Semana da Água tem vasta programação na região do Pajeú

A imagem pode conter: árvore, atividades ao ar livre, texto e águaCom o tema “Caatinga: Guardiã da Água”, uma programação ampla está sendo preparada por organizações sociais integrantes da Articulação no Semiárido de Pernambuco (ASA-PE), em parceria com diversos segmentos da sociedade civil, para comemorar a 5° Semana Mundial da Água (SEMA) no Sertão do Pajeú. Os eventos começam nesta segunda (20), e seguem até o dia 24 (sexta-feira) nas cidades de Afogados da Ingazeira, Carnaíba, São José do Egito, Serra Talhada e Triunfo.
 
A SEMA tem como objetivo chamar a atenção da sociedade e do poder público para as consequências da degradação da vegetação da Caatinga, o que provoca escassez de água no Semiárido. A programação, relacionada ao tema da Campanha da Fraternidade 2017 – “Biomas Brasileiros e Defesa da Vida”, contará com caminhada, missa, seminários, ato em defesa do Rio Pajeú, abraço simbólico ao açude de Triunfo, palestras e audiência pública.
 
A proposta é difundir práticas de conservação e uso consciente da água, além de reivindicar políticas públicas de garantia dos recursos hídricos.
Confira a programação:

20/03 – Carnaíba

8h – Caminhada pelas nascentes na comunidade de Barreiros, organizada pela Diaconia, Grupo Fé e Política e parceiros locais;

11h – Missa na mesma comunidade com os padres Luís Marques (Luizinho), da Ingazeira, e Antônio Orlando, de Afogados da Ingazeira, para refletir sobre o bioma Caatinga e a necessidade de conservar as nascentes da comunidade.

21/03 – Serra Talhada

9h – Seminário A Caatinga Guardiã da Água: “Como garantir a água por mais tempo”, organizado pelo Centro de Educação Comunitária Rural (Cecor) e parceiros locais – palestrantes: Professor Genival Barros – UFRPE e agricultor (a) experimentador (a). Local: Auditório do Cecor

22/03 – Triunfo

8h – Ato Público

9h30 – Abraço no Açude

14h – Seminário A Caatinga Guardiã da Água: “Reaproveite a água que você usa” -Palestrantes: Professor Daniel Duarte – UFPB/INSA e agricultor (a) experimentador (a) – Realização: Adessu, Centro Sabiá e parceiros locais

22/03 – Serra Talhada

8h – Ato Público em defesa do Rio Pajeú – Concentração no Bairro da Caxixola

13h30 – Palestra no IF Sertão – Campus Serra Talhada

19h – Palestra no Centro Tecnológico – Serra Talhada

23/03 – Afogados da Ingazeira

8h – Seminário A Caatinga Guardiã da Água: “A água que a Caatinga Guarda” – palestrantes: Professor Genival Barros (UFRPE) e agricultor (a) experimentador (a) – Realizado pela Diaconia, Casa da Mulher do Nordeste, Rede de Mulheres Produtoras e Grupo Fé e Política – Local: Centro de Inclusão Digital

24/03 – São José do Egito

8h – Audiência Pública para tratar de conflitos pelo uso da água em reservatórios do município – convidados: APAC, CPRH, Ministério Público Estadual, Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores

 

Em Sertânia, Secretaria realiza recadastramento

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos está convocando os beneficiários do Programa Leite de Todos para recadastramento. Os horários de atendimento são das 8h às 12h e das 14h às 17h, no Centro Social Urbano (CSU). O Programa, realizado pelo Governo do Estado de Pernambuco, busca reduzir as deficiências nutricionais das populações carentes, com prioridade para crianças e gestantes.

MÊS DA MULHER: PREFEITURA DE AFOGADOS PROMOVE SEMINÁRIO “DIREITOS, AÇÃO E CIDADANIA”

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira promove na manhã de hoje (17), um seminário para debater as lutas cotidianas das mulheres contra a violência e por equidade de gênero. 

O seminário é promovido pela Coordenadoria Municipal de Políticas para as Mulheres, em parceria com as Secretarias Municipais de Assistência Social, Educação e Saúde, Rotary Club, Polícia Militar e Conselhos de bairros.

Durante todo o mês a Prefeitura promoveu atividades com as mulheres nos bairros de Afogados. O seminário contará com a representação desse público e é a culminância das atividades que tiveram início em dois de março. O início está previsto para 9h, no Espaço Olga Cajueiro.

Faepe apoia debate sobre reestruturação produtiva no Semiárido

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e multidão

Representantes do setor rural reuniram-se em Petrolina, na terça e quarta-feira (14 e 15), para apresentar alternativas que assegurem a produção durante os longos períodos de estiagem, no Seminário Convivência Produtiva com a Seca: Soluções Tecnológicas e Estratégias de Ação.

No evento, realizado na sede da Embrapa Semiárido, atores do segmento discutiram ações estratégicas apropriadas a situações de seca prolongada, a partir de tecnologias desenvolvidas por instituições de pesquisa, além dos resultados aplicados em campo, que viabilizam uma maior resiliência dos sistemas agropecuários voltados para o Semiárido.

Durante os dois dias de encontro, foram abordados temas como o cenário climático da seca prolongada e seus impactos no Bioma Caatinga, soluções tecnológicas e experiências produtivas na pecuária e gestão e uso da água na produção agropecuária. 

O evento foi uma realização da Embrapa Semiárido, com apoio da Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco (Faepe), Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Faeb), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), Instituto Nacional do Semiárido (Insa), Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA).

A iniciativa é voltada para técnicos, produtores rurais, instituições públicas, sociedade civil e prefeituras, governos e secretarias de agricultura dos estados e municípios que estão localizados no Semiárido.

Assembleia Legislativa concede Medalha de Ouro Joaquim Nabuco à Paixão de Cristo de Nova Jerusalém

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, noite e atividades ao ar livre

A Assembleia Legislativa de Pernambuco concedeu à Sociedade Teatral de Fazenda Nova, que comemora este ano 50 anos da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, a Medalha Joaquim Nabuco, Classe Ouro, que é a mais alta honraria do legislativo do Estado. O projeto de concessão da medalha foi do deputado Diogo Moraes. Além disso, atendendo proposta da deputada Laura Gomes, subscrita pelos deputados Diogo Moraes e Tony Gel, a Casa do Povo também homenageará os organizadores do espetáculo em inédita sessão solene que será realizada na cidade-teatro de Nova Jerusalém, em Brejo da Madre de Deus, no próximo dia seis de abril.

O texto da proposta aprovada por unanimidade ressalta a importância do espetáculo para a cultura e a economia da região, além da projeção artística do evento teatral que conta a história do personagem de maior destaque na história da humanidade e que é considerado atualmente uma das principais atrações turísticas do calendário cultural brasileiro. Realizado no maior teatro ao ar livre do mundo, a peça conta a história dos últimos dias de Jesus com a participação de 50 atores e 400 figurantes em nove palcos-plateia, que são réplicas de prédios e lugarejos da Jerusalém de 2 mil anos atrás.

A presença da Assembleia Legislativa em Nova Jerusalém, em rara sessão especial solene, celebra também o pioneirismo de Plínio Pacheco, idealizador e construtor da Nova Jerusalém. O empreendedorismo do patriarca da família Pacheco deu dimensão internacional a peça de teatro amador que era apresentada pelas ruas de Fazenda Nova por iniciativa do político e empresário Epaminondas Mendonça, que, em 1951, reuniu a família e amigos para realizar a encenação na vila como forma de movimentar o comércio e o turismo no local.

Em 1968, o espetáculo passou a ser encenado na cidade-teatro de Nove Jerusalém e hoje está profissionalizado, inclusive com a presença de nomes destacados da TV Globo ocupando os principais papéis e contando com forte divulgação em mídia nacional, além de um crescente investimento em tecnologia de ponta em equipamentos de som e iluminação, além da produção de ricas peças de figurino e efeitos especiais. A proposta da deputada estadual Laura Gomes também faz jus ao trabalho de Robinson Pacheco, filho de Plínio e atual presidente da Sociedade Teatral de Fazenda Nova, responsável pela continuação de uma obra artístico-cultural com meio século de presença exitosa no cenário artístico do Ocidente.

Governo Municipal de Sertânia realiza mutirão de limpeza em povoados

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Pernambuquinho e Cruzeiro do Nordeste comemoram dia do padroeiro, São José, neste final de semana

Dois povoados localizados no território de Sertânia, Cruzeiro do Nordeste e Pernambuquinho, comemoram e homenageiam, neste final de semana, o padroeiro São José, cujo dia é no próximo domingo, 19 de março. O Governo Municipal, através da Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, realizou nestas comunidades, que recebem as festas, um mutirão de limpeza, também a pintura de ruas e a organização das redes de esgotos e elétrica. Em Cruzeiro do Nordeste, o trabalho envolveu cerca de 20 funcionários, que retiraram quase 30 caçambas de lixo e metralha. Já em Pernambuquinho, a iniciativa se encerra ainda nesta quinta (16), onde estão trabalhando por volta de 14 profissionais.

Aprovado parecer de Armando que doa às polícias 70% das armas apreendidas

A imagem pode conter: 1 pessoa      

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) aprovou, nesta quinta-feira (16), parecer do senador Armando Monteiro (PTB) a projeto de lei que determina a doação, às polícias militares e civis, de 70% das armas apreendidas em poder da Justiça. “A iniciativa é conveniente e oportuna para combater a crescente e bem armada criminalidade”, assinala o parecer do senador pernambucano, que segue agora ao exame da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).
 
O projeto de lei PLS 285/2016, de autoria do senador Wilder Morais (DEM-GO), altera o Estatuto do Desarmamento, de 2003, cuja regulamentação determinava a destruição das armas apreendidas e proibia a doação delas, com a única exceção para museus, assim mesmo somente quando consideradas históricas ou obsoletas. “O projeto é conveniente e oportuno, porque é um desperdício destruir armas apreendidas, se podem ser aproveitadas pelos órgãos de segurança pública, tão carentes de armamento”, enfatiza Armando Monteiro no parecer.
 
Seu relatório ao PLS 285/2016 estabelece que o juiz tem 48 horas para doar ao Exército, e este às PMs e polícias civis, as armas de fogo apreendidas que não mais interessarem à ação penal em que estão envolvidas. As armas têm de passar por laudo pericial que ateste estarem aptas a dispararem com segurança, possuírem numeração original e se encontrarem em condições de serem doadas. O Exército pode ficar com 30% delas e os restantes 70% serão entregues às PMs e polícias civis dos estados onde ocorreu a apreensão.
 
O parecer do senador petebista foi elogiado na sessão da CRE, sob a presidência do senador Fernando Collor (PTC-AL), pelos senadores Hélio José (PMDB-DF), Gleisi Hoffmann(PT-PR), Ronaldo Caiado (DEM-GO) e Cristóvão Buarque (PPS-DF). “A doação torna-se ainda mais necessária diante do poderio dos armamentos do narcotráfico e dos assaltantes de caixas de bancos”, salientou Caiado.

Paulo Câmara destaca políticas públicas de Pernambuco em fórum sobre agricultura familiar

A imagem pode conter: 4 pessoas
Governador defendeu a implementação de ações a médio e a longo prazo que fortaleçam o setor
A promoção de políticas públicas a médio e a longo prazo como vetor para o desenvolvimento da agricultura familiar. Foi com este entendimento que o governador Paulo Câmara abriu a 8ª edição do Fórum dos Gestores Estaduais responsáveis pelo apoio ao setor no Nordeste e em Minas Gerais. Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual lembrou que Pernambuco tem intensificado esforços com a intenção de proporcionar cada vez mais ações que garantam melhores condições de sustentabilidade às famílias, gerando emprego e renda. "Não adianta só crescer economicamente, se o social não crescer junto", frisou.
 
Paulo Câmara destacou a importância do fórum, que tem como objetivo a promoção do intercâmbio de políticas entre os Estados que compõem o semiárido brasileiro. O governador ressaltou que a possibilidade de assegurar que esse perfil de agricultor viva da sua produção, a partir do seu trabalho, na sua terra, e dando uma qualidade de vida decente aos seus filhos e sua família é algo imprescindível para a administração estadual.
 
"Temos uma política de convivência com o semiárido que envolva as ações de poços, de cisternas, e de sistemas simplificados para que a água chegue para que a população avance. Para que o agricultor familiar possa produzir na sua terra. E esse alimento produzido possa ser vendido, e isso gere renda e condições de ele próprio reinvestir na sua terra e de sustentar a sua família", afirmou.
 
O governador lembrou que o Governo de Pernambuco tem feito parcerias junto aos municípios e  associações cooperativas visando implantar cisternas, fazer poços e sistemas simplificados. Esse tipo de ação se soma a um conjunto de outras iniciativas que permitem a condição de famílias que têm como fonte de renda a agricultura familiar garantam o seu sustento de forma tranquila.
 
"No âmbito da agricultura familiar, todos nós sabemos que os desafios são enormes, são seculares. Estamos no presente enfrentando a maior seca da história: são seis anos que não chove aqui no Nordeste.  E a falta de chuva, aliada a uma crise econômica sem precedentes, afeta a vida de todos os brasileiros. Mas precisamos ter um olhar especial para aqueles que moram nas áreas mais pobres e que muitas vezes necessitam de apoio governamental para avançar", defendeu Paulo.
 
Do total de agricultores familiares do País, 50% atua no Nordeste – contabilizando 2 milhões de estabelecimentos atuando na área. Em Pernambuco, 275.000 pessoas garantem o seu sustento dessa forma. O Estado é referência no âmbito da regularização fundiária, onde já conta com mais de 10.000 títulos de acesso à terra gratuitos e registrados em cartório. "O fórum é crucial para discutir ações estratégicas do Nordeste brasileiro, incluindo também o Estado de Minas Gerais.
 
Os Estados, juntos, podem construir avanços na agricultura familiar do País, melhorando a qualidade de vida dos trabalhadores e suas famílias", registrou o secretário estadual de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota.

FÓRUM – Criado em março de 2015, o  Fórum dos Gestores Estaduais responsáveis pelas políticas de Apoio à Agricultura Familiar no Nordeste e em Minas Gerais – realizado pela primeira vez em Pernambuco – reúne secretários de Estado e representantes de instituições públicas nacionais e internacionais ligadas ao campo e da sociedade civil organizada. A programação da edição pernambucana do evento se estende até amanhã.

SES divulga resultado final de seleção para contratação de 92 profissionais

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou o resultado do recurso e o resultado final da avaliação curricular da seleção pública simplificada para a contratação temporária de 92 profissionais de saúde. A convocação para as contratações se dará através de telegrama dirigido ao endereço constante na ficha de inscrição do candidato classificado, sendo ele o único responsável por correspondência não recebida, em virtude de inexatidão no endereço informado. Mais informações podem ser obtidas no edital.
 
As vagas são para médicos (neonatologista, tocoginecologista, pediatra), biomédicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Para os médicos, a carga horária é de um plantão de 24 horas ou dois plantões de 12 horas. Para as funções de enfermeiros obstetra plantonista e técnico de enfermagem plantonista, a jornada de trabalho será em regime de plantão de 12X60 horas de trabalho. Já o biomédico terá jornada diária de 6 horas, totalizando 30 horas semanais.
 
Os profissionais serão lotados em hospitais e sede de Gerências Regionais de Saúde (Geres) de Limoeiro, Palmares, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Salgueiro, Petrolina, Ouricuri, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada e Goiana. 
 
DISTRIBUIÇÃO – Ao todo, são 12 vagas de médicos neonatologista plantonista, 27 de médicos tocoginecologista plantonista, 12 de médicos pediatra plantonista, 24 de biomédicos diarista, 10 de enfermeiros obstetra plantonista e 07 de técnicos de enfermagem plantonista.

 

Presença das mulheres na política estagnou

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e texto

Por: AFP – Agence France-Presse

O número de mulheres que ocupam funções importantes na política estagnou no ano passado no mundo, segundo dados publicados nesta quarta-feira pela ONU e qualificados de "preocupantes" pela agência das Nações Unidas para a igualdade de gênero.

Em 2016 havia 17 mulheres chefes de Estado e de governo, contra 19 no ano anterior. As mulheres ganharam 22,3% de cadeiras nas eleições do ano passado, uma baixa em relação aos 25% de 2015.

"Estes resultados são um sinal de alarme", destacou Phumzile Mlambo-Ngcuka, diretora da agência ONU Mulheres.

"Continua faltando a voz das mulheres lá, onde é mais necessário", acrescentou durante coletiva de imprensa. A funcionária qualificou estes dados, assim como a incapacidade de melhorar o grau de representação das mulheres na vida política, como "preocupantes".

A participação global das mulheres eleitas para os Parlamentos nacionais, entretanto, aumentou ligeiramente de 22,6% em 2015 para 23,3% em 2016, segundo cifras fornecidas pela União Interparlamentar (UIP) e pela ONU Mulheres em uma conferência das Nações Unidas de duas semanas sobre igualdade de gênero.

"O poder continua firmemente nas mãos dos homens", disse o secretário-geral da UIP, Martin Chungong, que atribuiu a falta de avanços à pouca vontade política.

Bulgária, Canadá, França, Nicarágua e Suécia tem governos paritários, onde as mulheres ministras são, pelo menos, tão numerosas quanto os homens.

A maioria das ministras no mundo é encarregada das pastas de Ambiente, Energia e Recursos Naturais, e Assuntos Sociais.

Após ter registrado altas porcentagens de ministras, Finlândia e Cabo Verde reduziram drasticamente sua participação no ano passado.

A presença das mulheres na política retrocedeu igualmente na África, embora tenha havido um progresso importante nas ilhas do Pacífico.