Ana Carolina

Editora estagiária do Blog Zulene Alves.

Paulo Guedes anuncia seis secretários da nova equipe econômica

Assessor da Casa Civil de Temer, Marcelo Guaranys foi confirmado como secretário-executivo do ministério da Economia

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou neste sábado (8) o nome de seis secretários da equipe econômica do Governo Bolsonaro. Ele confirmou, por exemplo, Marcelo Guaranys, ex-diretor da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), como secretário-executivo da super pasta da Economia.

Servidor da carreira de Analista de Finanças e Controle do Tesouro Nacional, Guaranys é mestre em Direito Público pela Universidade de Brasília e é o atual Subchefe de Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais da Casa Civil da Presidência da República.

Como secretário geral da Fazenda, o escolhido foi Waldery Rodrigues Júnior. Engenheiro formado pelo ITA, mestre e doutor em economia, Rodrigues Junior tem larga experiência no setor público. É pesquisador concursado pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) e consultor do Senado Federal na área política econômica. O atual ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Esteves Colnago, será o secretário geral adjunto da Fazenda.

O secretário geral de Desburocratização, Gestão e Governo Digital será Paulo Uebel, ex-diretor executivo do Instituto Millenium, fundado por Guedes para promover o liberalismo econômico. Ele é especialista em direito tributário, financeiro e econômico. Foi secretário de Gestão da prefeitura de São Paulo e CEO Global do Lide – Grupo de Líderes Empresariais.

Servidor da carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, Gleisson Cardoso Rubin será o novo secretário geral adjunto de Desburocratização, Gestão e Governo Digital. Atualmente, ele ocupa o cargo de secretário-executivo do Ministério do Planejamento.

economista Carlos da Costa ocupará o cargo de secretário geral de Produtividade e Competitividade. Ele já foi diretor de Planejamento, Crédito e Tecnologia do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Antes disso, presidiu o Instituto de Performance e Liderança e foi sócio-diretor do Ibmec Educacional.

Fonte: folhape

Natal Solidário da Agrovale alegra crianças e idosos de Juazeiro e Petrolina

Cerca de 200 pessoas, entre crianças e idosos de Juazeiro e Petrolina tiveram um dia muito especial nesta sexta-feira (7). A edição 2018 do Natal Solidário da Agrovale começou às 8h na escola Flores do Amanhecer, no bairro do Argemiro, em Juazeiro.

Depois de muitas brincadeiras e entrega de presentes aos pequenos alunos e alunas da escola, o palhaço Cherozinho cruzou a ponte com a equipe da empresa e foi à Petrolina fazer a alegria da criançada e de alguns idosos no Centro de Oncologia Dr. Muccini, na Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (Apami).

No período da tarde, a distribuição de brinquedos, guloseimas e kits de higiene pessoal teve início na Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e depois continuou juntando mais sorrisos no Lar de Idosos São Vicente de Paulo. De acordo com o vice-presidente da Agrovale, Denisson Flores, as alegrias do Natal Solidário deste ano começaram logo no início da semana quando cerca de 500 alunos de quatro escolas de Juazeiro receberam os presentes em sala de aula.“Começamos esse projeto em 2005, a partir de doações dos funcionários e da diretoria da nossa empresa. Durante todo o ano realizamos ações onde nossos colaboradores contribuem e a cada edição ampliam o volume de donativos. E o resultado a gente vê nos olhos da cada um dos participantes do nosso Natal Solidário”, pontuou.

Para a diretora da APAE/Juazeiro, Maria do Socorro Pontes, a chegada do Natal Solidário nesta sexta-feira antecipou as alegrias das festas do final do ano. “Nossos alunos e colaboradores adoraram as brincadeiras, os presentes e os abraços carinhosos da equipe da Agrovale. Temos muito que comemorar a inclusão da nossa entidade nesse projeto maravilhoso”, agradeceu a diretora.

Os 27 idosos do Abrigo São Vicente de Paulo também agradeceram a lembrança, os presentes e o abraço no final da tarde. A auxiliar administrativo da entidade, Enilza Magalhães, lembrou que os moradores do abrigo ficam sempre muito felizes quando chegam visitas trazendo carinho e atenção.  “A cada edição do Natal Solidário se renova em nós o mais puro espírito natalino e felizes ficamos todos nós em receber da Agrovale o abraço amigo que ajuda.

Novo secretariado de Paulo Câmara começa a ganhar forma, e o tabirense Carlos Veras tem nome especulado para Agricultura

O projeto de Lei com a proposta da reforma administrativa que o governador Paulo Câmara (PSB) está preparando para ser enviado à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) antes do recesso parlamentar – previsto para iniciar no dia 21 deste mês – começou a ganhar a forma e está gerando amplo debate no meio político. Como até agora nenhuma sigla que compõe a base do governo socialista foi contemplada na gestão do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), em algum ministério ou órgão de peso no âmbito nacional, a aposta é que o governador sofra menos pressão na divisão de espaços de seu segundo mandato.

“Ele (Paulo Câmara) terá condições de montar a equipe da forma que achar melhor. Aqui (Pernambuco) será a saída para a recomposição da base. Ficará mais fácil para o governador chegar a um entendimento com as legendas diante do atual cenário”, comentou nesta sexta-feira (07), um socialista em reserva.

Especula-se que o PP e o PR terão espaço reduzido no segundo governo. Durante a campanha eleitoral, o PP emitiu sinais de que poderia se juntar ao então candidato da oposição, o senador Armando Monteiro (PTB), deixando o Palácio numa situação incômoda. Além disso, o deputado federal Eduardo da Fonte (PP) não conseguiu manter a estrondosa votação das eleições anteriores. E na disputa para a Assembleia Legislativa, o PP perdeu espaço para o PSB.

Os progressistas ficaram com a segunda maior bancada, elegendo 10 deputados, enquanto o partido do governador elegeu 11 parlamentares. No caso do PR, o comando da sigla é disputado no estado pelo deputado federal Sebastião Oliveira e o prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira, que apoiou o senador de oposição Armando Monteiro para o governo do estado.

Cotado

Para contemplar o PT, o deputado federal eleito Carlos Veras está sendo especulado para comandar a Secretaria de Agricultura. A vaga pode ser ocupada também pelo deputado estadual eleito Doriel Barros (PT). No caso de Veras virar secretário, o ex-deputado Odacy Amorim (PT), que ficou na suplência, assumiria sua vaga na Câmara. Se for Doriel o convocado, o ex-prefeito do Recife, João da Costa assumirá a vaga na Assembleia Legislativa.

Outros nomes cotados para fazer parte do segundo governo do PSB são os deputados federais Augusto Coutinho (SD), Fernando Monteiro (PP), João Campos (PSB) e Raul Henry (MDB). Por ter uma estreita relação de amizade com o governador, Raul abriria mão do mandato para assumir a pasta de Desenvolvimento Econômico. Em seu lugar assumiria o ex-secretário de Administração Milton Coelho (PSB), que ficou na suplência.

Dentre as mudanças previstas na reforma do PSB, como a fusão, incorporação, desmembramento de órgãos ou surgimento de novas pastas está a possibilidade da criação da Secretaria de Recursos Hídricos. A nova pasta deve abrigar a Companhia de Pernambucana de Saneamento (Compesa). Desde seu primeiro mandato, o governador atuando para atrair recursos federais para o abastecimento de água no estado. Durante a campanha eleitoral o assunto foi tratado pelo socialista como uma de suas prioridades. Com informações do Diário de Pernambuco.

Sertânia: Obras da Escola Municipal Presidente Vargas estão em ritmo acelerado

Na manhã desta sexta-feira (7) o prefeito Ângelo Ferreira visitou as obras da Escola Municipal Presidente Vargas. Os trabalhos estão em ritmo acelerado e em breve serão concluídos. O gestor esteve acompanhado da Secretária de Educação Valdilene Góis e dos professores que irão trabalhar na unidade.

O local está passando por serviços de reforma e ampliação. Estão sendo construídas novas salas de aula, biblioteca, espaço para atendimento psicológico, toda parte administrativa, como diretoria, secretaria, novos banheiros e quadra coberta. Todos os ambientes oferecem acessibilidade para os usuários da escola.

Foram investidos mais de R$ 90 mil na obra que deve ficar pronta em 2019. Com novos espaços, a Escola Municipal Presidente Vargas poderá acolher um número maior de alunos.

Sabendo que o ambiente influencia de forma direto no processo ensino-aprendizagem o Governo Municipal de Sertânia investe na infraestrutura das escolas para melhorar cada vez mais a educação do município. Assim, no próximo ano letivo os estudantes daquela instituição já poderão usufruir de um ambiente mais agradável e confortável.

Ex-diretora da GERES em Afogados da Ingazeira, Tatiana Marques concorre ao Oscar brasileiro dos eventos

A TMCE – Tatiana Marques Cerimonial e Eventos é a única empresa do Nordeste finalista para concorrer, este ano, ao Prêmio Caio 2018, o Oscar brasileiro dos eventos que também é conhecido como o Prêmio Jacaré e disputa o título em duas importantes categorias: Eventos Sociais e Sustentabilidade. A 19ª edição da premiação nacional será realizada nesta terça-feira (11),  a partir das 19h, com jantar, no Centro de Convenções Expo Center Norte, em São Paulo. Essa é a primeira vez que uma empresa do Estado que atua como organizadora de eventos é indicada para receber o prêmio.

Na categoria Sustentabilidade, além da TMCE, também estão concorrendo ao troféu a Rede Globo de Televisão (SP), Alternativa F (SP) e a MCI Group (DF), esta responsável pelo Fórum Mundial da Água. Já na área de organização de Eventos Sociais, a TMCE disputa com a Agencia n mais (SP) e a Bethe B Comunicação. A organização do evento se baseou no portfólio da TMCE e no perfil de Tatiana Marques, além de em cinco cases realizados entre junho de 2017 e julho de 2018. Entre eles os eventos Café & Negócios – Transformação Digital, organizado para a Lefil, tendo como palestrante o jornalista Fernando Castilho; Reserva dos Carneiros, Celebrar e Prosperar , organizado para a HIMAS, do empresário Hilson Macêdo Filho; Grande Prêmio Orgulho de Pernambuco, de 2017, idealizado como evento de relacionamento , para o Grupo R2 e o evento Marcas Preferidas, e que chamou a atenção pelo nível de dificuldade de realização e pelas características de inovação.

Paulo Câmara anuncia pacote de ações contra a corrupção

Governador assinou decretos que regulamentam aspectos da Lei Estadual Anticorrupção e fomentam a modernização e
 profissionalização da gestão pública. Iniciativa antecede o Dia Internacional Contra a Corrupção, neste domingo
 
Visando fortalecer a política de combate a práticas ilícitas contra a administração pública, o governador Paulo Câmara assinou, nesta sexta-feira (07.12), cinco decretos que regulamentam aspectos da Lei Estadual Anticorrupção, de Nº 16.309/2018. Fundamental para promover um maior controle social e ético na administração do Estado, a medida dialoga ainda com a modernização e profissionalização da gestão pública, um dos pilares estratégicos para as ações de prevenção à corrupção. Os decretos assinados pelo governador, no Palácio do Campo das Princesas, estão em sintonia com as ações do Dia Internacional Contra a Corrupção, a ser celebrado neste domingo, 9 de dezembro. Essa data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) para conscientizar sobre a corrupção em nível mundial.
 
“Assinamos hoje, cinco decretos que vão ao encontro daquilo que tanto prezamos no serviço público, que é o combate às más práticas e o olhar que precisa ser dado para a ética e a integridade na administração pública. Então, é uma modernização da nossa legislação, que vai ao encontro do que nós queremos, que é fomentar servidores cada vez mais engajados, trabalhando e oferecendo melhores serviços públicos, com ética e integridade. O Governo do Estado é incansável nessas ações. Isso é primordial para servir bem a população”, destacou o governador.
 
Os decretos dispõem principalmente sobre a atuação e a conduta dos agentes públicos, de acordo com os aspectos tratados na Lei. São eles: Código de Ética dos Agentes Públicos da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual (Nº 46852/2018); Sistema de Gestão de Ética dos Agentes Públicos da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual (Nº 46853/2018); Código de Conduta da Alta Administração do Poder Executivo Estadual (Nº 46854/2018); Política de Governança da Administração Pública Estadual Direta, Autárquica e Fundacional (Nº 46855/2018); e Critérios de Avaliação do Programa de Integridade no âmbito do Poder Executivo Estadual (Nº 46856/2018).
 
O secretário da Controladoria Geral do Estado, Ruy Bezerra, ratificou a importância dos decretos no aprimoramento do controle social e de ética na administração pública. “Diante dessa temática de trabalhar a administração pública na prevenção e no combate à corrupção, o governador está editando, na passagem do Dia Internacional contra a Corrupção, cinco decretos que têm uma temática muito ligada à nossa Lei. Entre eles, um que trata da modernização e profissionalização da gestão pública, com a implantação dos programas de governança, iniciativa que ainda não existia em âmbito estadual no Brasil, apenas na Federação. Ou seja, Pernambuco está sendo pioneiro e vai trabalhar essa questão da governança também em todos os órgãos e entidades da administração pública”, explicou.
 
DECRETOS – O Código de Ética serve como base para a administração pública, trazendo um ganho exponencial na questão da orientação do agente, servindo também como parâmetro para a solução de problemas. Além desse, a Lei prevê o Código de Conduta da Alta Administração, que aplica-se aos Secretários de Estado; titulares de cargos de natureza especial, ocupantes de cargo de Direção e Assessoramento Superiores e Presidentes e Diretores de Autarquias, inclusive as especiais, e de Fundações Públicas ou autoridades hierarquia equivalentes; Presidentes e Diretores de Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista, dependentes ou independentes do Tesouro Estadual. Partindo da premissa de que a postura das autoridades serve como exemplo, o código versa sobre transparência dos atos praticados e comportamento.
 
A partir desses normativos, foi desenvolvido pela Secretaria da Controladoria-Geral, com apoio da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e da Secretaria de Administração (SAD), o Sistema de Gestão de Ética, que traz a estrutura operacional necessária para atuação das comissões de ética, além da criação da Comissão de Ética Pública (CEP), composta por sete brasileiros de reconhecida idoneidade moral, reputação ilibada e notória experiência em administração pública, designados pelo Governador do Estado, constituindo ainda a Rede de Ética do Poder Executivo Estadual.
 
Em uma iniciativa pioneira no âmbito estadual, está o decreto que regulamenta a Política de Governança da Administração Pública Estadual Direta, Autárquica e Fundacional. A iniciativa pretende, entre outros aspectos, direcionar ações para a busca de resultados para a sociedade, encontrando soluções tempestivas e inovadoras para lidar com a limitação de recursos e com as mudanças de prioridades; promover a simplificação administrativa, a modernização da gestão pública e a integração dos serviços públicos, especialmente aqueles prestados por meio eletrônico.
 
Finalizando o pacote, está o decreto sobre os critérios de avaliação do Programa de Integridade no âmbito do Poder Executivo Estadual. Com isso, ficam estabelecidos procedimentos internos implementados pelas empresas com o intuito de evitar, detectar e sanar práticas de desvios, fraudes, irregularidades e atos ilícitos em geral por seus administradores, empregados, representantes e, até mesmo, fornecedores e prestadores de serviços, contra a administração pública.
 
Foto: Aluisio Moreira/SEI

Produtores de uva já calculam perdas devido à chuva no Vale do São Francisco

A chuva tanto pedida pelos agricultores veio, mas, choveu demais. Na zona rural de Petrolina, no interior de Pernambuco, produtores de uva calculam os prejuízos, que, em seis dias de precipitação, já chegam a R$ 7 milhões e uma perda de 650 toneladas da fruta. Os pomares estão molhados, trabalhadores parados e os produtos perecendo.

Segundo cálculos do Sindicato dos Produtores Rurais do município (SPR), feitos a partir dos relatos dos fruticultores, há a estimativa de que 35% da produção de uva que estava pronta para colheita tenha sido comprometida com a chuva, que registrou uma média de 90 milímetros nas regiões de fazendas. “A maioria das variedades de uva não suporta tanta água”, comenta o gerente executivo da entidade, Flávio Diniz.

Flávio explica que os prejuízos dos últimos seis dias se concentram nas frutas que seriam colhidas para o consumo interno durante o Natal. Mas as consequências podem se estender para o próximo ano. “Os produtores já vêm se preparando há algum tempo para a safra 2019.1, só que a uva tem um ciclo, ela obedece a tratos culturais. E por conta da chuva poderá existir uma redução de produtividade”.No Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho, a Fazenda Ara Agrícola cultiva 175 hectares de uva de mesa e, nesse período de chuva, tinha 14 mil quilos da fruta para serem colhidos. De acordo com o gerente de campo da propriedade, Ivan Lopes, lá as perdas alcançam 40%. “A maioria era da variedade Crimson, um tipo de uva que não aguenta chuva, então elas apodreceram e nós estamos com uma perda aí de no mínimo R$ 50 mil”, disse. Na Ara Agrícola, apenas 20% do planejamento para esta semana foram executados.

“Quando contamos a diária com a mão de obra parada o prejuízo cresce mais ainda. O trabalhador rural não pode trabalhar durante a chuva; quando ela passa, eles também não podem entrar na área de plantação porque ela está molhada, e tudo isso só vai se acumulando”, afirmou Ivan.

Enquanto isso, o gerente do SPR, Flávio Diniz, conta que os prejuízos na região só não são maiores porque os produtores já haviam colhido a maior parte da produção e começaram a tomar as providências para minimizar os prejuízos. “Eles vão agora se preocupar com um novo planejamento para atender as demandas da fruta em 2019, por conta desse período chuvoso”, finalizou ele.

Paulo Câmara admite reforma administrativa

governador Paulo Câmara (PSB) admitiu, ontem, após ser diplomado para o segundo mandato à frente do Palácio do Campo das Princesas, que estuda uma reforma administrativa, conforme a Folha de Pernambuco antecipou. O gestor, todavia, não adiantou o formato que ficará o secretariado, tampouco as pastas que serão fundidas, apenas que deixará para anunciar no final do mês. “Está sendo estudado isso (reforma administrativa). Fizemos reajuste em 2014 ainda com Eduardo Campos. Outros ajustes devem vir e vamos anunciar tal qual esteja pronto”, declarou.

Apesar de restar menos de 25 dias para o final do ano e 15 dias para o final da legislatura, Câmara sugeriu não ter pressa para finalizar o estudo. “Quando a gente formatar a reforma (administrativa) faz o envio para a Assembleia Legislativa (de Pernambuco) e começa as negociações (com os partidos). Ainda temos o mês todo para trabalhar. Vamos deixar essa questão do novo secretariado para o final do mês”, afirmou. O Executivo, contudo, tem até o dia 20 de dezembro – último dia legislativo – para encaminhar o projeto à Alepe, que, neste caso, teria de convocar sessões extraordinárias. Caso o projeto chegue com antecedência, não seria necessário.

Nos bastidores, é dado como certo que João Campos (PSB) vai assumir uma pasta e Milton Coelho (PSB) o mandato de deputado federal. Comenta-se também que algum deputado estadual eleito na coligação formada por PSB, MDB e PSD também será convocado para dar lugar a Sivaldo Albino (PSB) na Alepe.

O estudo está sendo realizado pelas equipes das secretarias de Administração e Planejamento. E um dos critérios levado em consideração é a futura Esplanada dos Ministérios do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). O futuro governo Bolsonaro terá 22 pastas, o mesmo número do atual governo.

Fonte: folhape

FLIS TEM FEIRA DO LIVRO SERTANEJO HOJE

O XI FLIS Festival Literário Internacional do Varejao Supermercado Sertão em Sertânia  PE  acontece hoje a partir das 8:30 em frente ao Varejão Supermercado  na Praça da Bandeira.
Poetas, aboiadores, Cordelistas e  repentistas estarão se apresentando. Destaque para  apresentação e Homenagem ao Poeta Cordelista Abaeté, Sertaniense radicado em Natal RN., onde há dez anos mantêm a Casa do Cordel. Teremos também  o Lançamento do  CD de Poesia popular declamador Poeta Asa Branca do Ceará.  No Local exposições e vendas de Livros e Cordéis.
O XI FLIS Festival Literário Internacional do Sertão prossegue amanhã, dia 8 de dezembro   em Sertânia com o Sarau da Resistência  as 18 horas em Frente a Casa dos Poetas, na Rua das Tabocas.

Fonte: tribunadomoxoto

Paulo Câmara diz que deve deixar definição sobre secretariado para fim de dezembro

A um mês de iniciar o segundo mandato, o governador Paulo Câmara (PSB) afirmou nesta quinta-feira (06), após ser diplomado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) que deve deixar a definição do novo secretariado para o fim do mês.

Com a aliança com o PT, o partido deve ser acomodado no governo.

O socialista também admitiu que pode reduzir o número de secretarias. “Está sendo estudado isso. Fizemos ajustes em 2014 ainda com Eduardo Campos”, disse.

“Até o fim do mês sai”, afirmou sobre a reforma administrativa.

“Quando a gente formatar a reforma faz o envio para a Assembleia Legislativa, mas a gente tem um mês para trabalhar e a gente vai deixar essa questão de novo secretariado realmente para o fim do mês”.