CELPE: VEJA COMO INCLUIR SUA CONTA NA BAIXA RENDA

Após Celpe conceder tarifa reduzida a 108 mil famílias, saiba como ter o benefício de baixa renda

O benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), que é voltada para as residências com pessoas de baixa renda, teve mais 108 mil novas famílias  incluídas em Pernambuco, no ano de 2020, de acordo com a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). O programa é cadastrado para as famílias de forma automática, após consulta no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), mas também pode ser solicitado através do site da Celpe e/ou pelo WhatsApp.

A redução no valor da tarifa de energia foi criada pelo Governo Federal e reduz a conta em até 65% (os indígenas e quilombolas têm direito a até 100%) e é regulamentado pela Lei 12.212, de 20 de janeiro de 2010.

Quem tem direito?

De acordo com Celpe, é preciso ter o Número de Identificação Social (NIS), além de renda familiar mensal por pessoa menor ou igual a meio salário mínimo nacional, independentemente de o cliente ser beneficiário ou não do Bolsa Família.

Como me inscrever?

Quem não for escrito automaticamente no benefício de baixa renda, a solicitação da Tarifa Social de Energia Elétrica pode ser feita pelo WhatsApp da Celpe, sendo necessário informar o número da conta contrato da Celpe (no boleto) e o NIS. Caso o beneficiário não for o titular da conta da Celpe, também devem ser enviadas fotos do CPF e do RG.

Os dados serão confirmados no banco de dados do Governo Federal. O prazo para o credenciamento no programa de baixa renda é de cinco dias úteis, com o início do benefício na fatura da Celpe do mês seguinte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *