Líder do PSB na Câmara condena ataque “torpe” de Bolsonaro ao Nordeste

As agressões disparadas pelo presidente Jair Bolsonaro contra governadores do Nordeste, em especial ao do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), durante conversa com repórteres de veículos internacionais, na sexta-feira (19) têm merecido reações veementes de lideranças políticas da região. Neste final de semana, o líder do PSB na Câmara, deputado Tadeu Alencar, classificou de “torpes” e “descabidas” as declarações do presidente e pediu respeito para com os nordestinos.

Na conversa com os jornalistas, Bolsonaro criticou os governadores “de Paraíba”. E atacou Flávio Dino como “o pior de todos”. “A esse não temos que dar nada”, disse o presidente ao ministro da Casa Civil, Ônix Lorenzonni, aparentemente sem perceber que o microfone estava ligado e o som vazando para todo mundo ouvir.

“É inadmissível quando um presidente da República ameaça de retaliação governadores a quem deveria tratar com equanimidade e respeito mínimo” afirmou o líder socialista, ressaltando estar “solidário com todos os governadores do Nordeste e todos os nordestinos agredidos pelo presidente da República”. Nesse sábado, os governadores divulgaram uma nota oficial conjunta repudiando os ataques e pedindo tratamento respeitoso à região.

Ao governador do Maranhão, Flávio Dino, com quem esteve na semana passada, no lançamento da Frente Parlamentar Mista de Defesa das Comunidades Quilombolas, Tadeu Alencar fez questão de expressar seu apoio contra o destempero do chefe da Nação. “Ele tem minha solidariedade e meu apoio irrestrito contra ataque tão torpe, descabido e  inaceitável”.

O deputado também ressaltou a manifestação firme da bancada nordestina com a qual se solidarizou, na pessoa do deputado federal Bira de Pindaré (PSB/MA), que preside a comissão de defesa dos Quilombolas. “Eu me incorporo às reações a mais esse ato deletério do presidente. O Nordeste merece respeito”, assinalou Tadeu Alencar.

Paulo Câmara prestigia FIG e visita serviços oferecidos pelo Governo do Estado

Ações governamentais estarão espalhadas por Garanhuns e região e visam prestar serviços de atendimento a moradores e turistas

GARANHUNS – Consolidado como o maior evento cultural e de arte do Brasil, o Festival de Inverno de Garanhuns movimenta a economia e a cultura de Pernambuco, acelerando o turismo em direção ao Interior do Estado. Como forma de prestigiar o evento, de porte nacional, o governador Paulo Câmara prestigiou, na noite desta sexta-feira (19.07), o segundo dia do FIG. Acompanhado da primeira dama Ana Luiza Câmara, do prefeito Izaías Régis e de secretários do governo, o chefe do Executivo estadual assistiu aos shows que aconteceram no polo Esplanada Cultural Dominguinhos, na Praça Cultural Mestre Dominguinhos. O FIG acontece até o próximo dia 27 de julho e conta com mais de 20 polos de animação distribuídos pela cidade.

Antes de prestigiar apresentações como a da cantora Elba Ramalho, entretanto, Paulo Câmara verificou pessoalmente alguns serviços do Governo do Estado que estão sendo oferecidos ao público durante o festival, para garantir que moradores e turistas curtam o evento de forma tranquila e segura. Entre eles, esteve na Ouvidoria. A Secretaria de Defesa Social (SDS) atuará de forma integrada à Rede de Ouvidoria do Estado, empregando uma unidade móvel (ônibus) no festival, tanto de forma fixa como itinerante, onde servidores de várias ouvidorias estarão atendendo a população.

Uma outra ação visitada por Paulo Câmara no FIG, nesta sexta-feira, foi o espaço Bora Pernambucar, realizado pela secretaria de Turismo e Lazer do Estado, localizado no Parque Euclides Dourado. A ação conta com cenário para fotos, instrumentos musicais, quiz sobre pontos turísticos pernambucanos, pufes e totens de carregamento de celulares. Durante o evento, serão distribuídas capinhas de chuva com a logo da campanha “Bora Pernambucar”.

Fotos: Heudes Regis/SEI

EXCELENTE PÚBLICO NA ABERTURA DO CAMPEONATO RURAL DE AFOGADOS DA INGAZEIRA

om suas arquibancadas lotadas, o Vianão sediou na noite de ontem (18) a abertura de mais uma edição do campeonato rural de Afogados da Ingazeira. Com o melhor gramado do interior e um dos melhores sistemas de iluminação em led, o Estádio Valdemar Viana de Araújo foi o palco de duas excelentes partidas de futebol.

Na abertura, o Prefeito José Patriota recepcionou as delegações das 20 equipes que disputarão o torneio este ano, a som da banda da escola de música Bernardo Delvanir Ferreira. O hino nacional foi executado de forma magistral pelos músicos Júnior Galdino e Vágner Nascimento. “Tenho muito orgulho do trabalho que fizemos aqui no Vianão. Duplicamos as arquibancadas, implantamos uma moderna iluminação em led, e temos hoje o melhor gramado do Estado. E o que é melhor, com o sistema de reuso, diminuiu a conta de água de 15 mil Reais para 150 Reais,” destacou o Prefeito Patriota.

“Muito bom poder ver nossos irmãos da zona rural podendo praticar o bom futebol nesse verdadeiro tapete que é o gramado do nosso vianão. Até o final de setembro, nossos talentos do futebol amador poderão se apresentar aqui e, quem sabe, conseguir uma vaga no futebol profissional, no Afogados futebol clube,” destacou o Vice-Prefeito Alessandro Palmeira, que comandava a Secretaria de Cultura e Esportes, no início do processo de transformações pelo qual passou o Estádio Vianão.

Participaram da solenidade de abertura os Vereadores Reinaldo Lima, Rivélton Santos, Raimundo Lima e Luiz Besourão. O Secretário adjunto de Cultura e Esportes, César Tenório, representou o titular da pasta, Edgar Santos. Nas duas partidas que iniciaram o campeonato, o Corinthians do Riacho da Onça bateu o Cruzeiro da Várzea Comprida por 4×3, em um jogo emocionante. Na segunda partida, o Vasco da Varzinha venceu o Serrano do São Domingos pelo placar de 3×1. As finais estão previstas para ocorrerem no dia 28 de Setembro. Pela primeira vez, todos os jogos do campeonato rural acontecerão no Estádio Vianão.

Em carta, governadores do Nordeste cobram Bolsonaro após fala sobre região

Os nove governadores do Nordeste assinaram, na noite desta sexta-feira (19), uma carta em que repudiam uma declaração do presidente Jair Bolsonaro que dá a entender que irá retaliar o estado do Maranhão, governado por Flávio Dino (PCdoB).

O áudio vazado não é claro, mas, em café da manhã com jornalistas da imprensa internacional, Bolsonaro parece dizer ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que Flávio Dino é “o pior”. Sem perceber que seu microfone já estava ligado, o presidente dá um ultimato a Lorenzoni: “Tem que ter nada com esse cara”.

Flávio Dino postou o vídeo e criticou o presidente da República, que teria usado a expressão ‘governadores de Paraíba’ antes de citar o governador do Maranhão.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), divulgou a íntegra do documento em seu perfil no Twitter. “Nós governadores do #Nordeste recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais. Aguardamos esclarecimentos e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia”, diz o tuíte.

Na carta, os governadores dizem que buscam “manter produtiva relação institucional com o governo federal” e ressaltam que “o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população”.

Além de Flávio Dino e Rui Costa, assinam o documento os governadores Renan Filho (MDB-AL), Camilo Santana (PT-CE), João Azevêdo (PSB-PB), Paulo Câmara (PSB-PE), Wellington Dias (PT-PI), Fátima Bezerra (PT-RN) e Belivaldo Chagas (PSD-SE).

Leia abaixo a íntegra da carta:

9 de Julho de 2019

Nós governadores do Nordeste, em respeito à Constituição e à democracia, sempre buscamos manter produtiva relação institucional com o Governo Federal. Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população.

Recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional. Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia.

RENAN FILHO – Governador do Estado de Alagoas

RUI COSTA – Governador do Estado da Bahia

CAMILO SANTANA – Governador do Estado do Ceará

FLÁVIO DINO – Governador do Estado do Maranhão

JOÃO AZEVÊDO – Governador do Estado da Paraíba

PAULO CÂMARA – Governador do Estado de Pernambuco

WELLINGTON DIAS – Governador do Estado do Piauí

FÁTIMA BEZERRA – Governadora do Rio Grande do Norte.

Quem é o suplente que pode herdar vaga de Eduardo Bolsonaro na Câmara

Vinicius Rodrigues, suplente Eduardo Bolsonaro

A foto de capa do Facebook do médico Vinicius Rodrigues é uma bandeira do Brasil ao lado de um cartaz com a seguinte frase: ‘PT Não”. Em seu perfil, também há uma foto dele ao lado de Jair Bolsonaro e uma postagem em que defende a nomeação do filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, para a embaixada Washington, nos Estados Unidos. “Eduardo é a cara do Novo Brasil: preparado, família, conservador, jovem e pronto para crescer”, escreveu ele.

Rodrigues é o primeiro suplente do PSL de São Paulo para Câmara dos Deputados. Ou seja: se Eduardo renunciar ao cargo para assumir o posto no EUA, é Rodrigues quem assumirá o mandato de deputado federal, apesar de ter obtido 71,5 vezes menos votos que o atual titular da cadeira.

Eduardo foi eleito com a maior votação da história para um deputado federal (1.853.735 votos). Rodrigues, estreante da política, recebeu 25.908 votos – ou 1,4% do titular. Ele não se abala com a diferença. “Se for chamado, vou trabalhar para contribuir com essa mudança que o Brasil está vivendo”, afirmou ao Estado.

Morador de Sorocaba, casado e católico, o médico defende a nomeação de Eduardo e atribuiu às criticas que indicação recebeu à uma campanha da esquerda contra o governo Bolsonaro. “O Eduardo é advogado, não é formado pelo Instituto Rio Branco, mas ele vai ser embaixador e não diplomata. Tentam inferiorizar a experiência dele, por ter dito que fritou hambúrguer. Isso é um demérito? Alguém, por fritar hambúrguer, se torna pior do que um embaixador?”, disse.

Radiologista, Rodrigues trabalha em três hospitais de Sorocaba, entre eles o Regional, hospital público mantido pelo Estado. São 16 horas por dia, segundo ele. “Começo às 6 da manhã e quase sempre vou até 10 da noite.” Ele afirma que sempre foi muito politizado, mas só depois de formado passou a acompanhar a política. “Na faculdade, fui só representante de classe. Nunca me envolvi com o movimento estudantil porque era, e ainda é, essencialmente um movimento de esquerda.” Em 2013, passou a se reunir com grupos de direita que depois integrariam o Partido Novo. “Ficamos por um breve período, mas logo nos desfiliamos para entrar no PSL.”

Nascido em Sorocaba, em 3 de setembro de 1988, ele deixou a cidade aos 18 anos para cursar a Faculdade de Medicina de Marília (Famema), universidade pública estadual. Retornou à sua terra em 2016, com a residência concluída. No ano passado, casou-se com Luciana Sattin, com quem mora no condomínio Vila dos Ingleses, residencial de alto padrão, na zona oeste da cidade. O casal não tem filhos. “Moramos juntos desde 2016”, confidenciou.

Ele reconhece que se tornou suplente de deputado beneficiado pela onda do bolsonarismo. Sem participar da vida pública da cidade, obteve cerca de 16 mil votos em Sorocaba – mais que muitos políticos locais de renome – e 4 mil em Votorantim, cidade vizinha. Rodrigues afirma que bancou do próprio bolso a maior parte dos quase R$ 130 mil gastos na campanha.

Amigos descrevem o médico, que prefere ser chamado de Dr. Vinícius Rodrigues (“é meu nome na Justiça Eleitoral”) como um jovem idealista e viciado em trabalho. “Sou suspeito para falar porque é meu amigo e comungamos dos mesmos ideais, mas ele é um jovem de ótima formação, um profissional excelente e dedicado. Acredito que, no parlamento, vai fazer muito por Sorocaba”, disse o vereador Luiz Santos (Pros), pastor evangélico. Um colega que pediu para não ser identificado o descreveu com individualista e vaidoso “mas boa pessoa”.

Se chegar à Câmara, afirma que pretende engrossar a Frente Parlamentar da Medicina para reduzir os impostos sobre remédios, defender o Sistema Único de Saúde (SUS) e as causas da região em que nasceu. “A melhor cidade do mundo é Sorocaba”, disse.

Enfático na defesa da gestão Bolsonaro, ele afirma que o governo está no caminho certo. Existe, segundo ele, um processo natural de resistência ao plano de governo de quem venceu as eleições.

“Estamos fazendo uma ruptura cultural no país. Há uma resistência velada que não é só a do petista infiltrado, mas de setores que se acham prejudicados. A direita ganhou as eleições e vem ocupando os espaços. Ninguém gosta de perder. A esquerda quebrou o país, colocando a ideologia acima da qualidade técnica e do desenvolvimento nacional. Agora reagem porque estamos acabando com a desorganização. Perderam e vão perder de novo, por muitos e muitos anos.”

No Twitter, chamam a atenção os ataques aos “esquerdistas” e a defesa do governo. De 15 de junho até quarta-feira (17), foram 29 postagens, sendo 11 com elogios ao governo e fotos de Bolsonaro, 8 com ataques ao PT e à esquerda, 4 com elogios a Moro e 3 reproduzindo posts de Eduardo e Carlos. Apenas duas postagens não eram políticas.

Paulo Câmara reforça abastecimento de água no Agreste Meridional

Foi inaugurado, nesta sexta-feira, o sistema adutor que levará água para o município de Jupi, beneficiando cerca de 10,5 mil pessoas

JUPI – Dando prosseguimento aos compromissos no Agreste Meridional do Estado, o governador Paulo Câmara inaugurou, nesta sexta-feira (19.07), o sistema adutor e a estação elevatória que ligam a cidade de Jupi ao sistema da Barragem de Pau Ferro, no município de Quipapá, que já atendia as cidades de Lajedo e Calçado. A obra, que recebeu um investimento de R$ 700 mil, beneficiará 10.500 pessoas da região e será uma segunda opção para que o município de Jupi não dependa exclusivamente do manancial Santa Rita, eliminando o risco de um novo colapso.

“Estou no Agreste Meridional desde ontem e tive a oportunidade de ver que, diante de tantos desafios, Pernambuco está avançando. Fico muito feliz de poder vir aqui em Jupi, ver os avanços na questão do abastecimento de água e assinar novas ordens de serviço para trazer água para diversos distritos do município. A gente trabalha muito para que a água chegue na torneira das pessoas e não vamos descansar enquanto não estiver em todas as casas de Pernambuco. Em breve, vamos voltar com mais convênios e recursos, e com a ajuda de vocês vamos continuar a melhorar Pernambuco”, afirmou o governador.

Com a nova adutora, a população passou a receber água todos os dias, em horários alternados, e o sistema adutor para abastecimento emergencial trouxe uma melhoria na segurança hídrica do município, garantindo o cumprimento do regime de abastecimento diário. Além dessa ação, Paulo Câmara também assinou um convênio junto à prefeitura para a expansão da rede de abastecimento em três novos bairros de Jupi, uma obra que contemplará outras 1.200 pessoas.

De acordo com o presidente da Compesa, Roberto Tavares, o principal legado que o governador Paulo Câmara deixará é a melhoria do abastecimento de água em todo o Estado. “Esse é um momento importante na história de Jupi e do Agreste Meridional. O que o governador tem feito ao longo desse tempo é deixar uma infraestrutura de abastecimento de água que está mudando o presente das pessoas e vai mudar o futuro”, frisou. O prefeito de Jupi, Marcos Patriota, agradeceu a ação, justificando que trará dignidade para as pessoas que trabalham no município. “Precisamos trabalhar de forma social. E é isso que o governador faz por nós”, reforçou.

Paulo Câmara também inaugurou a pavimentação das ruas Rafael Carlos e Augusto Rodrigues, ambas em Jupi. As obras contaram com um aporte de R$ 1 milhão, por meio do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM).

TURISMO – De volta a Garanhuns, no final da tarde o governador visitou o Centro de Atendimento ao Turista, o CAT Móvel. O equipamento realiza serviços de atendimento ao turista por todo o Estado com uma unidade volante. O veículo – que distribui folheteria informativa, como mapas, rotas e programações turísticas da região – foi reformado recentemente e envelopado com a campanha promocional da Empetur. No FIG, o CAT Móvel ficará estacionado no Parque Euclides Dourado até o dia ‪27 de julho, funcionando das 16h ‪às 22h, com atendentes bilíngues.

Fotos: Heudes Regis/SEI

Paulo Câmara leva ao Agreste Meridional ações nas áreas de educação, infraestrutura e assistência socia

Governador inaugurou escola e pavimentação de diversas ruas e comandou a Caravana do 13º do Bolsa Família

BREJÃO e GARANHUNS – No segundo dia de visita à região do Agreste Meridional de Pernambuco, o governador Paulo Câmara inaugurou obras nas áreas de educação e de infraestrutura, e comandou a primeira Caravana do 13° do Bolsa Família estadual. Em Brejão, o chefe do Executivo deu por inaugurada a Escola Municipal Professora Mirna Maria Calado Tenório, equipamento que beneficiará 650 estudantes, construído em parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura do município. O investimento total foi de R$ 840 mil, sendo R$ 800 mil de recursos estaduais.

“Essa escola é fruto de tantos professores e professoras como Mirna, que priorizava melhorar a educação de Pernambuco. Queremos dar condições para que os professores ensinem e os alunos aprendam com uma estrutura que motive os alunos a alcançarem seus sonhos. É um trabalho de muita dedicação e responsabilidade. Fico feliz de vir ao Agreste Meridional e ver que essa escola será um diferencial muito grande para os estudantes de Brejão”, afirmou o governador, mencionando a professora que dá nome à instituição.

A escola possui laboratório de informática, 12 salas de aula, banheiro feminino e masculino, secretaria, diretoria, sala dos professores, almoxarifado, depósito, cozinha e pátio coberto. No mesmo evento, Paulo Câmara também inaugurou a pavimentação de diversas ruas em Brejão, obras que contaram com um aporte de mais de R$ 171 mil, através do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM).

A parceria realizada entre Governo do Estado e prefeitura foi ressaltada pelo secretário de Educação e Esportes, Fred Amâncio, como um indutor do desenvolvimento da cidade. “Esse investimento foi feito para as crianças. A escola representa um passo importante de um trabalho que vem sendo desenvolvido para fortalecer ainda mais a educação daqui de Brejão”, pontuou.

A prefeita Beta Cadengue destacou que a qualidade do ensino de Brejão dependia da conclusão da obra, e que a parceria com o Governo de Pernambuco permitiu essa realização. “Desde março a escola está funcionando, mas hoje estamos celebrando essa conquista com o governador Paulo Câmara, que sempre nos ajudou, não só com relação às obras da escola, mas às necessidades de Brejão e da região”, disse.

BOLSA FAMÍLIA – Em seguida, ainda em Brejão, o governador comandou o primeiro giro da Caravana do 13° do Bolsa Família estadual. A ação reuniu os beneficiários do programa na cidade para apresentar detalhes da iniciativa do Governo do Estado, que vai conceder até R$ 150 anuais em parcela extra aos pernambucanos cadastrados no Bolsa Família federal. Em Brejão, 1.794 famílias são beneficiárias, o que representa aproximadamente 66% da população da cidade. Até o dia 31 deste mês, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), que coordena o programa, passará por mais 19 cidades da região.

“Sabemos que o momento não é fácil, mas estamos nos esforçando para melhorar a vida do nosso povo. Queremos que as famílias pobres de Pernambuco possam gerar uma renda extra que garanta uma condição melhor para elas”, afirmou Paulo Câmara. Gestor da pasta responsável, Sileno Guedes destacou que o benefício significará uma injeção de R$ 500 mil na economia de Brejão. “O governador está fazendo aquilo que o Estado precisa fazer: estendendo a mão e oferecendo ajuda a quem precisa”, observou.

Durante as caravanas, serão repassados todos os detalhes do programa estadual aos beneficiários e técnicos que lidam diretamente com o público do Bolsa Família, com o objetivo de esclarecer a população detalhes da iniciativa. O 13º do Bolsa Família é uma ação do Governo do Estado que vai conceder anualmente uma parcela extra do benefício de até R$ 150 às famílias.

Para quem recebe abaixo de R$ 150 mensais, o programa estadual prevê a ampliação do valor através da inserção do CPF na Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica – NFC-e.  Essa norma já está em vigor desde o dia 29 de março e é válida para os 14 mil estabelecimentos credenciados com nota fiscal eletrônica no Estado. O período de apuração vai até 31 de janeiro de 2020. Para participar do programa, não é necessário fazer inscrição ou adesão, basta ser beneficiário do Bolsa Família e estar regularizado com as exigências do programa federal.

SAÚDE – Ainda pela manhã, em Garanhuns, o governador Paulo Câmara visitou a Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE), uma das oito unidades que participam do mutirão para a realização de cirurgias de catarata, promovido pelo Governo de Pernambuco, que está garantindo a oferta de 2.750 mil procedimentos em todo o Estado a partir deste mês de julho. Em Garanhuns, a estimativa é que 700 pessoas sejam beneficiadas e, até o momento, mais de 300 cirurgias já foram realizadas.

Acompanharam o governador na comitiva o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Eriberto Medeiros; os deputados estaduais Aglaison Victor e Sivaldo Albino; os secretários estaduais Alexandre Rebêlo (Planejamento e Gestão), Sílvia Cordeiro (Mulher), André Longo (Saúde), Carlos José (Casa Militar), Rodrigo Novaes (Turismo e Lazer), Sileno Guedes (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude); e o reitor da Universidade de Pernambuco, Pedro Falcão.

Fotos: Heudes Regis/SEI

Prefeito de Sertânia Ângelo Ferreira anuncia mais três atrações para a Expocose 2019

Faltando cinco dias para a Expocose 2019, o prefeito de Sertânia Ângelo Ferreira anunciou nesta sexta-feira (19) novidades para a 47ª Exposição Especializada em Caprinos e Ovinos. A grade de artistas ganhou mais três cantores com o apoio da FUNDARPE e agora onze atrações vão abrilhantar um dos maiores eventos do interior de Pernambuco.

A programação musical, que já contava com Marília Mendonça, Calcinha Preta, Batista Lima e Edson Lima, entre outros, agora também oferecerá ao público: Santana O Cantador, Chico Arruda e Fulô de Mandacaru. Serão três bandas por noite. A edição 2019 da EXPOCOSE acontece entre os dias 25 e 28 de julho, no Parque de Exposições Professor Renato Moraes.

Em sua 47ª edição, a Expocose de Sertânia está firmada como vitrine para o agronegócio de Pernambuco e atrai, todos os anos, centenas de visitantes.  Além de oferecer, de forma gratuita, apresentações de artistas locais e nacionais.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

QUINTA-FEIRA (25) 21h

Ranniery Gomes

Marília Mendonça

Lino e Júnior

SEXTA-FEIRA (26) 21h

Nico Batista

Santana “O cantador”

Calcinha Preta

SÁBADO (27) 21h

Chico Arruda

Batista e Edson Lima

Devinho Novaes

DOMINGO (28) 17h

Trio e Banda Asas da América

Fulô de Mandacarú

PIS/Pasep começa a ser pago no dia 25; veja se você tem direito

A liberação do dinheiro para os cadastrados no PIS vai considerar a data de nascimento e os do Pasep, o dígito final do número de inscrição / Foto: ABr

O pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), exercício 2019/2020, começa na quinta-feira (25) da próxima semana. A liberação do dinheiro para os cadastrados no PIS vai considerar a data de nascimento e os do Pasep, o dígito final do número de inscrição.

Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro receberão o abono do PIS ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2020. Recebem também este ano os servidores públicos cadastrados no Pasep com dígito final do número de inscrição entre 0 e 4. Os com final entre 5 e 9 receberão no próximo ano.

A data para o fechamento do calendário de pagamento do exercício 2019/2020 está prevista para o dia 30 de julho de 2020. A estimativa é de que sejam destinados R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de trabalhadores. O pagamento do abono salarial referente ao PIS será feito pela Caixa em suas agências em todo o país; e o abono do Pasep será pago no Banco do Brasil.

Quem tem direito

Para ter direito ao abono salarial do PIS/Pasep é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2018, com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador tem de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Para os trabalhadores que tiverem os dados declarados na Rais 2018 fora do prazo e entregues até 25 de setembro de 2019, o pagamento estará disponível a partir de 4 de novembro de 2019, conforme calendário de pagamento aprovado, e, após este prazo, somente no calendário seguinte.

Paulo Câmara prestigia abertura da 29ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns

O maior evento cultural do Brasil acontece de 18 a ‪27 de julho, com mais de 20 polos de animação distribuídos pela cidade

GARANHUNS – O governador Paulo Câmara prestigiou, na noite desta quinta-feira (18.07), a abertura da 29ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), considerado o maior festival cultural do Brasil. O início das festividades contou com a apresentação do espetáculo “O Som e a Sílaba”, no Teatro Luiz Souto Dourado, e um tributo ao músico caruaruense Luiz Vieira.  Nesta edição, o grande homenageado é o compositor Jackson do Pandeiro, cujo centenário de nascimento é celebrado este ano. A sobrinha do músico, Geralda Miranda, participou da cerimônia. O FIG acontece de 18 a ‪27 de julho, com mais de 20 polos de animação distribuídos pela cidade.

“Estamos dando início à 29ª edição de um festival que é feito com a ajuda de muita gente, de muitos artistas, mas é feito principalmente por vocês, o povo de Pernambuco, e os turistas que vêm de todo o País acompanhar essa belíssima festa multicultural. Esse é um festival consolidado, que começou lá atrás e que planejamentos junto com a prefeitura. Por isso, vamos ter um belíssimo evento, com muita alegria, música, teatro, arte e literatura. Todas as expressões culturais estarão reunidas em favor de uma energia positiva e da nossa cultura, dos nossos artistas e de um povo cada vez mais forte. Com cultura podemos avançar, melhorar o País e fazer as coisas acontecerem”, disse Paulo Câmara.

Com investimentos do Governo do Estado que chegam a R$ 8,5 milhões, a programação do FIG inclui shows musicais, concertos, espetáculos, exposições, cursos e seminários. Este ano, o festival traz artistas como Alcione, Elba Ramalho, Lenine, João Bosco, Roberta Miranda, Fafá de Belém, Eddie, Tony Garrido e Zélia Duncan. A apresentação dos músicos acontecerá em seis polos: Palco Mestre Dominguinhos, Palco Pop, Palco Forró, Palco Instrumental, Palco da Cultura Popular, além do Som na Rural e dos projetos Virtuosi na Serra e do Conservatório Pernambucano de Música, na Catedral de São Pedro.

Para o secretário estadual de Cultura, Gilberto Freyre Neto, um evento como o FIG, de porte nacional, é uma injeção muito forte na economia e na cultura do Estado. “O festival perdura muito mais do que dez dias. Os efeitos dele são de longo prazo. Então, espero que todos curtam com muita alegria”, pontuou. O presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto, corroborou a ideia do secretário de Cultura. “O FIG tem várias vertentes: econômica, turística e, principalmente, cultural. Essa é uma agenda que acontece porque o Governo do Estado sabe da importância da cultura para o povo pernambucano”, explicou. O prefeito de Garanhuns, Isaías Régis, também participou da cerimônia e agradeceu ao Governo do Estado pelo incentivo ao festival.

Sem medir esforços para a plena realização do FIG, o Governo de Pernambuco conta, além da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, com mais de uma dezena de secretarias e órgãos estaduais durante os dez dias de evento. As instituições governamentais levarão serviços diversos à população, garantindo ações efetivas em diferentes áreas, como segurança, saúde e infraestrutura.

Fotos: Heudes Regis/SEI