Humberto: “Não há nenhuma razão para temerem um vice do PT”

O senador Humberto Costa (PT) afirmou que a sigla petista está unificada sobre o pleito de compor a chapa do prefeito do Recife, João Campos (PSB), na posição de candidato à vice. O parlamentar mantém conversas com o presidente Lula (PT), junto à senadora Teresa Leitão (PT), para defender a importância do partido ocupar o posto.

“O partido está completamente unificado em relação a essa tese da candidatura a vice, inclusive, eu e a senadora Teresa estivemos com o presidente. Tivemos uma longa conversa com ele mostrando a justeza de que o PT esteja compondo essa chapa”, declarou o senador.

Humberto Costa destacou que o PT tem dado muitos apoios importantes às candidaturas do PSB em outos municípios, como Curitiba, São Luiz, Boa Vista e no Recife, por exemplo.

“Continuo achando que é possível construir num clima de unidade com o prefeito uma chapa muito forte para ganhar essa eleição, e a participação do PT e do presidente Lula ajuda numa vitória expressiva”, defendeu o parlamentar.

Costa ainda questionou uma possível resistência do prefeito João Campos em ter o partido na vice, ao comentar sobre a conversa que teve com Lula após Campos ter se reunido com o presidente.

“Não há nenhuma razão para temerem um vice do PT, o que um vice do PT pode fazer se for prefeito? Vai fazer o que João Paulo fez, uma grande administração, não vai ter nenhum prejuízo para a população”, enfatizou.

Olinda

Humberto Costa falou ainda sobre as articulações para as eleições em Olinda. De acordo com ele, Vinicius Castello será indicado pelo PT como pré-candidato à Federação PT-PV-PCdoB, que vai debater o nome do atual vereador.

“Vejo Vinicius como um nome muito forte, é um bom vereador, teve uma boa votação para vereador, para deputado estadual. É um nome de futuro aqui no nosso estado e, particularmente, no PT”, elogiou o senador.