetas e Prosadores de Tabira (APTTA)

10/07

A voz feminina na literatura do Pajeú: Da poesia de bancada à Mesa de Glosa, 19h

Convidadas: Alecsandra Barros, Francisca Araújo, Isabelly Moreira, Luna Vitrolira e Thaynnara Queiroz. A mediação é da curadora da programação e professora de Literatura do Sesc, Aurilene Ferreira.

Onde: Youtube da Associação dos Poetas e Prosadores de Tabira (APTTA)

Presidente da Comissão de Justiça faz balanço do 1º semestre

O presidente da Comissão de Constituição, Legislação e Justiça (CCLJ) da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado estadual Waldemar Borges, apresentou, na Reunião Plenária Remota desta terça-feira (30), o balanço dos trabalhos do colegiado neste 1º semestre de 2020. “Fomos todos surpreendidos por uma pandemia que talvez ninguém pudesse imaginar a sua dimensão, nem as consequências que ela traria na vida de cada ser humano deste planeta, desarticulando rotinas, obrigando a todos a refazer roteiros e projetos, testando a capacidade de adaptação de cada um de nós dentro desse novo quadro de extrema complexidade”, ressaltou.

Apesar disso, Borges avaliou que, mesmo diante desse quadro de pandemia pelo novo coronavírus, a CCLJ teve uma produção muito boa. “Todos juntos produzimos mais do que no 1º semestre de 2019”, revelou. O parlamentar registrou que foram distribuídos um total de 579 projetos dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, em 21 reuniões realizadas. Foram votadas 380 proposições, sendo 375 aprovadas e cinco rejeitadas.

“Fomos bem sucedidos, aprendemos, garantimos uma presença maior dos deputados e tivemos uma audiência grande, com as pessoas acompanhando o trabalho da Assembleia Legislativa, o que é muito positivo para que se aumente o controle social sobre os representantes do povo”, acrescentou. O deputado agradeceu a todos os integrantes da Comissão e ao corpo técnico que fazem com que todo o trabalho aconteça da melhor forma possível.

“O Poder Legislativo teve uma grande agilidade para se adaptar a esses novos tempos. Criamos o Sistema de Deliberação Remota e introduzimos no Regimento Interno modificações, criando ritos sumários para discussão e votação de matérias que tivesse vinculação direta ao combate ao novo coronavírus”, disse. “Entendo que chegamos ao final deste semestre dando conta de que fomos, dentro de toda a adversidade que essa pandemia colocou, bem sucedidos em enfrentarmos esse momento”, concluiu.

Ida Comber
Assessora de Comunicação do deputado estadual Waldemar Borges

Projeto de Eduardo da Fonte é sancionado e setor cultural vai receber ajuda de mais de R$ 3 bilhões

Foi sancionado na noite desta segunda-feira (29) o projeto de lei que destina mais de R$ 3 bilhões para socorrer profissionais da cultura, setor que foi duramente afetado por causa da pandemia do coronavírus. O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) atendeu a uma demanda dos artistas e propôs que parte do recurso seja destinada a produções de eventos que possam ser transmitidos pela internet e pelas redes sociais.

Estima-se que mais de 5 milhões de pessoas trabalham no setor cultural. O socorro deve beneficiar espaços culturais e os trabalhadores do ramo, como produtores, artistas, maquiadores, técnicos e etc.

“Este é um grande dia para todos os profissionais da Cultura. A pandemia deixou muito clara a importância dos artistas nesse momento de isolamento social. São eles que garantem o entretenimento da população e amenizam a dureza que é ficar trancado dentro de casa por tanto tempo. Agora, esses profissionais vão ter condições de sobreviver da arte e da cultura”, celebrou Eduardo da Fonte.