Sertânia realiza entrega simbólica dos Kits das Cisternas de Primeira Água e Cestas Básicas para as famílias contempladas

As 110 famílias de comunidades rurais de Sertânia beneficiadas comCisternas de Primeira Água receberam nesta sexta-feira (14) o Kit Cisterna (filtro, cadeado e chave) e também Cestas Básicas. As cisternassão uma parceria da Prefeitura através da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, por meio de convênio entre Governo do Estado e Governo Federal. Já as cestas uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania de Sertânia, uma contribuiçãosimbólica frente aos impactos socioeconômicos ocorridos no mundo devido à pandemia.

O evento foi no Ginásio Epaminondas Morais com participação do prefeito Ângelo Ferreira, o vice-prefeito e secretário de Agricultura e MeioAmbiente, Toinho Almeida, o secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania de Sertânia, Paulo Henrique, o chefe de Gabinete da Prefeitura, Neto Cajueiro, a equipe do CRAS e Verônica Ribeiro,representante da entidade FECOPE responsável pela construção das cisternas.“Esse é um momento de realização, que apesar das dificuldades, mas com o esforço de cada parceiro empenhado no projeto, hoje temos esse momentoconcretizado com alegria. As cisternas representam uma ajuda importante para essas famílias, onde o principal objetivo é armazenar água de chuvapara beber”, disse o prefeito Ângelo. A Prefeitura de Sertânia foi responsável pela colocação da areia, escavação dos buracos para colocar as cisternas e distribuição demateriais das cisternas, que têm capacidade para armazenar 16 mil litros de água potável.  “A parceria da Prefeitura foi determinante para queessas cisternas fossem construídas. A luta continua para conseguirmos beneficiar mais pessoas”, disse o vice-prefeito, Toinho Almeida.“Água de qualidade é uma garantia de direitos para o homem e a mulher do campo e representa segurança hídrica. O prefeito Ângelo tem feito umaluta grande para que a população tenha acesso à água, o que promove qualidade de vida e garante cidadania”, disse o secretário Municipal deDesenvolvimento Social e Cidadania, Paulo Henrique. Quem estava lá e agradeceu a conquista foi o agricultor Aristides Antônio da Silva, de 74 anos, residente no Sítio Lagoa do Mato. “Graças a Deus e aos homens de boa vontade como o prefeito Ângelo que olha para nós que moramos no meio rural. É uma melhora muito grande, uma mudança de vida. Obrigado, prefeito e a todos que lhe ajudaram nessa luta”,disse.