Caixa credita saque emergencial do FGTS para nascidos em setembro

Calendário foi mantido apesar da medida provisória ter expirado (Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil)

A Caixa credita nesta segunda-feira (31) o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os trabalhadores nascidos em setembro. Apesar de a Medida Provisória 946, que instituiu o saque emergencial, ter perdido a validade, a Caixa manteve o calendário de saques, com base no princípio da segurança jurídica. Ao todo, o governo pretende injetar R$ 37,8 bilhões na economia, beneficiando cerca de 60 milhões de pessoas.

Nesta fase, o dinheiro poderá ser movimentado apenas por meio do aplicativo Caixa Tem. A ferramenta permite o pagamento de boletos (água, luz, telefone), compras com cartão de débito virtual em sites e compras com código QR (versão avançada de código de barras) em maquininhas de cartão de lojas parceiras com débito instantâneo do saldo da poupança digital. O pagamento será feito na conta poupança social digital. O saque em dinheiro estará disponível somente em 31 de outubro. O valor do saque emergencial é de até R$ 1.045, considerando a soma dos saldos de todas as contas ativas ou inativas com saldo no FGTS.

Orientações
A Caixa orienta os trabalhadores a verificar o valor do saque e a data do crédito nos canais de atendimento eletrônico do banco: aplicativo FGTS e telefone 111. Caso o trabalhador tenha direito ao saque emergencial, mas não teve a conta poupança digital aberta automaticamente, deverá acessar o aplicativo FGTS para complementar os dados e receber o dinheiro.O banco alerta que não envia mensagens com pedido de senhas, dados ou informações pessoais. Também não envia links nem pede confirmação de dispositivo ou acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp.

Cancelamento do crédito automático
O trabalhador poderá indicar que não deseja receber o saque emergencial do FGTS até dez dias antes do início do seu calendário de crédito na conta poupança social digital, para que sua conta do FGTS não seja debitada. Caso o crédito dos valores tenha sido feito na poupança social digital do trabalhador e essa conta não seja movimentada até 30 de novembro de 2020, os valores corrigidos serão retornados à conta do FGTS.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Pernambuco tem mais 27 óbitos por Covid-19, chegando a 7.574 mortos pela doença

Foto: PRAKASH MATHEMA / AFP
Em boletim epidemiológico divulgado neste domingo (30), a Secretaria Estadual de Saúde (Ses-PE) registrou mais 27 óbitos por Covid-19 no estado. Com isso, Pernambuco alcança a triste marca de 7.574 mortes pela doença. Dos novos mortes confirmados, 16 são do sexo masculino e 11 do feminino. Os pacientes tinham idades entre 25 e 96 anos.
As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 50 a 59 (2), 60 a 69 (5), 70 a 79 (10), 80 anos ou mais (9), de acordo com a Secretaria. As mortes registradas no boletim deste domingo ocorreram entre 01 de junho e 29 de agosto. Do total de mortes do informe de hoje, 3 (11%) ocorreram nos últimos três dias, sendo duas mortes registradas no dia de ontem (29) e uma na sexta-feira (28). Os outros 24 (89%) óbitos ocorreram entre os dias 01/06 e 22/08, segundo a Ses-PE.
Dos 27 pacientes que vieram a óbito, 18 apresentavam comorbidades confirmadas: doença
cardiovascular (14), diabetes (6), hipertensão (4), tabagismo/histórico de tabagismo (3),
doença respiratória (2), doença renal (2), obesidade (2), etilismo/histórico de etilismo (1) e
AVC (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um paciente não apresentava
comorbidades e os demais estão em investigação.
De acordo com a Ses-PE, os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Águas Belas (1), Buenos Aires (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Camaragibe (1), Caruaru (6), Cupira (1), Escada (1), Ferreiros (1), Goiana (2), Jaboatão dos Guararapes (1), Joaquim Nabuco (1), Lajedo (1), Limoeiro (1), Olinda (1), Paulista (2), Recife (1), Santa Terezinha (1), Serra Talhada (1), Taquaritinga do Norte (1) e Timbaúba (1).
Novos casos
O estado também tem 943 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados neste domingo, 30 (3%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Os outros 913 (97%) são leves. Neste caso, os pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que já estavam curados, ou na fase final da doença. Pernambuco tem, segundo a Secretaria, um total de 125.094 casos confirmados, sendo 25.505 graves e 99.589 leves.
Além disso, o boletim também registra 105.859 pacientes recuperados da doença. Destas, 14.790 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 91.069 eram casos leves. Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes e outros estados e países.
A Ses-PE também informou que, em relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 20.784 casos foram confirmados e 30.854 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Produtores debatem retomada de eventos com presidente da Comissão de Esportes e Lazer da Alepe

João Paulo Costa discutiu a retomada gradativa com produtores de eventos de PE (Foto: Divulgação / João Paulo Costa)

Por: Diario de Pernambuco

O presidente da Comissão de Esportes e Lazer da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado João Paulo Costa (Avante), participou de uma videoconferência com empresários do setor de eventos do estado, na última sexta-feira (28). O encontro virtual serviu para discutir o processo de retomada das atividades no setor. A categoria apresentou as propostas para volta seguindo as exigências sanitárias.
“Precisamos levar em conta as questões sanitárias e também as necessidades da classe. O segmento foi um dos primeiros a ser paralisado por causa da pandemia e, por isso, é um dos mais afetados economicamente. Devemos esclarecer para a sociedade que o compromisso com as medidas de segurança continua, inclusive pela própria categoria, que é favorável à adoção de diretrizes para a reabertura”, declarou o parlamentar.
Os empresários apresentaram modelos de retomada da atividade. Usaram como exemplo o protocolo seguido na cidade no Amapá, com limite de 200 pessoas nos shows e bandas com número de integrantes reduzido. Os produtores também sugeriram uma liberação gradual do público, seguindo um calendário de metas de segurança.
João Paulo Costa se comprometeu a conversar com o secretário de Turismo de Pernambuco, Rodrigo Novaes, sobre a proposta. “É importante entender que existem eventos de proporções diferentes. Temos registrado forte diminuição no número de casos e óbitos pela covid-19 no Estado, então podemos permitir eventos em Pernambuco seguindo as normas de saúde e ajudar a economia do setor”, defendeu.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Festival Virtual de Cultura, Arte e Literatura divulga alunos ganhadores

A Secretaria de Educação de Afogados da Ingazeira divulgou esta semana os alunos vencedores do projeto virtual de cultura, arte e literatura. O objetivo do festival foi o de valorizar as nossas tradições culturais e estimular a criatividade dos alunos afogadenses nesses tempos de isolamento e distanciamento social.

Com o tema “tecendo saberes, fazendo história”, o festival virtual reuniu alunos do sexto ao nono ano do ensino fundamental e também do EJA, educação de jovens e adultos, nas diversas escolas do município. Para efeito de disputa, os alunos desenvolveram vídeos em diversas categorias, como literatura, musicalidade, artes cênicas, artes plásticas, poesia, dentre outras.

Para a escolha dos melhores vídeos foram formadas comissões nas escolas. Após as seleções internas, os escolhidos foram enviados para a secretaria de educação para a fase municipal, que aconteceu nos dias 25 e 26 de agosto, através de votação popular na internet.

Foram 55 vídeos concorrendo, totalizando 2.633 votos. Confira os resultados:

Artes Cênicas

1° lugar – Layane Vanessa (Escola Domingos Teotônio)

2º lugar – Laura Fernanda (Escola Dom Mota)

Artes Plásticas

1º Lugar – Danilo de Lima (Escola Domingos Teotônio)

2º Lugar – Laura Beatriz (Escola Dom Mota)

Tutorial e Challenge

1º Lugar – Vitória Lima (Escola Geraldo Cipriano)

2º Lugar – Maria Eduarda (Escola Dom Mota)

Literatura e Musicalidade

1° Lugar – Sara Evelyn (Escola Dom Mota)

2º Lugar – José Willian (Escola Domingos Teotônio).

“Quero agradecer a toda equipe da Secretaria de Educação que elaborou e acompanhou de perto esse projeto, as equipes gestoras e professores que abraçaram a proposta, em especial aos nossos alunos de todas as escolas que se dedicaram e mais uma vez mostraram a capacidade de desenvolver cada vídeo com excelência”, destacou a Secretária de Educação, Veratânia Morais.

Durante o Festival também foram escolhidos a miss e o mister Estudantil 2020, com participação de alunos das escolas do município. O corpo de jurados avaliou a desenvoltura na passarela, espontaneidade, simpatia, elegância e traje. Os vencedores foram Zandhally Gabriela, da Escola Dom Mota, para Miss estudantil; e Luiz Augusto Cândido, também da Escola Dom Mota, como Mister.

Pernambuco totaliza 124.151 casos confirmados da Covid-19

Foto: Carl de Souza/AFP

Por: Diario de Pernambuco

Em novo boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), divulgado neste sábado (29), Pernambuco confirma 1.005 novos casos da Covid-19. Entre os casos confirmados hoje, 75 (7,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Todos os outros 930 (92,5%).
O Estado totaliza 124.151 casos confirmados, sendo 25.475 graves e 98.676 leves. Além disso, o boletim registra um total de 105.381 pacientes recuperados da doença. Destas, 14.773 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 90.608 eram casos leves.
Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha. Também foram confirmados laboratorialmente 35 óbitos (sendo 22 do sexo masculino e 13 do sexo feminino).
As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 05 de maio e 28 de agosto. Do total de mortes do informe de hoje, 10 ocorreram nos últimos três dias (28,5%), sendo 3 mortes registradas no dia de ontem (sexta, 28/08), 3 em 27/08 e 4 mortes em 26/08. Os outros 25 (71,5%) óbitos ocorreram entre os dias 05/05 e 25/08. Os pacientes tinham idades entre 40 e 101 anos.
Já em relação à testagem dos profissionais de saúde, até agora, 20.735 casos foram confirmados e 30.688 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Bolsonaro anuncia terça-feira prorrogação do auxílio emergencial, diz líder do Centrão

Novo aliado do governo do presidente Jair Bolsonaro, Arthur Lira (PP-AL) Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O deputado Arthur Lira (PP-AL), líder do Centrão, disse neste sábado que o presidente Jair Bolsonaro vai anunciar  na terça-feira a prorrogação do auxílio emergencial. O valor ainda não foi divulgado oficialmente.

“Na terça-feira vamos ao Palácio da Alvorada anunciar, junto com o presidente Jair Bolsonaro, a prorrogação do auxílio emergencial, benefício tão importante para milhões de brasileiros que precisam dessa ajuda para enfrentar esse período da pandemia”, disse o deputado  no Twitter.

Na  inauguração de uma usina de energia em Caldas Novas (GO),  Bolsonaro disse que o benefício terá um valor intermediário entre os atuais R$ 600 e R$ 200, montante defendido pela equipe econômica. Ele afirmou que o benefício é “pouco para quem recebe e muito para quem paga”.

— Sabemos da necessidade desses que recebem auxílio emergencial. É pouco para quem recebe e muito para quem paga. Vocês gastam R$ 50 bilhões nesse auxílio. Pretendemos, com um valor menor, não será 600, mas não será 200, prorrogá-lo até o final do ano, afirmou Bolsonaro.

O auxílio emergencial deve ser prorrogado com parcelas de R$ 300, segundo fontes do governo envolvidas na definição do novo valor do benefício. Os detalhes constam de uma medida provisória (MP), de acordo com integrantes do Palácio do Planalto.

O benefício  foi criado em abril por lei de iniciativa do Congresso no valor de R$ 600 pagos inicialmente por três meses a informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, além dos beneficiários do Bolsa Família. O objetivo era ajudar essas pessoas a atravessarem a crise na economia provocada pela pandemia do coronavírus.

Prefeitura de Afogados promove mais uma etapa da formação tecnológica para professores

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira promoveu esta semana mais uma etapa do projeto “Além do Giz”, lives que propiciam aos professores e gestores escolares do município qualificação para a utilização das mais diversas ferramentas tecnológicas para a educação em tempos de pandemia.

Os professores puderam acompanhar apresentações sobre o aplicativo classroom, que é um sistema de gerenciamento de conteúdo para escolas que procuram simplificar a criação, a distribuição e a avaliação de trabalhos realizados com os alunos. A exposição foi realizada pela educadora Eliane Fernandes, coordenadora da área de ciências da educação municipal.

O google form, outra ferramenta importante, é utilizado para aplicação de questionários e atividades digitais para os alunos. O aplicativo foi apresentado pelo professor Gilvanir Marques, coordenador do núcleo de matemática da Secretaria Municipal de Educação.

“Devido ao momento que o mundo vem passando, precisamos nos capacitar cada vez mais com as ferramentas disponibilizadas pelas plataformas digitais. Nas lives do projeto além do giz, os nossos professores podem conhecer cada vez mais sobre os aplicativos que irão ajudá-los durante as aulas online”, avaliou a Secretária de educação de Afogados da Ingazeira, Veratânia Moraes.

Além dos professores e gestores escolares de Afogados da Ingazeira, a live contou com a participação de professores das cidades de Serra Talhada, Carnaíba e Tabira, e até de outros Estados, como Rondônia e Bahia. A próxima live de capacitação em tecnologia digital acontecerá no próximo dia 11 de Setembro, às 16h, no canal da Secretaria Municipal de Educação, no youtube.

João Paulo Costa discute retomada gradativa com produtores de eventos de PE

O presidente da Comissão de Esportes e Lazer da Alepe, deputado João Paulo Costa (Avante), participou de uma videoconferência com empresários do setor de eventos de Pernambuco, nesta sexta-feira (28), para discutir o processo de retomada das atividades. A categoria apresentou as propostas para volta seguindo as exigências sanitárias. O deputado considerou importante a conversa com os representantes do grupo. “Precisamos levar em conta as questões sanitárias e também as necessidades da classe. O segmento foi um dos primeiros a ser paralisado por causa da pandemia e, por isso, é um dos mais afetados economicamente. Devemos esclarecer para a sociedade que o compromisso com as medidas de segurança continua, inclusive pela própria categoria, que é favorável à adoção de diretrizes para a reabertura”, declarou o parlamentar.

Durante o encontro, foram apresentados modelos responsáveis de retomada da atividade, como o protocolo seguido na cidade no Amapá, com limite de 200 pessoas nos shows e bandas com número de integrantes reduzido. Além disso, os representantes também sugeriram uma liberação gradual do público, seguindo um calendário de metas de segurança. O parlamentar se comprometeu a conversar com o secretário de Turismo de Pernambuco, Rodrigo Novaes, sobre a proposta. “É importante entender que existem eventos de proporções diferentes. Temos registrado forte diminuição no número de casos e óbitos pela covid-19 no Estado, então podemos permitir eventos em Pernambuco seguindo as normas de saúde e ajudar a economia do setor”, defendeu João Paulo Costa.

Danilo Cabral apresenta Plano Emergencial para o SUAS

Para reforçar o atendimento das pessoas em situação de vulnerabilidade no Brasil, o deputado federal Danilo Cabral (PSB) apresentou o Plano emergencial para o Sistema Único de Assistência Social (PL 4.292/202), com co-autoria de outros 18 parlamentares. O objetivo é destinar R$ 4 bilhões para garantir o atendimento da população nos serviços de assistência social nos estados e, principalmente, nos municípios.

“Todos os indicadores socioeconômicos sinalizam para um expressivo aumento da pobreza e da população em situação de vulnerabilidade social, a qual, necessariamente, deverá ser acolhida pelo SUAS. Por isso, devemos fortalecê-lo para garantir proteção social a essas pessoas”, afirma Danilo Cabral, presidente da Frente Parlamentar em Defesa do SUAS. Ele destaca que os 67 milhões de brasileiros que recebem o auxílio emergencial são potencialmente elegíveis para o atendimento da rede pública da assistência social.

Enquanto isso, o SUAS está sendo esvaziado. “Há um déficit de mais de R$ 2 bilhões relativos aos exercícios anteriores, não repassados e reconhecidos pelo governo federal, embora tenham sido executados e inseridos nos planos de ação dos municípios, além de um déficit no orçamento de 2020 na ordem R$ 1,5 bilhão”, explica Danilo Cabral. A queda drástica no financiamento foi agravada ainda pela Portaria nº 2.362/19, cujo efeito é equalizar os recursos autorizados em relação à rede atual, o que provocou a redução de recursos em uma média de 40%.

“Esse cenário trouxe à tona a necessidade de garantirmos recursos urgentes para a assistência social”, disse Danilo Cabral. Nesta quinta-feira (27), foi realizado um ato pluripartidário para mobilizar os deputados federais pela tramitação em regime de urgência do PL 4.292/2020. Participaram os parlamentares Maria do Rosário (PT-RS), Benedita da Silva (PT-RJ), Bira do Pindaré (PSB-MA), Marcelo Freixo (PSol-RJ), Erika Kokay (PT-DF), Henrique Fontana (PT-RS), Nilton Tatto (PT-SP), Silvia Cristina (PDT-RO), Márcio Jerry (PCdoB-MA), Afonso Florence (PT-BA), Fábio Trad (PSB-MS), Alessandro Molon (PSB-RJ), além de entidades ligadas à assistência social, como o Congemas, o Fonseas, o CNAS, os Fóruns de Usuários e de Trabalhadores do SUAS. São necessárias 257 assinaturas. Até agora, foram colhidas 112.

Os recursos previstos no Plano Emergencial deverão ser usados para o pagamento de benefícios eventuais; ampliação das provisões para o acolhimento de pessoas e famílias com violações de direitos; apoio financeiro e pagamento de benefícios continuados; incentivo e ampliação de atendimento e acompanhamento nos Centros de Referência de Assistência Social, Centros Referência Especializados de Assistência Social e Centros Especializados para o Atendimento da População em Situação de Rua e Centros Dia de Referência. A proposta estabelece que a execução financeira do plano emergencial deve ser descentralizada, sendo 30% para estados e Distrito Federal e 70% para os municípios.

“É preciso ressaltar que a destinação de R$ 2,5 bilhões como crédito extraordinário, aprovada pelo Congresso Nacional, deveria atender somente demandas específicas da pandemia, portanto, são insuficientes para a cobertura das novas demandas e necessidades sociais no âmbito do SUAS”, diz Danilo Cabral. O deputado destaca que o desfinanciamento do SUAS afeta a qualidade dos serviços socioassistenciais, reduzindo a capacidade de atendimento à população. “Ainda assim, as necessidades no âmbito dos equipamentos, especialmente dos CRAS, estão ampliando de modo significativo, em decorrência do aprofundamento da desigualdade e da desproteção, da crise e situação de emergência”, acrescenta.

Assinaram o projeto de lei 4.292/2020 os deputados João Campos (PSB-PE), Alessandro Molon (PSB-RJ), André Figueiredo (PDT-CE), Gervásio Maia (PSB-PB), Vilson da Fetaemg (PSB- MG), Luciano Ducci (PSB-PR), Heitor Schuch (PSB-RS), Lídice da Mata (PSB-BA), Mauro Nazif (PSB-RO), Rosana Valle (PSB-SP), Patrus Ananias (PT-MG), Elias Vaz (PSB-GO), Camilo Capiberibe (PSB-AP), Denis Bezerra (PSB-CE), Jandira Feghali (PT-RJ), Marcelo Freixo (PSol-RJ), Ted Conti (PSB-ES) e Paulo Freire Costa (PL-SP).