Paulo Câmara autoriza novas convocações para a segurança pública

Com 152 novos chamados, será zerada a fila de espera dos concursos em vigor para as quatro policias. Até junho do ano que vem, 2.077 profissionais estarão reforçando a segurança em Pernambuco

Reafirmando o compromisso com a segurança pública, o governador Paulo Câmara assinou, na tarde desta quarta-feira (13.10), autorização para 152 novas convocações nos concursos vigentes da Secretaria de Defesa Social (SDS). Com isso, todos os classificados nos certames para as polícias Militar, Civil, Científica e Corpo de Bombeiros serão chamados.

Com as 1.925 convocações já anteriormente anunciadas para as quatro operativas, Pernambuco terá o acréscimo de 2.077 novos profissionais até junho de 2022. “Dentro do planejamento do Pacto Pela Vida, deliberamos o início de novos cursos de formação e agora teremos condições de aproveitar todos os classificados nos concursos públicos das instituições de segurança do Estado. Vamos reforçar a quantidade de policiais nas ruas e também a capacidade de encaminhamento por parte das nossas polícias”, afirmou Paulo Câmara.

As novas convocações contemplam 74 peritos papiloscopistas, 23 auxiliares de perito, oito oficiais da Polícia Militar, 15 oficiais do Corpo de Bombeiros, 10 soldados do Corpo de Bombeiros e 22 delegados da Polícia Civil, totalizando 152 novos servidores públicos. Os editais com os chamamentos sairão em breve.

“Vamos chamar uma primeira turma para soldado do Corpo de Bombeiros já em novembro, porque o curso é mais extenso. Depois, novos soldados da Polícia Militar, e as demais turmas iniciando em janeiro, para que a gente forme até o mês de maio e eles tomem posse ainda em 2022. Com isso, teremos mais de dois mil profissionais de segurança pública sendo formados nesse período, somando-se às operativas da SDS no esforço diário de redução da criminalidade no Estado”, explicou o secretário de Defesa Social, Humberto Freire.

Desde 2015, 6.798 profissionais foram formados e incorporados à segurança pública do Estado, entre policiais militares, civis, científicos e bombeiros militares. Estiveram presentes à solenidade os secretários Alexandre Rebêlo (Planejamento e Gestão) e José Neto (Casa Civil).

Prefeitura de Sertânia retoma atividades do PELC

O Programa de Esporte e Lazer da Cidade (PELC) de Sertânia está de volta. Depois de um período de paralisação por causa da pandemia da Covid-19, as atividades serão retomadas seguindo todos os protocolos de segurança. As inscrições estão abertas e podem ser feitas nos três núcleos do município: Academia das Cidades (Vila da Cohab), Ginásio Epaminondas Morais e Academia da Saúde (Alto do Rio Branco), de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e de 13h30 às 17h. As matrículas são gratuitas.

Os interessados podem aprender: futsal, handebol, futebol, vôlei, artesanato, tênis de mesa, capoeira, música, dança, teatro, ginástica, funcional e jogos populares.

O Programa Esporte e Lazer da Cidade trata-se de uma política pública social que oferece atividades de recreação e lazer à população. Criado em 2003 pelo Ministério do Esporte, a iniciativa acontece por meio de convênio com a prefeitura de Sertânia, por meio da Secretaria de Juventude, Esporte, Cultura e Turismo.

Live-show nesta quinta vai homenagear profissionais da educação em Afogados

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira promove, nesta quinta (14), uma live-show em homenagem a todos os profissionais de educação do município.

A parte musical ficará sob a responsabilidade da talentosa dupla de músicos Júnior & Emanoel. A transmissão será através do canal oficial da Prefeitura de Afogados no YouTube, a partir das 19h.

“Será uma noite de muitas homenagens aos nossos profissionais que tanto tem se dedicado, sobretudo nesses tempos de pandemia, a garantir uma educação de qualidade para a nossa população. Convidamos todos a assistir e participar desse momento conosco”, disse a Secretária de Educação, Wivianne Fonseca.

Na próxima sexta (15) não haverá aulas na rede municipal de ensino tendo em vista o feriado do dia do Professor.

Governo de Pernambuco anuncia pagamento de mais de R$ 71 milhões em Bônus de Desempenho Educacional

Com o objetivo de fortalecer a educação em Pernambuco, o governador Paulo Câmara fez uma série de anúncios nesta quarta-feira (13.10), em solenidade no Palácio do Campo das Princesas. Entre as ações estão o pagamento do Bônus de Desempenho Educacional (BDE) 2021, que visa premiar servidores lotados e em exercício nas unidades escolares e nas 16 Gerências Regionais de Educação (GREs) por desempenho no processo educacional e cumprimento de metas e condições estabelecidas. Neste ano, o valor do BDE é superior a R$ 71,5 milhões, contemplando 876 escolas da rede estadual e impactando mais de 32 mil servidores.

O montante é o maior já pago em qualquer edição do BDE e vai acarretar uma distribuição média de R$ 2.214,64 por profissional, que deve ser pago nesta sexta-feira (15.10), Dia do Professor. O valor total deste ano representa um aumento de mais de 200% em comparação com o de 2020, que foi de R$ 21,7 milhões e contemplou 635 unidades de ensino e mais de 24 mil servidores. “Nunca houve um valor dessa magnitude, e isso é reflexo de planejamento e da certeza de que temos que retribuir todo esse esforço que a rede de educação de Pernambuco tem feito nos últimos anos. Principalmente durante a pandemia”, pontuou Paulo Câmara.

No mesmo evento, o governador anunciou a realização de concurso público, para contratar 3.500 novos servidores para a Secretaria de Educação e Esportes. O certame vai ofertar vagas para professores de todas as disciplinas da Educação Básica, Educação Profissional, Educação Especial e para o Conservatório Pernambucano de Música, além de vagas para analistas em gestão educacional. O edital com o cronograma e demais informações será divulgado em breve.

De acordo com Paulo Câmara, todas as áreas da educação terão o quadro renovado com o concurso, o maior já anunciado na educação de Pernambuco. “O lançamento foi autorizado e agora vamos selecionar a instituição organizadora. Temos como meta até o final do ano lançar o edital para que, em 2022, possamos ter condições de ter novos profissionais atuando na nossa rede”, esclareceu.

NOVO PROGRAMA – O governador lançou ainda o Programa Monitoria PE, voltado para diminuir a evasão escolar. A iniciativa se divide em Monitoria de Busca Ativa e Monitoria de Aprendizagem. O primeiro tem investimento de R$ 568 mil, e visa resgatar os estudantes que, dentro do contexto da pandemia, se afastaram do ambiente escolar. Entre os critérios exigidos está à disponibilidade para jornada de 20h semanais e, preferencialmente, ser egresso da rede estadual. Neste caso, os monitores receberão uma bolsa de R$ 800.

Já o Programa Monitoria Aprendizagem tem um investimento de mais de R$ 4 milhões apenas neste ano, com objetivo de estimular os estudantes com lacunas de aprendizagem neste momento de retomada das aulas presenciais. Ao todo, estão sendo disponibilizadas 7.128 vagas de monitor para todas as escolas do Estado. As turmas do 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio terão dois monitores, um para Língua Portuguesa e um para Matemática.

Os monitores serão alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio, e receberão uma bolsa no valor de R$ 200. “Esses estudantes terão como atribuição socializar os conhecimentos com aqueles colegas que têm dificuldades em determinados conteúdos. Para poder se candidatar à monitoria, o aluno deve ter média acima de sete e disponibilidade de tempo. Esse aluno vai passar por um processo seletivo dentro da escola para poder ser escolhido”, detalhou o secretário de Educação e Esportes, Marcelo Barros.

Participaram também do evento as secretárias estaduais Marília Lins (Administração) e Ana Elisa Sobreira (Mulher); o deputado estadual Paulo Dutra; os secretários executivos de Educação Leonardo Lamartine, Maria Medeiros, Ana Selva e João Charamba, além de gerentes regionais e professores.

Prefeitura leva Caravana da Criança aos bairros e Praça Sérgio Magalhães em Serra Talhada

A Prefeitura de Serra Talhada realizou de 08 a 12 de outubro a Caravana da Criança, levando brincadeiras, música, danças, guloseimas, brinquedos e muita alegria às crianças dos bairros e centro da cidade.

Ao todo a caravana percorreu sete bairros da cidade, e estacionou nesta terça-feira (12), Dia das Crianças, na Praça Sérgio Magalhães, onde foi montado um verdadeiro parque de diversões para a criançada comemorar o seu dia em grande estilo.

Na sexta-feira (08), a caravana fez a alegria da criançada nos bairros IPSEP, às 18h, e CAGEP, às 19h. E no sábado (09) passou pelos bairros Borborema, às 16h, Vila Bela, às 17h, e Cohab, às 19h. Nesta terça-feira (12), antes de chegar à Praça Sérgio Magalhães, teve caravana às 09h no bairro Bom Jesus e às 16h no Mutirão.

“Estamos vivenciando o segundo ano de pandemia, onde as crianças precisaram ficar muito tempo em casa, sem ir à escola e longe dos amiguinhos. Pensando nisso, nós organizamos uma caravana de muita alegria, que passou por diversos bairros e terminou hoje, dia doze, na Praça Sérgio Magalhães. Importante destacar que mantivemos todos os cuidados necessários, sempre orientando os pais e as crianças sobre o uso de máscaras, para que elas pudessem se divertir com segurança”, frisou a prefeita Márcia Conrado.

Segundo a gestora, o projeto da caravana deverá ser estendido a outros bairros e distritos do município. “Agradeço a todos os servidores que fizeram desse momento possível, e também agradeço a todos os pais que tiraram um pouquinho do seu tempo para levarem seus filhos. Foi muito lindo. A Caravana da Criança é um projeto que só tem a crescer para levarmos alegria a mais bairros e aos distritos, valorizando essa linda fase que é a infância”, completou.

Aumento nos preços se espalha por vários setores da economia mesmo com a população comprando menos

Aumento nos preços se espalha por vários setores da economia mesmo com a população comprando menos

Os brasileiros têm sentido no bolso o alerta do Fundo Monetário sobre a inflação. O aumento nos preços não tem dado trégua mesmo com a população comprando menos. É que, desta vez, a alta de preços não é pelo aumento do consumo.

Na gangorra dos preços, de um lado está quem compra, do outro quem produz. E se o consumo está lá no chão, é a produção que está puxando a inflação para o alto. Uma situação que não se vê toda hora.

“Tudo isso tem a sua origem na Covid, na pandemia. Porque a pandemia levou fevereiro, março e abril do ano passado todo mundo a fechar as fábricas e trabalhar em casa. Aí a produção veio a zero e aí, quando voltou, a demanda voltou em estilingue, subiu muito e aí desarranjou muito e quando começa a desarranjar, até pôr em ordem, fica muito difícil”, explica o economista José Roberto Mendonça de Barros.

No dicionário da economia, o nome é inflação de custos. Significa que, mesmo com pouca procura, o preço daquilo que vai para as prateleiras sobe porque produzir está cada vez mais caro.

Os especialistas dizem que tudo começou quando a pandemia cedeu um pouco lá fora. A economia de outros países começou a girar, aumentando a demanda mundial por alimentos, fontes de energia como o petróleo, insumos como o minério de ferro e outras matérias-primas, chamadas de commodities. O Brasil também entrou nessa disputa, mas em desvantagem por causa da moeda desvalorizada na hora de fechar negócios em dólar.

O índice de commodities do Banco Central, que acompanha os preços das matérias-primas com influência sobre inflação ao consumidor, mostra um aumento de 40% nos últimos 12 meses encerrados em agosto, na média. Olhando só para energia, a alta é ainda maior, de mais de 62%.

“É uma pressão de custo, uma verdadeira avalanche de custos que chega para o atacado e vai para o varejo em maior ou menor grau. No caso, por exemplo, dos alimentos – que respondem de maneira mais célere ao que acontece no atacado -, isso já pegou no último quadrimestre do ano passado”, diz o economista Fabio Romão.

E, no varejo, quer dizer, na ponta, todos pagamos o preço do aumento dos custos de produção.

“As pessoas foram impedidas de circular. E, evidentemente, elas acabaram gastando pouco da sua renda com serviços e destacando parte maior da sua renda para bens duráveis”, afirma Fabio Romão.

Mas a inflação chega ao bolso dos brasileiros de maneira desigual.

“Apesar da demanda no Brasil não estar nada extraordinária – mercado de trabalho melhorou um pouquinho, mas segue muito fraco -, a pressão nos preços é muito visível desde o começo do ano, criando realmente uma grande dificuldade especialmente para as famílias das classes C, D E – onde o custo de alimentação, energia e transporte pesa muito mais do que nas classes A e B, que é o que estamos vendo”, explica José Roberto Mendonça de Barros.

Prefeitura e INCRA entregam 293 DAP’S e CCU’S a agricultores de 19 assentamentos em Serra Talhada

A Prefeitura de Serra Talhada e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) realizaram a entrega de 215 Contratos de Concessão de Uso (CCU) e 78 Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAP) a beneficiários (as) dos assentamentos rurais do município de Serra Talhada. A solenidade aconteceu na Câmara de Vereadores.

As DAP’S foram entregues aos assentamentos Boa Vista (2), São Lourenço (8), Mandacaru (9), Paulista (13), Barra do Exu (17), e Virgulino Ferreira (29). E os CCU’S entregues aos assentamentos Boa Vista (1), Carnaúba do Ajudante (1), Catolé (1), Mandacaru (2), Barra do Exu (2), Paulista (4), Lajinha (5), Adão Preto (5), Bela Vista (6), Três Irmãos (7), Gilvan Santos (9), Serra Branca (10), Paraíso (11), Cachoeira (12), Poço do Serrote (15), Timburana (19), Ivan Souto (30) e Virgulino Ferreira (75).

Presente na solenidade, a prefeita Márcia Conrado comemorou a conquista dos agricultores. “Vim de Bernardo Vieira, conheço de perto os desafios que os agricultores precisam superar no seu dia a dia. Por isso, estamos nos esforçando para garantir cada vez mais qualidade de vida às famílias do campo, inclusive às famílias assentadas, que dependem desses documentos para poderem acessar diversos programas sociais. Agradeço ao INCRA pela parceria, ao sindicato rural pelo apoio e à toda equipe técnica da Secretaria de Agricultura, que juntos trabalharam para viabilizar a concessão dos documentos aos agricultores”, afirmou.

Os documentos foram emitidos pelo Incra-PE em parceria com a equipe técnica da Secretaria Municipal de Agricultura e Recursos Hídricos da Prefeitura de Serra Talhada, em função do Acordo de Cooperação Técnica (ACT) entre o poder municipal e a autarquia federal. “É uma conquista muito grande para o município, fruto da persistência dos agricultores, que agora com a documentação em mãos poderão ir em busca de mais recursos e créditos rurais para trabalhar e aumentar a produção, melhorando a renda e a qualidade de vida das famílias”, explicou o vice-prefeito e secretário de Agricultura e Recursos Hídricos, Márcio Oliveira.

O superintendente do Incra, Thiago Ângelus, explicou que o evento é fruto da parceria exitosa com o município. “A entrega destes documentos hoje, beneficiando essas famílias, é a demonstração de que o Incra vem dando continuidade às suas ações, principalmente, devido a boa parceria com as prefeituras através dos ACTs, que tem nos ajudado a levar mais serviços aos nossos assentados de forma mais célere. Então hoje é mais um dia de comemoração, um número expressivo de CCUs e DAPs entregues, é um trabalho que está só no começo, ainda temos muito mais por fazer por Serra Talhada”, comemorou.

O CCU é um instrumento que transfere, em caráter provisório, o imóvel rural e assegura ao beneficiário o acesso à terra, créditos e programas do Governo Federal. A DAP por sua vez é a comprovação de enquadramento do agricultor como pequeno produtor, e é indispensável para o acesso a políticas públicas como Pronaf, Programa de Aquisição de Alimentos, Merenda Escolar e Habitação Rural.

Última parcela: confira o calendário de pagamento da 7ª parcela do auxílio emergencial

Governo Federal anunciou o calendário de depósitos da 7ª parcela do auxílio emergencial a partir do próximo dia 18 – segunda-feira – para os beneficiários do Bolsa Família. Já para os trabalhadores cadastrados via aplicativo, os pagamentos começam no dia 20 de outubro.

O valor do auxílio é de R$ 150,00 por mês para famílias compostas por apenas uma pessoa, R$ 250,00 por mês para famílias compostas por mais de uma pessoa e de R$ 375,00 mensais para famílias chefiadas por mulheres sem cônjuge ou companheiro, compostas por pelo menos uma pessoa menor de 18 anos.

A consulta da situação do benefício pode ser feita pelo aplicativo do auxílio emergencial, pelo site ou pelo Dataprev.

Regras

Pelas regras estabelecidas, o auxílio é pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

O programa se encerraria com a quarta parcela, depositada em julho e sacada em agosto, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para o benefício.

Calendário da 7ª parcela do Auxílio Emergencial

Bolsa Família
  • NIS com final 1: 18 de outubro
  • NIS com final 2: 19 de outubro
  • NIS com final 3: 20 de outubro
  • NIS com final 4: 21 de outubro
  • NIS com final 5: 22 de outubro
  • NIS com final 6: 25 de outubro
  • NIS com final 7: 26 de outubro
  • NIS com final 8: 27 de outubro
  • NIS com final 9: 28 de outubro
  • NIS com final 0: 29 de outubro
Público geral
  • Nascidos em janeiro – 20 de outubro
  • Nascidos em fevereiro -21 de outubro
  • Nascidos em março – 22 de outubro
  • Nascidos em abril – 23 de outubro
  • Nascidos em maio – 23 de outubro
  • Nascidos em junho – 26 de outubro
  • Nascidos em julho – 27 de outubro
  • Nascidos em agosto – 28 de outubro
  • Nascidos em setembro – 29 de outubro
  • Nascidos em outubro – 30 de outubro
  • Nascidos em novembro – 30 de outubro
  • Nascidos em dezembro – 31 de outubro

Pernambuco registra 210 novos casos e cinco óbitos por Covid-19

Pernambuco registrou, nesta terça-feira (12), 210 novos casos e cinco óbitos por Covid-19. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Entre os casos confirmados hoje, 17 (8%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 193 (92%) leves. Agora, Pernambuco totaliza 624.559 casos confirmados da doença, sendo 54.227 graves e 570.332 leves.
As cinco novas mortes foram ocorridas entre os dias 06/10/2021 e 10/10/2021. Com isso, o Estado totaliza 19.855 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Sertânia terá mais um “Dia D” de Vacinação contra a Covid-19 para segunda dose da Pfizer

A Prefeitura de Sertânia vai fazer mais um “Dia D” de Vacinação contra a Covid-19 especialmente para pessoas que ainda não receberam a segunda dose da Pfizer.  A mobilização acontecerá na próxima sexta-feira (15/10), das 8h às 15h, na quadra da Escola Municipal Etelvino Lins de Albuquerque.

Lembrando que as pessoas que já completaram 60 dias da primeira dose da Pfizer podem participar desse “Dia D”. Não é necessário agendamento pelo aplicativo. Para receber a vacina, basta apresentar o comprovante da primeira dose, CPF, RG, cartão do SUS e comprovante de residência.

“É essencial tomar as duas doses da Pfizer para obter a proteção necessária contra a Covid-19. Nosso objetivo é oferecer à população a oportunidade de concluir o esquema vacinal”, disse o secretário interino de saúde, Neto Cajueiro.