Zulene Alves

Prefeito de Sertânia participa de Reunião Extraordinária do SAMU realizada em Serra Talhada 

O prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira e a secretária de Saúde, Mariana Araújo, participaram da Reunião Extraordinária do SAMU Consorciado III Macrorregião Cimpajeú, que envolve 35 municípios.  O evento foi promovido nesta quinta-feira (14), na Câmara de Vereadores de Serra Talhada, onde foi apresentado o Plano de Funcionamento. O Cimpajeú será o responsável por gerenciar a atividade do SAMU nas regiões do Pajeú, Moxotó e Sertão Central. Sertânia já assinou o termo de adesão, desde o final de 2019, e enviou o primeiro repasse, referente à primeira parcela do rateio.

Sertânia contará com uma Unidade de Suporte Básico e a Unidade de Suporte Avançado mais próxima ficará localizada em Arcoverde. A expectativa é de que até março o serviço do SAMU comece a funcionar, o que dependerá se todos os municípios cumprirem com a obrigação de efetuar o primeiro repasse e de organizarem as suas ambulâncias.

Durante a reunião foi estabelecido o prazo para que governos organizem suas bases e ambulâncias, a pactuação de financiamento, com as contrapartidas de cada município e as adequações necessárias para que o serviço possa entrar em funcionamento. A despesa está sendo dividida por todos que aderiram, de acordo com as populações de cada cidade.

Além de Ângelo Ferreira, participaram da reunião prefeitos de várias cidades, como Solidão, Floresta, Serra Talhada, Iguaracy, Ingazeira, Itapetim, Carnaíba e outras.

Vacina de Oxford recebe aval de segurança do Ministério da Ciência e Tecnologia

Foto: John Cairns / University of Oxford / AFP

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou, nesta sexta-feira (15), a segurança da vacina contra a covid-19 produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em conjunto com a Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca. A decisão não substitui a avaliação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que ainda precisa aprovar os estudos enviados para que o imunizante possa ser aplicado na população brasileira.
A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou, nesta sexta-feira (15), a segurança da vacina contra a covid-19 produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em conjunto com a Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca. A decisão não substitui a avaliação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que ainda precisa aprovar os estudos enviados para que o imunizante possa ser aplicado na população brasileira.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Afogados: Pré-matrículas para novos alunos acontece segunda-feira (18.01)

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que a pré-matrícula para novos alunos da rede municipal de ensino tem início nesta segunda (18), a partir das 8h, e vai até o dia 20 de Janeiro. Por conta da pandemia, a pré-matrícula será feita exclusivamente através do site www.afogadosdaingazeira.pe.gov.br

O preenchimento, tanto das vagas em aberto quanto do cadastro de reserva, se dará de acordo com a ordem de inscrição no site. No ato da realização do cadastro de pré-matrícula, os pais ou o responsável pelo (a) estudante deverão informar:

I – escola;
II- ano /série;
III- nome do estudante;
IV- idade atual do estudante;
V- nome da mãe;
VI- nome do responsável pela informação;
VII- telefone de contato.

A pré-matrícula estará aberta para todas as escolas e creches da rede municipal, seja na educação infantil, anos iniciais do ensino fundamental, anos finais do ensino fundamental e para as turmas de educação de jovens e adultos. Segundo a Secretária de Educação de Afogados, Wivianne Fonseca, os resultados serão divulgados no site e para a imprensa no dia 25 de Janeiro, após o processamento de todas as informações.

Dentro do prazo da pré-matrícula, o acesso ao link de cada escola será suspenso após o preenchimento da última vaga no cadastro de reserva. As vagas para as escolas em regime integral e semi-integral serão exclusivamente destinadas a alunos residentes em Afogados da Ingazeira. A efetivação da matrícula pelos selecionados ocorrerá entre de 25 a 29 de Janeiro, na própria escola onde os pais/responsáveis efetivaram a pré-matrícula. Toda a documentação que será necessária nesse momento, encontra-se detalhada na instrução normativa em anexo.

“Por conta da pandemia, para evitar aglomerações e preservar vidas, estamos realizando a pré-matrícula na modalidade remota, via o site institucional, divulgando previamente a data de início, para que todos possam concorrer às vagas ofertadas,” destacou a Secretária de Educação, Wivianne Fonseca. Confira as vagas por unidade de ensino:

QUANTIDADE DE VAGAS:

– Centro de Educação Infantil Maria Genedi Magalhães

 

TURMA Nº DE VAGAS Nº DE CADASTRO DE RESERVAS
Creche III ( 3 anos de idade) 05 05
Pré I         ( 4 anos de idade) 06 05
Pré II        ( 5 anos de idade) 08 05

 

– Centro de Educação Infantil Professora Evangelina de Siqueira

TURMA Nº DE VAGAS Nº DE CADASTRO DE RESERVAS
Creche III ( 3 anos de idade) 02 05
Pré I         ( 4 anos de idade) 28 05
Pré II        ( 5 anos de idade) 30 05

 

– Escola Municipal São Sebastião

 

TURMA Nº DE VAGAS Nº DE CADASTRO DE RESERVAS
Creche II ( 2 anos de idade) 06
Creche III ( 3 anos de idade) 23 05
Pré I         ( 4 anos de idade) 38 05
Pré II        ( 5 anos de idade) 13 05

 

 – Escola Municipal José Rodrigues de Brito

 

TURMA Nº DE VAGAS Nº DE CADASTRO DE RESERVAS
Creche III ( 3 anos de idade) 00 05
Pré I         ( 4 anos de idade) 14 05
Pré II        ( 5 anos de idade) 16 05

 

– Escola Municipal Letícia de Campos Góes

TURMA Nº DE VAGAS Nº DE CADASTRO DE RESERVAS
1º Ano      ( 6 anos de idade) 60 05
  2º Ano 10 05
  3º Ano 26 05
  4º Ano 00 05
  5º Ano 00 05

 

 – Escola Municipal Ana Melo

 

TURMA Nº DE VAGAS Nº DE CADASTRO DE RESERVAS
Pré I         ( 4 anos de idade) 21 05
Pré II        ( 5 anos de idade) 11 05
1º Ano      ( 6 anos de idade) 39 05
  2º Ano 12 05
  3º Ano 11 05
  4º Ano 03 05
  5º Ano 12 05
  6º Ano 07 05
  7º Ano 09 05
  8º Ano 06 05
  9º Ano 12 05
EJA Fase III ( 15 anos de idade) 25 05
EJA Fase IV 25 05

 

 – Escola Municipal Professora Gizelda Simões Inácio

 

TURMA Nº DE VAGAS Nº DE CADASTRO DE RESERVAS
1º Ano      ( 6 anos de idade) 90 05
  2º Ano 04 05
  3º Ano 20 05
  4º Ano 13 05
  5º Ano 18 05
  6º Ano 14 05
  7º Ano 09 05
  8º Ano 27 05
  9º Ano 11 05
EJA Fase I ( 15 anos de idade) 25 05
 EJA Fase II 25 05
 EJA Fase III 25 05
 EJA Fase IV 25 05

 

– Escola Municipal Professora Francisca Lira Leite de Brito

TURMA Nº DE VAGAS Nº DE CADASTRO DE RESERVAS
1º Ano      ( 6 anos de idade) 50 05
  2º Ano 06 05
  3º Ano 12 05
  4º Ano 03 05
  5º Ano 00 05
  6º Ano 02 05
  7º Ano 10 05
  8º Ano 01 05
  9º Ano 23 05
EJA Fase I ( 15 anos de idade) 25 05
 EJA Fase II 25 05
 EJA Fase III 25 05
 EJA Fase IV 25 05

 

– Escola Municipal Domingos Teotônio

 

TURMA Nº DE VAGAS Nº DE CADASTRO DE RESERVAS
1º Ano      ( 6 anos de idade) 50 05

PAULO CÂMARA LAMENTA MORTE DE EX-PREFEITO DE GOIANA

Foi com  pesar que recebi a notícia do falecimento do ex-prefeito de Goiana, Osvaldo Rabelo Filho. Prefeito do município por quatro vezes, ele também exerceu mandato legislativo como Deputado Estadual. Quero me solidarizar com seus familiares e amigos nesse momento de dor e tristeza.
 
Paulo Câmara
Governador de Pernambuco

Pernambuco mais perto da recuperação da capacidade de investimento

Governador Paulo Câmara e o secretário da Fazenda, Décio Padilha,  apresentaram balanço fiscal de 2020 ao secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal
 
Pernambuco deu mais um passo, na manhã desta sexta-feira (15), para a mudança na Capacidade de Pagamento (Capag), índice que define se estados e municípios podem realizar operações de crédito. O governador Paulo Câmara e o secretário da Fazenda, Décio Padilha, apresentaram ao secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal e à secretaria-adjunta, Priscila Santana, o balanço fiscal do Estado. 
 
A reunião, aconteceu no Ministério da Economia, em Brasília, e teve como foco a mudança da Capacidade de Pagamento (Capag) do Estado, de C para B, e assim fazer com que Pernambuco possa voltar a realizar operações de crédito no mercado nacional e internacional.
 
“Pernambuco cumpriu uma etapa importante na recuperação da capacidade de investimento. Eu e o secretário da Fazenda, Décio Padilha, tivemos uma reunião muito produtiva com o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, e a secretária-adjunta, Priscila Santana, onde apresentamos o resultado fiscal de 2020 e demonstramos que fizemos nossa tarefa de casa”, comentou o governador Paulo Câmara.
 
Com os ótimos números apresentados, o prazo para a mudança da Capag, estimado pela STN em três ou quatro meses, foi para 15 dias após a publicação do balanço fiscal, que será na próxima terça-feira (19). “Mesmo com os efeitos da pandemia e da crise econômica, obedecemos todos os critérios estabelecidos pela legislação e vamos poder voltar a contratar operações de crédito para investir em entregas necessárias para o povo pernambucano”, ressaltou Câmara.
 
O secretário da Fazenda, Décio Padilha, frisou o importante ajuste fiscal feito pelo Estado nos últimos anos. “Desde 2016 que nós não conseguimos realizar operação de crédito. Nos últimos três anos, Pernambuco vem investindo, em média de R$ 1,4 bilhão. Com a mudança na avaliação, saindo do Capag C para B, teremos acesso na ordem de 6% da receita corrente líquida, que a lei prevê, um crédito de até R$1,6 bilhão por ano, fora o que já investimos. Ou seja, iremos mais que dobrar os investimentos”, explicou o secretário.

Tadeu Alencar defende volta do Congresso Nacional para tratar de assuntos emergenciais do Coronavírus

Tadeu Alencar também reagiu às críticas de Daniel Coelho. 'Votar contra  (ajuda aos Estados) é que foi votar contra Pernambuco' - Blog de JamildoA situação grave que o Brasil se encontra no combate ao Coronavírus motivou um movimento entre deputados e senadores para pressionar por uma volta emergencial do Congresso Nacional neste mês de janeiro, tradicional período de recesso parlamentar. O deputado federal pernambucano Tadeu Alencar é defensor da ideia e assinou um requerimento do Senador Alessandro Vieira para que Câmara dos Deputados e Senado Federal voltem a funcionar de forma emergencial para deliberar assunto relacionados ao Covid-19.

“O Brasil passa por um momento crítico e nós, como parlamentares, temos que dar um suporte ao povo brasileiro. Existem muitas pautas que precisam andar e o Congresso Nacional precisa fazer a sua parte”, destacou Tadeu Alencar.

Entre os assuntos importantes a serem discutidos no Congresso Nacional em se confirmando o retorno das atividades, está a volta do auxílio emergencial, que parou de ser pago em dezembro.

“O auxílio emergencial se mostrou fundamental para a população brasileira. Nós brigamos na Câmara para que ele existisse e para que fosse no valor de R$ 600 e não de R$ 200 como o presidente Bolsonaro queria. Não concordamos com a redução pela metade a partir de agosto e agora vamos trabalhar para que ele volte a ser pago ao povo brasileiro”.

O recesso parlamentar do fim do ano vai de 23 de dezembro a 1° de fevereiro, mas a Constituição traz a possibilidade de convocação extraordinária, pela maioria dos membros das duas Casas Legislativas em caso de urgência ou interesse público relevante.

Prefeitura de Sertânia entrega Plano de Contingência de Proteção e Defesa Civil

A Prefeitura de Sertânia, por meio da Defesa Civil Municipal, entregou à Casa Militar de Pernambuco o Plano de Contingência de Proteção e Defesa Civil. O objetivo é estabelecer os procedimentos a serem adotados em casos de eventos naturais de grande proporção. A finalidade é evitar ou minimizar os desastres, bem como preservar a integridade física e moral da população e restabelecer a normalidade social.

A ação se tornou primordial após as enchentes ocorridas em 2020 no município. Os dados referentes ao ano passado trazem que 36 famílias ficaram desabrigadas, 10 famílias desalojadas, 138 pessoas afetadas e cerca duas residências danificadas e destruídas.  Um dos fatores contribuintes para os prejuízos causados com as enchentes em Sertânia são as habitações muito próximas do Rio Moxotó e em comunidades que ficam nas áreas de planície de inundação e de encostas.

Por isso, o plano traz pontos sobre o monitoramento, alerta, alarme e resposta, incluindo as ações de socorro, ajuda humanitária e reabilitação de cenários.  O monitoramento deverá ser capaz de estabelecer as condições para um alerta indicando a possibilidade de ocorrências com o máximo de antecedência, para deslizamentos de grande impacto. Também deverá haver a divulgação das informações através de rádio e outros meios de comunicação.

O plano indica, ainda, que o tempo de mobilização de todos os órgãos envolvidos é de no máximo 06 horas, independente do dia da semana e do horário do acionamento. Está sendo feito um monitoramento diário para saber as cotas máximas das barragens do Açude Barra, Reservatórios: Moxotó, Barreiros, Campos e Barro Branco que são da Transposição do Rio São Francisco, além da leitura dos níveis do Rio Moxotó, conjuntamente com APAC e CODECIPE.

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil – COMDEC será responsável por instalar um sistema de alerta, que seja transmitido em tempo ágil, para que em caso de um evento adverso as pessoas que moram em locais de riscos saiam com segurança. Esse sistema deve ser instalado em todas as comunidades vulneráveis. Caberá ao órgão de proteção e Defesa Civil Municipal a organização da cena: posto de comando; área de espera; áreas de evacuação; rotas de fuga; pontos de encontro; e abrigos.

O PLANCON (Plano de Contingência de Proteção e Defesa Civil) de Sertânia foi desenvolvido a partir de mapeamento dos locais que têm potencial de risco para inundações. Assim foram definidos os bairros e as localidades que devem receber atendimento emergencial.  O Plano foi elaborado para ser aplicado nas seguintes áreas: Rua Laje dos Pires, Rua José Laet Cavalcanti, Rua Santina de Oliveira, Rua Maria Francisca de Jesus (Favelinha), Rua Juraci Pereira (2ª Travessa Treze de Maio), Rua Santa Rita, Corredor de João Pires, Alto do Rio Branco, Fazenda Sussuarana e toda zona rural – onde tenha passagem do Rio Moxotó e seus afluentes.

Em 24h, Brasil registra 1.131 mortes e 67.758 novos casos de Covid-19

Foto: Michael Dantas/ AFP

Por: Agência Brasil

O número de pessoas infectadas com o novo coronavírus desde o início da pandemia chegou a 8.324.294 no Brasil. Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde registraram 67.758 novos diagnósticos positivos de Covid-19. Foi a segunda maior marca do ano, atrás apenas do recorde batido no dia 7 de janeiro, quando foram acrescidas às estatísticas 87.843 confirmações de pessoas infectadas.
O total de vidas perdidas para a pandemia subiu para 207.095. Entre ontem e hoje, foram registradas 1.131 mortes causadas pela Covid-19. Foi o terceiro dia seguido com novos óbitos acima da casa dos 1.100. Ontem (13) o painel do Ministério da Saúde trazia 205.964 óbitos. Ainda há 2.694 falecimentos sendo investigados para averiguar se trata-se de Covid-19.
Os dados foram divulgados na atualização diária do Ministério da Saúde, no início da noite desta quinta-feira (14). O balanço é feito a partir de informações sobre casos e mortes coletadas e enviadas pelas secretarias estaduais de Saúde.
Ainda há 777.496 pessoas com casos ativos em acompanhamento por profissionais de saúde, e 7.339.703 pacientes recuperaram-se da doença.
Normalmente os registros de casos e de mortes são mais baixos nos domingos e nas segundas-feiras. O motivo é a dificuldade de alimentação dos dados pelas secretarias de Saúde nos fins de semana. Às terças-feiras, os totais tendem a ser mais altos pelo acúmulo das informações de fim de semana que são enviadas ao Ministério da Saúde.
Estados
Na lista de estados com mais mortes, o topo é ocupado por São Paulo (49.289), seguido por Rio de Janeiro (27.441), Minas Gerais (13.028), Ceará (10.209) e Pernambuco (9.946).
As unidades da Federação com menos óbitos são Roraima (800), Acre (832), Amapá (991), Tocantins (1.294) e Rondônia (1.976).

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.