Monthly Archives: setembro 2020

Bolsonaro inaugura obra hídrica em São José do Egito nesta quinta

Foto: Marcos Corrêa/PR

O Palácio do Planalto confirmou, nesta segunda-feira (28), que o presidente Jair Bolsonaro viajará até a cidade de São José do Egito, no Sertão pernambucano, na próxima quinta-feira (1º). O presidente irá inaugurar a segunda etapa do Sistema Adutor do Pajeú.
Esta é a segunda visita de Bolsonaro a Pernambuco. Em maio de 2019, o presidente esteve no Recife para uma reunião com governadores do Nordeste e também foi a Petrolina para inauguração de uma obra do ramo habitacional.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Novo fundo vai destinar US$ 68 milhões para agricultura sustentável no Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil  

Por: FolhaPress

Num momento em que o agronegócio brasileiro passa por duro escrutínio internacional devido aos seus impactos sobre o meio ambiente, um novo fundo pretende destinar US$ 68 milhões (R$ 385 milhões) em 2021 à agricultura sustentável no país.
Segundo os responsáveis pelo fundo, o valor deve ser ampliado ano a ano, podendo chegar a US$ 1,4 bilhão (R$ 7,9 bilhões) em 2026, o que superaria o Fundo Amazônia, que até 2019 havia recebido doações de R$ 3,4 bilhões.
Lançada nesta terça-feira (29), a iniciativa é uma parceria público-privada entre Embrapa, John Deere, Syngenta, Cocamar, Ceptis, Bradesco, Soesp, Iabs (Instituto Brasileiro para o Desenvolvimento e Sustentabilidade) e JPG Asset Management.
“O fundo demonstra que é possível atrair recursos internacionais para o agronegócio brasileiro, desde que nós tenhamos uma nova postura, em que a gente consiga transparecer de forma segura que a produção agropecuária nacional é composta em sua maioria de produtores que estão em conformidade ambiental e social”, diz José Pugas, sócio da Ceptis Agro, empresa que será responsável por monitorar a conformidade das fazendas a uma série de critérios ambientais e sociais.
O recurso será destinado a agricultores de todos os portes que adotem em pelo menos 5% da área produtiva a chamada estratégia de ILPF (integração lavoura-pecuária-floresta) ou para financiar a implantação do modelo em igual proporção num período de até três anos.
A integração lavoura-pecuária-floresta combina diferentes culturas em uma mesma área de produção. Segundo Pugas, isso permite produzir mais em menos espaço, evitando a expansão de fronteiras agrícolas e o desmatamento e reduzindo a emissão de gases do efeito estufa.
Conforme o executivo, o Brasil possui atualmente 17 milhões de hectares que adotam esse sistema -ou 170 mil quilômetros quadrados, equivalente em tamanho ao estado do Acre- e a meta da Rede ILPF, responsável pelo novo fundo, é chegar a 30 milhões de hectares até 2030.
Um projeto-piloto deve ser implantado até julho de 2021, totalizando 90 mil hectares em setes estados -Paraná, São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
Gerido pela JPG Asset Management e com o Bradesco como custodiante, o Saff (sigla em inglês para Financiamento Facilitado para Agricultura Sustentável) deve reunir recursos de fontes filantrópicas, concessionais -como bancos internacionais de desenvolvimento e fundos soberanos- e comerciais tradicionais.
“Começaremos o road show para investidores privados a partir de 20 de outubro”, diz Pugas, acrescentando que a primeira rodada de captação de recursos privados será destinada a 60 investidores reunidos no Laboratório de inovação global para finanças climáticas do IFC (Corporação Financeira Internacional), braço do Banco Mundial para o setor privado.
Entre os critérios para que os fazendeiros possam acessar os recursos estão o cumprimento integral do Código Florestal, além de critérios de conformidade social, como não ter o nome inscrito na lista suja do trabalho análogo à escravidão e não ter condenações por trabalho infantil. Além desse critério mínimo, serão analisadas 140 variáveis através de um sistema de monitoramento chamado TrustScore, e quanto mais pontos o agricultor atingir, menores podem ser os juros do financiamento.
O financiamento pelo Saff deve ter custo de 4,5% a 9,1% ao ano para o produtor, dependendo do prazo de amortização e carência, do uso do crédito e da nota no sistema de monitoramento. Os agricultores também poderão usar créditos de carbono para reduzir o custo do financiamento.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Miguel Coelho reafirma prioridade para segurança pública e implantação de iluminação de LED em toda Petrolina

 Responsável por ter implantado um grande programa de reestruturação da segurança municipal em Petrolina, Miguel Coelho reforçou seu compromisso com a proteção dos petrolinenses. O candidato à reeleição pelo MDB apresentou em reuniões, nesta segunda (28), algumas das propostas para a segurança e iluminação da cidade sertaneja.

 Entre as novas ideias de Miguel está a criação das unidades de operação de cães e a patrulha ambiental da Guarda Civil. O emedebista ainda quer aumentar os investimentos em equipamentos de segurança como fez nos últimos anos ao adquirir dezenas de viaturas, pistolas, coletes entre outros. Por fim, o prefeito assegurou que vai convocar os alunos em treinamento do concurso para reforçar o efetivo da Guarda Civil de Petrolina.

Ação que garante também maior segurança no período noturno, a iluminação seguirá no foco do candidato. Miguel investiu em três anos mais de R$ 30 milhões no programa Mais Luz e agora o compromisso é concluir uma parceria público-privada para instalar LED (luminária mais potente) em todos os bairros de Petrolina. “Revolucionamos a Guarda Civil e investimos pesado no Mais Luz. Fizemos isso porque Petrolina não aceitava mais um prefeito que ignorasse a segurança. Nossa cidade passou a ser uma das mais seguras de Pernambuco. Continuaremos priorizando a proteção das pessoas com uma Guarda preparada, equipada e com políticas efetivas para a segurança“, destacou Miguel.

Assessoria de Imprensa de Miguel Coelho

João Campos se mostra mais preparado e vence debate da UFPE

João Campos se mostra mais preparado e vence debate da UFPE | Blog do Elielson Lima

O deputado federal e candidato a prefeita do Recife pela Frente Popular, João Campos (PSB), foi o grande destaque no debate promovido pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) na noite desta segunda-feira (28). Demonstrando desenvoltura nas respostas, conhecimento da cidade e, principalmente, foco na apresentação de propostas e soluções para a capital, João teve o melhor desempenho entre os candidatos presentes. A repercussão da atuação de João Campos foi imediata nas redes sociais.

Durante as mais de 2 horas do debate, João, ao contrário de alguns candidatos, priorizou seu tempo discutindo ações que vão melhorar a vida dos recifenses. Falou sobre saneamento, educação, cultura e anunciou o projeto do Escritório de Parceria, que pretende elaborar projetos de infraestrutura entre a Prefeitura do Recife e as Universidades. “Queremos fazer essa parceria através dos trabalhos realizados pelos alunos para colocar esses projetos nas ruas. A ideia é fazer um banco de projetos, pegar os alunos que têm interesse em trabalhar pela nossa cidade e, junto com os professores, fazer esse trabalho”, disse.

Na área do saneamento, João explicou que o problema, não só do Recife, mas de todo o Brasil, está na desigualdade social. “O desafio do saneamento é estruturante e não é possível ser resolvido da noite para o dia. É preciso fazer muito ainda e precisamos avançar no saneamento, principalmente nas áreas de morro. Nossa ideia é fazer um grande trabalho de estruturação no saneamento, em um trabalho conjunto com a Compesa, para beneficiar as pessoas que mais precisam na cidade”, acrescentou.

Além de enfatizar a sua atuação no combate à desigualdade, o prefeiturável também reforçou o compromisso com a educação, como uma das suas bandeiras no mandato de deputado federal e na futura gestão municipal. “Certamente a educação é prioridade no discurso de muitos, mas na prática dificilmente a gente vê. Nós temos bons exemplos no Governo do Estado, na época do saudoso governador Eduardo Campos, que fez a melhor educação pública do país”, destacou.

João continuou falando dos desafios da educação infantil na gestão municipal. “É o maior desafio que temos na educação hoje, já que os municípios têm a maior responsabilidade em oferecer essas vagas, principalmente para primeira infância. Nosso compromisso fundamental será a construção e ampliação de creches. Coloquei a educação como prioridade, fiscalizando o trabalho do Governo Federal, além de ter na aprovação do Fundeb como a votação mais importante que dei como deputado”, lembrou.

Na área da cultura, João reforçou o compromisso da reestruturação do segmento e ajuda para as pessoas que trabalham na área. “Cultura é a raiz de qualquer sociedade. Somos parceiro da cultura e apoiaremos uma reestruturação da área, ajudando todos os artistas e trabalhadores neste período pós-pandemia

Nas considerações finais, João fez questão de agradecer aos demais candidatos e candidatas, aos alunos e professores da UFPE, e em especial à professora Brunna Carvalho, responsável pela mediação. “Fiquei feliz em poder debater e falar sobre a minha cidade. Não deixo de me impressionar com a fala dos demais candidatos que parece que o Recife é a pior cidade do mundo, parece que não houve nenhum avanço. Sob o comando do prefeito Geraldo Julio o Recife demonstrou muitos avanços. Nós temos o compromisso de olhar para o Recife do futuro e vê que pode ser uma cidade das oportunidades”, avaliou João.

“Recife é uma cidade de pessoas criativas, com capacidade de construir e de crescer, de olhar para o futuro e ver um local muito melhor para se viver. Nós teremos a oportunidade de debater os problemas, mas, principalmente, endereçar as soluções. Nós já mostramos que sabermos fazer e sabemos construir. Temos um compromisso com a gestão pública e teremos a oportunidade de conversar com os recifenses”, acrescentou.

Gonzaga Patriota votará pela derrubada do veto dos precatórios do Fundef

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) anunciou que votará pela derrubada do veto imposto por Jair Bolsonaro ao parágrafo único do art. 8º do PL 1.581/20, que prevê a destinação de 60% dos precatórios para pagamento aos professores ativos, inativos e pensionistas, na forma de abono, sem incorporação salarial.

“O dinheiro do Fundef é da educação. Não podemos tirar um direito conquistado em lei, isso será um retrocesso e um prejuízo para a educação do país. Os professores e os trabalhadores da educação precisam mais é de investimentos e não que tirem o pouco que já foi conquistado ao longo dos anos. Por isso, como forte defensor da educação, vou votar pela derrubada desse veto que fere a educação pública e seus trabalhadores”, afirmou Patriota.

O trecho vetado por Bolsonaro previa o pagamento de precatórios oriundos da cobrança de repasses referentes à complementação da União, aos Estados e Municípios, por causa do Fundo de Desenvolvimento e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O texto aprovado pelos parlamentares garantia pelo menos 60% do valor para os professores, ativos, inativos e pensionistas, na forma de abono, sem incorporação à remuneração.

Amupe e SecMulher promovem curso de formação para mulheres candidatas às eleições 2020

A Secretaria da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE) e a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) – entidade que congrega todos os municípios do Estado –  realizam, a partir da próxima quarta-feira, 30 de setembro, no Recife, as aulas inaugurais do curso de formação Mulheres na Representação Política. Nos dias 01/10, 02/10 e 03/10, as aulas inaugurais acontecerão nas cidades de Caruaru, Salgueiro e Afogados da Ingazeira, respectivamente.

A partir do dia 05 de outubro, todo o curso será online. Ao todo são 150 vagas para mulheres candidatas a prefeitas e vereadoras nas eleições 2020. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo link de acesso: https://eadamupe.org/. Está à disposição das candidatas um tutorial com o passo a passo para o processo de inscrição. A formação contará com carga horária de 22 horas/aula, das quais 04 aulas, das 9h às 13h, e 06 aulas síncronas (3h), de 9h às 12h, conforme cronograma.

A iniciativa pretende contribuir com a formação das candidaturas femininas nos municípios, considerando a histórica e persistente sub representação das mulheres em cargos eletivos. A secretária da Mulher de Pernambuco, Silvia Cordeiro, explica que a escuta e o diálogo com a sociedade, homens e mulheres, a partir de práticas políticas diferenciadas, possibilita desenvolver estratégias e implementar ações de governança calcadas na transparência da gestão pública, em favor da igualdade de gênero e suas intersecções com raça, etnia, classe, diversidade sexual, etarismo, pessoas com deficiência, vislumbrando o bem viver com promoção da igualdade entre homens e mulheres.

O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota,  esclarece que a iniciativa tem o objetivo de aumentar a representação das candidatas ao processo eleitoral 2020 para  que mais mulheres tenham sucesso nas eleições. “A Amupe faz um trabalho voltado para o empoderamento, fortalecimento e participação da mulher na política. A primeira aula inaugural acontece no dia 30, na sede da Amupe. Já no dia 1º. de Outubro será em Caruaru, no dia 2,  em Salgueiro e no dia 3, em Afogados da Ingazeira.

A formação objetiva levar às candidatas a conhecerem a realidade de seus municípios para elaborarem seus programas eleitorais visando a melhoria da vida das pessoas, com propostas para as políticas públicas municipais de gênero, inclusão social, saúde, educação, moradia, urbanismo, melhoria do acesso ao meio rural, defesa do meio ambiente, agricultura, cultura, lazer, esportes, economia local, emprego, renda e empreendedorismo, entre tantos outros.

CONCEITOS E CONTEÚDOS – Entre os temas que fazem parte do curso de formação Mulheres na Representação Política estão: Democracia: conceito, origem e suas modalidades; Feminismo, Gênero, Patriarcado e Racismo; Mulheres, Política e Representatividade; Legislação: Lei 13.877/19 e Cotas Raciais, a Legislação complementar das eleições 2020; Comunicação e Mídias Digitais; Aspectos Jurídicos Finanças e Contabilidade.

Eduardo da Fonte solicita criação de banco de leite em Quipapá, cidade da maior doadora de leite materno do Brasil

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) solicitou ao Governo de Pernambuco e ao Ministério da Saúde a criação de um Banco de Leite Humano e Posto de Coleta em Quipapá, município onde reside a maior doadora de leite do Brasil. Michele Rafaela Máximo Trajano, que chegou a doar cerca de 480 litros do alimento em 2013, agradeceu a iniciativa do parlamentar.

“A Michele é um exemplo da generosidade do povo pernambucano. Ela já se dispôs a ajudar nas campanhas para incentivar a doação de leite materno. Sabemos a importância do alimento e estamos trabalhando para aumentar essa rede de coleta, que deve ajudar inclusive na diminuição da desnutrição infantil”, afirmou Eduardo da Fonte.

Atualmente, não há posto de coleta de leite humano em Quipapá. O ponto mais próximo fica a cerca de 70 km do município, na cidade de Caruaru.

Shopping Serra Talhada conta com sistemas de renovação do ar para combater propagação de doenças respiratórias

Tempo seco potencializa doenças respiratórias | HCor

O número de casos de Covid-19 trouxe à tona a preocupação com a qualidade do ar em ambientes internos. Segundo especialistas do setor, por conta da climatização, os ambientes fechados exigem, cada vez mais, cuidados que incluem projetos adequados e com correta renovação do ar.

Pensando nisso, ainda no período de sua construção, o Shopping Serra Talhada investiu milhões em um sistema de ar estruturado para proporcionar mais benefícios e qualidade de ar para os usuários do equipamento, não só evitando doenças, mas avançando a qualidade de vida da sociedade.

“A legislação estabelece procedimentos para verificação do estado de limpeza, conservação e manutenção dos sistemas de climatização”, explica Marco Michielon, Engenheiro e Gerente Operacional do Shopping Serra Talhada.

De acordo com Marco, todo o sistema de renovação de ar respeita procedimentos e rotinas de manutenção e higiene, que proporcionam a melhoria da qualidade do ar interior além de economizar energia elétrica.

“A ventilação forçada com sistema eficiente de filtração é fundamental para que os gases e microrganismos emitidos por nós sejam diluídos com o ar de renovação (externo), a fim de proporcionar um ar melhor no equipamento”, explica o engenheiro.

A verificação de todos os sistemas de renovação e tomada de ar externo, de maneira que estejam limpas, operacionais, com vazões adequadas, filtros de ar em boas condições, bandejas de condensado limpas e com boa drenagem, ventiladores e serpentinas limpos, e em bom estado, assegura que o ar que respirado no ambiente fechado está adequado as necessidades das pessoas que circulam em ambientes climatizados.

“A legislação determina uma renovação de ar para impedir que o índice de CO2 ultrapasse 1.000ppm do mesmo. O sistema do shopping foi dimensionado com esta premissa. Isto faz com que em torno de 1/3 do ar seja renovado constantemente. Este sistema pressuriza o ambiente fazendo com que, quando alguma porta abra haja a fuga do ar para o exterior. Tal fato evita que contaminantes indesejados penetram no ambiente”, reforça Marco afirmando que a proposta do equipamento é proporcionar a melhor experiência em compra e lazer.

“É importante destacar que a amplitude do ambiente contribui para que esse ar seja melhor, temos um pé direito de quase 9 metros de altura, além de um sistema de desinfecção constante, com limpeza frequente das áreas comuns, tapete sanitizante e seguimos todas as medidas de biossegurança”, finaliza.