Zulene Alves

Armando e Mendonça visitam Câmara do Recife e mantêm interlocução com vereadores

Reconhecendo o papel relevante na vida do Recife, os pré-candidatos a governador e senador pela Frente das Oposições, Armando Monteiro (PTB) e Mendonça Filho (DEM), visitaram a Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (25). Eles foram recebidos pelo presidente da Casa, o vereador Eduardo Marques (PSB), e um grupo suprapartidário de vereadores. Armando e Mendonça ressaltaram a importância da Casa de José Mariano para o município e se colocaram à disposição para receber sugestões dos legisladores para construir um novo projeto para Pernambuco.

“Nossa presença traduz o apreço e o respeito que temos por essa Casa Legislativa, que tem uma grande história na representação política de Pernambuco”, destacou Armando Monteiro, que circulou pela Casa acompanhado dos vereadores. O presidente da Câmara, Eduardo Marques, agradeceu a visita dos pré-candidatos. “Foi uma satisfação recebe-los aqui nesta Casa”, disse. O petebista destacou que a visita à Casa de José Mariano também teve o caráter de abrir um canal de interlocução com os vereadores do Recife, no intuito de receber sugestões, propostas e contribuições que podem ser incorporados ao futuro plano de governo.
“Nesse momento, o que nos reúne é Pernambuco. Queremos oferecer uma nova agenda, um novo caminho, uma nova proposta ao Estado. Esse projeto está aberto a contribuições de todos que queiram ajudar e há temas que são de interesses dessa Casa, como a questão da mobilidade, do planejamento urbano, da segurança pública, que é algo tão inquietante”, afirmou Armando. “Teremos muita satisfação de, ao longo da caminhada, contar com o apoio dos companheiros e incorporar sugestões e propostas que os vereadores queiram ver no debate eleitoral”, completou.
Para Mendonça, a Casa de José Mariano revelou grandes homens públicos para Pernambuco. “Aqui temos a tradição de revelar grandes nomes, grandes homens públicos passaram por essa Casa e eu, como um homem público, que tem uma jornada de 30 anos, me sinto absolutamente em casa em me colocar à disposição de todos os vereadores para que a gente possa debater os interesses da população do Recife”, destacou o pré-candidato a senador.
Foto: Leo Caldas/Divulgação

Sertânia bate meta de vacinação contra a gripe

O município de Sertânia, no Sertão do Moxotó, bateu a meta da vacinação contra a gripe determinada pelo Ministério da Saúde, que é de 90%. Segundo Camila Ferreira, coordenadora do PNI, Programa Nacional de Imunização, no município, Sertânia fechou a campanha com homogeneidade de grupos. “Conseguimos bater a meta na cobertura total e ainda por grupos de risco, público-alvo da campanha”, comemorou.

Seguindo recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), o grupo prioritário da campanha foram pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses aos menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional. Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais também puderam se vacinar, levando a prescrição médica.

Santa Cruz do Capibaribe: Multidão lota São João da Moda 2018 em shows de Márcia Fellipe e Gusttavo Lima

Cerca de 50 mil forrozeiros de toda a região lotaram o São João da Moda, em Santa Cruz do Capibaribe, para curtir os shows da cantora Márcia Fellipe e do sertanejo Gusttavo Lima, na noite deste sábado (23). O palco da Arena da Moda também abriu espaço para atrações locais, como Cristiano Monteiro e Nilton Sal e Forró do Kilo.  Os artistas santa-cruzenses também foram prestigiados nos outros dois polos de animação. No Multicultural passaram Neném Chagas, Garota Dengosa, Bruno Santos e Marcelão. Já no Arraial Povão cantaram Trio Capibaribe, Edinho Calixto, Trio Luar do Sertão e John e Farra de Vaqueiro.

O prefeito Edson Vieira falou da valorização do São João da Moda com atrações renomadas no Brasil e prestigiou os artistas regionais. “Gusttavo Lima é um cantor de renome nacional, o povo gosta, pois a música sertaneja hoje toca em qualquer período do ano. Mas também não deixamos de valorizar os artistas de nossa região, temos varias apresentações de diversos ritmos, tocando em todos os palcos do São João da Moda”, frisou o prefeito. “Em nosso planejamento, estamos utilizando toda nossa força de segurança de uma forma bem adequada. Escalamos 30 Guardas Municipais por dia para dentro da Arena e ao redor do evento, com quatro motocicletas e duas viaturas fazendo rondas nas imediações. Além de contarmos com 18 câmeras de videomonitoramento”, disse o Tenente Coronel Sena, Secretário de Defesa Social.

“Estou amando, uma festa bem organizada, calma, com muita segurança, as pessoas são alegres, não sou daqui, mas virei outras vezes brincar no São João de Santa Cruz”, falou a turista Maria Josefa.

O São João da Moda se consolida como um dos grandes festejos juninos de Pernambuco e tem conquistado um grande espaço na mídia estadual. Neste dia 23 os shows do Palco da Moda foram transmitidos pela imprensa local e regional, através de emissoras de rádio, blogs e mídias sociais, além da transmissão ao vivo pela afiliada do SBT no Agreste, a TV Jornal.

A festividade de São João na Capital da Moda começa cedo neste domingo (24), às 19h os portões serão abertos e às 19h30 iniciam os shows. No Palco da Moda se apresentam Dimetrose, Bidinga do Acordeon, Alisson Levado, Amigos Sertanejos e o Wesley Safadão. No Polo Multicultural a noite é de sofrência e no Arraial Povão o forró tradicional.

Sertânia: Prefeitura realiza reforma de imóvel cedido pelo DER

A Prefeitura de Sertânia está realizando a reforma do imóvel, localizado na avenida Agamenon Magalhães, no Centro. O espaço foi cedido para o Governo Municipal pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PE), por 5 anos, período que poderá ser renovado. O local será a sede da Secretaria de Infraestrutura. A obra, orçada em pouco mais de R$ 76 mil, paga com recursos próprios, está sendo realizada pela JML Construtora e o prazo de execução é de 75 dias.

Puxada Matuta, Arraiá de Futuro, quadrilhas juninas e shows com artistas da terra animaram o São João das Tradições

Organizado pela Prefeitura Municipal, o São João das Tradições movimentou Serra Talhada, no Sertão do Pajeú. Foram três dias de muita festa, com apresentações de quadrilhas juninas, trios pé de serra, shows com artistas da terra, comidas típicas e muita alegria no Polo Concha Acústica, Polo AESET, Pátio da Feira e Tauapiranga.

A programação teve inicio na quinta-feira (21), com Arraiá de Futuro e concentração da Puxada Matuta, na AESET, e Trio Eronildes Nogueira, Puxada Matuta, Fábio Diniz e Banda Vizzu (Part. Tallya Alencar), na Concha Acústica.  Na sexta-feira (22), passaram pela Concha Acústica o Trio Adênio Mourato, quadrilhas Junina Sertaneja e Arraiá dos Baixinhos, Colorado do Acordeon, Leya e Juciano Vaqueiro.

No sábado (23), os festejos de véspera de São João começaram logo cedo, às 09h, no Pátio da Feira, com Cicero de Souza, Zé Caiçara e Arnor de Lima; na Concha Acústica se apresentaram o pé de serra de Humberto Cellus & Produto Nordestino, Zé de Deus e sua Cambada, Naldinho Carvalho e Tição de Fogo, Quadrilha Unidos da Vila e Quadrilha Junina Sem Limite, Henrique Brandão, Itala e Brenda e Forrozão 1000; e em Tauapiranga a noite foi animada com Juciano Vaqueiro, Joãozinho de Irauçuba e Forrozão Novo Balanço e Henrique Brandão.

O encerramento do São João das Tradições acontecerá no dia sábado, 30 de junho, com apresentações de Nailton Gomes, Leya e Keneddy Brazzil, no Polo CAGEP.

Lucila Santana: Fechamos com chave de Ouro essa 10ª edição do Festival do Carro de Boi

Com sucesso de público e excelência em organização, a população e a Prefeitura Municipal de Flores encerraram as tradicionais festas de São João na cidade, neste Domingo, dia 24 de Junho. Destaque para a realização da 10ª Edição do Festival de Carro de Boi e da temática cultural da Rainha do Milho.

Este ano, o festival contou com arquibancadas repletas de prestígio popular. A advogada, Aurislene Marques afirmou que “a festa estava um sucesso e era muito bom participar desse evento tão importante para nossa terra”.

José Carlos Pereira, um dos Jurados do festival declarou que, “foi um prazer fazer parte dessa festa”, e completou dizendo que espera voltar nos próximos anos elogiando toda a estrutura e organização do festival.

A Primeira Dama do município, Lucila Santana, falou “sentir uma imensa alegria. Isso toma conta de nossos corações, onde tivemos a participação maciça de nossos agricultores, de nossos carreiros e de nossa população. Só temos a agradecer ao nosso povo. Foi um dia gratificante e podemos dizer que fechamos com chave de Ouro essa 10ª edição do Festival do Carro de Boi; pra nós é gratificante”, declarou Lucila.

A 10ª Edição do Festival do Carro de Boi contou com a participação de 5 mil pessoas e 60 carreiros, número dobrado com relação a festividade anterior, e premiou com R$1.300,00 o primeiro colocado; o filho de agricultor, Luan Muniz.

O evento passa por um processo ascendente de resgate das tradições populares do povo Florense; iniciativa da gestão do prefeito, Marconi Santana que vem tendo sucesso e ganhando força desde o início de seu governo em Flores. Após a entrega das premiações, aos seus primeiros carreiros, os artistas Florenses, Rôny Lima e Erika Diniz encerraram, com shows musicais, os festejos juninos do município.

DOMINGO TEVE APRESENTAÇÃO DE MATEUS LIMA EM AFOGADOS DA INGAZEIRA

Já vivenciando a expectativa para a realização da XIV Expoagro, uma das maiores festas do Sertão Pernambucano, a população de Afogados da Ingazeira compareceu na noite deste Domingo (24), na praça de alimentação, para conferir o show do cantor Mateus Lima. Uma jovem promessa, o cantor chegou a Afogados depois de fazer um show em Petrolina. Trouxe na bagagem para alegrar o público que compareceu à praça, todo um repertório de forró, mesclando o estilizado e o raiz, o nosso pé-de-serra. Segundo o Secretário de Cultura e Esportes, Edygar Santos, a noite foi um aperitivo para o que será a expoagro deste ano.

“Estamos entrando na semana em que será realizada a nossa grande festa de emancipação, e a nossa Expoagro, e a população já está no clima. Estamos finalizando os últimos preparativos para, a partir da próxima quinta, receber o povo de nossa cidade, e de cidades da região, para mais uma grande edição de nossa maior e mais tradicional festa,” destacou Edygar.

A abertura oficial da XIV Expoagro acontece na próxima quinta (28), a partir das 19h, no Centro Desportivo Municipal. No mesmo dia, às 21h, a noite dedicada ao público gospel, com show do cantor Samuel Mariano.

Mulheres são maioria no eleitorado e 46% ainda não escolheram um candidato

Resultado de imagem para mulheres na política
Por: Correio Braziliense
O eleitorado feminino terá um peso decisivo na definição do próximo presidente da República. No pleito de 7 de outubro, 52% do eleitorado é composto de mulheres — mais de 77 milhões de votos, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O que mais chama atenção de especialistas é que metade delas, cerca de 38 milhões, são de chefes de família.
Os observadores do jogo político alertam que os candidatos que pretendem chegar ao segundo turno na disputa presidencial precisam conquistar o interesse delas. A dificuldade é que as mulheres não formam um bloco de pautas uniforme. A depender do perfil da estrutura socioeconômica e da idade, as necessidades e prioridades mudam.
As pesquisas eleitorais mostram um cenário incerto: 46% das mulheres ainda não sabem em quem votar. O índice é menor para os homens: 25%. A professora de história Idalina Bonfim, 56 anos, não titubeia: garante que vai votar, mas ainda não definiu candidato, mas tem apreço por lideranças da esquerda. “O meu candidato, como mulher livre, independente, que pensa e tem consciência política, tem que pensar a questão da terra. Por que tem terras improdutivas que são repassadas de pai para filho? Por que o pobre tem que trabalhar 12 horas por dia? A educação está sucateada. Porquê? Tem pais que os filhos precisam trabalhar aos 14 anos para conseguir se manter. Isso não pode continuar”, explica a moradora do Guará.
Ela não acredita que faltam candidatos que representam as mulheres, mas que muitas ainda não despertaram a consciência política.  “São poucas ainda, uma minoria que observa esse cenário com clareza. Mulher é assassinada, atacada. Todo dia morre uma mulher. Temos que andar no tapete do que os homens querem, conviver com o machismo. O candidato tem que abraçar causas das minorias, da mulher”, conclui. Atualmente, uma filha e neto moram com ela. A filha se separou e está alugando um apartamento.
Assim como Idalina, a faxineira Eliane Alves da Silva, 45 anos, não sabe em quem votar. Ela mora no setor Santa Luzia, área carente da Estrutural. Lá, perdeu dois dos 11 filhos e se preocupa com a escalada da violência. “Precisamos de alguém que traga a segurança de volta às ruas. Não podemos viver com medo eterno. Quem vai resolver isso? Ainda não sei, mas precisamos encontrar alguém”, reclama. “A falta de moradia e de renda prejudica a população e o desenvolvimento do país. Precisamos de condições para trabalhar e colocar comida na mesa”, avalia.
Ela sustenta a família com menos de um salário mínimo. Quatro filhos, entre 7 e 16 anos, e um neto recém-nascido vivem com ela no barraco. “O que não pode acontecer é continuar como está. Olha a situação deste país. Ninguém está vendo os

caminhos que a saúde, a educação e o mercado de trabalho estão tomando? Qual vai ser o futuro para esses jovens?”, critica. Eliane destaca que nenhum candidato a representa. “Paro para pensar nas pré-campanhas que estão aí, ninguém se aproxima do que eu penso, das necessidades que tenho e das mudanças de que a minha comunidade precisa”, pondera.

Corrupção

Os recentes escândalos de corrupção na política brasileira se tornaram pauta para a escolha do voto da costureira Francisca Merianunce Araújo de Souza, 65 anos. A moradora do Bloco B da 403 Sul acredita que, para as áreas principais do governo funcionarem, a integridade dos gestores deve balizar as ações. “Não podemos mais ter situações de desvios e roubos como os que aconteceram. Dessa forma, não temos como pensar em futuro”, destaca.
Francisca tem dois filhos e cinco netos. Ainda cuida do marido de 90 anos. Ela reclama também da burocracia do país. “Coisas que deveriam ser solucionadas facilmente se arrastam por tempos. Assim, não tem como um projeto de nação dar certo. Sinceramente, acredito que as pessoas nunca estiveram tão desesperançosas para votar. Estamos com aquele sentimento de que não adianta mais procurar. Não tem alternativas”, avalia.
Com 12 candidatos com pré-campanha na rua, Francisca diz que ninguém tem o discurso de união do país. Para ela, nenhum dos políticos que pleiteiam a Presidência se mostrou capaz de juntar os brasileiros em um projeto de reestruturação do país. “Observo os discursos e sempre estão muito ligados ao universo do candidato. Com isso, as discussões ficam muito pontuais. Creio que as áreas principais (saúde, educação, segurança e emprego) deveriam ser foco de todos os candidatos. Estamos saindo de uma crise e não temos opções para nos reerguermos”, destaca.
O DF segue a tendência nacional. Na capital federal, em relação ao pleito passado, o eleitorado feminino cresceu 2,3%. Passou de 1.071.231 para 1.096.615: 25.384 a mais. Em 2014, pela primeira vez, o número de mulheres em condições de votar ultrapassou a casa do milhão. Os homens ainda não bateram essa marca. Além disso, cresceu menos. Entre 2014 e 2018, houve o aumento de 1,1%  de eleitores do sexo masculino: 11 mil pessoas a mais. Eles eram 926.230 e chegaram a 937.261 aptos a escolher seus representantes.
 
Afinar o discurso 
Tânia Fontenele, pesquisadora de gênero e coordenadora do Instituto de Pesquisa Aplicada da Mulher, explica que o percentual de mulheres indecisas mostra como elas não se sentem representadas pelos candidatos. “O que precisa ser analisado é se eles incluíram políticas para mulheres em seus discursos e quais as propostas. Temos que perceber que as discussões são para mulheres de várias classes. Há chefes de família que são vendedoras de pastel e tem mulher que é pós-graduada”, destaca.
As pautas das mulheres, segundo Tânia, estão mais ligadas a questões básicas. “Elas vão pleitear melhorias em serviços básicos, como hospitais, escolas e segurança. Há ainda a preocupação com o mercado de trabalho e a oferta de emprego”, conclui. Tânia acredita que a cultura de “mulher não vota em mulher” está acabando. “Esse comportamento tem sido enfraquecido cada vez mais”, pondera.
O Brasil é signatário de uma campanha da Organização das Nações Unidas (ONU) que pretende equilibrar o número de mulheres e homens na política. A ideia é que até 2030 ambos os sexos ocupem a mesma quantidade de cargos no parlamento. Mesmo as mulheres sendo maioria do eleitorado no país, elas não têm boa representação no Congresso. Dos 513 deputados, somente 10,5% são mulheres. No Senado, dos 81 parlamentares, 16% são do sexo feminino. Na Câmara Legislativa, apenas cinco são mulheres dos 24 deputados. Na Câmara dos Deputados, dos oito representantes do DF, somente uma é mulher. A capital federal não tem nenhuma senadora.
 
Nuances
O professor Rui Tavares, cientista político da Universidade de São Paulo (USP), é categórico: candidato que quer chegar ao segundo turno tem que conquistar o voto das mulheres. “Não há como fugir. Vai fazer falta, por mais que o eleitorado feminino não seja único. Eles (candidatos) deverão estar atentos aos limites que precisam ser respeitados. Discursos e condutas machistas podem mudar o panorama”, alerta. O segredo, segundo ele, é compreender que essa parcela do eleitorado, apesar de transparecer um bloco único, tem nuances que precisam ser observados.
A pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre a Mulher da Universidade de Brasília (UnB) Lia Zanotta Machado acredita que o maior gap é o de candidatos capazes de atender às necessidades das mulheres. “Essa parcela do eleitorado não é um segmento uniformizado. Em função disso, terão muitas perspectivas diferentes. Estarão presentes eleitoras progressistas e conservadores, de diferentes classes sociais. Temos que pensar, sobretudo, sobre igualdade de gênero. As mulheres cada vez mais estão defendendo seus direitos”, explica.

Domingo teve apresentação de Mateus Lima em Afogados da Ingazeira

Já vivenciando a expectativa para a realização da XIV Expoagro, uma das maiores festas do Sertão Pernambucano, a população de Afogados da Ingazeira compareceu na noite deste Domingo (24), na praça de alimentação, para conferir o show do cantor Mateus Lima.

Uma jovem promessa, o cantor chegou a Afogados depois de fazer um show em Petrolina. Trouxe na bagagem para alegrar o público que compareceu à praça, todo um repertório de forró, mesclando o estilizado e o raiz, o nosso pé-de-serra. Segundo o Secretário de Cultura e Esportes, Edygar Santos, a noite foi um aperitivo para o que será a expoagro deste ano.

“Estamos entrando na semana em que será realizada a nossa grande festa de emancipação, e a nossa Expoagro, e a população já está no clima. Estamos finalizando os últimos preparativos para, a partir da próxima quinta, receber o povo de nossa cidade, e de cidades da região, para mais uma grande edição de nossa maior e mais tradicional festa,” destacou Edygar.

A abertura oficial da XIV Expoagro acontece na próxima quinta (28), a partir das 19h, no Centro Desportivo Municipal. No mesmo dia, às 21h, a noite dedicada ao público gospel, com show do cantor Samuel Mariano.

Governo de Pernambuco inaugura 11° Companhia Independente de Policia Militar em Lajedo

O governador Paulo Câmara inaugurou, neste domingo (24.06), no município de Lajedo, a 11° Companhia Independente de Policia Militar (CIPM). A nova unidade contará com um efetivo de 140 policiais, que reforçarão a prevenção e combate ao crime na Microrregião de Garanhuns, atendendo também os municípios de Jupi, Jucati, Panelas, Jurema, Calçados, Ibirajuba e Canhotinho. Ao todo, mais de 120 mil moradores serão beneficiados. Na ocasião, o chefe de Executivo também inaugurou o Abatedouro Público Municipal.

“São sete municípios que vão compor essa Companhia, que vai reforçar o policiamento, e ao mesmo tempo vai dar condições de celeridade para as investigações, para as prisões e diminuição dos homicídios e assaltos. Ao mesmo tempo, temos a certeza de que, com ações como essa, é possível vencer a criminalidade e melhorar a segurança a partir da interação com os municípios”, pontuou o governador.

A 11° CIPM atuará por meio do policiamento a pé, patrulhas rurais, Grupamento de Apoio Tático Itinerante (GATI) e Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (ROCAM). Com um total de 20 viaturas, a unidade recebeu, no início de julho, seis novas motocicletas Honda XRE 300 cilindradas, além de coletes e novas pistolas entregues, no mês de maio, pela Força Nacional.

“São 140 novos policiais militares aqui na 11° Companhia Independente. Além de um grande reforço de equipamentos. Tudo isso para comprovar nosso comprometimento com a segurança e com a redução da violência aqui no município de Lajedo, nas regiões circunvizinhas e no Estado de Pernambuco como um todo”, garantiu o Secretário de Segurança Pública, Antônio de Pádua.

O prefeito do município de Lajedo, Rossini Cordeiro, afirmou que o equipamento veio em boa hora e comentou sobre seus efeitos positivos. “Em um momento como esse, em que o Brasil todo sofre com a violência, é muito bom Lajedo ter um reforço tão importante como a Companhia. Inclusive, a ação já esta surtindo efeito e diminuindo os índices de violência do nosso município e das cidades vizinhas”.

Abatedouro Público – Com a intenção de combater o abate clandestino e garantir que as normas padrões sejam cumpridas, o governador inaugurou o Abatedouro Público Municipal de Lajedo. A obra contou com um investimento no valor de R$ 1.266.307 e visa assegurar, para a população do município e das regiões vizinhas, uma carne de qualidade e, consequentemente, melhorar as condições da saúde local.

O equipamento chega para realizar um sonho da comunidade local, que vai servir de referência para toda a região, seja no corte bovino, suíno e na caprinovinocultura. Vai ser um abatedouro com qualidade sanitária, gerando emprego e renda para a população.

Também estiveram presentes no evento o deputado federal André de Paula; os deputados estaduais Vinícius Labanca e Álvaro Porto; os secretários estaduais André Campos (Casa Civil), Wellington Batista (Agricultura e Reforma Agrária), Marcos Baptista (Planejamento e Gestão) e Antônio de Pádua (Defesa Social); o chefe de gabinete Gustavo Negromonte; o secretário municipal Diogo Quintino (Políticas Agropecuárias); os prefeitos Douglas Duarte (Angelim), Expedito Nogueira (Calçado), Felipe Porto (Canhotinho); Ednaldo Peixoto (Jucati), Agnaldo Inácio (Jurema), Débora Almeida (São Bento do Una) e Marcelo Neves (Palmeirina); a vice prefeita de Lajedo, Leda Machado; o presidente da câmara municipal de Lajedo, Deníson da Água; e o presidente da Adagro, Paulo Andrade