Monthly Archives: julho 2020

Lei Geral de Proteção de Dados deve ser pauta entre prefeitos, diz presidente da Amupe

Webinar discutiu a implementação de sistemas de segurança de dados nas prefeituras (Foto: Divulgação / Sebrae / Amupe)

Na última quinta-feira (30), o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB) participou de um webinar promovido pelo Sebrae que discutiu a aplicação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) no serviço público. Na ocasião, Patriota destacou que é o assunto é um desafio para os municípios e frisou a importância do tema figurar na pauta dos prefeitos.
O webinar também contou com a presença do advogado e especialista em direito empresarial, Marcos Pontes. O especialista deu destaque à importância do consentimento do titular para o uso de seus dados e o que os municípios precisarão se adequar. “O titular deve estar sempre ciente de como o poder público ou empresa vai usar seus dados. E os municípios terão que designar um encarregado, com aptidões técnicas, para conduzir e controlar a questão na administração pública municipal”, explicou o advogado.
Patriota se comprometeu em colocar em pauta o assunto com os prefeitos pernambucanos e comentou o desafio dos municípios, principalmente das cidades pequenas, sobre a montagem de uma estrutura tecnológica que atenda às condições da Lei. “É urgente o debate desta importante legislação. Temos que voltar a discutir, pois é uma questão que impacta diariamente o funcionamento da gestão municipal e a vida das pessoas”, enfatizou..
“Ao mesmo tempo é mais um desafio. As prefeituras possuem dados importantes dos cidadãos. A pasta da saúde, da assistência social, educação, possuem muitas dados pessoais que, com a LGPD, devem ser integrados, a fim de criar um único banco de informações. Minha preocupação é com as cidades de pequeno porte, carentes de recursos, que terão que se adequar a questão. No entanto, a Amupe se compromete em discutir e buscar as melhores soluções para o cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados”, concluiu. O webinar completo está disponível no Youtube do Sebrae, no link https://bit.ly/2D3mzS2.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

AFOGADOS CHEGA A 200 CASOS DE COVID-19

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta sexta (31), 03 pacientes apresentaram resultado positivo para covid-19.

Trata-se de duas pacientes do sexo feminino (25 e 53 anos) e um paciente do sexo masculino (31 anos). Entre as mulheres uma é do lar e a outra é profissional da Saúde. Já o homem é motorista.

Entram em investigação os casos de 05 mulheres com idades entre 19 e 34 anos, e 08 homens, com idades entre 08 e 58 anos.

Nesta sexta também tivemos 40 casos descartados cujos pacientes apresentaram resultado negativo para covid-19 em nosso município.

Hoje 02 pacientes apresentaram cura após avaliação clínica e epidemiológica. Já são 166 pacientes recuperados (83%). Atulamente, 27 casos estão ativos para covid-19 em Afogados da Ingazeira.

Atingimos hoje, em Afogados, a marca de 1.680 pessoas testadas para covid-19.

VEJA AQUI O BOLETIM POR LOCALIDADE

Serra Talhada passa dos 2 mil casos confirmados de Covid-19 e 26 óbitos

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada informa que foram registrados 59 novos casos positivos de Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 2.022 casos confirmados.

O município confirmou mais 01 óbito. A paciente tinha 84 anos, moradora do Sítio Bom Sucesso, faleceu no último dia 29/07 no Hospital de Campanha e teve o resultado confirmado para Covid-19 nesta sexta-feira (31/07).

O número de casos suspeitos subiu para 53 e o de casos descartados subiu para 6.791. Quanto à evolução dos casos confirmados, o município tem 1.651 pacientes recuperados, 333 em tratamento domiciliar, 12 em leitos de internamento e 26 óbitos.

Em relação aos profissionais de saúde contaminados, 81 estão recuperados e 10 em isolamento.

O boletim diário, portanto, fica com 2.022 casos confirmados, 53 casos suspeitos, 1.651 recuperados, 6.791 descartados e 26 óbitos.

Paulo Câmara assina decreto que regulamenta o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação

Medida visa incentivar pesquisas e desenvolvimento científico em Pernambuco. 

Governador instituiu, ainda, a Usina Pernambucana de Inovação
O governador Paulo Câmara assinou, nesta sexta-feira (31.07), ao lado do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, o decreto que regulamenta a Lei Complementar nº 400/2018, que institui o Marco Legal para a área, tornando-se o primeiro Estado a regulamentar essa legislação. A medida visa impulsionar o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação em Pernambuco e aproximar os agentes que atuam na área: Governo do Estado, universidades, empresas e startups. O chefe do Executivo estadual instituiu ainda a Usina Pernambucana de Inovação, que tem como objetivo apresentar soluções para os desafios estaduais de forma inovadora.
O secretário Aluísio Lessa afirmou que a regulamentação do Marco é fruto de um trabalho que vinha sendo desenvolvido desde o início do primeiro mandato do governador Paulo Câmara. “Passamos esse período aperfeiçoando o Marco Legal para ouvir segmentos governamentais, do setor produtivo, de universidades. Então, essa construção tem o DNA de muitas mãos”, pontuou Lessa, exemplificando que, a partir de agora, pesquisadores públicos poderão desenvolver projetos em parceria com empresas e outros órgãos governamentais e de outras esferas.
 
O secretário explicou, ainda, que o objetivo da Usina Pernambucana de Inovação é acelerar o processo de transformação digital no Estado. “A Usina funcionará como uma ferramenta de governo para resolver eventuais problemas da gestão pública”, completou. Também estiveram presentes à solenidade de assinatura do decreto o secretário da Casa Civil, José Neto, e o deputado estadual Lucas Ramos.

Governo de Pernambuco prorroga decreto que suspende aulas presenciais até 15 de agosto

Foto: Guga Matos/JC Imagem
Instituições de ensino em todo o Estado permanecerão com as atividades presenciais suspensas até 15 de agosto, 
por conta da pandemia da Covid-19
O Governo de Pernambuco prorrogou a suspensão das atividades presenciais nas instituições de ensino em todo o Estado até o dia de 15 de agosto. O plano de retomada, que contém os cronogramas de retorno às aulas presenciais para a educação básica, para o ensino superior e para os cursos livres deverá ser divulgado nos próximos dias.
 
As aulas em todo o Estado estão suspensas desde o dia 18 de março, devido ao isolamento social como forma de prevenção e propagação do novo coronavírus. Desde o mês de abril, os estudantes da Rede Pública Estadual estão assistindo às aulas online, através do Educa-PE, iniciativa da Secretaria de Educação e Esportes, que transmite aulas não presenciais pela internet e por TV aberta para os estudantes do ensino médio e dos anos finais do ensino fundamental durante o período de isolamento, além da possibilidade de acessar e utilizar outros materiais.
 
Vale lembrar que no dia 13 de julho, o Governo de Pernambuco, por meio de um decreto estadual, autorizou a realização de aulas práticas presenciais e de estágio para estudantes que estão concluindo o primeiro semestre letivo, contemplando cursos de instituições de ensino superior e de Formação Inicial e Continuada (FIC) ou de qualificação profissional em instituições de educação profissional e técnica.
PROTOCOLO SETORIAL – Para o retorno às aulas presenciais, os estabelecimentos de ensino deverão seguir o protocolo sanitário estabelecido, respeitando as orientações para preservação do distanciamento social, além da adição das medidas de proteção, prevenção e monitoramento das ações. O documento foi apresentado à sociedade no dia 15 de julho e ficou disponível para consulta pública até o último dia 24. A versão final do protocolo, elaborado em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado, será divulgada nos próximos dias.

Renda Brasil é oportunidade para reduzir extrema pobreza no Brasil, diz Eduardo da Fonte

A criação do Renda Brasil voltou a ser defendida pelo deputado federal Eduardo da Fonte (PP), autor do PL 3023/20, que cria um programa de distribuição de renda permanente. O parlamentar destacou dados da Fundação Getúlio Vargas, que avaliou o impacto do auxílio emergencial na população, para demonstrar a importância do programa.

“São mais de sete milhões de brasileiros que saíram da extrema pobreza graças ao auxílio emergencial. Para se ter uma ideia, é mais do que a população de 17 estados brasileiros. Estou engajado em tornar esse auxílio permanente através da implantação do Renda Brasil. São milhões de famílias diretamente beneficiadas, sem contar o impacto na retomada da economia”, afirmou Eduardo da Fonte.

Segundo o levantamento da FGV, a porcentagem da população que vivia em extrema pobreza caiu de 6,9% (14 milhões de pessoas) em junho de 2019, para 3,3% (6,9 milhões de pessoas) em junho de 2020, sendo o menor nível em 40 anos.

Dia do orgasmo: Mais da metade das brasileiras não chegam lá, revela estudo

Foto: Reprodução/Pixabay

Por: Correio Braziliense

Se Rita Lee estiver certa, amor é prosa e sexo é poesia. Neste caso, o orgasmo talvez navegue entre os dois. E o momento de intensidade e prazer sexual tem um dia só dele: 31 de julho. Mas, para muitas mulheres, ainda não há o que comemorar. Um estudo do departamento de Transtornos Sexuais Dolorosos Femininos da Universidade de São Paulo (USP) concluiu que 55% das brasileiras não têm orgasmo durante o sexo.
Para os especialistas, isso se explica pela lógica falocêntrica, isto é, a ideia equivocada de que a penetração é a principal forma de se ter prazer. Estudos, no entanto, mostram que esta forma está em quarto lugar no ranking do prazer, perdendo para o sexo oral, a estimulação do clitóris pelo parceiro e a masturbação.
De acordo com a sexóloga e psicanalista Lelah Monteiro, as mulheres ainda têm muita dificuldade de se permitir e se entregar. Outro fator prejudicial é a falta de comunicação entre os parceiros. Para a profissional, as jovens têm mais facilidade e liberdade de abordar a questão. Movimentos coletivos de libertação de preconceitos vêm ajudando nisso. A sexóloga reforça: é fundamental existir permissão e entrega.
Muitas mulheres mais velhas, por terem vivido uma educação mais repressora, talvez nunca tenham conhecido o orgasmo e, quando vivem relacionamentos não satisfatórios há muitos anos, naturalizam a situação.
Com a separação, elas acabam encontrando o prazer nos braços de um parceiro mais jovem. Os homens mais velhos, por outro lado, quando em relacionamento com mulheres mais novas, dedicam-se a agradá-las.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Prefeitura de Sertânia firma convênio com Compesa para construção de sistemas de abastecimento d’água

Na semana do agricultor, a Prefeitura de Sertânia anunciou mais uma parceria com a Companhia Pernambucana de Saneamento para levar água encanada aos moradores da zona rural. Convênios com a Compesa vão permitir a construção de sistemas de abastecimento de água no sítio Pinheiro e no povoado Maniçoba.

As obras no sítio Pinheiro terão início já no mês de agosto, quando serão feitas 100 ligações domiciliares. A ordem de serviço foi assinada nesta quinta-feira (30) e o custo estimado é de aproximadamente R$ 300 mil, com contrapartida de 50% da Prefeitura.

Já na Maniçoba, serão feitas 48 ligações domiciliares que irão beneficiar mais de 200 moradores da comunidade e sítios vizinhos. Neste caso será implantada uma rede distribuidora com 5.836 metros de tubulação, essa rede será alimentada através de uma interligação com a adutora de água tratada do Jatobá. Um investimento total de R$ 178.316,60 entre recursos do município e da Compesa. O plano de trabalho para este serviço já foi assinado.

A finalidade é solucionar alguns problemas locais de falta d’água e oferecer aos moradores da zona rural recursos hídricos que trarão uma melhor qualidade de vida.