Paulo Câmara reforça Quadra Viva com o lançamento da segunda etapa do programa

A imagem pode conter: 4 pessoasO governador Paulo Câmara anunciou, nesta quarta-feira (11.01), a construção de 14 quadras cobertas em escolas da rede pública estadual localizadas no Recife. O ato, acompanhando por estudantes e gestores do área, foi realizado na Escola Técnica Estadual (ETE) Cícero Dias/Nave, na Zona Sul da Capital, e marcou o início da segunda fase do programa Quadra Viva – iniciativa do Governo de Pernambuco que já viabilizou a construção e revitalização de 43 equipamentos com esse perfil.  Os R$ 5,1 milhões empregados na ação são oriundos do cofres estaduais e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE/MEC). Paulo assegurou que todas as ordens de serviço serão assinadas ainda no primeiro trimestre do ano.
"Ao todo aqui no Estado, serão 70 escolas contempladas nesta segunda fase do Quadra Viva. Já que outras 43 unidades foram entregues ano passado. E a gente quer chegar até o final de 2018 com 180 quadras novas", explicou Paulo Câmara. O chefe do Executivo estadual disse ainda que as construtoras terão 180 dias para concluir essas obras. "O prazo para a conclusão das outras 56 quadras será o mesmo. Só estamos separando as ordens de serviço, de forma setorial, porque mudam também as construtoras", informou.  
A partir do programa, o Governo de Pernambuco alinha as práticas esportivas ao desenvolvimento pedagógico. O projeto visa estruturar unidades que não dispõem do equipamento, ampliando os espaços de convivência nas escolas. O secretário de Educação, Frederico Amâncio, ressaltou que o programa dialoga com o desenvolvimento social. "Além de ser uma demanda grande da comunidade escolar, nós acreditamos que a quadra não é apenas um espaço dedicado à pratica esportiva. Nós acreditamos que a quadra é um espaço para o desenvolvimento das atividades da escola", disse o secretário.
O auxiliar do governador reforçou ainda que a educação é uma das prioridades da gestão de Paulo Câmara. “Esse é o maior investimento feito em quadras da história do Estado. Com isso, o nosso objetivo é fortalecer a estrutura das unidades educacionais, oferecendo melhores condições", disse Frederico.
Para o prefeito do Recife, Geraldo Julio, as melhorias feitas pelo Governo de Pernambuco na rede pública em um ano de crise mostram que o planejamento deu certo. "Isso nos traz um orgulho e a certeza de que estamos fazendo algo de bom para o futuro dos nosso jovens", comentou o gestor recifense.
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadasAluna do 1° ano do Ensino Médio, a jovem Darlane Baptista, de 15 anos, era só animação com o anúncio da construção da quadra. "Hoje, quando a gente quer utilizar a quadra temos que ir para o Santo Dumont. Agora, nós vamos ter uma área exclusiva nossa", afirmou a estudante, que é moradora do Ibura, Zona Sul do Recife. A aluna assegurou que a Cícero Dias, que é referência no ensino técnico, ultrapassou as expectativas. "É muita qualidade aqui na ETE Cícero Dias. E não só com relação a estrutura, como também o ensino", finalizou a recifense.
O trabalho na área de tecnologia e os bons índices educacionais tornaram a Cícero Dias uma das unidades educacionais mais disputadas do Estado. Além do ensino regular, a escola oferece cursos profissionalizantes de Programação de Jogos e Multimídia, além dos cursos de Logística e Administração, para 700 alunos. Em 2013, a ETE foi eleita como uma das instituições mais inovadoras do mundo pelo Prêmio Educadores, da Microsoft. 
Também participaram desta solenidade o Chefe de Gabinete do Governo, João Campos; o secretário executivo de educação profissional, Paulo Dutra; o gestor do Instituto Oi Futuro, Frederico Siqueira; o secretário de Educação do Recife, Alexandre Rebelo; além de gestores da secretaria de Educação do Estado.
Lista das unidades contempladas:
Escola Técnica Estadual Cícero Dias
Escola de Referência em Ensino Médio Santos Dumont
Escola Professor Marcos de Barros Freire
CEJA Poeta Joaquim Cardoso
Escola Monsenhor Manoel Leonardo de Barros Barreto
Escola de Referência em Ensino Médio Aníbal Falcão
Escola Presidente Humberto Castello Branco
Escola Alberto Torres; Escola Jornalista Trajano Chacon
Escola Professora Helena Pugo
Escola Pedro Celso
Escola Padre Machado
Escola João Barbalho
Escola Aníbal Fernandes

Parceria entre Governo de Pernambuco e União destina R$ 47.7 milhões para o desenvolvimento rural

5o5a0356

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas em pé

O governador Paulo Câmara e o secretário especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário (Sead), José Ricardo Roseno, assinaram, nesta quarta-feira (11.01), um Termo de Compromisso garantindo a liberação de R$ 47,7 milhões para ações voltadas para o desenvolvimento rural no Estado. As iniciativas serão executadas pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) e pelo Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe). A parceria  beneficiará 700 mil famílias até o ano de 2018. 

"A população quer apenas trabalhar em sua terra e ter a oportunidade de criar os seus filhos, oferecer educação e saúde, cuidando daquilo que muitas vezes vem de seus pais e avós. E isso tem um valor muito importante para nós, pois representa o que a gente acredita. A gente quer conciliar desenvolvimento econômico, com a implantação de grandes indústrias, mas também garantir o acesso do pequeno produtor às políticas públicas básicas. Nós queremos fortalecer a agricultura familiar", destacou Paulo.

Ao comentar a importância do aporte para o segmento, o governador pontuou a necessidade de impulsionar as atividades que já são fortes, trabalhando mais com os recursos que são disponibilizados. "Em momentos de crise, temos que potencializar os recursos que nós temos", salientou Paulo. Na oportunidade, o chefe do Executivo pernambucano afirmou ainda que o aporte proporcionará melhores condições de trabalho. "Vamos fazer esses recursos chegarem para os que mais precisam", assegurou.

Dos R$ 47,7 milhões liberados, R$ 37,7 milhões serão destinados a políticas de reordenamento agrário, ações que incluem a emissão de títulos, aquisição veículos e liberação de crédito. Outros R$ 10 milhões serão empregados pelo IPA em assistência técnica e extensão rural para famílias indígenas. O aporte marcou o lançamento oficial da segunda etapa local do Projeto Dom Helder Câmara – ação do antigo Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Do montante de R$ 37,7 milhões empregados no Estado, R$ 7 milhões serão destinados à emissão de 3,2 mil títulos de imóveis rurais no Agreste Meridional e no Sertão do Pajeú. Outros R$ 30 milhões serão disponibilizados através do Programa Nacional do Crédito Fundiário em Pernambuco, sendo R$ 1 milhão destinado à estruturação do programa. Além disso, R$ 700 mil serão empregados na aquisição de seis caminhonetes que vão fortalecer o trabalho de Regularização Fundiária. 

Salientando a importância da regularização fundiária no campo, o secretário especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário frisou a necessidade de avançar nessa área. "Ano passado, a nossa agricultura familiar deixou de receber R$ 4 milhões do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) por falta de documentos da terra", alertou Roseno. O representante do Governo Federal afirmou que o projeto Dom Hélder foi concebido para ajudar os moradores de áreas rurais. "Vamos iniciar a chamada para o projeto daqui a 30 ou 60 dias e, com isso, nós vamos levar dignidade a essas famílias que dependem do Estado", completou o secretário. 

FAMÍLIAS INDÍGENAS – Com relação aos R$ 10 milhões destinados ao IPA para execução de ações em favor de famílias indígenas, R$ 6.2 milhões serão empregados em assistência técnica. Com isso, será possível ampliar o trabalho realizado pelo Estado com os povos Fulni-ô,  Xukuru de Cimbres e Xukuru do Ororubá em Águas Belas, Itaíba, Alagoinha, Pedra, Venturosa, Pesqueira e Poção. Nesta ação, 1,6 mil famílias serão beneficiadas.

Outros R$ 219.6 mil proporcionarão a implantação do sistema de produção e estoque de forragens para alimentação de caprinos, ovinos e bovinos como alternativa de sobrevivência à estiagem. E R$ 803,8 mil vão estruturar a Unidade de Processamento de Peixe no Litoral do Estado – com a aquisição de equipamentos e dois caminhões frigoríficos.

Está previsto ainda aquisição de uma retroescavadeira e um trator de esteira destinadas às ações de infraestrutura hídrica na RMR e Mata Sul, no valor de R$ 1 milhão, e também a compra de 25 veículos e computadores para atender agricultores familiares, com recursos da ordem de R$ 1 milhão.

O secretário de Agricultura, Nilton Mota, disse que o investimento vai viabilizar uma série de ações planejadas pelo Governo de Pernambuco para minimizar os efeitos da seca. "Esse é um momento adequado para esse tipo de iniciativa. Nós vivemos seis anos de estiagem, e a gente tem a perspectiva de que, em 2017, as chuvas tenham regularidade", ponderou o secretário.

Participaram desta solenidade os secretários Ruy Bezerra (Controladoria), João Campos (Chefia de Gabinete); além do presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Gabriel Maciel; o presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), Paulo Lócio; a subsecretária de Reordenamento Agrário, Raquel Santori; o subsecretário de Desenvolvimento Rural, Marcelo Martins, o delegado federal da Sead em Pernambuco; Rodrigo Almeida; o deputado federal Augusto Coutinho; e o deputado estadual Alberto Feitosa.

Waldemar Borges preocupado com o abastecimento d´água de Bezerros

A cidade de Bezerros, no agreste pernambucano, está entrando em colapso total de água. O alerta foi feito pelo prefeito da cidade, Severino Otávio (Branquinho), ao deputado Waldemar Borges. O parlamentar está muito preocupado com a situação, já que o município era abastecido pela Barragem de Jucazinho, que entrou em colapso desde setembro do ano passado, e pela Barragem de Brejão, que, segundo o prefeito, seca ainda esta semana.

“Branquinho tinha trabalhado uma alternativa através da barragem que será construída na Bacia do Serinhaém, que mesmo diante da urgência da situação ainda não teve suas obras iniciadas. É urgente que essa obra, inclusive já autorizada pelo governador, entre na relação das situações emergenciais da Compesa”, frisa Borges.

O deputado lembra que em Gravatá houve, há alguns meses, a iniciativa de melhorar a tubulação que faz o abastecimento através da Barragem de Amaraji. “A obra foi realizada relativamente com poucos recursos e graças a ela a cidade não se encontra na dramática situação de colapso total, como a que está começando a acontecer em Bezerros. É, portanto, urgente que se inicie a obra no Serinhaém para que Bezerros enfrente o problema de maneira menos dramática, assim como Gravatá, mesmo precisando fazer racionamento, tem conseguido enfrentar”, ressalta.

Após campanha solidária por água, famílias da comunidade Cacimba dos Sonhos recebem sistema de abastecimento

Nenhum texto alternativo automático disponível.

No Natal passado, um grupo de moradores de Petrolina se organizou para pagar carros-pipa e abastecer as moradias de algumas famílias da comunidade Cacimba dos Sonhos, que não tinham água para beber nem para criação dos animais. A mobilização despertou a atenção da sociedade e gerou até matéria no Fantástico com grande repercussão. Nesta quarta (10), as dificuldades motivadas por falta de infraestrutura e a larga estiagem começaram a ser enfrentadas na Cacimba dos Sonhos com a construção de um barreiro para armazenamento de água que atenderá o povoado.   

As obras foram articuladas pelo atual prefeito de Petrolina Miguel Coelho, por meio de emenda parlamentar ainda de seu período como deputado. O socialista procurou pessoalmente o governador para que fosse acelerada a liberação dos investimentos necessários para a execução dos serviços na Cacimba dos Sonhos e em outras comunidades afetadas pela seca. Bem antes do prazo, as máquinas do Governo do Estado começaram a trabalhar e devem concluir a obra em quinze dias.  

Moradora da comunidade Cacimba dos Sonhos, Joseilsa Souza, comemorou a chegada dos serviços e espera que a obra dê um alívio principalmente para a criação dos animais. "São uns dez anos de abandono, aguardando essas obras. A gente espera que daqui a quinze dias o barreiro já esteja minando água e possa deixar nossos animais de bucho cheio de água."  

 Emendas para água – A estiagem que castiga o estado por cinco anos foi uma preocupação durante o mandato de Miguel Coelho na Assembleia Legislativa. Por isso, um volume de aproximadamente R$ 900 mil foi indicado pelo ex-deputado para obras como construção e reformas de barragens em Petrolina, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Lagoa Grande e Ouricuri. “Saber das obras na Cacimba dos sonhos já nos traz uma alegria grande. Agora, vamos lutar para a liberação dos demais recursos para execução de outras obras para segurança hídrica do povo sertanejo”, justifica o atual prefeito de Petrolina.

 

Petrolina: Perfuração de poços no povoado de Ponta da Serra vai beneficiar mais de 50 famílias

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, nuvem, céu e atividades ao ar livre

Uma boa notícia para os sertanejos que vem sofrendo com a seca: já foram iniciadas as perfurações de poços artesianos na zona rural de Petrolina. A iniciativa é fruto de um acordo de cooperação técnica entre a Codevasf e a prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário. Esta semana, o secretário José Batista da Gama esteve vistoriando, junto à equipe técnica, a perfuração de poços no povoado de Ponta da Serra.

Para o gestor da pasta, as obras na zona rural chegam após anos de esquecimento, trazendo alívio para muitas famílias. “Durante anos o interior ficou desassistido em relação à perfuração de poços e a instalação de equipamentos hídricos. Hoje, estamos executando os trabalhos que irão possibilitar uma melhor infraestrutura para os produtores rurais”, destaca.

A agricultora Maria Zulmira de Souza não conteve a alegria de ver a água jorrar do chão seco e sem vida. “Estou muito feliz, graças a Deus a nossa espera acabou. Temos água para alimentar os animais e irrigar nossa plantação”, comemora.

Segundo informações técnicas, o poço no povoado de Ponta da Serra apresenta uma vazão de 8.000 mil litros/hora e vai atender mais de 50 famílias, acabando com o sofrimento de água na comunidade.

Parceria

O acordo de cooperação técnica firmado entre a Codevasf e a Prefeitura de Petrolina, no valor de R$ 4,5 milhões, vai garantir a perfuração de 50 poços e a instalação de 159 equipamentos hídricos (como catavento, motobomba, caixas de água, bebedouro para animais). As comunidades de Cristália, Simpatia, Rajada, Pau Ferro, Uruás, Cruz de Salinas, Caititu, Baixa Alegre, Aranzel, Almas, Ponta da Serra, Atalho, Primazia, entre outras também serão beneficiadas.

Secretária denuncia descaso com unidades de saúde em Sertânia

Mariana Araújo é secretaria de saúde do município de Sertânia

A nova secretária de Saúde de Sertânia, Mariana Araújo (foto), afirmou que encontrou as unidades de saúde do município com problemas de serviço. Além da falta de atendimento, ela denunciou problemas de infraestrutura nos locais.

“Recebemos as Unidades Básicas de Saúde da Família fechadas, sem funcionamento. O Hospital Maria Alice Gomes Lafayette, de uma forma geral, também em mau funcionamento. A cisterna de lá estava simplesmente aberta, quebrada, com a água para ser utilizada completamente exposta. Uma boa parte dos equipamentos de lá e dos postos de saúde está sucateada", comentou.

No prédio administrativo da secretaria, a nova gestora da área também encontrou dificuldades. Lá, ela contou com a falta de formulários impressos. O local onde se guarda as vacinas estava com o ar-condicionado quebrado e as medicações encontravam-se em outra cidade, em Arcoverde. A Farmácia Básica é outro retrato do descaso da antiga gestão.

Segundo a responsável pela Secretaria, não tem nenhum remédio, contrariando o que era divulgado. "Já estamos vendo a compra de medicação, de imediato, para ver como podemos resolver esse impasse", alertou.

Algumas medidas na infraestrutura do Hospital precisam ser tomadas, segundo a secretária, mesmo com a reforma anunciada pela gestão anterior, como o Bloco Cirúrgico, que não funciona e a caixa d'água que será suspensa pela equipe de Engenharia.

Segundo ela, na Fisioterapia, a piscina, que foi construída e não finalizada, não poderá ser utilizada do jeito que está. A sala de Raios-X não foi revestida com chumbo para evitar a radiação, por isso, ainda não pode ser feito esse tipo de exame.

"Vamos correr com essas providências", garantiu. Mariana comentou ainda sobre a coleta de materiais perfurocortantes ou mesmo infectados. "O lixo hospitalar não era recolhido pela empresa responsável há cerca de um ano e três meses e ficou tudo dentro de uma sala", denunciou ainda a secretária.

Sobre as UBSFs, a secretária afirmou que voltaram a funcionar na última segunda-feira (09), pois a organização dessas unidades e suas agendas demandaram a primeira semana de trabalho inteira.

“A nova médica cubana do Programa Mais Médicos, do Governo Federal, já está sendo treinada para atender nos postos de saúde", finalizou.

Mutirão de limpeza conclui trabalhos no João de Deus e recolhe lixo das margens do Rio São Francisco em Petrolina

A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre

Finalmente quem passa pelo ponto das barquinhas em Petrolina vai ter uma paisagem mais limpa. É que nesta terça-feira (10), a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, em parceria com Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) e a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Petrolina (COOMARCA), realizou a coleta do lixo retirado por mergulhadores do Rio São Francisco e que foi deixado no local, inicialmente, sob forma de protestar contra as agressões sofridas pelo nosso Velho Chico. O detalhe é que segundo os organizadores da ação, que integram os movimentos Eco Rio e #SalveChico, o lixo deveria ter sido retirado do local pela prefeitura no ano passado, logo depois do Natal, o que não aconteceu.

A coleta realizada hoje integra as ações do mutirão de limpeza, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade e que desde o início da semana está percorrendo os bairros da cidade. Somente no último domingo foram retiradas quase 600 toneladas de lixo do bairro Vila Eduardo. Na segunda e terça-feira, foi a vez do bairro João de Deus receber as equipes da secretaria que retiraram 630 toneladas de material da localidade. Nesta quarta-feira, o mutirão de limpeza vai chegar ao bairro São Gonçalo. Uma pá carregadeira, 01 retroescavadeira, 04 caminhões caçamba e 20 homens começam a trabalhar na rua 42 a partir das 7h. A ideia é acabar com o lixo e o entulho acumulados indevidamente por toda Petrolina, atendendo uma das prioridades da gestão do prefeito Miguel Coelho.

PRÓXIMOS BAIRROS

Naturalmente, a partir do início do mutirão de limpeza, a demanda pelos serviços aumentou devido da repercussão das ações na imprensa. Diante disso, o secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Eduardo Carvalho, tranquiliza a população sobre o andamento do mutirão. “A demanda é grande e por isso não dá pra atender toda a cidade ao mesmo tempo. Já estamos elaborando um cronograma de atendimento a partir da necessidade de cada localidade. Ainda não dá pra definir uma data, mas bairros como o Dom Avelar, Dom Malan, Cohab Massangano, Km 02, Gercino Coelho, Caminho do Sol e Antônio Cassimiro, muito em breve também vão ser contemplados”, projeta Eduardo.

Governadores pedem volta dos leilões de energia renovável

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sentadas e área interna
BRASÍLIA – Os governadores Paulo Câmara (Pernambuco), Camilo Santana (Ceará) e Wellington Dias (Piauí) se reuniram hoje (10/01/17) com o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, para solicitar que o Governo Federal retome, neste ano de 2017, os leilões de energia eólica e solar, que hoje representa um segmento econômico importante para o Nordeste. Os leilões foram suspensos no final do ano passado.
 
"O setor de energia renovável é uma cadeia econômica que se consolida no Nordeste, com parques instalados em diversos Estados, inclusive com expressivos investimentos de fabricantes de equipamentos. Além do aspecto ambiental, estamos gerando emprego e renda em regiões carentes do Brasil. O cancelamento dos leilões nos causou preocupação quanto ao futuro", argumentou Paulo Câmara. Os últimos contratos assinados pelos produtores de energia renovável são de 2015.
 
O ministro Fernando Filho informou que o ministério está trabalhando na revisão do modelo de leilões de energia renovável. O atual trabalhava com um cenário no qual a economia brasileira cresceria à taxa de 4,5% ao ano, mas o País vai, na realidade, para o segundo ano de recessão (2015-2016). Segundo o ministro, essa nova proposta deve estar fechada até março de 2017. Fernando  admitiu a possibilidade de realizar um novo leilão ainda no primeiro semestre deste ano, a depender do resultado dessa reavaliação.
 
"O ministro foi muito transparente nas suas colocações e demonstrou compromisso com a manutenção desse importante setor da economia nordestina, que ele conhece tão de perto. Estou certo que o Governo vai encontrar uma solução que compatibilize as necessidades do setor energético com os investimentos feitos pelas empresas que atuam na cadeia de energia renovável da nossa região", avaliou o governador de Pernambuco.
 
O setor de energia renovável do Nordeste chegou a representar 50% do consumo de energia da região. No Brasil, o segmento recebeu investimentos da ordem de R$ 70 bilhões, nos últimos seis anos. Cerca de 82% das turbinas instaladas no País estão localizadas no Nordeste.
 
Além dos três governadores, os Estados da Bahia e do Rio Grande do Norte enviaram representantes à reunião no Ministério de Minas e Energia.

APÓS A PRIMEIRA REUNIÃO LUCIANO DUQUE FALA DE SUA EXPECTATIVA

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas e área interna Nesta terça-feira (10/01), ocorreu a primeira reunião do Grupo de Trabalho de implantação do Aeroporto Regional de Serra Talhada, na sede da Secretaria Estadual de Transportes, na capital pernambucana.

O GT atuará no sentido de agilizar os trâmites e pendências existentes, bem como estabelecer um cronograma de ações, para que sejam viabilizadas no menor espaço de tempo as operações com voos comerciais, já assegurados pela Azul Linhas Aéreas, que enviou, na última semana, técnicos da companhia à Capital do Xaxado para fazerem testes na pista do aeroporto, que foi reformada pelo Governo de Pernambuco.

Participaram da reunião desta terça-feira (10), o Secretário Estadual de Transportes e Presidente do Grupo de Trabalho, Sebastião Oliveira, que na ocasião também representou o Governador Paulo Câmara; o Prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque; o representante da INFRAERO, João Pedro; Além de secretários municipais de Serra Talhada; técnicos e diretores da Secretaria Estadual de Transportes; e o proprietário da empresa Hertz, que está se instalando no município com uma usina de beneficiamento de resíduos sólidos, que resolverá de forma definitiva o problema do descarte final do lixo produzido na cidade.

Após a primeira reunião de trabalho do GT, Luciano Duque falou da sua expectativa: "A viabilização do aeroporto representa um momento impar no desenvolvimento de Serra Talhada e de toda a região, gerando mais progresso com a atração de novos investimentos. Não podemos deixar de reconhecer o destacado papel do Governo do Estado, através do Secretário de Transportes Sebastião Oliveira, e do próprio Governador Paulo Câmara, que têm sido importantes parceiros para viabilizarmos essa grande conquista, fruto de uma construção feita por muitas mãos, que têm como principal bandeira o desenvolvimento de nossa terra;" ressaltou o prefeito.  

A próxima reunião do Grupo de Trabalho está pré-agendada para o dia 31 de janeiro.

​Assessoria de Imprensa 
Prefeitura de Serra Talhada
O Futuro é Aqui
 

Secretária de Cultura confirma carnaval em Petrolina e recebe artistas para discutir evento

A imagem pode conter: 19 pessoas, pessoas em pé e área interna

Petrolina terá carnaval! Esta foi a principal mensagem transmitida pela Secretária Municipal de Cultura, Turismo e Esporte, Maria Elena, durante reunião com artistas na noite desta segunda-feira (9).

Durante o encontro, que aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Educação, Maria Elena tranquilizou a categoria acerca da realização do carnaval 2017 e lembrou que o prefeito Miguel Coelho vem empenhando todos os esforços para resgatar a festa na cidade.

“Nosso prefeito cobrou resultados e estamos trabalhando muito. Não queremos só o carnaval, queremos turismo e esportes a todo vapor na nossa cidade. Estamos trabalhando dia e noite, abertos ao diálogo, para fazer o grande carnaval de Petrolina”, disse Maria Elena.

A reunião aconteceu a pedido do ‘Grupo de Esforço Para a Realização do Carnaval’ que entregou à secretária um documento no qual a classe artística apresenta suas sugestões para a folia carnavalesca.

Cultura em debate:

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sentadas

Além de artistas, músicos e produtores culturais a reunião contou ainda com a presença do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Manoel Vilmar e do presidente do Sindilojas, Joaquim de Castro que comentou a importância do carnaval para a economia da região.

“Petrolina precisa resgatar o carnaval porque nossa cidade não pode viver de um evento só. Se houver uma festa decente vamos atrair pessoas para a nossa cidade e fomentar a economia local”, lembrou Joaquim de Castro.

O músico Antony Sandey elogiou a iniciativa e lembrou que a cultura popular precisa ser discutida com a classe artística. “Este momento que estamos vivenciando aqui é uma vitória. Isso é muito importante. Abrir o diálogo para a cultura é um gesto digno que merece nosso reconhecimento”, disse o cantor.

Ao fim da reunião, a secretária lembrou que o Carnaval 2017 segue em fase de organização e que, em breve, a prefeitura divulgará toda a programação.