zulenealves

Carnaval de Petrolina: Idosos assistidos pela prefeitura confeccionam fantasias para o bloco ‘Alegria não tem idade’

 

Os foliões da melhor idade têm um bloco super especial no Carnaval de Petrolina, o ‘Alegria não tem idade’, que, neste ano, trará o tema: Folia do Boi Bumbá. Os preparativos para a festa de Momo já estão a todo vapor nos Centros de Atenção à Pessoa Idosa da cidade. No CCI Vó Pulú, localizado na Vila Eduardo, os idosos que são acompanhados estão confeccionando as próprias fantasias.

A oficina de confecção foi promovida pelos educadores sociais que trabalham no Centro. Cada um dos idosos fica responsável por uma etapa da fantasia. Dona Genilda Xavier, de 70 anos, está fazendo o ‘fuxico’ para a fantasia de Boi Bumbá. “Amo brincar carnaval e acho muito divertido fazer minha própria fantasia. Aqui é uma oportunidade de aprender mais e ensinar o que eu sei também”, conta.

Além de fazerem as fantasias, os idosos também estão participando de uma oficina de percussão. “Com a prática dessas atividades, temos o objetivo de estimular as capacidades cognitiva, motora, e de concentração, práticas que trazem muitos benefícios, principalmente para a autoestima”, explica Ana Carolina Cavalcanti, secretária executiva de Atenção à Pessoa Idosa.

O bloco ‘Alegria não tem idade’ sairá pelas ruas da cidade na quinta-feira (20), às 17h, na Praça 21 de Setembro. Além dos foliões super animados, o evento vai contar com uma orquestra de frevo para agitar o festejo.

Estado imuniza 96,47% do rebanho contra a febre aftosa

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro) vacinou 96,47% do rebanho na segunda etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa que foi realizada em novembro de 2019. Ao todo, 516.466 bovinos e búfalos de 0 a 2 anos foram imunizados.

O rebanho atual do Estado é de mais de 1,9 milhões de bovinos e 105. 605 propriedades com animais. Nesta etapa 26 municípios vacinaram 100% do rebanho e receberão um certificado da Adagro pelo trabalho desenvolvido durante a campanha de vacinação.

“Este resultado é importante para que possamos continuar com o status de área livre de febre aftosa com vacinação, foi um trabalho de parceria do produtor com as secretarias de agricultura do município e com os prefeitos”, pontuou o presidente da Adagro, Paulo Lima.

De acordo com o cronograma montado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Pernambuco pode se tornar área livre de febre aftosa sem vacinação em 2021, mas até lá é necessário continuar mantendo os altos índices de cobertura vacinal.

Governo do Estado inicia hoje (12) o pagamento da 13ª parcela do Bolsa Família

O valor pode ser sacado pelos beneficiários que fazem aniversário entre janeiro e abril

A partir desta quarta-feira (12), o Governo do Estado começa o pagamento da 13ª parcela do programa Bolsa Família. Esse primeiro ciclo, que vai do dia 12 a 28 deste mês, será direcionado para os aniversariantes de janeiro, fevereiro, março e abril. A data de disponibilização do benefício será de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social, o NIS, que está presente no cartão de recebimento. O pagamento será feito *nos mesmos locais onde o beneficiário já recebe o seu BF, ou seja, * nas agências da Caixa Econômica, terminais eletrônicos, lotéricas ou estabelecimentos credenciados. O saque deve ser feito em até 120 dias da data do recebimento.

Terá direito ao 13ª o beneficiário que recebeu o Bolsa Família durante pelo menos metade dos meses do período de apuração, intercalado ou em meses seguidos. O valor da parcela é igual ao valor do benefício federal, no limite máximo de R$ 150. Quem recebe abaixo, porém, teve a oportunidade de atingir o valor do limite, caso tenha feito o cadastro dos seus CPFs em notas fiscais.

Para os beneficiários que desejam consultar o valor que será recebido, o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) – pasta que coordena o programa estadual – explica que no site do órgão está disponível uma plataforma que informa a quantia que será paga. “Para o acesso, é necessário apenas o NIS, que está nos cartões do Bolsa Família, e a data do nascimento do titular. No site da secretaria, que pode ser acessado pelo link www.sdscj.pe.gov.br, o beneficiário vai saber quanto acumulou em notas fiscais e quanto vai receber de extra no período de pagamento”, pontua o gestor.

Em Pernambuco, 14 mil estabelecimentos são credenciados com nota fiscal eletrônica. O reembolso pode chegar a até 5% do valor total das compras com a aquisição de itens de alimentação, medicamentos, material de higiene pessoal, material de limpeza, vestuário, calçado e gás de cozinha, não ultrapassando o limite de R$ 150,00.

O 13ª do Bolsa Família de Pernambuco vai conceder anualmente uma parcela extra do benefício de até R$ 150 às famílias pernambucanas beneficiárias do programa federal. Em Pernambuco, 1.125.559 famílias beneficiárias de acordo com o último dado atualizado pelo Ministério e que correspondem a 34,5% da população do Estado. Com o pagamento da parcela extra, o Governo do Estado vai injetar mais de R$ 150 milhões na economia dos municípios nos próximos três meses.

PRÓXIMOS PAGAMENTOS – Os aniversariantes dos meses de maio, junho, julho e agosto começam a receber em março. No próximo mês, a datas de saque seguem de 18 a 31, excetuando os sábados e domingos. Já em abril, os pagamentos serão realizados entre 16 e 30 daquele mês, também com exceção dos sábados e domingos. Será o último lote de pagamento, que vai ser direcionado para quem nasce nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro.

Para dúvidas e esclarecimentos, a população poderá utilizar o serviço da Ouvidoria Social, que atende por meio do telefone 0800.0814421, de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h.

SENAI e Governo Municipal de Sertânia realizam entrega de certificados de cursos profissionalizantes

Aconteceu nesta segunda-feira (10) a entrega dos certificados dos alunos que concluíram os cursos profissionalizantes de costura e mecânica de moto, oferecidos pelo SENAI em parceria com o Governo Municipal de Sertânia. Cerca de 70 pessoas participaram da ação denominada Inclusão Produtiva. O projeto iniciado em 2019 trata-se de uma iniciativa que pretende qualificar os sertanienses.

“Hoje eu me sinto mais preparado. O curso é completo e o professor muito bom. Algo que veio para somar na nossa cidade, para que nós jovens possamos entrar no mercado de trabalho com mais atitude, mais força e alavancar essa área de mecânica aqui em Sertânia”, destacou o aluno Rafael.

As aulas teóricas e práticas aconteceram no Centro Social Urbano, onde também ocorreu a entrega dos certificados. O curso de mecânica de moto teve 100 horas de duração e foi ministrado pelo professor Igor Vasconcelos. Já o de costura foi comandado pelo Fábio Omena com carga de 128 horas. O projeto foi voltado para pessoas a partir de 16 anos, em especial, beneficiários do Bolsa Família e do programa de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF).

A aluna do curso de costura, Rita do sítio Bom Nome, que já trabalhava na área, destacou o quanto a ação vai ajudar na melhoria do seu trabalho, “eu não tinha condições de fazer um curso, aprendi por conta própria, quebrando cabeça, mas como apareceu essa oportunidade eu aproveitei e aprendi outras coisas que eu não sabia. O meu trabalho vai ficar ainda melhor”. 

Após a finalização dos cursos profissionalizantes, oferecidos gratuitamente, os alunos contarão com uma assessoria do SEBRAE, pois o projeto Inclusão Produtiva visa não apenas oportunizar mais chances de entrada no mercado de trabalho, mas estimulá-los a abrir o próprio negócio. A expectativa é que a parceria com o SENAI e SEBRAE continue em 2020.

“O nosso desejo agora é dá condições para que essas pessoas possam usar os aprendizados adquiridos como fonte de renda. O intuito é promover a emancipação financeira dos munícipes, em especial os mais carentes. Vamos trabalhar para que outros sertanienses tenham acesso a esse tipo de iniciativa, porque o desejo da Prefeitura é criar um Centro de Tecnologia e Inclusão Produtiva para oferecer cursos que atendam a toda população”, frisou o Secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania, Ricardo Pinheiro.

 O Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco repudia as declarações do Ministro da Economia do Governo Bolsonaro

O Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco repudia as declarações do Ministro da Economia do Governo Bolsonaro, Paulo Guedes, que em ataque descabido, agride todos os servidores e servidoras públicos brasileiros. Em palestra para agentes do setor financeiro na última sexta-feira, 7 de fevereiro, o referido ministro comparou os mais de 11 milhões de brasileiros e brasileiras que integram o serviço público a “parasitas”. A covardia do ministro em determinar, com todas as letras, quem, de fato, são esses tais “parasitas”, diz muito sobre a forma atabalhoada com que esse governo trata do tema.
Em um país tão desigual como o Brasil, o serviço público em todas as esferas é quem faz o verdadeiro atendimento à população brasileira. Na saúde pública, na assistência social, na educação, no poder judiciário. Todo o trabalho dos servidores do Ministério Público, por exemplo, é para assessorar os procedimentos dos milhares de processos movidos por promotores e procuradores de justiça. É o trabalho dos servidores do MPPE que garante o andamento de processos de interesse coletivo e individuais de milhares de cidadão e cidadã pernambucanos.
O Sindsemppe, assim como muitos sindicatos brasileiros, não teme o debate sobre propostas que modifiquem, para melhor, o serviço público. Tampouco vamos fazer coro a falaciosa comparação, costumeira deste governo, de que as soluções para os males do Brasil é privatizar e reduzir investimentos do setor público. Temos uma dívida social imensa com o povo pobre brasileiro e essa dívida só será paga com a prestação eficiente, responsável e estruturada de bons serviços públicos.
A DIREÇÃO DO SINDSEMPPE

Deputado federal Augusto Coutinho lança websérie no Instagram

A conturbada relação entre o Parlamento e o Planalto marca o primeiro vídeo da websérie #opiniões lançada nesta quarta-feira, 22, pelo deputado federal e líder do Solidariedade na Câmara Augusto Coutinho. O material pode ser assistido no Instagram do parlamentar (@augustocoutinhope).

“Ele (Bolsonaro) é um presidente que tem uma relação com parlamento com dificuldades, tem tido dificuldades inclusive com seus próprios aliados. É um presidente que eu reputo bem-intencionado, com ideias importantes e que eu concordo com muitas delas. Mas precisa construir a forma de implantar a sua ideia”, disse Augusto Coutinho em um dos trechos do vídeo. O parlamentar também criticou aqueles que chama de “bolsonaristas extremistas”  “Os bolsonaristas extremistas acham que vindo de Bolsonaro tem que ser assim, e não é assim, a democracia não funciona assim”.

Dados da pesquisa Video Viewers divulgados na edição 2019 do YouTube Brandcast mostram que o Brasil tem registrado um crescimento considerável no consumo de vídeos na web. Em cinco anos, registrou um aumento de 165% neste produto, enquanto que o consumo de vídeos na televisão cresceu apenas 25%.

“Tenho observado que as pessoas cada vez mais querem saber o que nós, políticos, estamos pensando e elas usam as redes sociais para isso. Para acompanhar nosso trabalho e nossas opiniões. Acho que os vídeos em redes trazem essa proximidade”, comentou o deputado que também se confessa adepto nas redes. “O Instagram é uma das redes sociais que mais tenho usado hoje, mas sempre mantenho postagens no Twitter e Facebook também”.

Ao todo serão seis vídeos de aproximadamente três minutos cada. As postagens deverão ocorrer sempre às quintas-feiras e segundas. Para a próxima segunda é aguardado o vídeo em que o deputado fala sobre o ministro Sérgio Moro e se coloca contra personalismos durante as votações do Congresso. Augusto Coutinho também comenta o que considera erros da Lava Jato e fala da sua expectativa em relação à votação da prisão em segunda instância.

Assessoria de Comunicação Dep. Augusto Coutinho