Ato de lançamento da Pré-candidatura Lula Presidente

A direção do PT de Pernambuco fará o ato estadual  de lançamento da pré-candidatura de Lua a presidência da República, em conjunto com MST e a CUT, nesta Sexta-feira, 20 de julho.  A atividade será na Praça do Derby, a partir das 15h, quando está prevista a chegada da Marcha por Lula livre ao Recife. Desde a segunda-feira (16) que a Marcha Lula Livre, Lula Inocente segue rumo à Recife, capital e Pernambuco, em defesa da liberdade do presidente Lula e pela democracia. A Marcha saiu de Caruaru e chegará a Recife na sexta-feira (20), percorrendo mais de cem quilômetros.

Os atos por Lula acontecem em todo o Brasil, durante o mês de Julho. A vitalidade da  militância está sintonizada com a vontade popular de ter Lula presidente novamente. Em todos os levantamentos de pesquisas eleitorais realizados, Lula desponta como o favorito pela esperança do povo de que possa tirar o país da crise. Lula pode e será inscrito como nosso candidato à presidência da República. No evento serão distribuídos materiais de divulgação de sua pré-candidatura, como um tabloide contendo uma carta de Lula o povo brasileiro, adesivos e haverá coleta de assinaturas para o abaixo assinado que pede ao STF e ao STJ que anulem a prisão de Lula. A atividade faz parte da programação organizada em todo país em preparação para a grande mobilização do dia 15 de agosto, quando do registro da sua candidatura junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Ato de lançamento da Pré-candidatura Lula Presidente

Chegada da Marcha Lula Livre

Sexta-feira, 20 de Julho, às 15h

Praça do Derby

Governador não autoriza reajuste de 17,08% no preço do gás natural

A decisão foi anunciada durante reunião com o presidente da Federação das Indústrias, amparada por estudos técnicas feitos pela Agência Reguladora de Pernambuco

Amparado por estudos técnicos da Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe), o Governo do Estado não irá adotar o aumento de 17,08% no preço do Gás Natural (GN), repassado pela Petrobras, à Companhia Pernambucana de Gás (Copergás). Esse número é o resultado do percentual acumulado do segundo reajuste repassado pela Petrobrás de 11,7% (previsto para o próximo mês de agosto) e do aumento de 4,8% (do último mês maio).

A decisão foi anunciada pelo governador Paulo Câmara, hoje (19.07), durante reunião com o presidente da Federação de Indústrias de Pernambuco (Fiepe), Ricardo Essinger, com o secretário de Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação Profissional, Alexandre Valença, o presidente da Copergás, Roberto Fontelles, e o diretor de regulação da Arpe, Fred Maranhão.

“Não concordamos com essa política de reajuste de preços adotada pela Petrobras, que não leva em consideração o impacto desses aumentos abusivos sobre a economia do País. Estamos, principalmente, pensando nos milhares de empregos criados pelas indústrias instaladas em Pernambuco, que teriam a competitividade reduzida caso esses reajustes fossem repassados aos consumidores”, justificou Paulo.

Mais de 90% do Gás Natural distribuído pela Copergás é destinado ao setor industrial pernambucano. Para o presidente Ricardo Essinger, o anúncio do governador Paulo Câmara de não repassar os reajustes foi um alívio para o setor. “A gente precisa dar condições para que a indústria continue gerando emprego, porque a grande massa de emprego gerado é pela média e pequena indústria, então precisamos apoiá-las dessa forma para que elas voltem a se desenvolver”, pontuou.

Fred Maranhão explicou que o contrato entre a Copergás e a Petrobrás prevê uma política de reajuste no preço do GN de três em três meses e que, no dia 1º de maio, a Arpe recebeu um aviso para aumento de 4,8% do produto e, para o próximo dia 1º de agosto, um reajuste de 11,7%. O diretor de regulação da Arpe disse ainda que os aumentos não foram repassados para o consumidor pernambucano, pois os estudos da agência demonstraram que a rentabilidade da Copergás não ficará abaixo do mínimo contratualmente estabelecido.

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

Conferência enfatiza combate à exploração sexual infantil em Garanhuns

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco, representado pela procuradora Jailda Pinto, participou de conferência sobre exploração sexual infantil, realizada no município de Garanhuns, na última segunda-feira (16).O foco do encontro, com a proximidade do Festival de Inverno na cidade, foi fortalecer as medidas de conscientização e prevenção do problema em um período em que a região entra na rota do turismo e se torna mais vulnerável à prática.

Procuradora do Trabalho Jailda Pinto destacou que a exploração sexual infantil deve ser
combatida com total prioridade

O evento foi realizado conjuntamente pelo MPT, Assembleia Legislativa (Alepe), Conselho Regional de Medicina (Cremepe), Ministério Público do Estado (MPPE) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), que reforçará a fiscalização nas rodovias federais que levam à cidade durante o período do festival.

Na ocasião, Jailda Pinto destacou que crianças e adolescentes, até os dezoito anos, têm direito ao não trabalho, e que a exploração sexual é uma das piores formas de trabalho infantil. “O problema deve ser combatido com total prioridade, porque tira da infância a pureza e a ingenuidade e deixa marcas para toda a vida”.

A reunião é mais uma iniciativa do Grupo de Trabalho Interinstitucional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, capitaneado pelo MPPE, desde o ano passado, e que tem realizado uma série de ações pelo estado. A ação anterior a esta foi em Goiana, em outubro. O Grupo de Trabalho é formado por diversos órgãos e entidades da sociedade civil organizada e tem promovido eventos de conscientização sobre o problema da exploração sexual infantil e capacitação de profissionais que atuam em áreas relacionadas ao tema.

Agenda de Marinaldo Rosendo (Sábado, dia 21 de Julho)

O deputado federal Marinaldo Rosendo (PP) será recepcionado no município de Ribeirão, no Litoral Sul, pelo pré-candidato a deputado estadual Clóvis Paiva, no sábado (21.07), às 19h30. Na ocasião, serão lançadas as pré-candidaturas de Clóvis Paiva (estadual) e Marinaldo Rosendo (federal), no Clube da Maçonaria, em Ribeirão/PE.

Na Câmara Federal, Marianaldo Rosendo é um dos deputados mais atuantes. Ele destinou para a Zona da Mata Norte de Pernambuco mais de 26 milhões em emendas parlamentares.

Corpo de Bombeiros de Pernambuco constrói quartel com custo cinco vezes menor

Utilizados como alternativa sustentável e de baixo custo na construção de residências e hotéis em vários países, os contêineres marítimos customizados são a base da estrutura do quartel do Corpo de Bombeiros Militar que será inaugurado na próxima segunda-feira (23) em Carpina, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. A unidade começou a funcionar em regime experimental nesta-quarta-feira (18).

Foram investidos na instalação do quartel R$ 600 mil. “Se fosse construído de forma convencional, o custo seria de R$ 3 milhões, afirma o comandante do 7º Grupamento de Bombeiros, o tenente-coronel Edson Marconni. “Com o valor de um quartel construído em alvenaria, nós podemos instalar cinco quarteis de contêineres”, ressalta. Além disso, ele destaca que a obra ficou pronta em apenas dois meses. Se fosse construída com concreto e tijolo, o tempo da obra seria de dois anos.

Com capacidade para um efetivo de 25 bombeiros militares, a unidade dispõe oito módulos que funcionarão como escritórios, alojamentos, refeitório, banheiros e área de lazer. A construção da unidade é uma iniciativa do governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Carpina, que doou o terreno e também ficou responsável pelas obras de pavimentação e saneamento, além da instalação de internet e telefone.

Este é o primeiro quartel do Pernambuco a ser construído com contêineres. Outros projetos estão previstos para Arcoverde e Goiana. Com a customização, os contêineres receberam piso, revestimento térmico no teto e paredes, além de serem equipamentos com ar condicionados. “Os módulos habitáveis oferecem o mesmo conforto que os cômodos de alvenaria”, afirma Manoel Ferreira, diretor da Agemar Empreendimentos, empresa responsável pela adaptação dos contêineres.

Com a instalação do quartel, além de contar com uma unidade para assistência em operações de resgate, salvamento e combate a incêndio, a população de Carpina e de mais 18 municípios da região não precisará mais se deslocar até o Recife a fim de ter acesso a atividades técnicas como a emissão de laudos para regularização de projetos a serem implantados nos municípios.

Econômico e ambientalmente correto, os contêineres customizados são alternativas já testadas e aprovadas tanto na construção de habitações, como de escritórios ou espaços comerciais no âmbito da arquitetura sustentável.

Em Pernambuco, esses módulos habitáveis podem se encontrados em lojas, fast foods, em canteiro de obras e em estação de passageiros, como a do aeroporto de Serra Talhada.

No exterior, os contêineres já são utilizados em escala bem maior. O projeto mais famoso é a “Container City”, um centro empresarial construído em Londres em 2001 e depois ampliado com a implantação do Container City II. Esse projeto inspirou outras inciativas pelo mundo em cidades como México a Amsterdam.

Flores: Secretaria de Saúde promove capacitação e professores participam de formação

A Prefeitura Municipal de Flores, através da Secretaria Municipal de Saúde, está promovendo várias ações no âmbito da saúde dos munícipes. Essas ações incluem eventos de capacitação para os profissionais da área e, objetiva a inserção de políticas públicas que viabilizem benefícios para todas as famílias florenses.

Nos próximos dias, quinta e sexta-feira (19 e 20), Agentes Comunitários de Saúde, enfermeiras, médicos e técnicos em enfermagem da cidade, irão receber capacitação para que o serviço de atenção básica da saúde de Flores fique ainda melhor. O ato acontecerá na Escola Municipal Onze de Setembro, às oito horas da manhã.

As qualificações contarão também, com trabalhos dos profissionais para a prevenção de doenças transmitidas por animais, como a Leishmaniose Visceral, popularmente conhecida como ‘Calazar’, onde o foco está mais centrado em cães.

A veterinária do município, Maria do Carmo, explica que será realizado “um Inquérito de Leishmaniose Visceral canina nos sítios: Saco dos Henriques e Simplício e Mundo Novo, no distrito de Fátima”.

Maria ainda completa que, “a Leishmaniose Visceral é uma doença que vem se agravando no Estado de Pernambuco, transmitida pelo flebótomo ( mosquito palha). Terá a participação das vigilancias sanitária e epidemiológica e médico veterinário”.

Outra área que também será contemplada pelas ações de melhoramento da qualidade dos serviços prestados ao povo de Flores, é a da Educação. A Rede Municipal de Ensino, através da Secretaria de Educação da cidade, irá promover uma ação em prol do desenvolvimento da aprendizagem e da construção do conhecimento dos alunos e estudantes da terra.

As turmas que estão cursando o 9º ano vão realizar o Trabalho de Conclusão do Ensino Fundamental (TCF), o planejamento, a pesquisa e a investigação científica, expressando essas atividades como vertentes para o desenvolvimento individual e social, na sexta-feira, dia 20.

Nesse mesmo dia, haverá formação continuada de professores e apresentação e premiação dos resultados do IDEPE 2017, incluindo discussões das competências da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), e Lançamento do TCF, com início às oito horas da manhã, também na Escola Municipal Onze de Setembro.

Serra: Prefeitura implanta melhorias sanitárias em Bernardo Vieira

A Prefeitura de Serra Talhada, por meio da Secretaria de Obras e Infraestrutura, iniciou a implantação de 36 Melhorias Sanitárias Domiciliares no Distrito de Bernardo Vieira, através de convênio com a Fundação Nacional de Saúde – FUNASA.
 
Serão construídos 36 módulos sanitários com lavatório, reservatório elevado, tanque de lavar roupa, pia de cozinha, tanque séptico e sumidouro. “As melhorias sanitárias são fruto de um convênio com a FUNASA que conta com a melhoria da qualidade de vida da população do distrito de Bernardo Vieira. Até o presente momento estamos com dez unidades prontas, representando quase 30% da obra, que está orçada em R$332.790,47”, explicou o secretário Cristiano Menezes.
 
Melhorias Sanitárias Domiciliares são intervenções promovidas nos domicílios, com o objetivo de atender às necessidades básicas de saneamento das famílias, por meio de instalações hidrossanitárias mínimas, relacionadas ao uso da água, à higiene e ao destino adequado dos esgotos domiciliares.

Bolsa Família começou a pagar benefício com reajuste de 5,67%

Resultado de imagem para bolsa familia

Os inscritos no Bolsa Família começaram a receber nesta quarta-feira (18), o benefício com reajuste de 5,67%. O pagamento será escalonado até o dia 31 deste mês. A informação foi divulgada pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Segundo a pasta, para saber o dia em que o dinheiro pode ser retirado, basta que o beneficiário confira o Número de Identificação Social (NIS) impresso no cartão. Aqueles que terminam com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no dia seguinte e assim por diante.

Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses. O benefício é destinado às famílias inscritas no Cadastro Único e com renda mensal per capita de até R$ 89, além daquelas com renda mensal por pessoa de até R$ 178 que tenham entre seus integrantes gestantes, crianças ou adolescentes.

Ao se inscreverem no programa, as famílias assumem compromissos nas áreas de educação e saúde, que são conhecidos como condicionalidades.

O MDS lembra que crianças e adolescentes precisam ter frequência escolar de 85%. Para os jovens de 16 e 17 anos, o percentual exigido é de 75%. Na condicionalidade de saúde, um dos compromissos é manter em dia a vacinação das crianças e o pré-natal das gestantes.

O último reajuste do Bolsa Família aconteceu nesta mesma época, há dois anos. Em 2016, o benefício também havia ficado dois anos sem aumentos. Este reajuste de 5,67% foi aprovado em maio pelo governo. O Bolsa Família é o maior desembolso social da União, consumindo cerca de R$ 29 bilhões anuais, distribuídos a quase 14 milhões de famílias.

Brasil tem 667 casos confirmados de sarampo em 6 Estados

Resultado de imagem para vacina sarampo

O Brasil tem 677 casos confirmados de sarampo. Os dados sobre a doença foram atualizados nesta quarta-feira (18), pelo Ministério da Saúde. Segundo a pasta, o País enfrenta dois surtos de sarampo: um em Roraima e outro no Amazonas – regiões mais atingidas pelo vírus.

O Estado do Amazonas tem 444 casos de sarampo confirmados. Em Roraima, são 216. Há confirmações ainda nos Estados de Rondônia (1), Rio de Janeiro (7), São Paulo (1) e Rio Grande do Sul (8). O País tem outros 2.724 casos em investigação. Segundo o Ministério da Saúde, os surtos no Brasil estão relacionados à importação da doença – o genótipo do vírus é o mesmo que circula na Venezuela.

Em 2017, casos de sarampo em venezuelanos que viajaram a Roraima foram confirmados, causando um surto da doença no Estado. Houve, então, a ampliação de registros da doença para Manaus neste ano, de acordo com a pasta.

O Ministério Saúde informou que mantém equipes técnicas para acompanhar as ações de enfrentamento da doença no Amazonas e em Roraima. “A pasta tem qualificado profissionais de saúde com o objetivo de possibilitar a identificação de sinais e sintomas que definem um caso suspeito de sarampo, além da adoção de outras ações de vigilância epidemiológica.”

Em São Paulo, um caso da doença foi confirmado em abril em Ribeirão Preto. Trata-se de uma profissional de saúde que viajou ao Líbano. O registro foi considerado um caso importado da doença. Foram feitas ações de monitoramento da doença na região, mas não foi identificada transmissão do vírus e a paciente se recuperou.

Como se prevenir contra o sarampo

O sarampo é uma doença altamente contagiosa cuja principal forma de prevenção é a vacinação. Apesar da importância da imunização, o País tem cobertura vacinal abaixo da meta definida pelo Ministério da Saúde e preconizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Segundo a pasta, a cobertura no Brasil foi de 85,21% na primeira dose (tríplice viral) e de 69,95% na segunda dose (tetra viral) em 2017. A meta é de 95%.

A vacina contra o sarampo deve ser tomada em duas doses: uma aos 12 meses (tríplice viral) e outra aos 15 meses (tetra viral). Crianças de 5 a 9 anos de idade que não foram vacinadas anteriormente devem tomar duas doses da vacina tríplice com intervalo de 30 dias entre as doses. Entre 6 e 31 de agosto uma campanha de vacinação será realizada no País. O público-alvo são crianças de 1 ano a menores de 5 anos.

Vacinação no mundo

O mundo registrou no ano passado um recorde de crianças vacinadas – 123 milhões, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, 17, pelo UNICEF e pela OMS – uma alta que ocorre tanto por aumento da população quanto de cobertura vacinal. O Brasil, porém, caminha na contramão desse movimento, com queda na porcentagem de crianças vacinadas nos últimos três anos.

Perguntas e respostas sobre o sarampo

Como se pega o sarampo?

O sarampo uma doença viral e contagiosa. Segundo Filipe Piastrelli, infectologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, o paciente adquire a doença por partículas respiratórias e nem sempre quem transmite está com sintomas. “O vírus pode entrar pela conjuntiva do olho ou pelas mucosas, começa a se multiplicar e chega à circulação sanguínea, quando atinge o maior potencial de transmissão.”

Quais são os sintomas?

O primeiro é a febre, que quase todos os pacientes têm. Depois de um ou dois dias, tem início um quadro com tosse, coriza e conjuntivite. Só depois aparecem as lesões na pele. “A incubação dura de sete a 21 dias, mas a pessoa começa a transmitir cinco dias antes de aparecerem os sintomas e continua transmitindo por cinco dias”, explica o infectologista do Sabará Hospital Infantil Francisco Ivanildo de Oliveira Júnior.

Como é feito o diagnóstico?

Por exames clínicos e laboratoriais.

Se for confirmado que o paciente está com sarampo, ele deve ficar isolado?

Sim. Como é uma doença contagiosa, ele deve evitar o contato com outras pessoas e, caso receba visitas, elas devem usar máscaras.

A vacina é eficaz para evitar a doença? Em quanto tempo ela começa a fazer efeito?

“É uma vacina boa, com mais de 90% de eficácia. A proteção plena vai ocorrer de dez a 14 dias”, diz Oliveira Júnior.

Qualquer pessoa pode tomar a vacina?

Não. Assim como a vacina da febre amarela, ela é feita com vírus vivo atenuado. Ela não é recomendada para gestantes, bebês com menos de 1 ano e pacientes imunodeprimidos. “A primeira escolha é fazer a vacina, se a pessoa tem alguma contraindicação, faz a imunoglobulina, que tem anticorpos formados e reduz formas graves da doença”, explica Piastrelli.

Quantas doses devem ser tomadas?

Tanto o Ministério da Saúde quanto a Organização Mundial da Saúde recomendam duas doses durante a vida. No Brasil, as doses são aplicadas com 12 e 15 meses de vida. Caso a pessoa só tenha tomado uma dose, deve tomar a segunda até os 29 anos. Se nunca tomou até essa idade, só será necessário tomar uma dose entre os 30 e os 49 anos.

A pessoa deve tomar a vacina se perdeu a caderneta e não sabe se foi imunizada?

Sim. As doses recomendadas devem ser tomadas pelo paciente.

Pessoas que tiveram contato com pacientes infectados também são beneficiadas pela vacina?

Se tomada até 72 horas após o contato, a vacina é capaz de reduzir formas mais graves da doença. Mas as ações de bloqueio sempre devem ser realizadas.

Agricultores familiares do Agreste Central são beneficiados com 167 títulos de acesso à terra

Mulheres e homens do campo dos assentamentos estaduais localizados na zona rural de Pesqueira foram beneficiados com o total de 167 títulos de Concessão de Direito Real de Uso da Terra, nesta terça-feira (17/07). As entregas foram realizadas nas sedes dos três assentamentos contemplados: Campo Alegre, Nossa Senhora do Rosário e Nova Esperança.

A partir dos títulos em mãos, documento que representa o resultado das ações do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), as famílias rurais têm a concessão para viverem e produzirem em mais de 2,5 mil hectares de terra. Do total de títulos entregues, 51 beneficiaram famílias rurais que vivem no assentamento Campo Alegre; 81 títulos os agricultores do assentamento Nova Esperança e 35 títulos voltados aos produtores de Nossa Senhora do Rosário.

“O resultado das ações de acesso à terra do Governo do Estado, executadas pelo Iterpe, representam a oportunidade de melhoria de vida dos trabalhadores rurais e maior chance de desenvolverem a produção de alimentos em Pernambuco. Trabalhar para levar mais dignidade àqueles que são responsáveis por termos o alimento em nossa mesa todos os dias é uma honra para toda a equipe do Iterpe”, afirmou o presidente do Instituto, André Negromonte.

Além da concessão da terra, as famílias rurais dos assentamentos poderão acessar diversas políticas públicas de desenvolvimento rural e benefícios sociais. As solenidades contaram com a presença do diretor presidente do Iterpe, André Negromonte, e a equipe do órgão; do secretário de Agricultura e Reforma Agrária do Estado, Wellington Batista; da prefeita de Pesqueira, Maria José Castro Tenório, junto com sua equipe de gestores, Laís Maciel, Hamilton Didier, Evaldo Rosa; os vereadores municipais Arinete, Vavá,  Cicinho, Severino Índio e Leni de Mimoso; o presidente da Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco (Fetape)/Pesqueira, Maciel, e o gestor do Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável de PE/Pesqueira, Cosme.