Governador Paulo Câmara inaugura Polo Industrial de Limoeiro e celebra instalação da nova sede da Lapon

Paulo Câmara, Renato Celso e Roberto Abreu e Lima. Foto: Divulgação

Empreendimento irá gerar pelo menos 274 empregos e abre as portas para novos investidores na região

O evento de inauguração do Parque Industrial de Limoeiro, no Agreste pernambucano, onde será instalada a nova sede da Lapon Indústria Farmacêutica, representou um marco de desenvolvimento para a região. O governador do estado Paulo Câmara, que compareceu ao evento junto ao secretário de desenvolvimento econômico, Bruno Schwambach, e a Roberto Abreu e Lima, presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), comemorou a notícia de que o empreendimento deve empregar, pelo menos 274 pessoas. O investimento será de R$ 52 milhões.

“Vamos começar as obras com uma empresa farmacêutica e, com certeza, outras vão vir. É importante o poder estadual, junto ao municipal, criar condições para um ambiente de confiança para os empreendimentos acontecerem”, comentou Paulo Câmara. A nova fábrica funcionará paralelamente à antiga planta, também em Limoeiro. O crescimento acontece justamente no ano em que a Lapon completa três décadas de funcionamento.

“Esse evento tem uma importância grande para a cidade e é um marco para o estado de Pernambuco. Foi um evento simples, mas muito profundo com essa vinda do governador, que fez questão de estar aqui”, comentou Renato Celso, presidente fundador da Lapon. Além de Renato, estiveram presentes no evento representando a Lapon: Jackson Luiz, diretor industrial, Rodrigo Medeiros, diretor de qualidade, e Heitor Dutra, diretor de marketing.

A nova unidade, que terá 5 hectares, faz parte do planejamento estratégico para o futuro da Lapon. Além da fabricação dos produtos atuais, a planta contará também com setor de medicamentos sólidos. Atualmente, a empresa emprega 92 colaboradores e fabrica apenas medicamentos líquidos e suplementos sólidos, como cápsulas, comprimidos, pós e drinks. O projeto tem previsão de duração de cinco anos, isto é, as obras devem ser concluídas em 2025. A inauguração, porém, pode acontecer antes. Os principais impactos no parque industrial da cidade serão a geração de empregos qualificados e o aumento da arrecadação do município, que precisa de investimentos para crescer e se consolidar como uma das principais cidades da região.

História

Com o objetivo de transformar recursos naturais em produtos elaborados, foi fundado em 1990 o laboratório Lapon Química e Natural, hoje, Lapon Indústria Farmacêutica. Ao longo dos anos, houve um sólido e sustentável crescimento, que se traduziu em reconhecimento nacional e inúmeros prêmios conquistados. A empresa inovou em processos e investiu em pesquisa e desenvolvimento, a fim de atender e superar as expectativas dos clientes. A busca incansável pela excelência e a inovação na saúde, utilizando-se sempre dos mais atuais conceitos da medicina e nutrição, têm levado ao alto grau de qualidade dos produ

Amupe realiza diagnóstico em ouvidorias municipais do Estado

Fortalecer a democracia e a participação social na gestão pública. É com esses dois principais objetivos que a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), através do projeto Gestão Cidadã, iniciativa financiada pela União Europeia, firmou parceria com a Rede Ouvir PE, com a Controladoria-Geral da União (CGU) e Associação Brasileira de Ouvidores/Ombusdman (ABO-PE), para enviar um questionário a 152 municípios pernambucanos, que possuem ouvidoria, com o intuito de identificar a infraestrutura disponível, perfil profissional dos ouvidores e a efetividade de cada órgão.

Além disso, o diagnóstico vai permitir levantar o quantitativo de municípios que possuem ouvidorias por regiões de desenvolvimento e porte populacional; detectar a forma de normatização e definir formas de atuação e incentivos às  ouvidorias municipais. A iniciativa serve de alerta para os municípios no tocante à Lei nº 13.460/2017, denominada Lei de Defesa dos Usuários de Serviço Público que determina a implementação de ouvidorias em todos os Estados, Distrito Federal e Municípios até o prazo de junho de 2019.

A ideia é apresentar o resultados no Encontro de Novos Gestores, que a Amupe deve promover em dezembro, após o segundo turno das eleições municipais de 2020. Para o presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, no Sertão, José Patriota, “O momento para o diagnóstico é pertinente, uma vez que novos gestores assumiram as prefeituras em janeiro de 2021 e precisam conhecer a necessidade de manter as ouvidorias municipais em funcionamento, torná-las efetivas e identificar aos órgãos estaduais que podem prestar apoio às ouvidorias”, concluiu.

Parceria da Amupe no estudo, a Rede Pernambucana de Ouvidorias Públicas (Rede Ouvir PE) é integrada pela Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Tribunal de Justiça (TJPE), Ministério Público (MPPE) e Tribunal de Contas do Estado (TCE).

SESI Petrolina abre 30 vagas gratuitas para o Novo Ensino Médio

Em busca de oferecer educação básica e profissional de qualidade, o SESI-PE está com 410 vagas abertas para o processo seletivo do Novo Ensino Médio. Em Petrolina – PE, o programa, que permite ao estudante cursar, gratuitamente, os três anos do Ensino Médio e um curso técnico em Eletrotécnica, vai disponibilizar 30 vagas. As inscrições podem ser feitas até o dia 20 de novembro, na própria unidade.

Para participar da seleção, o estudante deve possuir no máximo 16 anos completos até 31/12/2020, ser dependente de trabalhador da indústria, de microempreendedor individual (MEI) enquadrado na categoria indústria e instalado em Pernambuco ou de colaborador do Sistema FIEPE. Além disso, o interessado deve comparecer ao SESI Petrolina, das 8h às 17h, portando o RG, o CPF, o histórico escolar de conclusão do Ensino Fundamental e um comprovante de residência. Os candidatos serão avaliados de acordo com a melhor média geral dos anos concluídos e a relação dos aprovados será divulgada no dia 30 de novembro, nos sites da instituição e no quadro de avisos da escola.

Modelo de ensino inovador, o Novo Ensino Médio dá autonomia ao estudante escolher entre dois itinerários de formação conforme as áreas de interesse dele: Matemática ou Ciências da Natureza. “Durante as aulas, os alunos terão acesso à educação tecnológica básica e à compreensão do significado da ciência, das letras e das artes, assim como aprenderão sobre o processo histórico de transformação da sociedade e da cultura. Também vamos disponibilizar fardamento e material didático gratuito para todos”, comentou a gerente de Educação do SESI-PE, Mirella Barreto.

Outro ponto positivo é que a iniciativa inclui a formação técnica que possibilitará aos jovens iniciarem mais cedo a vida profissional. O curso em Eletrotécnica é organizado em sete módulos que correspondem às etapas de formação. “Ao final do 5º módulo, que corresponde ao primeiro semestre do 3º ano, o SENAI emitirá o certificado de saída intermediária de qualificação de Eletricista Instalador Industrial para os alunos que obtiverem a aprovação no módulo. Com a aprovação e a conclusão de todas as etapas do curso ofertado, assim como do Ensino Médio, o jovem terá direito ao diploma de técnico de nível médio em Eletrotécnica”, explicou a

diretora de Educação do SENAI-PE, Carla Abigail. O edital completo está disponível nos sites do SESI-PE e do SENAI-PE.

Das 410 vagas oferecidas, 230 são para o curso técnico em Eletrotécnica junto ao SENAI-PE e 180 para os itinerários de formação. As inscrições são para as unidades do SESI Ibura (90 vagas), Paulista(90 vagas), Ipojuca (90 vagas), Caruaru (80 vagas), Araripina (30 vagas) e Petrolina (30 vagas).

Miguel Coelho suspende campanha presencial de rua e direciona foco para ações virtuais

Após ter suspendido caminhadas e reduzido o volume de carreatas nas últimas semanas, o candidato à reeleição pelo MDB, Miguel Coelho, decidiu encerrar a campanha de rua, a partir desta sexta (30). Assim, o político sertanejo deixará de realizar reuniões com apoiadores, visitas a estabelecimentos comerciais, fazendas e qualquer ato público que gere aglomerações. A decisão cumpre orientação do Tribunal Regional Eleitoral, que determinou aos candidatos dos municípios pernambucanos o encerramento das campanhas de rua.

Miguel Coelho a partir de agora irá reforçar as ações virtuais. Na próxima semana, o candidato do MDB promoverá bate-papos diários com a população pelo Facebook e Instagram. Miguel pretende direcionar esforços também na gravação de vídeos, além de aumentar as interações com os eleitores pelo WhatsApp.

O emedebista se pronunciou sobre o assunto em vídeo publicado nas redes sociais e pediu para a militância azul se dedicar à campanha virtual. “Há cerca de um mês, decidimos não realizar caminhadas. Nas últimas semanas, reduzimos as carreatas para evitar aglomerações. Agora, estamos decidindo encerrar qualquer ato de rua presencial. Nossa conversa com o eleitor, portanto, será pela TV, rádio e redes sociais, sempre de forma propositiva, prestando contas de tudo que fizemos nesse primeiro mandato e mostrando nossas ideias para os próximos quatro anos“, informou o candidato.

Covid-19: Brasil acumula 158.969 mortes e quase 5,5 milhões de casos

Foto: Ronaldo Schemidt/ AFP

Por: Correio Braziliense

Nesta quinta-feira (29/10), o Brasil registrou 513 novas mortes causadas pelo novo coronavírus, de acordo com informações do Ministério da Saúde. Ao todo são 158.969 óbitos confirmadas no país. O acumulado de casos também teve aumento, ficando próximo da marca de 5,5 milhões, com 5.494.376 de infectados. Em 24 horas foram registrados 26.106 novos diagnósticos positivos no país. Seguem em acompanhamento 381.248 casos e outros 2.333 estão em investigação.
A situação da pandemia de covid-19 analisada pelas semanas epidemiológicas foi atualizada nesta quinta-feira pelo Ministério da Saúde, por meio de coletiva de imprensa. As informações repassadas dizem respeito a semana epidemiológica 43, que corresponde ao período entre 18 e 24 de outubro. Na ocasião também foi lançado um pacote de ações para ampliação e qualificação da vigilância e resposta à emergência sanitária em decorrência do coronavírus.
De acordo com as informações da pasta, o Brasil teve um aumento de 10% nos casos registrados, comparados aos dados da semana anterior, a 42ª. Se comparados aos dados de 14 dias, da semana 41ª, houve uma redução de 9% nos registros de casos no país. Já em relação ao número de mortos, comparado à semana 42, houve uma queda de 7%; e em relação à semana 41, a queda foi de 25%. “Vemos uma queda bastante consolidada semana após semana”, disse o secretário de vigilância em saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, sobre a evolução do registro de novos óbitos.
Ao todo o Brasil somou, durante o período analisado, 156.273 novos casos da doença e 3.228 mortes. Sobre a situação por região, a pasta informou que no Norte foram 17.460 novos casos registrados no período e 229 mortes. No Nordeste foram contabilizados 33.010 casos e 538 óbitos. O Centro-Oeste teve um aumento em 7 dias de 21.509 casos e 405 mortes. O Sul teve 29.675 novos casos e 468 novas mortes. E o Sudeste teve um aumento de 54.619 casos e 1.588 mortes pela doença.
Em relação às comorbidades, 99.220 dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave por covid-19, o que representa 64,6% do total, apresentavam pelo menos um fator de risco. Cardiopatas são a maioria, sendo 10.632 com menos de 60 anos; e 52.913, com mais de 60 anos. Na sequência vem a diabetes, que atinge 2.459 pessoas com menos de 60 anos, e 8.068, com mais de 60 anos. As mulheres são minoria nos óbitos, sendo 42%. Pessoas acima de 60 anos são maioria, representando 73,5% dos casos fatais da doença.
Profissionais de saúde
Os profissionais de saúde, grupo especialmente vulnerável à doença por atuar na linha de frente, já somam 1.489 casos confirmados de covid-19, sendo 497 (33,4%), técnicos ou auxiliares de enfermagem; 320 (21,5%), médicos; e 257 (17,3%), enfermeiros. Ao todo são 346 óbitos confirmados pelo novo coronavírus entre os profissionais da área. Deste total 113 (32,7%), técnicos ou auxiliares de enfermagem; 72 (20,8%), médicos; e 41 (11,8%), enfermeiros.
A quantidade de exames realizados para covid-19 por mês no Brasil foi de 711.213 exames no mês de outubro, até o dia 24 do mês. O valor é menor que o mês de setembro, que registrou 944.739 exames, e que o mês de agosto, quando o Brasil teve 1.067.674 exames realizados. Ao todo já foram 4.807.249 exames analisados.
A média geral de exames por semana é de 134.675 e a média das últimas cinco semanas é de 202.749 exames por semana ou 27.354 por dia. “Gostaríamos de lembrar que o teste é uma solicitação do prescritor. Cabe ao Ministério da Saúde disponibilizar os testes para que o prescritor, ao fazer a prescrição do teste requisitado, ele possa realizar o teste e o paciente possa obter o resultado do seu teste o mais rápido possível”, esclareceu Arnaldo Medeiros sobre a redução na quantidade de testes feitos.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Governo de Pernambuco autoriza retomada das aulas do Ensino Fundamental e Educação Infantil na rede privada

Retorno será realizado gradualmente, tendo início no dia 10 de novembro com as turmas dos Anos Finais

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Educação e Esportes, anunciou nesta quinta-feira (29), durante coletiva de imprensa, a autorização para o início do processo de retomada das aulas presenciais do Ensino Fundamental (Anos Iniciais e Anos Finais) e da Educação Infantil. O retorno – que neste momento contempla apenas as unidades de ensino da Rede Privada – será realizado por etapas, começando no dia 10 de novembro com as turmas dos Anos Finais (6º ao 9º ano). No dia 17 de novembro, as escolas retomam as aulas dos Anos Iniciais (1º ao 5º ano) e, concluindo o processo, no dia 24 de novembro será a vez dos alunos da Educação Infantil retornarem às escolas. As aulas do Ensino Médio já haviam sido retomadas desde o dia 09 deste mês.

Para o retorno, as instituições de ensino devem continuar observando todas as normas estabelecidas no protocolo setorial da Educação, respeitando regras de distanciamento social, medidas de proteção e prevenção, bem como o monitoramento e orientações e de vigilância epidemiológica. O protocolo traz pontos importantes como o uso obrigatório de máscaras, distanciamento de 1,5 metros em todos os ambientes das escolas, inclusive dos estudantes em sala de aula, lavagem e higienização das mãos e uso do álcool em gel. Além disso, todos que estiverem nas unidades devem ser orientados, monitorados e testados em casos suspeitos, assim como seus contactantes.

“É importante destacar que esse retorno é opcional e, por se tratar de estudantes menores de idade, a decisão de voltar à escola caberá aos pais ou responsáveis. A retomada feita em etapas é importante, pois permite às áreas de saúde e Educação acompanharem o processo. Para a escola também é relevante, pois pode ir se preparando para receber em etapas e em grupos esses alunos. Com isso, a gente pode avançar não apenas no processo de retomada, mas também no cumprimento dos protocolos”, ressaltou o secretário estadual de Educação e Esportes, Fred Amancio. O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 continuará monitorando os dados da pandemia e, se necessário, poderá rever todo esse planejamento.

Na Rede Pública, a retomada das aulas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental (Anos Finais) segue suspensa. No dia 21 de outubro, as escolas da rede deram início ao processo de retomada das aulas presenciais para as turmas do Ensino Médio, com as turmas do 3º ano. Na última terça (27), retornaram as turmas do 2º ano e no dia 03 de novembro voltam as de 1º ano, Ensino Técnico Concomitante e Subsequente e da Educação de Jovens e Adultos.

AVANÇOS NO PLANO DE CONVIVÊNCIA – A partir da próxima terça-feira (03.11), todo o Estado de Pernambuco avançará para a Etapa 11 do Plano de Convivência com a Covid-19. Essa última etapa é um estágio em que todas as atividades econômicas estarão permitidas, com novos protocolos, seja geral ou específico de cada setor. “Nesse novo normal, vamos continuar dialogando com os setores produtivos e fazendo os ajustes nas calibragens de cargas, podendo aumentar ou diminuir e, eventualmente, até proibir algumas atividades que não estejam seguindo os protocolos”, afirmou o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach.

DADOS DA SAÚDE – Pelo segundo dia consecutivo, a rede hospitalar de assistência à Covid-19 registrou com menos de mil pacientes confirmados para a doença em leitos de enfermaria. O boletim epidemiológico desta quinta-feira (29.10) traz 986 pessoas com a Covid-19 em enfermaria, número que chegou a mais de quatro mil na fase mais crítica da doença em Pernambuco. No caso das vagas de UTI, atualmente são 78 pacientes internados com diagnóstico da doença, quantitativo que já chegou a 400.

Esse é um dos indicativos de que a situação do novo coronavírus em Pernambuco continua seguindo uma tendência de estabilização. Quando se calcula a média móvel de casos com a data efetiva da notificação, por exemplo, há uma redução de 32,83% nas mortes e uma queda de 6,3% na média de casos confirmados quando comparada com a média móvel de 14 dias anteriores. De acordo com os dados epidemiológicos, na análise da semana 43 houve queda de 10% nos casos de Srag suspeitos em 15 dias e, na comparação com a SE 42, um leve acréscimo de 4,5% – 28 casos a mais. Em relação aos óbitos, houve uma queda de 12,2% comparando a semana 43 com a 41, e de 6,5% comparando com a 42. As taxas de mortalidade e letalidade estão em 0,1 (SE 43) e 0,5 (SE 41).

“Durante o processo de convivência, flutuações podem acontecer, porque o vírus continua circulando de forma sustentada no Estado. Mas até agora essas oscilações estão dentro de um patamar de controle, sem tendência clara de aumento ou de uma segunda onda. Dessa forma, não podemos tomar medidas pela impressão de apenas uma semana. Precisamos ter a configuração de tendência em períodos maiores. Também nunca analisamos um número de forma isolada, pois temos um conjunto de indicadores que são avaliados para que possamos melhor compreender a evolução da doença”, concluiu Longo.

AFOGADOS REGISTROU 08 NOVOS CASOS DE COVID-19 NESTA QUINTA

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta quinta (29), foram registrados 08 casos para covid-19 em nosso município. Desses, 02 já estavam em investigação.

São 06 pacientes do sexo feminino, com idades de 11, 27, 46, 48, 54 e 65 anos; e 02 pacientes do sexo masculino, com idades de 10 e 38 anos. Entre os homens: 01 profissional da segurança e 01 estudante. Entre as mulheres: 02 agricultoras, 01 menor, 01 professora, 01 aposentada e 01 vendedora.

Hoje, 27 pacientes apresentaram resultados negativos para covid-19 e
14 pacientes estão curados após avaliação clínica e epidemiológica.

Entram em investigação os casos de 42 mulheres, com idades entre 04 e 72 anos; e 29 homens, entre 08 e 66 anos.

Nesta quinta Afogados atingiu a marca de 1.011 pessoas (89,94%) recuperadas para covid-19. Atualmente, 99 casos estão ativos.

O município atingiu a marca de 5.872 pessoas testadas para covid-19. Ultrapassamos 15,75 % da população testada em Afogados da Ingazeira.

Percentual de casos leves e graves em Afogados:

Leves (1.077 casos), 95,81 % Graves (47 casos), 4,19 %

SENAI-PE oferece 400 bolsas de estudo para cursos técnicos na modalidade EaD

Podem participar da seleção pessoas que já concluíram o ensino médio. Seleção de alunos será feita pela nota do ENEM

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial em Pernambuco (SENAI-PE) está oferecendo 400 bolsas de estudo para cursos técnicos na modalidade de ensino à distância (EaD). Podem participar da seleção pessoas de baixa renda que já concluíram o Ensino Médio e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em 2018 ou 2019. Os interessados devem se inscrever gratuitamente no site www.pe.senai.br, entre os dias 26 e 29 de outubro. A previsão é que as aulas tenham início no dia 5 de novembro. Outras informações podem ser obtidas no edital do processo seletivo, também disponível no site da instituição.

As aulas teóricas dos cursos serão realizadas à distância, por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) do SENAI-PE. Já o conteúdo prático será realizado em aulas presenciais, que serão oferecidas uma vez por semana pelas escolas ofertantes dos cursos. “Na modalidade EaD oferecida pelo SENAI, o aluno consegue organizar seu tempo para assistir às aulas teóricas e todo o conhecimento aprendido é reforçado nas aulas práticas, que são o grande diferencial da instituição. A presença é obrigatória e essencial para a aprovação no curso”, destaca a diretora de Educação do SENAI-PE, Carla Abigail.

A seleção dos alunos será feita a partir da pontuação obtida no ENEM nos anos de 2018 ou 2019. Estão aptos a participar do processo seletivo os candidatos que obtiveram pontuação média igual ou superior a 550 pontos. Para se inscrever, os candidatos deverão preencher o formulário presente no site do SENAI. As informações fornecidas serão utilizadas para o processo seletivo.

A lista dos classificados será divulgada no dia 30 de outubro, também pelo site do SENAI-PE. A convocação para a matrícula obedecerá à ordem de classificação geral, limitada ao número de vagas ofertadas por curso. A matrícula deverá ser realizada, pessoalmente, na Escola Técnica SENAI indicada no ato da inscrição, no dia 3 de novembro. Neste momento, o estudante deverá entregar toda a documentação exigida no item 6.2 do edital.

LISTA DE CURSOS

SENAI Araripina

Técnico em Segurança do Trabalho (EAD) – 25 vagas

SENAI Areias

Técnico em Manutenção e Suporte em Informática (EAD) – 30 vagas

Técnico em Redes de Computadores (EAD) – 30 vagas

SENAI Cabo

Ler mais

Propostas de Eduardo da Fonte serão consideradas na elaboração do Renda Cidadã, afirma Governo Federal

As propostas do deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) para criação do Renda Cidadã, que deve substituir o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial, serão consideradas pelo governo federal para implantar o novo programa social. A afirmação é do Ministério da Cidadania.

Eduardo da Fonte tem se destacado com propostas que apontam recursos para o financiamento do Renda Cidadã. Entre os pontos do PL 3023/20, de autoria do parlamentar e que estabelece a criação do programa, estão o uso do lucro do Banco Central e aumento da porcentagem da contribuição social dos bancos.

“É muito importante destacar que nós trabalhamos para encontrar caminhos que possibilitam a criação do Renda Cidadã sem aumentar impostos para a população. Focamos na distribuição de renda. O retorno que tivemos do Governo Federal foi bastante positivo, fico muito feliz em ver que nosso trabalho está dando resultado na implantação desse programa que vai ajudar milhões de famílias por todo o Brasil”, afirmou Eduardo da Fonte.