Serra Talhada inaugura Sala Verde Sustentável na AABB

A Prefeitura de Serra Talhada, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agência Municipal de Meio Ambiente – AMMA, inaugurou, na manhã desta quinta-feira (21.03), a Sala Verde Serra Talhada Sustentável – Espaço Interativo de Informação Socioambiental, localizada na Praça Antônio de Godoy Peixoto, no bairro AABB. Contendo biblioteca, videoteca e auditório, o equipamento foi construído com recursos próprios do município e conta com a colaboração de diversas entidades e instituições de defesa do meio ambiente.

A Sala Verde é um projeto de iniciativa do Ministério do Meio Ambiente e tem como objetivo fomentar os trabalhos de gestão ambiental nos municípios brasileiros. Consiste na criação de espaços interativos para que sejam desenvolvidas ações socioambientais e educativas, capazes de informar, capacitar e promover a aprendizagem e a sensibilização social acerca das questões ambientais. Em 2018, o Ministério do Meio Ambiente realizou o chamamento do projeto e o município de Serra Talhada foi contemplado com a implantação de uma Sala Verde.

“Foi aberto o chamamento público para inscrições dos municípios, onde foi necessário apresentar u m projeto político pedagógico, e durante esse processo nós contamos com a parceria de diversas instituições, que foram fundamentais para a aprovação do município pelo ministério. Diante disso, foi formada uma comissão entre a Prefeitura e essas instituições para o controle e funcionamento do equipamento, onde vamos poder trabalhar toda a gestão ambiental da cidade, com educação, capacitação, oficinas, cursos, um espaço dinâmico que será de grande utilidade também pelas escolas e entidades parceiras da iniciativa”, explicou o secretário de Meio Ambiente, Ronaldo Melo Filho.

A implantação da Sala Verde Serra Talhada Sustentável contou com a parceria entre a Prefeitura Municipal e a Associação Pajeú Vivo – APV, Instituto Histórico do Sertão do Pajeú – IHGP, Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, AESET/FAFOPST, UFRPE/UAST, Bela Burgos, Agentes Populares de Educação Ambiental – APEAS e Conselho do Parque Estadual da Mata da Pimenteira.

A solenidade de inauguração contou com a presença do prefeito Luciano Duque, que é vice-presidente de Educação Ambiental da Frente Nacional de Prefeitos, vereadores, secretários municipais e representantes das intuições parceiras.

Serra: Governo entrega novos veículos e assina ordem de serviço de creche de 2,5 milhões no Mutirão

Um dia após assinar a ordem de sérico para a creche da Cohab, a Prefeitura Municipal de Serra Talhada assinou, nesta quinta-feira (21.03), a ordem de serviço para construção da creche municipal do bairro Mutirão. A obra está orçada em R$ 2.530.820,79 e terá um espaço físico de 1.514,30m2 de área construída.

O equipamento de educação infantil terá os seguintes espaços: secretaria, creche 1, 2 e 3, fraldário, lactário, cozinha, lavanderia, rouparia, WC, solário, sala de professores, direção, almoxarifado, jardim/horta, recreio coberto, playground, pré-escola e sala multiuso. “Assinamos mais uma ordem de serviço nesta quinta-feira, dessa vez de construção da creche do Mutirão, um sonho antigo que começa a se tornar realidade. Vamos seguir nessa pisada, trabalhando muito e alcançando grandes conquistas”, disse o prefeito Luciano Duque.

No Mutirão, o Governo Municipal já investiu R$4.321.468,84 em obras e equipamentos para atender a população. São R$690.179,53 investidos em obras da saúde, R$2.824.387,68  na educação, R$286.047,87 em praças e R$307.861,36 em mobilidade urbana. De 2013 a 2018, o bairro recebeu a reforma e cobertura da Quadra Esportiva da Escola Vicente Inácio de Oliveira, construção de cozinha, refeitório e depósito da Escola Municipal, pavimentação granítica da rua Professor Idelfonso de Souza e construção da Academia da Saúde. Estão em andamento as obras de construção da UBS tipo II e da creche municipal.

Entrega de veículos

Ainda na oportunidade, o Governo Municipal realizou a entrega de 03 novos ônibus escolares e 01 veículo para reforçar a frota da Secretaria Municipal de Educação.

Secretários de Turismo debatem novas regras para integrar o Mapa do Turismo Brasileiro

No apagar das luzes do ano passado, o Ministério do Turismo publicou a portaria nº 192, estabelecendo novos critérios, compromissos e recomendações para a inserção/manutenção dos municípios no mapa do turismo brasileiro e no programa de regionalização do turismo.

Como diretor da Associação dos Secretários Municipais de Turismo (regional Sertão), o Secretário de Cultura, Turismo e Esportes de Afogados da Ingazeira, Edgar Santos, convidou os secretários da região para debater e discutir as novas recomendações do Ministério. Segundo Edgar, municípios que ficarem foram do mapa nos próximos dois anos não poderão mais participar dos editais lançados pelo Ministério, deixando assim de captar recursos na área do turismo. A reunião aconteceu na Secretaria de Cultura de Afogados, no Ginásio Desportivo Municipal.

Participaram representantes dos municípios de Carnaíba, São José do Egito, Tabira, Itapetim e Iguaracy. “São alterações importantes às quais precisamos nos adequar, sobretudo para podermos atuar em conjunto, pois o Pajeú está inserido como região turística da poesia e da cantoria. Isoladamente somos fracos, mas em conjunto, a região tem muita força e potencial para ser explorado,” destacou Edgar Santos. Ele destacou ainda a importância dos secretários se associarem a ASTUR para fortalecer ainda mais essa atuação conjunta.

AGRICULTORES DE AFOGADOS TERÃO SUA PRODUÇÃO ADQUIRIDA PELA PREFEITURA

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) foi criado em 2003, no governo do então Presidente Lula, visando incentivar a produção da agricultura familiar com a aquisição de alimentos por parte do Governo Federal. Essa política se expandiu, e hoje é uma realidade também para Estados e Municípios.

Foi aprovada ontem, por parte do Governo Federal, a liberação dos recursos para a continuidade do Programa em Afogados da Ingazeira para este ano de 2019. Segundo a Secretária Municipal de Assistência Social, Joana Darc, serão liberados recursos da ordem de 200 mil Reais, para a compra de alimentos junto aos agricultores familiares de Afogados cadastrados no programa. Serão 43 famílias diretamente beneficiadas.

A Prefeitura já agendou reuniões para planejar as atividades referentes ao Programa. Na próxima terça (26) a reunião será com as entidades sócio-assistenciais que irão receber gratuitamente os alimentos adquiridos. A reunião com os agricultores está marcada para a primeira semana de Abril, com a data exata a ser divulgada no início da próxima semana. Milho, feijão, macaxeira, hortaliças, jerimum, frutas e carne são alguns dos itens a serem adquiridos. Os alimentos seguirão para entidades como a Asavap, abrigo institucional/casa de passagem João de Freitas Neto, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Casa de apoio ao pacientes de Afogados no Recife, cozinha comunitária e Escolas públicas da rede municipal de ensino.

No ano passado, o programa adquiriu mais de 29 toneladas de alimentos. Por determinação do Prefeito José Patriota, a fiscalização tem sido bastante rigorosa, para garantir que só participe do programa quem realmente produz os alimentos e não “atravessadores”. O recebimento dos alimentos adquiridos é realizado em um espaço próprio, no prédio da antiga CAGEPE. Os técnicos e a coordenação do PAA mantem um calendário permanente de visitas aos agricultores com o intuito de fiscalizar, mas também de orientar para um melhor andamento do programa.

“Foi com muita alegria que recebemos a informação sobre a liberação dos recursos. O PAA é um programa muito importante. De um lado fortalece a agricultura familiar, assegurando a permanência do homem no campo; e de outro, garante a compra de alimentos de excelente qualidade e por preços mais acessíveis,” destacou a Secretária de Assistência Social, Joana Darc.

Sileno Guedes explica sistemática da 13ª parcela do Bolsa Família para municípios da Zona da Mata Norte e Sul

Com o anúncio do programa Nota Fiscal Solidária e a garantia do pagamento da 13º parcela do Programa Bolsa Família em Pernambuco, o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes, detalhou como funcionará o benefício para profissionais da Assistência Social das cidades das Matas Norte e Sul do Estado durante a Reunião Ordinária Descentralizada da Comissão Intergestora Bipartite (CIB), que aconteceu na quinta-feira (21), no município de Vitória de Santo Antão. O encontro faz parte de uma das instâncias de pactuação do processo de gestão do Sistema Único da Assistência Social (Suas).

Na ocasião, Guedes destacou a relevância do programa para os mais 3 milhões de pernambucanos que são beneficiados e destacou que a proposta vai ajudar no fortalecimento da política da assistência social neste ano. “Os números do Bolsa Família não são nenhuma novidade para os profissionais da assistência social, que sabem exatamente a importância do benefício para as pessoas e famílias que estão nas camadas mais pobres e também para a economia local e os municípios”, pontuou. “Essa nova parcela é um desafio muito grande que o governador Paulo Câmara lançou no período eleitoral e que, ainda no primeiro semestre do novo mandato, tomou a iniciativa de implantar. Vamos dar apoio às cidades e aos equipamentos que são porta de entrada para acessar o programa, como o Cras (Centros de Referência da Assistência Social), para que possamos treinar os profissionais que irão orientar a população. E, nesse processo, vamos precisar que os municípios nos ajude nessa tarefa”, destacou o secretário.

Outras pautas também entraram em discussão durante a reunião, como o status do Plano Municipal de Assistência Social (PMAS) e o cofinanciamento 2019, além de alguns informes, como a inserção dos beneficiários do Benefício da Prestação Continuada (BPC) no Cadastro Único e a Frente Pernambucana em Defesa do Sistema Único da Assistência Social (Suas) e da Seguridade Social. Durante o encontro, o secretário-executivo da Assistência Social, Joelson Rodrigues, ressaltou a importância da participação dos gestores municipais no debate e execução de estratégias que fortaleçam a política, além do apoio de deputados estaduais e federais. “Ainda no ano passado, a Frente teve o apoio de 13 deputados federais, mas precisamos mobilizar mais parlamentares a votar em defesa do Suas”, afirmou.

A reunião ordinária, a primeira no modelo descentralizada, será realizada em outros municípios do Estado: em maio, na cidade de São Caetano, e em julho, em Serra Talhada.

Paulo Câmara anuncia novas políticas públicas em favor das mulheres de Pernambuco

Durante evento em alusão ao Dia Internacional da Mulher, nesta quinta-feira (21)), no Centro de Convenções, em Olinda, o governador Paulo Câmara, ao lado da vice-governadora Luciana Santos, anunciou novas ações concretas em favor da população feminina de Pernambuco. Entre elas, a criação de mais três Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher e o anúncio do decreto Nº 47.218/2019, que trata de medida protetiva de urgência para a suspensão da posse ou restrição do porte de armas de agressores enquadrados na Lei Maria da Penha. Também foi lançada a 12ª Edição do Anuário 8 de Março – 2019, documento que apresenta as ações realizadas pela Secretaria da Mulher em 2018 e o planejamento das metas e prioridades para 2019.

“A partir de hoje, no Estado de Pernambuco, constitui-se dever da autoridade policial adotar medidas efetivas que possibilitem até mesmo a suspensão da posse de arma de fogo registrada em nome do agressor denunciado, como forma de evitar um mal maior às vítimas consideradas em situação de risco”, afirmou Paulo Câmara. Com relação às novas delegacias, o governador explicou tratar-se de uma ação que reconhece o relevante papel das Delegacias Especializadas já em funcionamento, e garante que os investimentos nesse segmento tendam a aumentar, por tratar-se de um dos eixos mais importantes da Política de Segurança Pública do Estado.

O chefe do Executivo estadual também assinou termos de cooperação técnica. Um deles, entre as secretarias da Mulher e de Saúde, que estabelece uma ação para o desenvolvimento da 3ª Edição do Plano Intersetorial de Atenção Integral à Saúde da Mulher em Pernambuco; outro, entre as secretarias da Mulher e de Emprego, Trabalho e Qualificação, que estabelece condições de cooperação mútua visando o desenvolvimento das políticas, programas e projetos coordenados pelas duas pastas voltados para o fortalecimento sociopolítico, produtivo, empreendedor e tecnológico das mulheres pernambucanas; e ainda um entre o Governo Estado e a Assembleia Legislativa – para o Concurso de Fotografia Marylucia.

“Estamos dentro das comemorações do mês da mulher, mas sempre preocupados com políticas públicas que possam fazer realmente a diferença e dar combate a qualquer tipo de discriminação, violência ou qualquer fato que possa colocar em dúvida desigualdades que ocorrem em relação às mulheres. A gente tem o simbolismo de fazer esse evento no mês de março, mas com a consciência de que tem muita coisa a ser feita durante todos os dias todo ano”, reforçou o governador.

Outro decreto assinado por Paulo Câmara durante a solenidade foi o Nº 47.219/2019, que convoca a V Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres. Ele também anunciou novas ações para melhoria das condições de vida das mulheres no Estado. São parcerias nas áreas do Enfrentamento à Violência de Gênero, Chapéu de Palha Mulher e dos prêmios Naíde Teodósio de Estudos de Gênero e Mulher Idosa Anita Paes Barreto.

A vice-governadora Luciana Santos destacou o empenho de Paulo Câmara em aplicar políticas públicas em prol das mulheres, e reiterou que o caminho de luta persistirá. “Estamos diante de um evento que procura afirmar a necessidade de um encontro entre mulheres para prestar contas das políticas públicas, mas também para afirmar novos rumos, uma agenda para o futuro. Procurarei retribuir a confiança que me foi depositada e tenho consciência do papel que preciso cumprir. Vamos persistir nesse caminho e ampliar ainda mais nossas conquistas”, afirmou Luciana.

A secretária da Mulher, Sílvia Cordeiro, destacou os avanços que a população feminina de Pernambuco obteve ao longo dos 13 anos de existência da sua pasta. Entre eles, o decreto abolindo do Boletim de Ocorrência policial o motivo de crime passional, agora classificado como feminicídio “Esse foi um passo muito forte para combater o machismo”, pontuou. Sílvia também frisou que cerca de 390 mil mulheres foram atendidas pelas ações da secretaria.

“Mais de 16 mil mulheres foram protegidas pelos serviços disponíveis aqui no Estado nos casos de abrigamento de mulheres em risco de morte. Nossas ações de prevenção chegaram a 2,5 milhões de mulheres. São cerca de 600 serviços fortalecendo a rede articulada de proteção, que vai dos hospitais a delegacias, centros de assistência social, organismos de políticas públicas para as mulheres e aparato do sistema de justiça”, registrou Sílvia Cordeiro.

Estiveram presentes também ao evento o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Eriberto Medeiros; os secretários Antônio de Pádua (Defesa Social); Érika Lacet (Controladoria Geral do Estado); André Longo (Saúde); Albéres Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação); Rodrigo Novaes (Turismo e Lazer); Aluísio Lessa (Ciência e Tecnologia); e Gilberto Freyre Neto (Cultura), além de vários deputados e lideranças dos movimentos sociais.

HOMENAGEM – O evento desta quinta-feira contou ainda com um momento dedicado a Joana Batista Ramos, que compôs, junto com Matias da Rocha, o Hino Vassourinhas – uma das músicas mais tocadas no Carnaval pernambucano. Invisibilizada por anos, Joana, mulher negra e pobre, recebeu o reconhecimento da sua importância para a cultura pernambucana.

Ex-presidente Michel Temer é preso

G1 Rio

A Força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro prendeu, na manhã desta quinta-feira (21), Michel Temer, ex-presidente da República. Os agentes ainda tentam cumprir um mandado contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia.

Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

Desde quarta-feira (20), a Polícia Federal (PF) tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, sem ter sucesso. Por isso, a operação prevista para as primeiras horas da manhã desta quinta-feira atrasou.

Michel Temer (PMDB) foi o 37º presidente da República do Brasil. Ele assumiu o cargo em 31 de agosto de 2016, após o impeachment de Dilma Rousseff, e ficou até o final do mandato, encerrado em dezembro do ano passado.

Eleito vice-presidente na chapa de Dilma duas vezes consecutivas, Temer chegou a ser o coordenador político da presidente, mas os dois se distanciaram logo no começo do segundo mandato.

Formado em direito, Temer começou a carreira pública nos anos 1960, quando assumiu cargos no governo estadual de São Paulo. Ao final da ditadura, na década de 1980, foi deputado constituinte e, alguns anos depois, foi eleito deputado federal quatro vezes seguidas. Chegou a ser presidente do PMDB por 15 anos.

O ex-presidente Michel Temer responde a dez inquéritos. Cinco deles tramitavam no Supremo Tribunal Federal (STF), pois foram abertos à época em que o emedebista era presidente da República e foram encaminhados à primeira instância depois que ele deixou o cargo. Os outros cinco foram autorizados pelo ministro Luís Roberto Barroso em 2019, quando Temer já não tinha mais foro privilegiado. Por isso, assim que deu a autorização, o ministro enviou os inquéritos para a primeira instância.

Entre outras investigações, Temer é um dos alvos da Lava Jato do Rio. O caso, que está com o juiz Marcelo Bretas, trata das denúncias do delator José Antunes Sobrinho, dono da Engevix. O empresário disse à Polícia Federal que pagou R$ 1 milhão em propina, a pedido do coronel João Baptista Lima Filho (amigo de Temer), do ex-ministro Moreira Franco e com o conhecimento do presidente Michel Temer. A Engevix fechou um contrato em um projeto da usina de Angra 3.

Gestão Cidadã da Amupe mobiliza Surubim em função de transparência e participação social

Surubim será o primeiro município do projeto Gestão Cidadã da Amupe, uma parceria com a União Europeia, a aplicar a metodologia para elaboração de planos municipais com a finalidade de fortalecer a participação e transparência local. A equipe da Amupe fará uma reunião com parceiros locais, nesta sexta-feira (22), no auditório da Secretaria municipal de Educação, das 8h30 às 16h, para realizar o planejamento.

Os outros 15 municípios que fazem parte do projeto (Bezerros, Caruaru, Cumaru, Cupira, Águas Belas, Machados, Quipapá, Calumbi, Carnaíba, Flores, Santa Cruz da Baixa Verde, Solidão, Tabira e Toritama) também terão seus planos elaborados até o próximo mês de abril – semana que vem, o Gestão Cidadã estará no Pajeú.

De acordo Ana Nery dos Santos, coordenadora do projeto, participam do encontro os parceiros locais envolvendo governo e sociedade. “A oficina tem por objetivo formular um plano de trabalho tendo em vista envolver pessoas ligadas à gestão municipal e sociedade civil a contribuírem para qualificação das ferramentas de transparência e iniciativas de participação popular. Com isso, a Amupe pretende instimular o protagonismo local para a gestão cidadã”, pontuou.

O Gestão Cidadã é uma parceria para atender aos interesses públicos de forma transparente e inclusiva. “Este projeto, além de consolidar a parceria entre a Amupe e a União Europeia, visa, sobretudo, subsidiar uma maior participação da sociedade para que essa compreenda a realidade do poder local”, explica o presidente da associação, José Patriota.

PROJETO – Com duração de quatro anos, o projeto dispõe de uma equipe de consultores que, com o apoio dos agentes locais, tem realizado inúmeras atividade; entre elas, o diagnóstico local apurado de cada município parceiro para compor um documento de apoio para o monitoramento e acompanhamento de resultados alcançados ao final do cronograma de ações.

Também já foram realizados mapeamentos locais de estruturas e canais de participação e transparência, por meio de levantamento de informações e análise do grau de participação da sociedade na administração pública local, dos tipos de canais controle sociais já atuantes e grau de transparência das prefeituras.

A equipe do Gestão Cidadã ainda tem promovido diversas capacitações e parcerias com instituições como a Controladoria Geral do Estado de Pernambuco, Fórum Permanente de Combate a Corrupção de Pernambuco (Fcco-PE), Condepe/Fidem, Nusp/UFPE e CGU, entre outras.

Gestante acompanhada pelo Alto Risco do HDM/IMIP dará a luz a quadrigêmeos

Algumas vezes a notícia de uma gravidez pega as pessoas de surpresa. Ou pela gestação não ter sido planejada, ou por não estar esperando, entre muitos outros motivos. Mas, desta vez o que assustou Riqueline de Brito Macêdo, de 33 anos, natural de Dormentes, não foi a confirmação da gestação não. Foi o número de embriões gestados: 4 (quatro). Isso mesmo, daqui há algumas semanas ela será mãe de mais três meninas e um menino.

Mas, vamos começar essa história do começo. Lá em 2007, Riqueline engravidou pela primeira vez de gêmeos. Na época ela se mudou com o esposo para São Paulo e foi acompanhada lá. Infelizmente ela não conseguiu levar a gestação muito adiante e teve os bebês prematuros com 7 meses. Um dos fetos faleceu ainda na barriga e o outro só viveu seis minutos.

Em 2008 outra gestão também sem sucesso. Ela sofreu um aborto espontâneo com apenas 5 semanas. Em 2010 foi que nasceu a primeira filha Maria Clara, hoje com 9 anos (completados em 18 de março), e em 2015 nasceu Maria Luiza. Na tentativa de vir um menino, Riqueline resolveu arriscar o terceiro filho. Então, em fevereiro de 2017 parou de tomar o anticontepcional. Ela conta que não foi tão fácil engravidar. “Tinha horas que a gente queria, depois resolvia esperar mais um pouco, até que veio a notícia”.

E que notícia. Ainda sem cair a ficha ela conta que o médico pediu um exame Beta-hCG quantitativo e percebeu que os valores estavam muito altos. Então, suspeitou de uma gestação já avançada. Mas, ciente da regularidade do seu ciclo menstrual ela resolveu fazer logo uma ultrassom transvaginal.

“Na hora o médico perguntou se eu tinha feito algum tratamento ou inseminação. Aí pensei logo que eram dois, pois já tinha tido uma gravidez de gêmeos e tem muitos casos de gêmeos na família. Mas, para o meu espanto ele disse que o ultrassom estava mostrando quatro sacos gestacionais e três embriões. O quarto só foi confirmado mesmo depois, em um segundo exame”, relata.

“Nem sei descrever minha reação. Acho que eu fiquei em pânico”, revela. Para contar para o marido ela diz que faltou até a fala: “Fiz o número 4 com os dedos porque a voz não saia”. “Quando eu cheguei em casa ele perguntou se o exame tinha confirmado mesmo a gravidez. Eu disse que ele tinha que perguntar era de quantos”, disse sorrindo.

Desde que descobriu a gestação de quadrigêmos, Riqueline vem sendo acompanhada pelo Alto Risco do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina. “Fiz pré-natal de alto risco aqui e no dia 16 de janeiro, durante o exame de doppler fetal Dr. Marcelo descobriu que eu estava com um afunilamento no útero, que corria o risco de abrir por conta do peso dos bebês. Daí já fiquei internada para tomar antibiótico e colocar o pessário”, explica.

“Riqueline não pôde fazer a cerclagem [que consiste em dar pontos no colo do útero] devido à quantidade de semanas que ela já tinha. Então, optamos pelo pessário, aliado ao uso da progesterona [anel de silicone colocado no colo do útero para prevenção do parto prematuro]. Essa opção da utilização do pessário associado à progesterona faz parte de um estudo nosso com a Unicamp, e no caso de Riqueline percebemos que foi um sucesso”, esclarece o especialista em medicina fetal, Marcelo Marques.

Riqueline atribuiu o avançar da gestão à assistência prestada pelo Dom Malan. “Em janeiro tive alta, mas já sai com a indicação de voltar com 32 semanas para ficar internada até o parto. Todo lugar que eu ia para fazer exame ou consulta eu ouvia que meu lugar era no Dom Malan, pois só aqui tinha incubadora e UTI neonatal. Então, sei que estou no lugar certo. Agora é só esperar”, diz otimista.

No momento, Riqueline está quase fechando as 34 semanas. A equipe médica pretende levar a gestação a 36 semanas, mas não sabe se será possível. O caso de Riqueline é discutido e acompanhado diariamente. Dois dos bebês já estão com mais de 2 Kg, os menores com 1 Kg e 800 gramas e 1 Kg e 900 gramas. “Eles já estão com peso bom e, por isso, já estamos pensando em programar o parto”, informa Marcelo.

Riqueline é dona de casa e o esposo está tentando uma aposentadoria por invalidez devido a um problema na coluna. Mesmo assim ela garante que já está quase tudo pronto para a chegada das três Marias e do João Miguel. “A gente tem umas rendas de aluguel e a família também vai ajudar. Onde tem Deus nada falta”, afirma.

Serra: Assinada ordem de serviço da Creche da Cohab

A Prefeitura Municipal de Serra Talhada assinou, nesta quarta-feira (20.03), a Ordem de Serviço para construção da Creche Municipal do bairro da Cohab, que será localizada na Rua Antônio Gomes da Silva.

O investimento na obra será de R$ 2.507.076,96, sendo 1.514,30 metros quadrados de área construída, com os seguintes espaços: secretaria, creche 1, 2 e 3, fraldário, lactário, cozinha, lavanderia, rouparia, WC, solário, sala de professores, direção, almoxarifado, jardim/horta, recreio coberto, playground, pré escola e sala multiuso.

Somente no bairro da Cohab, o Governo Municipal já investiu R$755.650,45 em obras na área de saúde, R$2.558.633,73 em educação, R$4.067.217,34 no esporte e R$4.134.730,74 em mobilidade urbana, totalizando R$11.516.232,26 em obras concluídas e em andamento para beneficiar a vida da população, a exemplo da construção de posto de saúde, Unidade Básica de Saúde – UBS’s tipo 1, Centro de iniciação ao esporte  – CIE e pavimentação de diversas ruas e avenidas.

Agenda

E nesta quinta-feira (21.03), às 16h, o Governo Municipal assinará a Ordem de Serviço para construção da Creche do Mutirão, na Rua Projetada. A obra está orçada em R$ 2.530.820,79, sendo 1.514,30 metros quadrados de área construída. Serão entregues ainda 3 ônibus escolares e 1 veículo para a Educação.

Agora mais cedo, às 09h, o governo inaugurará a Sala Verde, localizada na Praça Antônio de Godoy Peixoto, no bairro AABB.