Zulene Alves

Disque 100 recebe 50 casos diários de crimes sexuais contra menores

A ministra Cármen Lúcia criticou aspectos “machistas, preconceituosos e violentos” da sociedade

A cada dia, o Disque 100 (Disque Denúncia) recebe quase 50 denúncias relatando crimes sexuais cometidos contra crianças e adolescentes em todo o Brasil. O número é alto, mas pode ser maior, já que muitas das vítimas não registram a denúncia.

Segundo dados divulgados esta semana pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o Disque 100 (Disque Direitos Humanos) recebeu 76.216 denúncias no ano passado envolvendo crianças e adolescentes, sendo que 17.093 desse total se referia à violência sexual. A maior parte delas é de abuso sexual (13.418 casos), mas havia também denúncias de exploração sexual (3.675). Só nos primeiros meses deste ano, informou a ministra Damares Alves, são 4.736 denúncias recebidas de violência sexual.

A maior parte desses crimes ocorre dentro de casa e são provocadas por mães, pais e padrastos, na maioria das vezes. “No que diz respeito aos abusos sexuais, por exemplo, chama atenção a relação de proximidade e confiança entre agressores e vítimas. É revoltante o que esses abusadores são capazes de fazer”, disse a ministra, ao divulgar os números.

“Quando é agressão sexual, na maioria das vezes [é provocada] pela figura masculina que está presente dentro de casa, seja pai, tio, avô ou irmão mais velho”, disse Dalka Chaves de Almeida Ferrari, especialista em Violência Doméstica pelo Laboratório de Estudos da Criança da Universidade de São Paulo e coordenadora do Centro de Referência às Vítimas de Violência de São Paulo do Instituto Sedes Sapientiae. “A maioria das vítimas são mulheres, mas já atendi vários casos de meninos pequenos que estão sendo vítimas de abusos de pais”, relembra.

Segundo o Ministério da Saúde, os casos de violência sexual no país somaram 184.524 ocorrências entre 2011 e 2017, sendo mais de 58 mil contra crianças (31,5% do total) e mais de 83 mil (45%) contra adolescentes. Quase 70% desses casos aconteceram dentro das casas das vítimas.

No caso das crianças, a maior parte era do sexo feminino (74,2% do total), tinha idade entre 1 e 5 anos (51,2%) e eram negras (45,5%). Um em cada três casos tinha caráter de repetição. Em 81,6% dos casos, o agressor era do sexo masculino e, em 37% deles, o autor do crime tinha vínculo familiar com a vítima.

Já no caso dos adolescentes, 92,4% das vítimas eram do sexo feminino e 67,8% estavam na faixa etária entre 10 e 14 anos. A grande maioria das vítimas são negras (55,5% do total). De cada dez registros de violência sexual contra adolescentes, seis ocorreram dentro de casa. O agressor é quase sempre do sexo masculino (92,4% do total), e 38,4% deles tinham vínculo intrafamiliar (familiar e parceiros íntimos).

Só no estado de São Paulo, conforme dados divulgados no site da Secretaria de Segurança Pública, foram registrados 2.241 casos de estupro de vulnerável, considerando-se apenas os três primeiros meses deste ano.

“Apesar do alto número de casos, São Paulo é o único estado do país que sem Delegacias Especializadas de Proteção de Crianças e Adolescentes [DPCAs]. As crianças e os adolescentes vítimas de violência são atendidas nas DDMs [Delegacias de Defesa da Mulher], que não funcionam à noite e nos finais de semana e feriados, exatamente os períodos que as violências e abusos mais ocorrem”, criticou Ariel de Castro Alves, especialista em direitos da criança e do adolescente e membro do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Humana de São Paulo (Condepe).

Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que há 133 Delegacias de Defesa da Mulher (DDM) no estado especializadas em atender crianças e adolescentes vítimas de violência ou abusos. Segundo a secretaria, 10 delas são 24h. “Ainda, existem 27 Delegacias de Polícia da Infância e da Juventude pelo estado e mais duas pelo DHPP, a 4ª Delegacia de Repressão à Pedofilia e a Delegacia de Repressão aos Homicídios Praticados Contra Criança e Adolescente. Além das 162 especializadas, todos os distritos policiais paulistas têm condições de acolherem crianças e adolescentes”, acrescentou.

Segundo a secretaria, esse tipo de crime dificilmente ocorre em via pública, o que dificulta a ação policial. “Esse tipo de crime dificilmente ocorre em via pública, é praticado em ambientes internos e privados, fora do alcance policial, e por pessoas do convívio familiar”, informou. Por isso, lembrou o órgão, as denúncias desses crimes devem ser feitas pelos números 190, 181 ou em qualquer delegacia de polícia.

Como denunciar

Segundo o artigo 13 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), quando há suspeita ou confirmação de violações de direitos humanos de crianças e adolescentes, de qualquer tipo, incluindo a violência sexual (abuso ou exploração sexual), o caso deve ser sempre denunciado.

“Em geral, a denúncia começa pelo Conselho Tutelar”, disse Dalka. “Mas também se pode ir direto para uma delegacia da mulher ou delegacia comum porque é necessário ter um boletim de ocorrência para o processo fluir”, ressaltou. Depois dessa etapa, explicou a psicóloga, a criança ou o adolescente deverá ser analisado por um médico. Constatado o abuso ou a violência, a vítima deverá ser encaminhada para apoio psicológico, médico e judicial, com medidas protetivas.

“Inicialmente, [o denunciante] deveria procurar o Conselho Tutelar, que é o órgão responsável por uma verificação preliminar desses casos. Dentro dessa verificação preliminar – que pode ser o conselho se dirigir à casa da criança ou chamar os pais ou ouvir a própria criança na sede do Conselho Tutelar – se o conselho, de fato, verificar que existem indícios, ele vai encaminhar depois para a polícia abrir uma investigação”, explicou Ariel Alves.

Essa denúncia, segundo ele, também pode ser feita diretamente nas delegacias de Polícia, especialmente as especializadas em crianças ou adolescentes, ou na Delegacia da Mulher, onde geralmente há psicólogos e assistentes sociais para ouvir as vítimas. “A própria criança [que é vítima de violência] pode ligar no Disque 100 e falar o que está sofrendo. Ou até mesmo se dirigir ao Conselho Tutelar ou procurar professores para fazer a denúncia. Ou mesmo organizações sociais que atuam na área da criança e do adolescente”, disse Ariel Alves.

No Disque 100, destacou o advogado, a denúncia pode ser feita até mesmo de forma anônima. O problema é que esse serviço, destacou, vem apresentado falhas. “O próprio governo reconhece que o Disque 100 tem erros e erros que não são de agora, mas desde sua criação. Apenas 15% das instituições que receberam [as denúncias do Disque 100] deram retorno ao governo federal, segundo relatório oficial referente a 2017”, disse o especialista.

“Então, é necessário que ocorra uma repactuação entre todas essas instituições ou que o governo proponha uma lei que obrigue ou responsabilize essas instituições a responderem as denúncias”, acrescentou Ariel Alves. “A partir do momento em que esses órgãos não dão retorno para o serviço do Disque 100, nós não sabemos se essas crianças foram protegidas, se saíram daquela situação de violência, se os agressores foram punidos. Isso acaba gerando descrédito do próprio serviço”, reclamou.

Em resposta à Agência Brasil, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos reconheceu problemas no serviço. “O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos identificou que o serviço tinha uma certa demora no sistema URA [Unidade de Recepção Audível]. As medidas cabíveis foram tomadas. O atendimento do URA foi aperfeiçoado, a média de tempo gasto reduziu para um minuto até chegar ao atendente”.

O ministério disse ainda que “o Disque 100 funciona diariamente, 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados” e que as “ligações podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem gratuita, de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel (celular), bastando discar 100”. Segundo o ministério, o serviço atende também a graves situações de violações que acabaram de ocorrer ou em curso, acionando os órgãos competentes, o que possibilita o flagrante.

Esta semana, durante apresentação dos dados do Disque 100, a ministra ressaltou que as crianças e os adolescentes “estão entre as prioridades desta gestão”. “Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para proteger os nossos pequenos”, enfatizou.

Dia Nacional

Neste sábado (18), foi comemorado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data, promulgada em 2000, marca um caso de violência que chocou o país. Em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), uma menina de 8 anos, Araceli Cabrera Sánchez Crespo, foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada. Os suspeitos do crime eram de famílias de classe média alta do estado e o processo acabou sendo arquivado, após julgamento e absolvição dos acusados.

Lula revela estar apaixonado e ter planos de se casar ao sair da prisão

Lula está apaixonado Foto: Reprodução / Arquivo

Por Guilherme Amado/Época

Lula está apaixonado e tem planos de se casar. A revelação foi feita pelo ex-presidente ao economista Luiz Carlos Bresser-Pereira, durante visita na última quinta-feira, em Curitiba. O economista escreveu um texto sobre como foi a visita, chamado “Visita a Lula na prisão”, em que compartilha o que o presidente o contou. A coluna apurou que a namorada é de São Paulo e é um amor que Lula tem desde antes de ser preso.

A namorada visita Lula com frequência na cela da PF e tem em torno de 40 anos, portanto é algumas décadas mais jovem do que o ex-presidente.

Leia abaixo a íntegra do texto escrito pelo economista.

“Na última quinta-feira eu visitei Lula. Ele está em ótima forma física e psíquica. Sua grande preocupação agora é com a defesa da soberania – com a união dos brasileiros para defender o Brasil e seu povo contra isso que está aí. Sua maior demanda é a de ter reconhecida sua inocência. Está apaixonado e seu primeiro projeto ao sair da prisão é se casar.

Seu grande projeto é o de negociar um grande acordo nacional em defesa dos trabalhadores e das empresas – em defesa da soberania necessária para a retomada do desenvolvimento. No plano internacional diz que é contra qualquer intervenção na Venezuela, mas que é preciso reconhecer os erros de Maduro e do próprio Chávez. Conta que muitas vezes aconselhou o Chávez, que era uma pessoa ótima, mas cabeça-dura. Ouvia os conselhos com atenção, mas não os seguia.

Foi uma honra ter sido convidado por Lula para visitá-lo. Ele estava mais interessado em discutir a crise atual do que ideias. Disse-me que quando sair da prisão, vai me convidar para um almoço só para me ouvir falar sobre câmbio. Eu lhe dei uma cópia do meu livro A Construção Política do Brasil, onde afirmo que fez um belo governo, mas errou em deixar o juro alto e o câmbio apreciado.

Está mais do que na hora de os brasileiros verem Lula livre. Já é tempo de o STF reconhecer tacitamente que ele foi vítima de uma estratégia política através da qual a Força Tarefa da Lava Jato buscou apoio das elites liberal-conservadoras para sua carreira política.

A política brasileira precisa de um líder sem ressentimentos como é Lula. Livre, ele lutará pelo grande acordo nacional que é tão necessário para o Brasil sair da crise em que está mergulhado desde 2014″.

De 7 aeroportos fora do eixo Recife/Petrolina, só Fernando de Noronha recebe voo comercial. Caruaru e Serra Talhada estão na lista

https://i.ytimg.com/vi/LOj5SYMS7aQ/maxresdefault.jpg

Pernambuco conta com sete aeroportos administrados pelo governo do Estado: Araripina, Arcoverde, Caruaru, Fernando de Noronha, Garanhuns, Salgueiro e Serra Talhada. Desses, apenas o da Ilha de Fernando de Noronha recebe voos comerciais, os demais contam com fluxo de pequenas aeronaves que transportam passageiros e cargas.

A expectativa do governo estadual é de que Caruaru e Serra Talhada estejam aptos a receber voos comerciais ainda em 2020. Para isso, os dois terminais precisam de obras e, após a conclusão das melhorias, será solicitada a certificação junto à Anac – cada uma custará R$ 500 mil ao Estado. “Existe um convênio com o governo federal de R$ 20 milhões para o desenvolvimento do aeródromo de Serra Talhada. A pista está pronta, mas precisa de uma cerca operacional e terraplenagem, além de melhoria da drenagem”, explicou a secretária estadual de Infraestrutura, Fernandha Batista.

Após sete meses parado, o aeroporto de Caruaru voltou a operar no mês passado. Uma reforma do terminal de passageiros e instalação de iluminação noturna na pista são os próximos passos para que a certificação seja solicitada. Em Noronha, também não há voos noturnos, mas o governo de Pernambuco publicou na primeira semana de maio o edital de licitação para contratar a empresa que executará as obras de iluminação necessárias para a liberação da pista à noite. O investimento será de R$ 4,6 milhões e os voos noturnos, por enquanto, serão apenas para casos de emergência.

“Tirando Noronha, que é um caso a parte, hoje nós temos a cabeça e os pés do Estado atendidos por voos comerciais, que são Recife e Petrolina. A ideia é trazer voos comerciais para Caruaru e Serra Talhada o mais rápido possível. Isso faria com que o centro do Estado também fosse atendido, atraindo negócios e turismo, o que geraria emprego e renda, diminuindo as desigualdades no Estado”, avaliou o secretário estadual de Turismo, Rodrigo Novaes.

Com a campanha turística “Um rio, três destinos”, que será lançada oficialmente no fim deste mês, o governo pernambucano espera explorar essa interiorização e a ligação com os Estados vizinhos. “Temos a cidade de Petrolândia, que fica próxima a destinos como Piranhas (AL) e Paulo Afonso (BA). A ideia é propor um turismo integrado entre os três Estados e as cidades que ficam no interior. O voo Recife/Paulo Afonso da Azul é um facilitador disso”, explicou Novaes.

Apesar de, inicialmente, centrar esforços nos aeroportos de Noronha, Caruaru e Serra Talhada, o governo do Estado diz que tem projetos a médio e longo prazo para os demais aeródromos administrados pela gestão estadual.

“A estratégia de centrar esforços em três aeroportos é para garantir que, dentro do orçamento, conseguiremos trazer esses voos comerciais. Mas os demais aeródromos estão nos nossos planos de longo prazo”, garantiu a secretária de Infraestrutura de Pernambuco.

CERTIFICAÇÃO

O Governo estima que, após obras de infraestrutura, aeroportos de Serra Talhada e Caruaru sejam liberados pela Anac para receber voos comerciais; a Azul já demonstrou interesse em operar nos dois destinos do interior de Pernambuco.

Paulo Câmara vistoria obra de urbanização e participa de ação de cidadania

Intervenções no valor de R$ 72 milhões beneficiam 35 ruas em Olinda e iniciativa social leva cidadania para o Paulista

Em programação na Região Metropolitana do Recife, o governador Paulo Câmara iniciou a manhã deste sábado (18.05) vistoriando as obras de urbanização que estão sendo realizadas em Peixinhos, bairro de Olinda, nas Unidades de Esgotamento 11 e 12. O chefe do Executivo estava acompanhado da vice-governadora Luciana Santos, do prefeito de Olinda Professor Lupércio, do secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação Marcelo Bruto e do diretor-presidente da Cehab Bruno Lisboa.

Com um aporte de R$ 72 milhões, as intervenções contemplam diversos serviços, como terraplenagem, pavimentação, drenagem e esgotamento sanitário em 35 ruas, sendo três avenidas, neste bairro. A iniciativa integra o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal e é executada pela Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação.

Paulo Câmara exaltou a importância da intervenção do Governo de Pernambuco para a melhoria da qualidade de vida da população do bairro de Peixinhos, em Olinda. “São mais de R$ 70 milhões investidos. Vamos fazer toda a área de saneamento e vamos recuperar mais de 35 ruas, podendo chegar até a 40. Isso é fruto de um esforço, de um planejamento, mas acima de tudo, de dar dignidade, qualidade de vida às pessoas que moram na Região Metropolitana. É uma ação importante em favor da vida, em favor de Olinda, em favor realmente da população de Pernambuco”, afirmou o governador.

A iniciativa busca dar mais tranquilidade à população, principalmente no período das chuvas. Grande parte dos moradores dessas ruas relata problemas com alagamento das vias. A previsão da entrega da obra é outubro de 2020. 

Os moradores da rua També, uma das beneficiadas, estão animados com a via já em processo de finalização. É o caso de dona Zenilda Bonfim, que vive ali há 26 anos. “A obra é maravilhosa, gostei muito. A gente não tinha esgoto, agora tem. E vai melhorar muito, porque também não vai ter mais poeira e a rua vai ficar mais movimentada”, afirmou a moradora. Sara Tavares, de 29 anos, sempre morou na mesma rua e acrescenta: “depois que calçou, ficou bem melhor, melhor para as crianças brincarem”.

Na avenida Jardim Brasília, Lucivânia dos Santos vive há mais de 30 anos, e está ansiosa para ver o desfecho da intervenção. “Desde que eu moro aqui nunca vi isso. As ruas transversais estão ficando bonitas e, se Deus quiser, aqui vai ficar também”, comemorou.

Ação de Cidadania oferece mais de 100 serviços à população do Paulista

O município do Paulista recebeu, ainda neste sábado (18), a Ação de Cidadania do Governo Presente, e o governador Paulo Câmara, ao lado do prefeito Júnior Matuto, do presidente da Assembleia Legislativa Eriberto Medeiros e do secretário Cloves Benevides, acompanhou de perto a iniciativa, coordenada pela Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, no Loteamento Conceição, conhecido como Casinhas, em Pau Amarelo. 

Foram oferecidos mais de 100 serviços gratuitos à população, entre eles a emissão de identidade, renovação de habilitação, certidões de nascimento e de casamento; agendamento para Carteira de Trabalho, cadastros no VEM Livre Acesso e cadastro do Bolsa Família.

O chefe do Executivo comentou sobre o impacto dessa política de governo, que marca presença na vida da população. “Bom estar aqui no Paulista com toda a equipe do Governo do Estado, no intuito justamente de estar presente. O governo precisa oferecer serviços e cidadania à população, dando condições de, no sábado, perto da sua casa, ter ações de cidadania e resolver várias questões, desde a carteira de identidade, carteira de trabalho, até exames preventivos que estão sendo oferecidos aqui. É uma ação de cidadania importante que a gente quer levar a todo Estado”, disse Paulo Câmara.

Durante a ação foi possível se cadastrar em uma das mais de 30 mil vagas de cursos em diversas áreas oferecidos para todo o Estado. O mutirão também atuou nos segmentos da saúde e beleza e ofertou exames de mamografia, de prevenção de câncer do colo do útero e oftalmológico; emissão do cartão do SUS; testes de HIV/Aids e de glicemia; e aferição de pressão arterial. Além disso, a população contou com serviços de limpeza de pele, corte de cabelo, massagem relaxante, distribuição de preservativos e kits de higiene bucal, além de orientação nutricional e ginástica laboral.

Marluce Maria de Almeida participou da ação e estava toda contente por poder cortar os cabelos, neste sábado. “Nunca pensei em ter uma coisa maravilhosa dessa. Parabéns! Quando cheguei aqui achei incrível, coisa de outro mundo”, exclamou a moradora do Paulista. Elisângela Caetano foi outra participante que conseguiu tirar a segunda via do seu documento de RG, que já estava muito antigo. “Achei ótimo, graças a Deus, uma benção, uma oportunidade muito boa para quem precisa tirar os documentos. Resolvi rápido”, contou, animada. Nas primeiras horas de ação, a equipe já havia batido a meta de emissão de 300 RGs.


Fotos: Helia Scheppa/SEI

AFOGADOS DA INGAZEIRA É O PRIMEIRO MUNICÍPIO DO PAJEÚ A ATINGIR META DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE

Faltando pouco mais de dez dias para o encerramento da campanha de vacinação contra a gripe, a Prefeitura de Afogados da Ingazeira foi a primeira não apenas a atingir a meta de vacinar 90% do público-alvo estipulada pelo Ministério da Saúde, mas também de ultrapassá-la.

Em boletim divulgado nesta sexta (17), a secretaria municipal de saúde informou que já foram vacinadas no município 91,58% das pessoas que se enquadram em um dos grupos prioritários. Apesar de ter ultrapassado a meta, ainda há vacinas nos postos e a campanha prossegue até o próximo dia 31 de Maio.

“Quero agradecer e parabenizar a todos os profissionais de saúde de Afogados da Ingazeira, que com empenho e dedicação, nos ajudaram a alcançar a meta, enquanto muitos outros municípios e estados do País tem encontrado dificuldades para fazer o mesmo.

E agradecer também à população, que atendeu ao nosso chamado”, destacou o Secretário de Saúde de Afogados, Artur Amorim.

Outro fator importante, segundo Artur, foi a campanha de divulgação, que utilizou imagens de pessoas conhecidas na cidade, que se enquadravam nos grupos prioritários, da qual a de mais notoriedade foi o Bispo Dom Egídio Bisol, que gentilmente cedeu o uso de sua imagem para a divulgação da campanha, potencializando os efeitos positivos da imunização contra a gripe.

Paulo Câmara inaugura Centro de Imagem do Hospital Regional do Agreste

Com investimento de mais de R$ 1 milhão, unidade ganha também um tomógrafo de última geração
CARUARU – O governador Paulo Câmara realizou a entrega, ao lado do secretário estadual de Saúde André Longo e autoridades locais, do novo Centro de Imagem do Hospital Regional do Agreste, localizado no município de Caruaru, nesta sexta-feira (17/05). A unidade, referência em traumato-ortopedia no interior do Estado, recebeu uma reforma para abrigar um tomógrafo de última geração, avaliado em mais de R$ 1 milhão. O espaço que abrigava o raio-X também foi requalificado.  Ao todo, para compra de equipamentos e reforma, foram investidos R$ 1,69 milhão.
 
Paulo Câmara esclareceu que o novo equipamento vai agilizar o diagnóstico dos pacientes, que antes precisavam ser transferidos para realizar exames. “São 250 pessoas que, precisando de tomógrafo, tinham que ser transferidas. E isso leva não apenas à transferência, mas também à parte logística e de recursos humanos, que agora vão ficar disponíveis no hospital. Pode chegar, inclusive, a ampliar essa demanda no dobro, com 500 exames mensais a serem feitos. Então, isso vai dar uma celeridade no tratamento, uma agilidade, mas não podemos deixar de trabalhar a conscientização, para evitar os acidentes de carro e de moto”, comentou o governador, em entrevista à imprensa. Já o raio-X tem uma produção mensal de 3 mil exames. A expectativa é de aumentar em cerca de 15%, passando para 3,4 mil.
HRA – O Hospital Regional do Agreste é voltado para o atendimento de emergência, sendo referência em trauma (traumato-ortopedia, cirurgia geral e buco-maxilo-facial) de alta complexidade. A unidade atende à população da macrorregional Caruaru, que abrange 87 municípios das microrregiões de saúde de Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada. A unidade atende, em média, 1,4 mil pessoas em suas emergências todos os meses, além de realizar cerca de 500 cirurgias, 9,7 mil atendimentos no ambulatório e mais de 12 mil exames de apoio diagnóstico mensalmente.
 
OUTRAS UNIDADES – A aquisição do novo tomógrafo do Hospital Regional do Agreste (HRA) não foi uma ação isolada. Outras três unidades de saúde sob gestão estadual também receberam novos equipamentos. Em 2017, foi colocado em uso o tomógrafo do Hospital da Restauração (HR), maior emergência do Norte e Nordeste. Já em março e dezembro de 2018, foi a vez do Hospital Getúlio Vargas (HGV) e Hospital Agamenon Magalhães (HAM), respectivamente. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 5 milhões apenas na compra dos aparelhos.
 
Nos últimos anos, Caruaru, polo e referência para todo o Agreste pernambucano, recebeu o maior investimento em saúde pública da sua história por parte do Governo do Estado. Dentro do planejamento da rede de assistência da Região, a cidade ganhou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em 2010; a Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE), em 2013; e o Hospital Mestre Vitalino (HMV), em 2014. No final do ano passado, a população caruaruense ainda foi contemplada com a reinauguração do Hospital São Sebastião (HSS), para diminuir a grande pressão sobre o Hospital Regional do Agreste. Em dezembro, o governador Paulo Câmara inaugurou a Unidade de Oncologia do HMV, que está garantindo à população de toda a região tratamento do câncer de forma digna e perto de casa.
 
Fotos: Heudes Regis/SEI

Paulo Câmara entrega certificados de qualificação  a 98 trabalhadores em Belo Jardim

Parceria entre Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação, as Baterias Moura e o SENAIcapacitou profissionais para atuar como operadores de processos de produção

BELO JARDIM – Mais qualificação profissional para os pernambucanos. Durante passagem pelo município de Belo Jardim, no Agreste Central, nesta sexta-feira (17), o governador Paulo Câmara entregou certificados de conclusão de curso a 98 trabalhadores, formados por meio de uma parceria entre a Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq), a fábrica de baterias Moura e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Os alunos foram qualificados dentro do Programa “Novos Talentos” e, agora, estão preparados para trabalhar como operadores de processos de produção.

Durante a solenidade, na Unidade da Serra da fábrica Moura – localizada no Complexo Industrial da Serra do Gavião, Paulo Câmara parabenizou os concluintes e falou sobre a importância do programa. “As parcerias são fundamentais. Por isso é que a gente se junta com o Sistema S para qualificar as pessoas. Porque o que vai fazer a diferença no futuro é a qualificação, a educação, a capacidade dos nossos jovens de terem oportunidades no futuro. E é isso que a gente busca no programa Novos Talentos: dar a porta de entrada para que esses jovens sejam inseridos no mercado de trabalho em Pernambuco, com trabalhos de qualidade”, afirmou o governador.

E as oportunidades já começaram a aparecer. O concluinte Geraldo Junior, de 24 anos, após o curso, vem enfrentando um desafio e tanto: está há 16 dias como contratado na Moura, e sua vida já está mudando. “Está tendo uma mudança no meu lar e está sendo um momento especial tanto para mim como para aquelas pessoas que convivem ao meu redor”, disse, emocionado. E completou: “então, eu só tenho a agradecer ao Governo, à parceria com o Senai e também ao pessoal do Grupo Moura, que está me dando a chance de participar dessa empresa e desenvolver todas aquelas atividades que eu aprendi no curso para colocar em prática”.

Os alunos participaram de módulos teóricos e práticos promovidos pelo SENAI, atingindo a média geral de 8,5. O curso teve a carga horária de 300 horas. Os escolhidos para participar do treinamento enfrentaram um processo seletivo com mais de 500 candidatos. Essa nova fase do curso teve um investimento da Seteq de mais de R$ 58 mil. O convênio firmado com a Baterias Moura já havia certificado 79 alunos em 2017 e a expectativa é de abrir mais 100 vagas no segundo semestre de 2019.

“A gente sente uma alegria muito grande de ver esse processo de crescimento profissional dos trabalhadores pernambucanos, de ver que eles têm mais oportunidades de garantir um espaço no mercado de trabalho a partir da qualificação e do aprendizado. O governador Paulo Câmara tem trabalhado dia e noite para gerar empregos e tem estimulado sua equipe a fazer o mesmo para enfrentar os desafios deste tempo, que são muitos”, disse o secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, que marcou presença na solenidade.

Participaram do encontro também os coexecutivos do Grupo Moura, Sérgio Moura e Paulo Sales, e o membro do Conselho de Administração da empresa, Pedro Ivo; o deputado estadual Sivaldo Albino; o diretor regional do SENAI, Nilo Simões; os secretários Bruno Schwambach (Desenvolvimento Econômico) e Aluísio Lessa (Ciência, Tecnologia e Inovação); o prefeito de Tacaimbó, Álvaro Marques, e o ex-prefeito de Belo Jardim João Mendonça, entre outras autoridades da região.

Fotos: Heudes Regis/SEI

Iterpe recebe gestores do município de Nazaré da Mata que buscam parcerias para famílias de agricultores do município

Os gestores do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco receberam, nesta quarta-feira (15/05), equipe da prefeitura de Nazaré da Mata, para dialogarem sobre as políticas agrárias voltadas ao acesso à terra. O objetivo da discussão é buscar alternativas que contribuam para o desenvolvimento das famílias do campo no município.

Na ocasião, os gestores do Iterpe expuseram as etapas de execução das principais políticas de acesso à terra, que são realizadas pelo Governo de Pernambuco e que são possíveis de serem promovidas no município, entre eles as ações de Reordenamento Agrário e do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF).

Dentre os encaminhamentos, os gestores buscarão conjuntamente contribuir com os grupos de agricultores do município que possuem interesse em adquirir a terra por meio do PNCF. “A parceria é a estratégia principal para promover o acesso à terra às famílias de agricultores por meio do Programa, pois aqueles que não têm ou possuem pouca terra precisam da participação de diferentes instituições que validem os processos de aquisição da propriedade”, reforçou o presidente do Iterpe, Altair Correia durante o encontro.

Estiveram presentes na reunião o gestor de Reordenamento Agrário do Iterpe, Felipe Falcão; o vice-prefeito de Nazaré da Mata,  Pereira do Sindicato, junto com sua equipe; o técnico do IPA que atua no município, Manoel Joaquim e o assessor do Iterpe, Cleodon Ricardo.

Sétima edição da Caravana da Educação aporta em Belo Jardim

 
Ação chega ao município agrestino com a participação da comunidade escolar da Gerência Regional de Educação Agreste Centro Norte
 
Ao contrário do que acontece no plano federal, quando o assunto é educação o Governo de Pernambuco segue investindo, valorizando essa importante pasta e trazendo resultados positivos. O Estado, que tem a menor taxa de abandono do Brasil no Ensino Médio, realizou a sétima Caravana da Educação, e o governador Paulo Câmara prestigiou as atividades nesta sexta-feira (17). Dessa vez, no município de Belo Jardim, no Agreste Central.
 
A ação da Secretaria de Educação e Esportes, que promove um circuito de atividades pedagógicas, culturais e esportivas, contemplou a comunidade escolar da Gerência Regional de Educação (GRE) Agreste Centro Norte, e realizou, como já é tradição, a reunião de Pactuação de Metas, encontro que envolve gestores de todas as escolas da rede estadual da área. A iniciativa mobilizou mais de 20 mil estudantes em 2018, e em 2019 já passou pelas cidades do Recife, Igarassu, Cabo de Santo Agostinho, Bezerros e Nazaré da Mata.
 
Durante a caravana, Paulo Câmara defendeu a democratização das discussões para a construção de uma política de Educação participativa e exitosa. “Aqui em Pernambuco, o livre pensar, a forma democrática e a garantia da liberdade sempre devem prevalecer no dia a dia das nossas escolas, para que a gente possa continuar a pensar o progresso, a melhoria e, sobretudo, o combate às desigualdades. Esse é o nosso foco e é isso que a gente espera de todos que fazem a educação do nosso Estado: que continuem fazendo de Pernambuco uma referência”, afirmou.
 
As ações da Caravana da Educação – divididas em dois polos, o cultural e o esportivo – envolveram centenas de estudantes da rede. O governador esteve na Escola Técnica Estadual (ETE) Edson Mororó Moura, que centralizou o Polo Cultural. Na programação do espaço, muitas apresentações de forró, xaxado, ciranda, frevo, maracatu e quadrilha junina, com a participação da banda fanfarra João Monteiro.
 
Também na ETE aconteceu a reunião de Pactuação de Metas. O encontro, além de discutir as estratégias e prioridades para o ano letivo em curso, oportuniza também o aprimoramento das metas que contribuem para os avanços da educação em Pernambuco. O encontro reuniu todos os 63 gestores escolares da GRE Agreste Centro Norte, comandados pelo secretário de Educação e Esportes, Fred Amâncio, em parceria com a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).
 
“Educação se faz no chão da escola, no dia a dia. Então, poder realizar essas reuniões de Pactuação dentro das nossas escolas é uma forma de estar presente, de estar mais próximo da comunidade escolar. Dentro desta filosofia, resolvemos envolver também os estudantes e professores, neste dia que é tão importante para todos nós da Secretaria de Educação. Nós sabemos o quanto avançamos, o quanto a educação de Pernambuco tem assumido uma posição de destaque e protagonismo, especialmente no trabalho com o ensino médio”, disse o secretário.
 
ESPORTES – Paulo Câmara também acompanhou, na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) de Belo Jardim, as atividades do Polo Esportivo. Os estudantes jogaram handebol, futsal, hóquei, voleibol e xadrez. O evento contou com a presença de Adriana Salazar, ex-nadadora e primeira pernambucana a participar de uma olimpíada, e Thyago Costa, atleta de ciclismo que acumula quase 100 títulos nacionais e é um dos contemplados pelo Programa Bolsa Atleta, do Governo do Estado. Kits esportivos foram entregues pelos atletas à escola.
 
Ainda no Polo Esportivo, os atletas Pablo Matheus e Sofia Nunes foram contemplados com o Passaporte Esportivo. Naturais do município de Caruaru, também no Agreste, receberam passagens aéreas com destino a São Paulo, onde participarão do Campeonato Pan Americano/Latino Americano de BMX Race, que acontece nos dias 25 e 26 de maio, na cidade de Americana.
 
O aluno e jogador armador direito de handebol da EREM de Belo Jardim, Felipe Tavares da Silva, participou das atividades esportivas da Caravana e foi só elogios. “É um dia diferente, um dia 10. Temos vários jogos, alguns que eu nem conhecia. Muitas atividades novas. Antes eu não conhecia e nem tinha praticado o handebol, e tive essa oportunidade quando cheguei aqui na EREM. Muitas atividades surgiram depois da Caravana do ano passado: nós fizemos a olimpíada de matemática, e este ano também”, contou o estudante do segundo ano do ensino médio.
 
Acompanharam também a agenda da Educação em Belo Jardim os secretários Bruno Schwambach (Desenvolvimento Econômico), Alberes Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação) e Aluísio Lessa (Ciência, Tecnologia e Inovação); o deputado federal Danilo Cabral, o deputado estadual Paulo Dutra; os secretários executivos da Casa Civil, Zé Maurício e Eduardo Figueiredo, e os de Educação, João Charamba e Severino Andrade, além do ex-prefeito de Belo Jardim João Mendonça, entre outras autoridades da região.
 
Fotos: Heudes Regis/SEI

Senar forma técnicos em agronegócio no Sertão de PE

 

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Pernambuco (Senar/PE) formou a turma do curso Técnico em Agronegócio, no Sertão do Estado.

Os formandos receberam, na sexta-feira (10), os certificados em uma solenidade no município de Parnamirim, onde está localizado o polo presencial de ensino dessa capacitação que teve início em março de 2017.

A presidente do Sindicato Rural de Paramirim – parceiro na iniciativa, Estelita Menezes, destacou o engajamento dos alunos, e dos instrutores. “Agora, é difundir o conhecimento adquirido e contribuir para que o Sertão se torne uma região cada vez mais competitiva”, completou.

Para o formando Edson Angelim, o curso abre oportunidades. “O futuro é uma agricultura tecnificada. Por isso, é preciso se atualizar frente às novas tecnologias”, destacou ele. Atualização essa que reflete no mercado e foi o pré-requisito para a também aluna do curso, Jucileide da Silva continuar empregada em uma empresa de Assistência Técnica, que exigiu a certificação em agronegócio.

De acordo com o supervisor de Treinamentos do Senar Pernambuco, Adriano Pontes, o agronegócio oferece um amplo mercado de trabalho, que é voltado para a gestão das empresas agrícolas, mas sua atuação não se limita aos processos internos de uma fazenda, “podendo trabalhar em empresas comerciais, estabelecimentos agroindustriais, serviços de assistência técnica, extensão rural e pesquisa, revendas, consultorias, bem como em empresas de fomento”, explicou.