Nota à imprensa

Imagem relacionada
O Governo de Pernambuco vem a público informar que não aceita a proposta de reajuste no valor das passagens de ônibus apresentada, nesta segunda-feira (13), pelos empresários do setor de transportes  de passageiros da Região Metropolitana do Recife (RMR).
A proposição, que apresenta aumento médio de 14%, elevaria o Anel A – o mais utilizado pelos usuários do sistema – de R$ 3,45 para R$ 3,90, o que é inaceitável. Atualmente, a RMR tem uma das tarifas mais baratas entre as capitais do país, e o Executivo estadual não abre mão da continuidade desse quadro em 2020.
 
Além de não admitir a proposta apresentada pelo setor empresarial, o Governo de Pernambuco assegura o seguimento de conquistas históricas através do esforço da administração estadual, como o Passe Livre para estudantes, o Transporte Complementar Gratuito e a isenção do ICMS sobre o diesel.
 
Para isso, estão em fase de conclusão os estudos necessários que garantam melhorias para o usuário e uma equação que possa viabilizar o sistema, com equilíbrio e sustentabilidade. É importante lembrar que, no ano passado, entrou em vigor a Lei do Ar-Condicionado (Lei n. 16787/2019), que está sendo considerada nessa análise, propondo uma meta de ampliação da frota climatizada na Região, como já ocorreu em 2019.
 
Mesmo com todo o quadro de dificuldades econômicas e fiscais, o Governo tem feito um grande esforço para manter subsídios como o do diesel, para evitar que a passagem alcance valores mais altos, como acontece em outros Estados. Além disso, intensificará as ações de melhoria da estrutura que serve ao transporte, com intervenções nos terminais e estações, e de segurança para a população.
 
Por fim, salienta que os empresários também precisam fazer a parte deles no funcionamento do sistema, na renovação da frota, com ampliação da climatização, e na pontualidade. O Governo de Pernambuco enfatiza, mais uma vez, que seu principal papel é lutar pelo usuário, pelo menor valor e pelo máximo de benefícios.

Amupe promove aproximação entre prefeitos e Celpe 

A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) promoveu hoje, 13 de janeiro, na sede da Associação, no Recife, uma reunião de prefeitos e técnicos municipais com representantes da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) com o objetivo de tirar dúvidas e mostrar aos presentes ações que a Companhia vem tomando no Estado, como o novo quadro de gestores, o  processo de geração distribuída, eficiência energética e procedimentos gerenciais.

Essa é a primeira de uma série de reuniões que deve percorrer o Estado ainda neste primeiro bimestre. Para a analista de relacionamento com cliente corporativos da Celpe, Priscilla Primo, “foi um prazer para a Companhia fazer parte deste momento. Em um diálogo instituído junto à Amupe, pudemos discutir assunto que vão levar ainda mais o bem-estar da população e levar o desenvolvimento econômico para os municípios”.

O prefeito de Moreno, Vavá Rufino, que compôs a mesa que conduziu os trabalhos, destacou a importância de um evento como esse, para ele “se teve a oportunidade de debater e conhecer programas que a empresa vêm oferecendo aos municípios. Também se ouviu as dúvidas e de que forma, através do diálogo e do entendimento, se pode identificar problemas e buscar soluções”, concluiu.

Estavam presentes mais de 50 representantes de 26 municípios, sendo 6 os prefeitos de Cortês, Reginaldo Morais; Lagoa do Carro, Judite Botafogo; Palmares, Altair Bezerra; São Benedito do Sul, Juninho Amorim; Timbaúba, Ulisses Felinto Filho; e Vavá Rufino, de Moreno. Amanhã, 14/01, a reunião para o Agreste Central, Meridional e Setentrional  vai ser realizada em Caruaru, no auditório da Caixa Econômica Federal.

Reunião de Prefeitos com a Celpe para Agreste Central, Meridional e Setentrional

Local: Auditório da Caixa Econômica de Caruaru, Rua Professor Lourival Vilanova, 1001 – Bairro Universitário (ao lado da Justiça Federal);

Data: 14/01/2020;

Horário: 08h às 12h30.

Municípios pernambucanos receberão mais de R$ 40 milhões para saúde e infraestrutura

Por: Danielle Santana
O Ministério da Saúde e o Ministério da Infraestrutura, distribuirão mais de R$ 40 milhões para municípios pernambucanos. As emendas foram viabilizadas pelo deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos).
Mais de R$ 35 milhões destinados à saúde serão distribuídos para trinta e cinco municípios pernambucanos. O dinheiro será utilizado para o custeio da saúde, aquisição de equipamentos e materiais hospitalares chegará através do Piso de Atenção Básica (PAB) e de Média e Alta Complexidade (MAC).
Outros R$ 5 milhões serão gastos com obras de infraestrutura e apoio ao desenvolvimento do campo, através de serviços como pavimentação, perfuração de poços, entre outros. “Não tenho dúvida de que os recursos vão auxiliar e melhorar os serviços prestados à população. Estamos dialogando e trabalhando muito, ao lado de prefeitos e vice-prefeitos, para ajudar os municípios de Pernambuco. Sou um municipalista convicto e vou continuar defendendo o fortalecimento das cidades do Estado”, afirmou o deputado federal, Silvio Costa Filho.
Entre as cidades beneficiadas estão os municípios de: Agrestina, Belém de Maria, Betânia, Belo Jardim, Brejo da Madre de Deus, Caetés, Camaragibe, Cachoeirinha, Capoeiras, Garanhuns, Maraial, Sairé, São João, Santa Cruz da Baixa Verde, Terezinha, entre outros.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Abertas inscrições para o Brincando nas Férias em Triunfo

Com o tema “É Coisa de outro Mundo”, o Sesc programou diversas atividades recreativas para as crianças

Para tornar o recesso escolar ainda mais divertido, o Sesc Triunfo está com inscrições abertas para o “Brincando nas Férias”, que este ano terá como tema “É Coisa de outro Mundo”. O projeto será realizado de 20 a 24 de janeiro, das 13h30 às 17h30, no Hotel do Sesc, e vai oferecer atividades recreativas em uma programação que une diversão e criatividade.

Durante os cinco dias, crianças de 4 a 10 anos serão levadas a uma viagem pela cultura de outros povos, vivenciando a pré-história, uma imersão nos contos dos Irmãos Grimm e a uma transformação em cavaleiros medievais. Tudo isso por meio de gincanas, cultura maker, brinquedos gigantes, pinturas e jogos teatrais, de memórias e na piscina.

As inscrições podem ser realizadas no Hotel do Sesc em Triunfo, localizado na Rua Antônio Henrique da Silva, s/n – São Cristóvão, até 10h do dia 20 de janeiro.  O valor da inscrição custa R$ 100. Dependente de trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo tem desconto e paga R$ 50.

Inscrições – Criado em 1946, o Serviço Social do Comércio (Sesc) oferece atividades para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente. Atualmente, as unidades de Pernambuco estão com matrículas abertas para cursos regulares em esportes, cultura, educação e grupos de jovens e idosos. São opções para todas as faixas etárias. Além do acesso ao conteúdo, que pode ser para iniciantes ou avançados, os alunos têm acesso aos equipamentos do Sesc, como teatro, academia, quadras poliesportivas, campos de futebol, quadra Society, entre outros. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br

Serviço: Brincando nas Férias

Local: Hotel Sesc Triunfo, Rua Antônio Henrique da Silva, s/n – São Cristóvão

Período: de 20 a 24 de janeiro

Faixa etária: 4 a 10 anos

Valor: R$ 100 (público em geral) / R$ 50 (dependente de trabalhador do comércio)

Informações: (87) 3846-2800

Governo Municipal de Sertânia intensifica trabalho de ampliação e limpeza de barragens; prefeitura também dá início à aração de terra

O ano de 2020 começou com muitas ações para o homem do campo, o Governo Municipal de Sertânia, por meio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, está dando continuidade aos serviços que buscam melhorar a qualidade de vida de quem mora na zona rural do município. São diversas atividades que estão beneficiando inúmeras famílias.

Com as chuvas que caíram, a prefeitura deu início aos trabalhos de aração de terra. O maquinário começou a ser usado no Rio Grande/Cacimbinha, Maxixe e região e vai se estender a outras comunidades conforme o período chuvoso. Cerca de 50 famílias já foram contempladas. O objetivo é melhor atender os agricultores sertanienses.

Para esse serviço a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente utiliza quatro tratores com grade aradora. A intenção é contribuir com a agricultura familiar e a subsistência do homem do campo.

Além de aração de terra, está acontecendo um grande mutirão de limpeza e ampliação de barreiros e barragens. Estão sendo atendidas as comunidades do Caroá, Riacho do Caroá, Bom Nome, Riacho do Feliciano, Cacimbinha/Rio Grande, Tigre, Maniçoba, Coxi dos Cadetes, Coxi dos Vianas, região da Moderna, região de Cruzeiro do Nordeste e Riacho dos Porcos.

Em média 200 barragens e barreiros foram limpos e ampliados com uso de retroescavadeira, pá carregadeira, trator de esteira e caçamba. Para agilizar os serviços e atender a mais localidades, a Prefeitura de Sertânia alugou outras máquinas. O objetivo é preparar as reservas hídricas para a chuva e garantir mais água e mais qualidade da mesma.

“Vamos continuar trabalhando para garantir que todas as famílias sejam atendidas. Estamos possibilitando uma maior capacidade de reserva, ajudando a melhorar a vida do produtor rural. É um trabalho contínuo, que reforçamos nesse período que antecede as chuvas”, disse o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Toinho Almeida.

Concurso no Recife com salários de até R$ 13 mil encerra inscrições nesta segunda

Por: Diario de Pernambuco/Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Esta segunda-feira (13) é o último dia para inscrição no concurso público da Prefeitura do Recife que oferta 695 vagas de níveis médio, técnico e superior para cargos efetivos da Secretaria de Saúde (Sesau) do município. Mais de 73 mil pessoas já se inscreveram – 61 mil ainda faltam pagar a taxa de inscrição de R$ 50 a R$ 100, cujo vencimento é na próxima terça-feira (14).
As inscrições podem ser feitas no site do Instituto AOCP (https://www.institutoaocp.org.br/concurso.jsp?id=254), responsável pela realização do certame. O edital completo pode ser conferido no site da organizadora e no portal da Prefeitura do Recife (www.recife.pe.gov.br).
Os cargos disponíveis são para médicos de diversas especialidades, enfermeiro e técnico de enfermagem, cirurgião dentista, fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, assistente social, terapeuta ocupacional, profissional de educação física, auxiliar e técnico de saúde bucal, farmacêutico, fonoaudiólogo, biólogo, químico, sanitarista, Agente de Saúde Ambiental e Controle de Endemias (Asace), entre outros. Os salários podem chegar a R$ 13.585,50, para médico com carga horária de 40 horas semanais.
Para a maioria das vagas, o processo seletivo da Sesau Recife será realizado em duas etapas (provas objetivas e de títulos). Já para alguns cargos de níveis médio e técnico, a seleção será feita em etapa única. No caso do Asace, será exigida a realização de um curso introdutório. O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.
As provas objetivas acontecerão no dia 1º de março. O gabarito preliminar e o caderno de questões da prova objetiva serão divulgados um dia após a aplicação da prova, no site do Instituto AOCP. Os candidatos aprovados nesta fase realizam prova de títulos no dia 25 do mesmo mês.
Dez por cento das vagas destinadas a cada cargo serão reservadas para pessoas com deficiência. A convocação dos aprovados será feita de acordo com as necessidades da Secretaria de Saúde do Recife. Os candidatos que não forem aprovados dentro do número de vagas ficarão no cadastro de reserva e poderão ser convocados de acordo com a necessidade da administração municipal, de acordo com a ordem de classificação.
Desde 2013, mais de dois mil profissionais de saúde foram chamados para reforçar o atendimento na rede municipal, sendo mais de 1.300 nomeados e 460 contratados temporariamente. Desse total, foram cerca de 400 médicos, mais de 150 enfermeiros, mais de 70 dentistas e mais de 300 Agentes Comunitários de Saúde, atuando junto à população na prevenção e no cuidado com a Saúde.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Recife terá evento de coleta de assinaturas para criação do Aliança Pelo Brasil

Por: Diario de Pernambuco/Foto: José Cruz/ Agencia Brasil

Em corrida para a criação do Aliança pelo Brasil até março, prazo estabelecido para disputar as eleições municipais em outubro, bolsonaristas irão realizar eventos para coletar assinaturas físicas em todo o Brasil. No Recife, a ação será realizada no dia 1º de fevereiro, em local que será definido nesta segunda-feira (13). O presidente Jair Bolsonaro pretende gravar vídeos e fazer transmissões ao vivo para estimular os militantes durante os dias de coleta. O Aliança já conta com cerca de 200 mil assinaturas registradas em cartório, mas precisa de 492 mil, no mínimo, para ganhar o registro na Justiça Eleitoral.
O presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Gilson Machado Neto, que será presidente do Aliança do Pelo Brasil em Pernambuco, está articulando para conseguir trazer Bolsonaro ao Recife no dia da ação. A informação é do Coronel Luiz Meira, que atua como um dos coordenadores do partido no estado. “Bolsonaro decidiu participar pessoalmente dos eventos, principalmente no Nordeste, pois ele sabe da importância desse momento”, diz Luiz Meira. A agenda de chefe de Estado, no entanto, não facilita a presença do presidente em todos os eventos.

“Esperamos receber cerca de duas mil pessoas, que não podem estar filiadas a outros partidos. Todos devem trazer as fichas autenticadas em cartórios, mas haverá um cartório funcionando no local para quem não autenticou. Os inscritos também vão ganhar uma camisa do partido Aliança pelo Brasil Pernambuco”, explica.

Os eventos começam no dia 18, com Brasília (DF) e João Pessoa (PB). No Nordeste, a programação segue em Natal (20), Salvador (25), Teresina (26) e São Luiz (31). Recife abre a agenda de fevereiro na região, seguido por Aracajú (2 de fevereiro). Além da instalação de pontos físicos para coleta, existe a estratégia de mobilizar voluntários para disseminar informações nas redes sociais.
As fichas de apoio estão sendo coletadas pelo método tradicional (de impressão de formulários de papel). A legenda aguarda uma decisão do TSE para saber se também poderá recolher apoios por meio de dados biométricos. Em uma live realizada na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro afirmou estar otimista em relação à fundação: “Se eu estiver bem em 2022, dá para a gente fazer uma bancada com uns 100 deputados”.
Meira ressalta que Pernambuco foi o primeiro estado a fazer um evento do Aliança pelo Brasil no Nordeste, em 9 de dezembro de 2019, na ocasião da reunião da Executiva Estadual da nova legenda no auditório do Hotel Jangadeiro, em Boa Viagem. “Também temos a primeira Associação da Aliança pelo Brasil do Nordeste. Só falta a assinatura do presidente Gilson Machado Neto, que será feita nesta segunda-feira (13)”.
“Pernambuco é uma região estratégica para o Aliança, tanto que queremos disputar a Prefeitura do Recife”, antecipa o coordenador. “Nas condições que estamos analisando, conseguimos vislumbrar um segundo turno. Estamos preocupados mesmo em juntar a direita. Queremos um candidato forte para juntar esse espectro político. Depois disso, decidimos quem vai ser o candidato”. Ele ainda confirma que uma coligação já está sendo montada, com partidos como Patriota, PSC, PR, DEM e mais outros três que ainda serão confirmados.
Passo a passo para a criação de um partido, conforme a  Lei dos Partidos Políticos  (9.096/1995):
1º passo
Registrar o novo partido político no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas. O requerimento de registro deve ser assinado por ao menos 101 fundadores, os quais devem ter domicílio eleitoral em, no mínimo, nove estados diferentes. O partido recebe um registro civil e tem 100 dias para apresentar a certidão ao TSE.
 
2º passo
Começa o prazo de dois anos para que o partido apresente a assinatura de, no mínimo, 491.967 eleitores em apoio à criação da nova legenda. Os apoiadores não podem ser filiados a nenhum outro partido e devem ser de todas as unidades da Federação. O número total de assinaturas é equivalente a 0,5% dos votos válidos na mais recente eleição para deputado federal. Eleitores analfabetos também podem apoiar com impressão digital.
3º passo 
Após a obtenção das assinaturas, o partido deve constituir órgãos de direção estaduais em no mínimo nove estados, sendo que cada um deve obter o seu respectivo CNPJ junto ao Cartório de Registro Civil local, bem como a aprovação dos respectivos tribunais regionais eleitorais.
4º passo
O partido pode, então, pedir o registro oficial de seu estatuto e de seu diretório nacional definitivo junto ao TSE. A instituição abre então um processo e, após consultar o Ministério Público Eleitoral (MPE), julga se concede o registro da nova agremiação.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Sertânia é escolhida para sediar reunião de instalação da Câmara Setorial da Ovinocaprinocultura de Pernambuco

Sertânia tem uma longa tradição na ovinocaprinocultura, são pequenas propriedades com pequenos rebanhos que utilizam basicamente mão de obra familiar na criação de ovinos e caprinos há anos. Com o objetivo de potencializar este setor, a Princesa do Moxotó receberá no próximo dia 16 de janeiro a reunião de instalação da Câmara Setorial da Ovinocaprinocultura de Pernambuco.

O evento que começa às 10h vai acontecer no auditório da Escola Técnica Estadual Arlindo Ferreira dos Santos. A iniciativa será gerenciada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado e pela Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

Uma Câmara Setorial consiste em fóruns de debates permanentes com a participação de entidades públicas, privadas e sociedade civil. Formada por até 25 membros, o objetivo é propor soluções e medidas que venham fortalecer todos os elos da cadeia e melhorar a competitividade fortalecendo-a economicamente.

Em resumo, trata-se de um colegiado que visa identificar os problemas e propor  soluções para melhoria de toda a cadeia, com vistas ao crescimento econômico da região, possibilitando uma maior a geração de renda para as famílias que vivem deste segmento estratégico.

Sertânia é referência nacional na ovinocaprinocultura, com destaque não só no quantitativo, mas também na genética dos animais, além do que a cidade possui um Centro de Excelência em Derivados de Carne e Leite (CEDOCA), que absorve, beneficia e comercializa toda produção de leite do município, beneficiando mais de 100 produtores que entregam sua produção para o CEDOCA.

Com foco no Nordeste, partido de Bolsonaro dá início a atos para sair do papel

Por: FolhaPress/Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai priorizar o Nordeste a partir da próxima semana na estratégia para obter assinaturas necessárias à criação da Aliança pelo Brasil.
O novo partido precisa do apoio de 492 mil assinaturas até abril, a tempo de disputar as eleições municipais.
A região foi a única do país em que Bolsonaro foi derrotado em todos os estados no segundo turno da eleição presidencial de 2018.
O Nordeste tem o segundo maior eleitorado do país -26,8%, atrás apenas do Sudeste, com 43,4%, de acordo com dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
Pesquisa Datafolha de dezembro mostrou também uma forte rejeição ao governo Bolsonaro no Nordeste. Na região, 50% veem a gestão como ruim ou péssima, e para 20% ela é ótima ou boa.
Por concentrar cidades com menos acesso à internet, a organização da sigla aposta na realização dos eventos para impulsionar apoio no Nordeste, assim como no Norte.
Até 16 de fevereiro, há previsão de eventos em 25 capitais, 8 delas ainda em janeiro. A maioria fica no Nordeste: João Pessoa, Natal, Salvador, Teresina e São Luís.
Organizadores da legenda dizem não ter um orçamento definido para os atos, bancados, segundo eles, por voluntariado local.
Para que um partido seja criado, ele precisa ter caráter nacional. Ou seja: segundo a legislação vigente, tem apoio de 0,5% dos votos dados na última eleição geral para a Câmara dos Deputados distribuídos por um terço das unidades da Federação (9) com um mínimo de 0,1% do eleitorado que tenha votado em cada um deles.
Até sexta-feira (10), integrantes da Aliança diziam ter atingido 25% da meta.
A coleta de assinaturas começou em 20 de dezembro. Um dia depois, Bolsonaro disse que dificilmente seu partido teria condições de disputar as eleições municipais de 2020. “A chance é 1%”, disse o presidente.
“Já temos mais de 126 mil fichas completas contabilizadas no sistema. O objetivo é captar no mínimo 1.500 fichas em cada evento oficial”, disse o publicitário Sérgio Lima. Ele é o responsável pelas ações de marketing do partido.
Por causa da agenda oficial do chefe do Executivo, mobilizadores que tentam criar o partido dizem que Bolsonaro deve participar presencialmente apenas de alguns destes eventos. Eles, porém, não adiantam quais serão visitadas para não criar expectativas que podem acabar frustradas, caso o presidente não compareça.
A viagem de Bolsonaro para as celebrações do Dia da República da Índia, em 26 de janeiro, por exemplo, inviabilizam a presença do presidente em Salvador (25) e Teresina (26).
Aonde não puder comparecer fisicamente, o presidente participará virtualmente, por meio de transmissões ao vivo pela internet ou vídeos gravados.
Um piloto dos atos foi realizado no Ceará, em 4 de janeiro, quando os apoiadores dizem ter conseguido 1.600 assinaturas.
Um guia de comunicação está sendo desenvolvido para que haja um padrão nos eventos pelo país. Nele, são listados itens básicos como painéis, telões, além de um roteiro com ordem de oração, execução do Hino Nacional e manifestações dos líderes da agremiação.
Um site também está reunindo apoio. “Sob a liderança do presidente Jair Bolsonaro estamos iniciando a fundação de um grande e verdadeiro partido conservador. A Aliança pelo Brasil é fundamentado em três pilares: Deus, pátria e família”, diz o texto em que a Aliança pelo Brasil se define na internet.
Haverá atividade mais intensa nas redes sociais nos próximos dias.
O próprio Bolsonaro já usou sua última live em que trata de assuntos do governo para falar da Aliança, na quinta-feira (9). Ele reclamou do custo com burocracia que quem quiser apoiá-lo terá de arcar.
“Custa aí quase R$ 10 cada ficha. Pesa muito para quem está na ponta da linha, mas agradecemos a colaboração”, disse Bolsonaro na transmissão.
Bolsonaro lançou a Aliança pelo Brasil em novembro do ano passado, quando deixou o PSL, partido pelo qual foi eleito presidente da República.
A saída da legenda se deu em meio a um racha no partido, em um embate direto com o presidente da sigla, o deputado por Pernambuco Luciano Bivar.
As divergências tiveram início logo no começo do mandato, após o jornal Folha de S.Paulo revelar o escândalo das candidaturas de laranjas.
Caso saia do papel, esta será a nona sigla de Bolsonaro em sua carreira política. Ele ocupará a presidência do partido.
Seu primogênito, o senador Flávio Bolsonaro (RJ), é o primeiro-vice-presidente.
Assessor especial da Presidência, Tercio Arnaud Tomaz faz parte da direção da sigla. Ligado ao vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), ele integra o chamado “gabinete da raiva” do Palácio do Planalto.
À frente da empreitada político-partidária do presidente, o ex-ministro do TSE Admar Gonzaga e a advogada Karina Kufa, respectivamente, serão secretário-geral e tesoureira da legenda.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.