UPAE Garanhuns participa de campanha da Organização Mundial da Saúde pela Segurança do Paciente

Nesta terça-feira, 17 de setembro, está sendo celebrado o Dia Internacional da Segurança do Paciente. Neste dia, a Organização Mundial da Saúde (OMS), através de seus estados-membros, coordena uma campanha mundial para promover a conscientização sobre a importância da ações que possibilitem maior segurança aos paciente nas instituições de saúde espalhadas pelo mundo.

A UPAE Garanhuns está integrada à campanha, promovendo atividades na Unidade de Saúde neste dia. Durante o horário da manhã, enfermeiros estão proferindo palestras para os pacientes e acompanhantes nas recepções ambulatoriais. A organização é da enfermeira Michelle Torres, do Núcleo de Segurança do Pacientes da unidade.
Segundo Tayana Guerra, coordenadora de enfermagem da UPAE Garanhuns, o tema da campanha este ano é “Segurança do Paciente: uma prioridade global de saúde”, com o slogan “Falemos todos pela Segurança do Paciente” (Speak up for Patient Safety). “Preparamos uma apresentação para que nossos usuários possam entender cada vez mais esta importância” – registra a gestora.
Michelle Torres afirma que a unidade estará priorizando a informação sobre a identificação do paciente, sendo este um dos seis protocolos do Ministério da Saúde e Anvisa sobre o tema. “A UPAE Garanhuns trabalha cotidianamente cumprindo os protocolos sobre segurança do paciente, é uma das prioridades da Gestão IMIP, da qual faz parte nossa unidade em Garanhuns” – finaliza.

Aberto pré-cadastro dos locais de votação para Eleição do Conselho Tutelar de Serra Talhada

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Serra Talhada – COMDICAST informa à população que está aberto o pré-cadastramento dos locais de votação para a Eleição Unificada do Conselho Tutelar, que acontecerá no próximo dia 06 de outubro em todo o País.

Em Serra Talhada a eleição será realizada nos seguintes locais de votação: Creche do Vila Bela, Creche do IPSEP, Escola do Mutirão, Estação Juventude do Bom Jesus e AESET. A população deve fazer o pré-cadastro e escolher o seu local de votação até o próximo dia 02 de outubro, no link: http://www.desenvolvimentosocialst.kinghost.net/votaCT/

Para realizar o pré-cadastro é preciso ser eleitor da Comarca Eleitoral de Serra Talhada, informar nome completo, título de eleitor e o local de votação escolhido. No link também é possível conferir o currículo dos sete candidatos (as). Quem não tiver acesso à internet pode procurar a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania para maiores informações.

Locais de votação:

Bom Jesus – Estação Juventude

Centro – Faculdade AESET

IPSEP – Creche Municipal São João Batista

Mutirão – Escola Municipal Vicente Inácio de Oliveira

Vila Bela – Creche Municipal Professora Roseli Xavier Silva Lopes.

Conferência Municipal discute os direitos das mulheres em Serra Talhada

Acontece nesta sexta-feira (20), a IV Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres de Serra Talhada, promovida pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, com apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Executiva da Mulher. Com o tema “Mulher e Democracia: Uma Agenda de Luta por Direitos Iguais”, o evento será realizado das 08h às 16h, no Salão Paroquial da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha.

A programação contará com apresentação de poesia, mesa de abertura, leitura e aprovação do regimento interno, atividades dos grupos de trabalho e discussão dos temas, apresentação de propostas e eleição das propostas prioritárias e Plenária Final: Eleição das Delegadas para a Conferência Estadual, além da palestra “Mulher e Democracia: Uma Agenda de Luta por Direitos Iguais” com Katherine Lages Contasti, ex-secretária da Mulher e Direitos Humanos de Caruaru e doutora em Ressonâncias Decoloniais: A Auto-Organização de Mulheres Periféricas e o  Modelo Democrático Brasileiro.

A secretária Executiva da Mulher, Mônica Cabral convida todas as mulheres serra-talhadenses para o evento. “É importante que todas as mulheres do campo e da cidade participem desta conferência, um momento de discussão de nossos direitos e construção de políticas públicas, onde todas terão voz e vez, poderão se colocar e apresentar suas impressões”, ressalta ela.

SERVIÇOS

IV Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres de Serra Talhada

Data: 20 de Setembro de 2019

Local: Salão Paroquial da Igreja Matriz

Horário: 08h às 16h

Não medir as palavras atrapalha Bolsonaro, diz pesquisa

Por: Estado de Minas/Marcelo Camargo/Agência Brasil

Mais uma pesquisa buscando avaliar o desempenho do presidente Jair Bolsonaro foi divulgada na manhã desta terça-feira (17). Dessa vez, a Paraná Pesquisa procurou saber qual a percepção que o público tem da comunicação do presidente.

Para tanto,  foram feitas duas perguntas. A primeira,  quis saber se o fato de o presidente não medir as suas palavras mais ajuda ou atrapalha o seu governo. A maioria respondeu (69,5%) que mais atrapalha, enquanto 23,8% disseram que mais ajuda. Outros 6,7% não souberam ou não opinaram sobre o assunto.
A segunda pergunta do levantamento é se as declarações do presidente são feitas de forma proposital. De novo, para a grande maioria  (58,4%), sim; 35,3% disseram que não, enquanto 6,3% não opinaram ou não souberam responder.
A pesquisa ouviu 2.080 pessoas, em 170 municípios, em 26 estados e no DF, entre os dias 11 e 14 de setembro.

O grau de confiança é de 95%, com margem de rro de 2% para os resultados gerais.

‘Jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe’, diz ex-presidente Michel Temer

.

Por: Estado de Minas
O ex-presidente Michel Temer afirmou, em entrevista ao programa Roda Viva, nesta segunda-feira (16), que jamais apoiou o afastamento de Dilma Rousseff da presidência da República. A petista foi afastada do cargo em 2016.
“Eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe. Aliás, muito recentemente, o jornal Folha detectou um telefonema onde o ex-presidente Lula me deu, onde ele pleiteava e depois esteve comigo para trazer o PMDB para impedir o impedimento. E eu tentei, mas a esta altura, eu confesso, que a movimentação popular era tão grande e tão intensa que os partidos já estavam mais ou menos vocacionados para a ideia do impedimento”, disse Temer.

Assista a entrevista:

A força-tarefa da Operação Lava-Jato apresentou, neste mês, recurso contra decisão do juiz da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, João Batista Gonçalves, que remeteu a Brasília a ação penal contra o ex-presidente Michel Temer (MDB), sua filha Maristela, seu amigo João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, e a esposa dele, Maria Rita Fratezi, por suposta lavagem de R$ 1,6 milhão. A acusação dá conta de que o montante, de origem supostamente ilícita, teria sido gasto em reformas na casa da filha do emedebista.
Em decisão, a Justiça Federal em São Paulo alega conexão entre a ação que tramita em São Paulo e a do “quadrilhão do MDB”, na qual Temer é réu por organização criminosa. Neste caso, o ex-presidente e outros emedebistas são acusados de uma “miríade de delitos” que resultaram em supostas propinas de até R$ 587 milhões.
O magistrado aponta que a suposta lavagem teria sido fruto de crimes relacionados ao “quadrilhão”, e, por isso, o processo deve ser enviado a Brasília. A decisão acolhe pedido da defesa do ex-presidente.
Os procuradores da Lava Jato afirmam que “as condutas de lavagem de dinheiro imputadas aos denunciados nem se confundem e nem se conectam estritamente com os diversos crimes apontados como antecedentes, praticados em mais de um Estado da federação, particularmente em Brasília e no Rio de Janeiro, e não devem, portanto, ser processados conjuntamente com qualquer um deles”.
“É sabido que a política criminal de combate à lavagem de dinheiro visa a evitar que o distanciamento do produto de crimes diversos, em relação a seus agentes, torne impossível a sua persecução e a recuperação de ativos ilícitos. Esta tutela penal, em outras palavras, é construída para garantir os instrumentos necessários à apuração e ao julgamento de crimes com proveito econômico, bem como à sua recuperação”, sustentam.
De acordo com a Lava Jato, “não há como se imaginar que a instrução voltada a esclarecer o funcionamento de uma complexa organização criminosa, composta por Michel Temer, Eduardo Cunha, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Rodrigo Rocha Loures, Eliseu Padilha, Moreira Franco, Joesley Batista e Ricardo Saud, ao longo de mais de 10 anos, e com reflexos em todo o território nacional, possa, concretamente, ajudar a esclarecer condutas específicas – e temporalmente delimitadas entre 2013 e 2014 – de reciclagem de ativos, praticadas em São Paulo, notadamente relacionadas à reforma de um imóvel de uma das filhas de um dos muitos réus que respondem naquele feito em trâmite no Distrito Federal”.
“Pelo contrário, há de se reconhecer que as provas pertinentes à apuração de materialidade e de autoria da lavagem de dinheiro em questão, por intermédio de reforma de imóvel em São Paulo, da filha de um dos réus que respondem pelos apontados crimes antecedentes, são específicas, não vinculadas diretamente às provas que tenderão a ser produzidas nos autos que apuram a citada pertinência à organização criminosa (ou mesmo nos autos que apuram peculato e corrupção (no Rio de Janeiro)”, diz a Lava Jato.
A denúncia
Segundo a Procuradoria da República, a reforma custou R$ 1,6 milhão. A Lava Jato afirma que as obras ocorreram entre 2013 e 2014 e foram bancadas com dinheiro de corrupção e desvios que teriam ocorrido entre 2012 e 2016.
A denúncia aponta que o “quadrilhão do MDB” – alvo de denúncia da Procuradoria-Geral da República e depois do Ministério Público Federal de Brasília – arrecadou propina da Engevix para que a empreiteira assumisse as obras de engenharia de usina nuclear de Angra 3 por meio da AF Consult Brasil, empresa criada com consultoria do coronel Lima.
A Procuradoria em São Paulo aponta que a empresa teria desviado quase R$ 11 milhões em recursos públicos destinados às obras da usina – R$ 10 milhões da Argeplan e R$ 1,1 milhão da PDA (outra empresa do coronel) – e mais R$ 1 milhão pagos pela J&F em espécie.

Clodoaldo Magalhães participa de naufrágio de embarcações na costa de Tamandaré

Junto ao prefeito Sérgio Hacker, o deputado estadual Clodoaldo magalhães participou do naufrágio dos navios Riobaldo e Natureza, na costa do município de Tamandaré. A operação faz parte de um programa do Instituto Brasileiro de Turismo (EMBRATUR), que pretende investir em mergulhos de contemplação por todo o litoral brasileiro. A ideia é, além de fortalecer cada vez mais o turismo, gerar renda e emprego para a população local.

‘No momento o Brasil não precisa de uma aliança da esquerda’, diz Ciro Gomes

Por: Estado de Minas
Ex-ministro do governo Lula e terceiro colocado na eleição de 2018, Ciro Gomes (PDT) mantém duras críticas às lideranças do PT durante suas agendas pelo Brasil e aposta na conquista de eleitores que não concordam com medidas adotadas pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).
Na noite desta segunda-feira (16), o pedetista participou da aula “Como Resistir em Tempos de Ódio”, na Câmara Municipal de Belo Horizonte, ao lado da professora Duda Salabert – recém filiada ao PDT – e analisou que uma união entre os partidos da esquerda não será suficiente para vencer futuras eleições no Brasil.
“O Brasil não precisa neste momento de uma aliança da esquerda. Porque essa aliança é muito pequena à luz do que está acontecendo hoje no país. Temos que ter humildade de olhar para nós mesmos e ver onde erramos”, avaliou Ciro.
O ex-governador do Ceará faz um cálculo matemático para descartar uma aliança com outros partidos progressistas em busca de espaço político e afirma que é preciso conquistar os eleitores de outros campos políticos para ter chances de vencer eleições.
“Pode ser que o PT ache que 70% do eleitorado em Minas Gerais é fascista. Foi essa a proporção que Bolsonaro teve aqui na eleição. Eu não acho isso. Nosso problema não é ser esquerda ou direita, mas é o PT em uma grave crise. Ao invés de ter um pouco de humildade, de ouvir o povo, de ouvir os velhos companheiros de longuíssima data, eles sobem no sapato da arrogância e querem se impor ao povo”, analisa Ciro.
“Deterioração precoce”
O pedetista criticou a presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann, que considerou um “desastre” e disse que até a eleição de 2022 o país passará por momentos turbulentos e confusos, principalmente por causa de equívocos do governo Bolsonaro.
Ciro Gomes aponta o aumento da rejeição ao presidente Bolsonaro logo no primeiro ano de governo como indício de que a paciência da população se esgotou com a atual gestão.
“O Brasil está desesperado pelos problemas socioeconômicos que esmagam nosso povo. São 14 milhões de desempregados e 42 milhões de brasileiros na informalidade. O Brasil vai passar por momentos graves e confusos. É muito precoce a deterioração da confiança do povo no recém-empossado governo. Normalmente a maioria das pessoas, após a eleição espera para ver se o governo acerta, uma espécie de boa vontade. Bolsonaro está queimando isso em velocidade que nunca vi. Inteirou oito meses e tem rejeição de 38%”, afirmou Ciro.

Seminário aborda o imaginário popular dos Caretas de Triunfo

https://jconlineimagem.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/2018/02/07/normal/61dae49b6c3ac08db9e3be71b9d0c64a.jpg

Uma das principais manifestações culturais de Triunfo, no Sertão do Pajeú, O Careta, será tema do seminário “Quem é esse que vem sacudindo a rua? Quem é esse senhor? O imaginário popular dos Caretas”. O evento, realizado pelo Sesc Triunfo, acontecerá no dia 25 de setembro, das 19h às 22h, na Casa dos Caretas, localizada na Praça Arthur Viana Ribeiro, no Centro da cidade.

O seminário integra a Rota dos Caretas de Triunfo, como estudo da representação das manifestações culturais locais, com viés voltado para a figura do Careta, a partir da construção e reflexão dos processos criativos e identitários. Com mediação do pesquisador André Vasconcelos, o evento aborda memória, sentimento de pertencimento e patrimônio histórico da figura do Careta.

Serviço:

Seminário “Quem é esse que vem sacudindo a rua? Quem é esse senhor? O Imaginário popular dos Caretas”

Dia 25 de setembro, das 19h às 22h

Local: Casa dos Caretas (Praça Dr. Arthur Viana Ribeiro)

Entrada: gratuita

Informações: (87) 3846-1341

Paulo Câmara: “Primeira compra coletiva do Consórcio Nordeste mostra a nossa competitividade”

Ao lado dos demais governadores da região, gestor pernambucano participou, em Natal, da reunião que definiu o primeiro edital conjunto

NATAL – O governador Paulo Câmara se reuniu, nesta segunda-feira (16/09), com os demais governadores nordestinos, no Rio Grande do Norte. No encontro, promovido pelo Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Nordeste, foram discutidos pontos importantes para o crescimento da região, inclusive o comprometimento do bloco com a promoção de um desenvolvimento sustentável e a realização de cada vez mais investimentos em energias renováveis. Com o primeiro edital finalizado, o colegiado reforça a sua competitividade e aponta para uma economia importante para os cofres públicos.

“Vamos ter ganho em escala e teremos condições de economizar para a realização de mais investimentos em cada Estado. Até dezembro, vamos fechar outros editais e, assim, alcançar boa parte dos produtos que queremos”, destacou Paulo Câmara, completando: “A primeira compra coletiva do Consórcio Nordeste mostra a nossa competitividade”.

O governador ressaltou que as ações do Consórcio vão contribuir para o fortalecimento do cenário econômico nacional. “A nossa agenda busca a conquista de avanços essenciais, que vão nos ajudar a ter um papel cada vez mais forte na economia do Brasil, e tem um olhar e um cuidado de quem lida diretamente com a nossa população, com o compromisso de atuar diariamente na direção de um desenvolvimento sustentável e do respeito ao meio ambiente”, reforçou Paulo Câmara.

Os governadores nordestinos também discutiram a reforma tributária, que já conta com uma proposta elaborada após estudo conjunto feitos pelos secretários da fazenda dos 27 Estados. Em paralelo, há dois outros textos tramitando no Congresso Nacional e ainda existe a possibilidade de o Governo Federal apresentar uma nova versão para o tema. “Temos que ficar muito atentos, observando possíveis mudanças que possam vir a prejudicar os Estados e a população”, salientou Paulo Câmara.

“Nós manifestamos também o desejo, e vamos trabalhar junto à Câmara dos Deputados, para que projetos que estão lá, de interesse dos Estados, possam ser votados o quanto antes. Entre eles, um recentemente votado no Senado, que trata da cessão onerosa de receitas de petróleo. É urgente a votação na Câmara, e nós vamos trabalhar para que esse projeto seja votado o mais rápido possível, juntamente com a proposta de securitização das dívidas, que também está lá há vários meses aguardando a votação, além da questão do Plano Mansueto”, afirmou o governador da Bahia Rui Costa, presidente do Consórcio Nordeste.

Seleção de Sertânia vence primeira partida na Copa TV LW

A seleção de Sertânia, categoria adulta masculina, estreou com vitória na Copa TV LW. Jogando na casa do adversário, o time venceu o Socamp por 2×0, com gols de Michael e Leonardo. O jogo aconteceu neste domingo (15), no ginásio do Sesc em Arcoverde.  A partida ocorreu dentro da primeira rodada da competição, que está na fase de grupos.

A equipe de Sertânia volta a jogar no próximo domingo (22) contra a LW futsal, em Arcoverde. A seleção de Sertânia é formada por atletas da Escolinha de Futsal, ligada a Secretaria de Juventude, Esporte, Cultura e Turismo (SEJECT). A iniciativa ainda conta com equipes sub 12 e sub 15.

A Escolinha de Futsal é coordenada pelo diretor de esportes da Seject, Raul Freire e pelo professor e técnico Edy Laranjeira.  Hoje, a ação conta com 60 alunos. O Governo Municipal de Sertânia tem como proposta incentivar a prática de atividades esportivas, além de formar as categorias de base do município.

A ação não oferece nenhum custo aos participantes. Os interessados podem procurar a Secretaria de Juventude, Esporte, Cultura e Turismo (Antiga Estação) para fazer a inscrição. A Prefeitura de Sertânia acredita no esporte como um instrumento de transformação social, uma ferramenta que pode ser utilizada para o desenvolvimento do cidadão.