Suspeitos de roubos a bancos são mortos durante troca de tiros com polícia em Varginha-MG

De acordo com a Polícia Militar, Granadas, fuzis e coletes à prova de bala foram apreendidos durante a ação. Polícia Rodoviária Federal diz que confronto ocorreu em dois locais diferentes.

Por Lucas Soares e Franco Jr., g1 Sul de Minas — Varginha-MG

Uma operação conjunta entre Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) resultou na morte de 25 suspeitos de pertencerem a uma quadrilha roubos a bancos neste domingo (31) em Varginha (MG). De acordo com a PM, os suspeitos seriam especialistas neste tipo de crime. Um vídeo divulgado pela PM mostra o armamento “de guerra” que foi apreendido com a quadrilha.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os confrontos com os homens ocorreram em duas abordagens diferentes. Na primeira, os suspeitos atacaram as equipes da PRF e da PM, sendo que 18 criminosos morreram no local.

Em uma segunda chácara, conforme a PRF, foi encontrada outra parte da quadrilha e neste local, após intensa troca de tiros, sete suspeitos morreram.

Durante as duas abordagens, foram recuperados, explosivos , armas longas ponto 50 e 10 fuzis, além de outras armas, munições, granadas, coletes, miguelitos e 10 veículos roubados.

A Polícia Militar de Varginha revelou que os suspeitos haviam alugado um sítio na cidade para ficarem perto do Batalhão da PM e assim realizarem a ação.

“Foi uma operação conjunta PRF e PM, que resultou em uma apreensão de forte armamento, um grande número de armas de fogo, além também de explosivos, coletes balísticos que eram utilizados por esses infratores. O que temos até agora é que houve essa grande apreensão em que vários criminosos estão sendo socorridos”, explicou a capitão Layla Brunnela da Polícia Militar.

“Provavelmente é a maior operação referente ao novo cangaço aqui no país, muitos infratores fariam um roubo a banco e foram surpreendidos pelo nosso serviço de inteligência integrado com a Polícia Rodoviária Federal”, completou.

A polícia chegou a confirmar mais uma morte, mas depois voltou atrás e afirmou que o número oficial é de 25 mortos. Segundo a polícia, os suspeitos foram mortos após entrarem em confronto com a polícia. Todos os envolvidos tinham idades entre 25 e 40 anos.

“Entraram em confronto com os nossos policiais militares e tiveram a resposta devida. A gente quer evitar a todo momento confronto, não vamos aqui comemorar nenhuma morte, isso não é intenção da Polícia Militar de Minas Gerais nem da Polícia Rodoviária Federal, mas sim, uma ação precisa da nossa inteligência, trabalho conjunto da inteligência da PRF. Ações como essa sempre serão pautadas pela legalidade, a gente só fez aqui responder à altura aquele risco que nossos policiais sofreram”, disse a capitão da PM.

Ainda conforme a polícia, uma carreta que foi apreendida em Muzambinho (MG) faria parte da ação, que aconteceria na noite deste domingo (31). O veículo tinha um fundo falso.

A operação da Polícia Rodoviária Federal recebeu o nome de “Audaces Fortuna Sequitur”. Segundo a polícia, ela recebeu esse nome por fazer referência “à sorte, que acompanha os audazes”. Segundo a polícia, a quadrilha já vinha sendo investigada há alguns meses.

Segundo a Polícia Militar, uma coletiva de imprensa será realizada ainda neste domingo para esclarecimento dos fatos. De acordo com a PRF, a ocorrência foi encaminhada à Polícia Judiciária.

Trabalhamos com plano A para Auxílio Brasil, diz Guedes

Por: Agência Brasil

A aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que parcela os precatórios é o único plano para o governo viabilizar o benefício mínimo de R$ 400 para o Auxílio Brasil, disse hoje (31) o ministro da Economia, Paulo Guedes. Ele integra a comitiva brasileira que participa da reunião do G20 (grupo das 20 maiores economias do planeta), na Itália, e defendeu a PEC, dizendo que ela cria o espaço fiscal necessário para o programa.

“Nós estamos trabalhando com plano A. A aprovação da PEC dos Precatórios. Ela é importante porque abre espaço fiscal para o programa de assistência social. Esse é o nosso plano. Nós acreditamos que o Congresso vai aprovar, exatamente porque permite o financiamento dos programas sociais do governo”, afirmou Guedes em entrevista a jornalistas em Roma a cujo áudio a Agência Brasil teve acesso.

O ministro não comentou a declaração de ontem (30) do presidente Jair Bolsonaro. Em entrevista a jornalistas ontem em Roma, o presidente disse estar preocupado com a demora do Congresso em aprovar a PEC e disse que o governo tem um plano B. Sem entrar em detalhes, comparou o plano alternativo com um paraquedas reserva e comentou que o mercado financeiro precisa entender que a aprovação é boa para o Brasil.Mercado

financeiro

Em relação às reações do mercado financeiro, que nas últimas semanas tem atravessado momentos de turbulência em relação à proposta de mudar o cálculo do teto de gastos, Guedes atribuiu as reações dos investidores à preocupação com a articulação política do governo. O ministro voltou a defender a aprovação de reformas para demonstrar o compromisso do governo com a responsabilidade fiscal.

“Imagino que há uma preocupação do mercado a respeito exatamente dessa capacidade de coordenação política para aprovar a PEC dos precatórios, porque é exatamente a PEC dos precatórios que nos dá o espaço para as políticas sociais”, comentou o ministro.

Aprovação das reformas

Para Guedes, a aprovação das reformas mostraria que o governo consegue aliar preocupação social e respeito ao equilíbrio fiscal, sem transferir custos para as gerações futuras. Na avaliação do ministro, o aumento temporário dos gastos foi necessário para enfrentar a pandemia de Covid-19.

“O teto é um símbolo de um duplo compromisso. De um lado, não faltou dinheiro para a saúde. O Brasil gastou 10% a mais do que a média dos países avançados para combater a pandemia e gastou o dobro do que os países emergentes gastaram. Não obstante isso, o Brasil foi um dos países que menos se endividaram, exatamente porque nós, o tempo inteiro, tentamos, nas outras despesas, respeitar o teto e seguir com as nossas reformas estruturantes”, concluiu Guedes.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Reajuste do benefício médio do ‘novo Bolsa Família’ ficará abaixo de 20% e fila de espera será zerada só em dezembro, diz governo

Distrito do Bonito receberá ação do...

O valor médio do benefício do Auxílio Brasil, novo programa social que vai substituir o Bolsa Família, será corrigido em 17,84% em novembro, mas a ampliação do número de beneficiados está prevista somente para o mês de dezembro — quando novas famílias serão incorporadas e a chamada “fila de espera” será zerada. As informações são do Ministério da Cidadania.

Com isso, a correção do benefício médio ficará abaixo do anunciado pelo ministro da Cidadania, João Roma. Na semana passada, ele havia informado que o Auxílio Brasil teria um reajuste permanente de 20% em relação aos valores pagos no Bolsa Família, que foi revogado.

O governo também informou que o valor de R$ 400, transitório, começará a ser pago somente em dezembro. Mas acrescentou que a diferença registrada em novembro entre o benefício permanente e o valor transitório, de R$ 400, será complementado em dezembro de forma retroativa.

O secretário especial do Tesouro e Orçamento, Esteves Colnago, afirmou nesta semana que o Auxílio Brasil — programa que vai substituir o Bolsa Família — custará em torno de R$ 84,7 bilhões em 2022.

Fila de espera

Segundo o Ministério da Cidadania, a ampliação do número de contemplados pelo novo programa social, para 17 milhões de famílias, será feita somente em dezembro. No próximo mês, a base de beneficiários continuará em 14,7 milhões de famílias.

Com o aumento do número de famílias beneficiadas no último mês de 2021, acrescentou a pasta, a expectativa é de zerar a chamada “fila de espera” que havia no Bolsa Família – ou seja, pagar o benefício a quem já tem direito mas não está recebendo.

“Em dezembro, o Auxílio Brasil será ampliado para 17 milhões de famílias, o que representa mais de 50 milhões de brasileiros ou um quarto da população. Com isso, será zerada a fila de espera de pessoas inscritas no Cadastro Único e habilitadas ao programa”, informou o Ministério da Cidadania, por meio de nota.

O último dado do governo sobre a fila de espera do antigo Bolsa Família é de abril deste ano, quando ela somava, segundo o Ministério da Cidadania, 423.851 famílias.

Porém, de acordo com levantamento da Câmara Temática da Assistência social do Consorcio Nordeste, que reúne governadores da região, a fila do Bolsa Família estava em 2,4 milhões de famílias em julho deste ano, das quais 907 mil no Sudeste e 881 mil no Nordeste.

GÁS NATURAL FICA MAIS CARO EM PERNAMBUCO A PARTIR DESTA SEGUNDA-FEIRA

Negociação entre Governo, indústria e concessionária reduz preço do gás natural - Jornal Z Norte

O gás natural vai ficar mais caro a partir desta segunda-feira (1º). A Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe) autorizou a Copergás a fazer um reajuste médio de 4,68%. Segundo essa determinação, os novos valores vão vigorar até 31 de dezembro deste ano.

O reajuste vale para todos os tipos de consumidor: residencial, abastecimento de veículos, comércio e indústria. O aumento têm valores diferentes e foi fixado de acordo com a finalidade do uso de gás e o volume do produto adquirido (veja tabelas no fim da matéria).

Para quem usa o gás em casa, o aumento ficará entre 2,31% e 3,61%, dependendo da faixa de consumo. A tarifa mais baixa para consumo residencial sai de R$ 2,8, por metro cúbico, para R$ 2,9, por metro cúbico.

Os motoristas que usam gás natural nos carros, o GNV, também vão pagar mais caro. O reajuste autorizado foi de 6,9%. Até este domingo (31), o preço, sem contar com os impostos, é de R$ 2,1, por metro cúbico. Com o reajuste, o valor do metro cúbico, sem tributos, sobre para R$ 2,3.

Desde o dia 25 de outubro, os motoristas estão pagando 7,04% a mais pelo litro da gasolina. Também houve majoração de 9,15% no valor do litro do diesel.

Para as indústrias e grandes consumidores comerciais, o aumento vai de 2% a 3,85%, dependendo da quantidade de gás usado.

A maior tarifa sai de R$ 5,08, por metro cúbico, para R$ 5,18, por metro cúbico, sem a cobrança de impostos. A menor, que é de R$ 2,6, sem tributos, passa para R$ 2,7, também sem a incidência de impostos.

Justificativas

O aumento do preço do gás natural foi autorizado pela Arpe, na Resolução nº 197, de 28 de outubro. Ela foi publicada no Diário oficial de Pernambuco, na sexta-feira (29).

Na resolução, a Arpe justifica que, para elevar os preços do gás natural, levou em consideração o repasse do aumento do custo de aquisição do gás natural determinado pela Petrobras, que foi de 4,38%.

Também foi levada em conta a compra de gás natural ao novo supridor, à empresa New Fortress Energy, para operação da rede local de Petrolina.

Além disso, foi levada em consideração a majoração temporária de 0,28% no preço médio ponderado do gás natural.

Ela é referente ao reembolso da diferença de custo dos volumes adquiridos em setembro e outubro de 2021, com validade para novembro e dezembro de 2021.

Na resolução, a Arpe informou que, na próxima revisão extraordinária para repasse do custo do gás natural, “realizará comparação do volume de gás utilizado no cálculo do reembolso com o volume efetivamente realizado pela Copergás, em outubro de 2021″.

A meta, segundo a agência de regulação, é verificar “uma possível compensação de eventual diferença do volume”.

Consumo residencial

Ler mais

Afogadenses concluíram cursos de maquiagem básica e energia solar

Terminaram nesta sexta (29), as aulas dos cursos de maquiagem básica e o de energia solar – instalação e manutenção de placas fotovoltaicas. As aulas aconteceram, respectivamente, no polo moveleiro e na sala de instrução da sede da Guarda.

Cerca de 40 Afogadenses participaram dos dois cursos, que trarão certificados assinados por instituições como o Senai e o Senac, de credibilidade nacional no segmento da qualificação profissional.

“Estamos intensificando a programação de novos cursos, seguindo uma determinação do Prefeito Alessandro Palmeira, e na próxima semana iremos anunciar a abertura de novos cursos em nossa cidade,” destacou o Secretário de Administração e Des. Econômico de Afogados, Ney Quidute.

A Prefeitura divulgará, em breve, a data de entrega tanto dos certificados desses cursos concluídos na sexta, quanto do curso de mecânica de motocicletas, também já concluído.

“Em um contexto de crise, de desemprego, com um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e disputado, a qualificação profissional é fundamental. E o papel da Prefeitura é buscar parcerias para ampliar ainda mais esse processo, gerando mais oportunidades de qualificação para a nossa população,” destacou o Prefeito Alessandro Palmeira.

Afogados: bebê-prefeita recebe chave da cidade

Durante a semana do bebê, o primeiro recém-nascido a nascer de parto normal, recebe a chave da cidade como um símbolo do compromisso da gestão com os cuidados e atenção integrais à primeira infância.

O compromisso em melhorar indicadores referentes à mortalidade infantil, cobertura vacinal, segurança alimentar, educação, dentre outros. Na tarde da última sexta (29), todos esses compromissos foram reafirmados pelo Prefeito Alessandro Palmeira, ao entregar a chave da cidade, à pequena Ayla Milena, nascida ontem, às 6h, no hospital regional.

Além da chave simbólica, o Prefeito entregou um kit contendo diversos produtos para a bebê. “Esse é um momento simbólico, onde, através da pequena Ayla, reforçamos nossos compromissos com as políticas públicas e o cuidado integral com a primeira infância Afogadense. Vencemos o selo Unicef no ano passado, e estamos desenvolvendo ações para melhorar ainda mais nossos indicadores, e assim, podermos conquistar novamente esse importantíssimo prêmio,” destacou o Prefeito. Ele esteve acompanhado do vice-prefeito, Daniel Valadares, e dos secretários e gestores municipais envolvidos com as ações em defesa da primeira infância.

Dia D do Outubro Rosa reúne mulheres na Praça de Eventos Olavo Siqueira

A Prefeitura de Sertânia realizou nesta quinta-feira (28/10) o dia D da campanha Outubro Rosa. A Ação que aconteceu na Praça de Eventos Olavo Siqueira reuniu dezenas de mulheres que foram beneficiadas com diversos serviços. A iniciativa tinha como propósito chamar a atenção do público feminino para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e câncer do colo do útero.

Foram feitas, em parceria com o CONDOMAR (Consórcio Intermunicipal Dom Mariano), 67 mamografias, que já haviam sido agendadas pela Secretaria de Saúde. As participantes receberam, ainda, orientações sobre autoexame e puderam aferir a pressão arterial, fazer teste de glicemia e testes rápidos de Hepatites (B e C), HIV e sífilis.

Além disso, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania esteve presente prestando seus serviços através do CadÚnico e da equipe do Cras, com educadores sociais e a equipe técnica de psicólogos e assistentes sociais. Houve também serviços de beleza. Foram feitos mais de 70 atendimentos entre design de sobrancelhas, corte de cabelo, manicure e maquiagem. Foi servido, ainda, um lanche para as participantes. Durante todo o evento foram seguidos os protocolos de segurança para enfrentamento da Covid-19.

A Luzinete da Silva, do Alto do Rio Branco, ficou muito satisfeita com a ação. “Eu tô adorando, fiz minha mamografia e deu tudo certo, agora vou fazer a sobrancelha. Estou muito grata, parabéns para toda a equipe”, disse ela.  A senhora Lindaci Bezerra, da Rua Professor Moreira, também demonstrou alegria com o evento. “Tô amando, já fiz a unha, já fiz meu exame de mama, já arrumei meu cabelo, tô feliz demais. Tá muito bem organizado, o pessoal atendendo bem, nota 10”, destacou.

Desde o início do mês, foram realizadas atividades com o intuito de alertar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce para evitar as mortes pela doença. Foram feitas palestras nas unidades de saúde tanto pela equipe do Mãe Coruja, quanto pela equipe multiprofissional da Secretaria de Saúde.

Em Sertânia, as ações para diagnóstico precoce do câncer de mama e câncer do colo do útero acontecem diariamente, durante todo o ano, nas UBSFs, com consultas médicas e de enfermeiros; solicitação de mamografia; exames citológicos; vacinação de HPV; e demonstração de como fazer corretamente o autoexame da mama. Além de consultas com ginecologista no Centro de Saúde da Mulher e da Criança.

Pernambuco bate marca de 20 mil mortos por Covid-19

No dia que o Estado bateu a marca de 20 mil mortos por Covid-19, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta sexta-feira (29), 456 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 25 (5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 431 (95%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza  630.976 casos confirmados da doença, sendo 54.533 graves e 576.443 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 569.115 pacientes recuperados da doença. Destes, 33.374 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 535.741 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 11 óbitos (8 masculinos e 3 femininos), ocorridos entre 19/05/2020 e 28/10/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Água Preta (1), Caruaru (2), Jaboatão dos Guararapes (1), Lajedo (1), Olinda (2), Paulista (1), Petrolina (1), Recife (1) e Saloá (1). Com isso, o Estado totaliza 20.001 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 40 e 87 anos, além de uma criança de seis anos do sexo masculino. As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 40 a 49 (1), 50 a 59 (1), 60 a 69 (2), 70 a 79 (3) e 80 e mais (3). Do total, sete tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (5), diabetes (3), doença respiratória (2), obesidade (1), histórico de AVC (1), doença de Parkinson (1) e histórico de tabagismo (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Atendimento ambulatorial 

A Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) de Petrolina irá retomar a realização de consultas ambulatoriais, exames e cirurgias na próxima segunda-feira (01º/11). O serviço é referência para os sete municípios que englobam a VIII Gerência Regional de Saúde (Geres): Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista.

A volta da atenção especializada do serviço, dentro do perfil original da unidade, com procedimentos eletivos, faz parte do processo de retomada que vem sendo executado ao longo dos últimos meses pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), com o intuito de  atender as mais diversas patologias e demandas da população.

É imprescindível destacar que, neste primeiro momento, serão atendidos apenas os pacientes que já estavam agendados pela UPAE e centrais de marcação dos municípios. Estes pacientes já estão sendo, inclusive, contactados por telefone. “Não faremos novas marcações agora na UPAE. Atenderemos inicialmente a nossa demanda reprimida”, considera a coordenadora geral da UPAE, Grazziela Franklin. A coordenação ratifica que todos os pacientes devem aguardar o contato do serviço,  comparecendo à UPAE apenas no dia e horário informados por telefone. “Retornaremos seguindo todos os protocolos exigidos e prezando pela segurança dos nossos profissionais, colaboradores e usuários”, garante a Grazziela.

Para organizar a dinâmica do local, serão usadas pulseiras de identificação diferenciadas. Lilás para os pacientes e laranja para os acompanhantes. A medida tem como objetivo melhorar o fluxo interno. Falando em acompanhante, é importante deixar claro que a pandemia ainda não acabou, por isso é necessário evitar aglomerações.

Então, o direito será resguardado aos casos previstos em lei, como idosos, menores de idade e pessoas com mobilidade reduzida, por exemplo.  

Mais vacinas

Pernambuco recebeu, no início da tarde desta sexta-feira (29.10), mais 80.730 doses da vacina contra a Covid-19 da fabricante Pfizer/BioNTech. A nova remessa foi desembarcada no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre por volta das 13h e, em seguida, levada para a sede do Programa Estadual de Imunização (PEI-PE), para divisão por município.

O novo quantitativo será destinado para aplicação de segundas doses da população em geral a partir dos 18 anos. “Sempre destacamos a importância do esquema vacinal completo para a maior eficácia do imunizante e para superarmos a pandemia da Covid-19. Os municípios pernambucanos devem continuar fazendo todos os esforços possíveis para avançar na cobertura vacinal da segunda dose dos seus habitantes”, ressaltou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Desde o início da campanha, em janeiro deste ano, Pernambuco já recebeu 14.432.323 doses de vacinas contra a Covid-19. Desse total, foram 4.879.420 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz, 4.287.253 da Coronavac/Butantan, 5.091.840 da Pfizer/BioNTech e 173.810 da Janssen.

Sequenciamento genético

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulga nesta sexta-feira (29/10) mais uma rodada do sequenciamento genético de amostras de pacientes confirmados para a Covid-19 feito pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz PE) e Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE).

O relatório de circulação de linhagens apontou que das 54 amostras sequenciadas, 52 (96%) foram identificadas como da linhagem Delta. As outras duas amostras (4%) são linhagem e sublinhagem da variante Gamma.

As amostras são de pacientes provenientes das cidades de Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Caruaru, Jaboatão dos Guararapes, Feira Nova, Lagoa Grande, Moreno, Olinda, Paulista, Petrolina e Recife. As coletas desses pacientes foram realizadas entre os meses de setembro e outubro deste ano.

Balanço da vacinação

Pernambuco já aplicou 11.845.330 doses de vacinas contra a Covid- 19 na sua população, desde o início da campanha de imunização no Estado (no dia 18 de janeiro de 2021).

Com relação às primeiras doses, foram 6.870.351 aplicações (cobertura de 89,31%). Do total, 4.687.069 pernambucanos (60,93%) já completaram seus esquemas vacinais, sendo 4.513.996 pessoas que foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outros 173.073 pernambucanos que foram contemplados com vacina aplicada em dose única. Em relação às doses de reforços (terceira dose), já foram aplicadas 287.910 doses.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.