Zulene Alves

Prefeitura de Flores abre jornada esportiva e garante Esporte Para Todos

A Academia das Cidades foi o palco para abertura da primeira jornada esportiva do Município de Flores, dentro do programa Esporte Para Todos, que vai movimentar o espaço de lazer e práticas esportivas, durante estes dos dias.

A largada foi dada na tarde da última quarta-feira (23), e os usuários dos vários serviços ofertados pela gestão municipal, através da Secretaria de Bem Estar Social, vão praticar várias modalidades esportivas, com toda infraestrutura necessária para o evento.

Participaram do ato de lançamento, secretários municipais, representante do legislativo, servidores públicos e um expressivo público, que foi acompanhar de perto mais uma ação da gestão municipal, que tem como objetivo intensificar o trabalho de inclusão social e incentivo a prática esportiva.

Quem ainda não fez inscrição, deve se dirigir à sede da Secretaria de Bem Estar Social, e fazer sua inscrição na modalidade esportiva de sua preferência.

Decreto sobre sigilo preocupa, diz diretor da Transparência Internacional Brasil

Por: Agência Estado
O diretor-executivo da Transparência Internacional Brasil, Bruno Brandão, disse à reportagem que o decreto que modificou as regras para a aplicação da Lei de Acesso à Informação (LAI) é preocupante e contraria o princípio da publicidade na administração pública. A crítica dele se dirige à ampliação no número de servidores que podem decretar sigilo sobre documentos públicos.
“Há preocupações no direcionamento dessa nova regulamentação. A Lei de Acesso à Informação vem para criar uma cultura nova no Brasil. Uma cultura de que a informação pública, a publicidade, a transparência, isso é a regra, a norma, e o sigilo é exceção. E que a informação pública é um direito. E, portanto, as exceções a esse direito tem de ser muito criteriosas e muito bem fundamentadas. Por isso, a necessidade de isso ser feito em uma alçada elevada, porque a classificação como sigiloso é algo que restringe o direito à informação”, afirmou.
Brandão disse também que faltou diálogo com a sociedade para a elaboração do decreto.
“Tem um erro de procedimento de origem, porque o diálogo é sempre saudável para a sociedade. Foi feito de maneira unilateral, sem debate, e no mínimo gera problema de mensagem e de compreensão”, afirmou o diretor-executivo da Transparência Internacional.
O sigilo em documentos pode se dar em três níveis, com diferentes prazos máximos de restrição ao acesso a partir de sua elaboração. A primeira classificação é “reservada”, com prazo de 5 anos. A segunda é a “secreta”, indisponível por 15 anos. A terceira é a e a “ultrassecreta”, que só depois de 25 anos pode ser acessada.
Antes, só cargos como presidente, vice, ministros e comandantes das Forças Armadas – a alta administração – podiam classificar informações como ultrassecretas. Agora, comissionados do Grupo-DAS de nível 101.6 (Direção e Assessoramento Superiores, com remuneração de R$ 16.944,90), também têm a permissão, assim como chefes de autarquias, de fundações, de empresas públicas e de sociedades de economia mista.
No caso dos documentos secretos, passa a ser permitido que DAS-5 promova essa classificação – antes só os DAS-6 podiam. Para definir que um documento é de acesso “reservado”, é preciso apenas ser agente público que exerça função de direção, comando ou chefia – seja qual for o DAS que tenha. Segundo dados de dezembro fornecidos pelo Ministério do Planejamento, há 12 mil cargos de DAS no país.
O governo tem destacado que, apesar da ampliação do rol de cargos, será necessário delegar para servidores a função de classificar documentos como sigilosos. O argumento é que um ministro, por exemplo, não deixará de ter controle e poderá, por exemplo, escolher não delegar a função.

Bolsonaro defende Flávio: ‘Não é justo usar um garoto para me atingir’

Por: AE
O presidente Jair Bolsonaro disse, em entrevista à RecordTV, nesta quarta-feira (23), que a pressão que seu filho mais velho, o deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), está sofrendo em função de movimentações suspeitas em sua conta tem o objetivo de atingir seu governo. “Eu acredito nele, a pressão enorme em cima dele é para tentar me atingir”, disse em entrevista concedida em Davos, onde participa do Fórum Econômico Mundial.
Mais cedo, em entrevista à Bloomberg TV, o presidente disse que, se ficar provado que Flávio cometeu algum ilícito, ele terá de pagar o preço.
À RecordTV, o presidente afirmou que as acusações contra Flávio são “infundadas” e que houve quebra do sigilo bancário do senador eleito pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), o que Bolsonaro classificou como “arbitrariedade”.
“Nós não estamos acima da lei, como qualquer outro estamos embaixo da lei. Agora que cumpra a lei, não faça de maneira diferente para conosco. Não é justo atingir o garoto para tentar me atingir”, repetiu. E saudou Flávio: “Para o meu filho aquele abraço, fé em Deus, que tudo será esclarecido com toda certeza”.

2º leilão do DETRAN-PE em 2019 contará com 410 veículos

O Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, realiza amanhã (25), às 9h, o 2º leilão de veículos do Órgão. O evento acontece no pátio da empresa Coliseum, localizada em Vitória de Santo Antão, às margens da Rodovia Luiz Gonzaga, a BR 232.

Os leilões inserem o Órgão na agenda ambiental ao colaborarem para a reciclagem automotiva e para a retirada de veículos abandonados nas ruas. O DETRAN-PE cumpre o que está previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Após 90 dias de apreensão, os veículos não reclamados devem ser leiloados.

Serão 410 veículos, conservado ou em estado de sucata, entre carros e motos, com lances cujo valor mínimo gira em torno de R$ 100,00. Os interessados podem conferir os veículos amanhã (25), das 8h às 9h, no mesmo local onde ocorrerá o leilão.

O Edital, contendo as informações gerais sobre o leilão, a exemplo das normas, documentação exigida e taxas de administração a serem pagas pelos arrematantes, pode ser acessado no site do DETRAN: www.detran.pe.gov.br e também no site da empresa Coliseum,www.coliseumleiloes.com.br.

O arrematante deverá requerer e pagar pela expedição da 2º via do Certificado de Registro do Veículo (CRV). Cabe a ela também arcar com o valor dos serviços de Baixa do Gravame dentre outras taxas como a de Licenciamento, a de transferência do veículo e a taxa de Emplacamento. O dinheiro arrecadado no leilão é usado para pagar as dívidas dos veículos apreendidos. Quitados os débitos, o resíduo restante – caso haja – volta para o proprietário anterior do veículo.

Serviço:

2º Leilão 2019 de veículos apreendidos pelo DETRAN-PE

Quando: 25 de janeiro de 2019, às 9h.

Onde: sede da Coliseum Leilões, em Vitória de Santo Antão, Rodovia Luiz Gonzaga, BR-232-Km 41- Distrito Ind. Vitória Sto. Antão/PE.

Visitação prévia

Quando: 25 de janeiro de 2019, das 8h às 9h.

Onde: sede da Coliseum Leilões, em Vitória de Santo Antão, Rodovia Luiz Gonzaga, BR-232-Km 41- Distrito Ind. Vitória Sto. Antão/PE

Governo Municipal de Sertânia realiza dia D da campanha Janeiro Branco

O Governo Municipal de Sertânia, por meio da Secretaria de Saúde, aderiu à campanha Janeiro Branco, que chama a atenção para o cuidado com a saúde mental. Os profissionais do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) estão visitando ao longo do mês vários locais para disseminar a importância da iniciativa e criar uma cultura da saúde mental. Já foram visitados Centro de Saúde, UBSFs, Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania e até o fim do mês outros lugares receberão a equipe do CAPS.

No dia 31 acontecerá o dia D da campanha, onde será realizada uma grande programação na Praça de Eventos Olavo Siqueira. Às 16h, estarão reunidos psicólogo, enfermeiro, educador físico, nutricionista, e usuários do CAPS para participar de uma mesa redonda que vai debater os cuidados que devemos ter com a saúde mental. Às 16h40 será servido um lanche e às 17h, educador físico e fisioterapeuta farão um aquecimento com os participantes. O evento será encerrado às 17h20 com um grande passeio ciclístico.

O Janeiro Branco é uma campanha criada no ano de 2013 para colocar na agenda de discussões da sociedade o tema saúde mental. A Organização Mundial da Saúde (OMS) constatou que os números de transtornos mentais, como depressão e casos de suicídio estão crescendo a cada ano. O objetivo é que a população entenda que a saúde mental – e emocional – é tão importante quanto à saúde física, bem como fazer um alerta para a atenção e cuidado que devemos ter com as nossas emoções, promovendo assim qualidade de vida.

Serra Talhada realiza blitz educativa contra a Hanseníase

A Prefeitura de Serra Talhada, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu na noite desta quarta-feira (24), na Academia das Cidades do IPSEP, o Dia “D” da campanha “Janeiro Roxo” contra a hanseníase.

Durante o evento, a Secretaria de Saúde realizou uma blitz educativa, com orientações, panfletagem, busca ativa por casos suspeitos da doença e atendimento médico no local. “Foi um momento importante de intensificação da campanha, que está acontecendo nas unidades de saúde, orientando à população acerca da prevenção e do tratamento da hanseníase, além da busca ativa que é fundamental para que o município possa oferecer o tratamento adequado a esses pacientes”, comentou a secretária de Saúde, Márcia Conrado.

A campanha segue com palestras, orientação e busca ativa por casos suspeitos nesta quinta-feira (24) nas unidades de saúde de Luanda/ Jardim, Ipsep I, Bom Jesus I e AABB; e amanhã (25) nas unidades da Borborema e Caiçarinha/ Tauapiranga.  O encerramento será na segunda-feira (28), no Centro Municipal de Saúde.

Prefeito Ângelo Ferreira inaugura nova creche em Sertânia nesta sexta-feira (25)

O prefeito Ângelo Ferreira inaugura nesta sexta-feira (25) a mais nova creche do município de Sertânia, o Centro de Educação Infantil Prefeito Raimundo Alves de Góis Melo. O evento de inauguração será realizado às 16h no Alto do Céu, por trás do Centro Social Urbano.

O Centro de Educação irá abranger três categorias de ensino: creche, Pré I e Pré II. A instituição atenderá cerca de 70 crianças que podem ser matriculadas a partir dos 3 anos de idade.  A instituição foi construída dentro dos modernos padrões do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e conta com 4 salas, pátio com parque e refeitório, sala de professores, diretoria, 4 banheiros, cozinha, almoxarifado e sala de vídeo.

O início da construção do Centro de Educação aconteceu em 2012 na gestão da prefeita Cleide Ferreira, que entregou o prédio praticamente concluído, porém, a gestão posterior, do ex-prefeito Guga Lins, não deu continuidade à obra, que foi abandonada, sendo inclusive alvo de vandalismo. O FNDE constatou, até mesmo, que o ex-gestor desvio de dinheiro da obra para outras finalidades. Os trabalhos foram retomados na atual gestão, do prefeito Ângelo Ferreira, que investiu R$ 290 mil para conclusão dos serviços.

Governo Bolsonaro tenta organizar comunicação

Santos Cruz

Diante do desgaste com a informação de movimentações financeiras do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e de um de seus ex-assessores, Fabrício Queiroz, consideradas atípicas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), o Palácio do Planalto tenta concluir a reestruturação da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) e faz anúncios de corte de verbas publicitárias. A crise envolvendo Flávio, filho do presidente Jair Bolsonaro, aumentou a cobrança de núcleos do governo sobre o secretário da Secom, Floriano Barbosa, para levantar uma agenda positiva que reanime a militância nas redes sociais.

Barbosa trabalha desde o período de transição nas mudanças na estrutura da Secom. Ele definiu que o órgão terá uma secretaria específica para fazer a articulação entre todas as assessorias de imprensa do governo.

A meta é acabar com o “bate cabeça” entre secretários e ministros. Também estão previstas uma secretaria para o atendimento à imprensa e um grupo dentro da Secom para abastecer as redes sociais com textos, áudios e imagens de Bolsonaro e sua equipe.

Auxiliares do presidente afirmam que um “alinhamento” das informações do Planalto e dos ministérios evitaria polêmicas como as declarações desencontradas entre Bolsonaro e o grupo do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a proposta de aumento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que chegou a ser anunciada no começo do mês por Bolsonaro e desmentida pelo secretário da Receita, Marcos Cintra.

Homem de confiança da família do presidente, Barbosa trabalhou antes no gabinete do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e esteve em contato direto com o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ).

Juntamente com o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz, o secretário vem fazendo uma análise dos contratos com agências de publicidade, na ordem de R$ 150 milhões por ano.

Nesta quarta-feira (23), Bolsonaro usou sua conta no Twitter para informar que Santos Cruz cancelou contrato com a empresa CDN para fazer assessoria de imprensa no exterior, no valor de R$ 30 milhões, e cortou verbas de publicidade da Caixa e do Banco do Brasil.

Ao anunciar o cancelamento, Bolsonaro escreveu que gastos desse tipo eram “uma das muitas fontes de ações escusas” em governos anteriores. “Esses gastos ultrapassavam centenas de milhões. Era mais uma das muitas fontes de ações escusas dos grupos que estavam no poder, cuja boa parte dos membros está presa. Uma irresponsabilidade em detrimento das reais demandas dos brasileiros e do Estado!”. Procurada, a CDN informou que rompimentos de contrato em fins de um governo e início de outro “não são atípicos”. Sobre os comentários do presidente, a companhia afirmou que não iria se manifestar.

Influenciadores

O secretário especial de Comunicação já manifestou, em reuniões de governo, que pretende aproximar do Planalto influenciadores digitais que estiveram em sintonia com Bolsonaro durante a campanha presidencial.

Barbosa quer fazer encontros esporádicos com blogueiros e youtubers e tentar rearticular a rede de seguidores do presidente na internet. É justamente o setor das redes sociais, onde Bolsonaro sempre teve boa desenvoltura, que mais preocupa ministros militares e civis que despacham no Planalto.

Levantamento do Estadão Dados, utilizando a ferramenta Crowdtangle, mostrou que a rede pró-Bolsonaro na internet representa hoje apenas 22% da força que tinha na semana anterior ao primeiro turno.

Divisão de trabalho

O governo aposta que boa parte das demandas de jornais, revistas e emissoras de rádio e TV será atendida pelos dois porta-vozes que atuarão no Planalto. O tenente coronel do Exército Alexandre de Lara responde pela Vice-Presidência e o general de divisão Otávio Santana do Rêgo Barros ficou responsável pelas notícias do presidente.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que o governo tem a obrigação de divulgar os fatos para a sociedade. “A imprensa busca esclarecer o público. Se não houver palavra oficial do governo, ela vai buscar com fontes diversas, que nem sempre dizem a verdade. Muitas dizem aquilo que é do seu interesse”, afirmou o vice. Com informações do estado de S.Paulo.

Petrolina: Prefeito Miguel Coelho empossa membros da diretoria da Facape

Um novo ciclo se inicia na Facape. Estão empossados, oficialmente, os membros da diretoria e coordenações de cursos da Autarquia, eleitos pela comunidade acadêmica e corpo administrativo da Instituição em pleito realizado no mês de dezembro. O presidente, diretores e coordenadores receberam das mãos do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, os títulos de posse em cerimônia realizadas nesta quarta-feira (23).

O presidente, Antonio Habib, foi reconduzido ao cargo, junto ao diretor executivo, José Alberto Moura e a diretora acadêmica, Vânia Lasalvia. Chega para ocupar o cargo de diretora administrativa financeira a professora, Ivony Dourado. Já nas coordenações de curso, a novidade é a professora Maria Lúcia da Silva Souza, que assume o curso de Serviço Social. Se mantiveram nas coordenações os professores: Florisvalto Cavalcanti dos Santos (Administração); Agnaldo Batista da Silva (Ciências Contábeis); Cynara Lira de Carvalho Souza (Ciência da Computação); Michela D’Arc Campos Mota Maia (Comércio Exterior); Carlos Eduardo Romeiro (Direito); Maria do Socorro Macedo Coelho Lima (Economia); Maria Celimar da Silva (GTI) e Carlos Gonçalves de Andrade Neto (Pós-Graduação)

Antonio Habib reforça a importância de dar continuidade ao trabalho que vem sendo realizado na Facape e reitera o comprometimento de toda a gestão com os novos projetos que serão implantados na Instituição e aqueles que já estão em andamento. “Em nome de toda a direção eleita, agradeço a cada voto que recebemos, que representou a confiança que depositam em nosso trabalho. A experiência que vivemos até aqui nos preparou para assumir um novo mandato e tenho convicção de que estamos mais conhecedores do que deve ser melhorado, mas também de onde somos capazes de chegar. E sabedores de que seguiremos enfrentando desafios, asseguro que estamos aptos para levar a nossa Facape para novos rumos, ampliado seu raio de atuação, reestruturando aquilo que precisa ser melhorado e mantendo nosso lugar de referência em educação superior em Pernambuco”, ressalta o presidente.

O prefeito, Miguel Coelho, ressaltou a importância da Facape para o desenvolvimento da cidade e como a Autarquia contribui para que Petrolina desponte entre um dos municípios mais importantes de Pernambuco, especialmente pelo seu potencial educacional. Miguel destaca também o seu desejo de que a gestão, então empossada, possa trabalhar para que a instituição progrida ainda mais e a parceria entre a gestão municipal e a Autarquia. “Petrolina é uma referência em vários setores, inclusive na educação. A Facape é essencial para isso e tem ainda um enorme papel a cumprir. Vamos lutar para melhorar a faculdade, criar o curso de Medicina e essa diretoria é quem estará à frente desses desafios nos próximos anos, formando pessoas e sendo orgulho de nossa região como uma instituição de excelência em nosso Estado”

O corpo diretivo e as coordenações empossadas assumirão a gestão da Autarquia pelos próximos quatro anos.