Pernambuco vai sediar o Congresso Internacional Metrópoles Lixo Zero

Realizado em parceria entre Governo do Estado e dois institutos, evento vai discutir ações para reduzir ao máximo o descarte de materiais e o impacto ambiental causado pelo lixo

O governador Paulo Câmara e representantes dos institutos de Cooperação Internacional para Meio Ambiente (ICIMA) e Lixo Zero Brasil (ILZB) fecharam, nesta quinta-feira (25.02), uma parceria para a realização do Congresso Internacional Metrópoles Lixo Zero (Zero Waste Metro Cities) no Estado. A iniciativa tem como objetivo debater alternativas internacionais, nacionais e regionais de redução ao máximo do descarte de materiais e o impacto ambiental causado pela geração de lixo. O evento está previsto para acontecer na primeira de quinzena de novembro deste ano, de forma híbrida. Ou seja, uma parte acontecerá de forma presencial e outra por meio de plataformas digitais.

“A questão ambiental e a gestão adequada dos resíduos sólidos são agendas muito importantes, tanto para os Estados quanto para os municípios. Entendemos a urgência dessa pauta e sabemos como é importante que cada segmento do governo faça sua parte, contribuindo para reduzir o impacto que o descarte inadequado do lixo ocasiona no meio ambiente”, frisou Paulo Câmara.

O público-alvo do congresso são gestores públicos estaduais e municipais, parlamentares, gestores de entidades, empresários, educadores e cidadãos. A ideia é unir esses atores para acelerar a organização social e a estrutura econômica visando atingir o objetivo do Lixo Zero. “A realização de um evento como esse faz com que a gente pense na mudança. É a conclusão de um conjunto de atividades que começam de agora, reforçando o que Pernambuco vem fazendo nos últimos anos”, destacou o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti.

LIXO ZERO – De acordo com o ILZB, o conceito do “Lixo Zero” busca guiar, por meio de metas éticas e econômicas, a mudança no modo de vida das pessoas, de forma a incentivar os ciclos naturais sustentáveis. Nesse contexto, todos os materiais são projetados para permitir sua recuperação e uso pós-consumo.

Estiveram presentes à reunião o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Bruto; o presidente do Instituto Lixo Zero Brasil, Rodrigo Sabatine; a presidente do Instituto de Cooperação Internacional para Meio Ambiente, Ana Paula Moura; além da embaixadora do Instituto Zero em Pernambuco, Susanne Galeno.