Johnson & Johnson garante eficácia maior se a imunização completa for com duas doses

Foto: Robyn Beck/AFP

Por: AFP

A vacina contra o coronavírus do laboratório norte-americano Johnson & Johnson é mais eficaz quando administrada em duas doses, de acordo com novos dados divulgados pela empresa na terça-feira (21).
O imunizante da J&J foi originalmente desenvolvido como uma vacina de dose única, mas com uma segunda dose injetada cerca de dois meses (56 dias) após a primeira, os níveis de anticorpos observados aumentaram “quatro a seis vezes”, de acordo com um comunicado da empresa.
A eficácia da vacina contra casos sintomáticos da doença pelo menos 14 dias após a dose de reforço foi de 75% e de 100% contra casos graves, com base em dados de um ensaio clínico realizado em vários países em pessoas a partir de 18 anos.
Nos Estados Unidos, a eficácia contra os casos sintomáticos (moderados a graves) foi de 94% com essa dose de reforço. Em comparação, os dados mais recentes do ensaio clínico de dose única original mostraram que a eficácia da droga nos Estados Unidos contra casos sintomáticos era de 70%.
Segundo a Johnson & Johnson, variantes do coronavírus reduzem a eficácia da vacina contra os casos graves.
A empresa disse que enviou os dados à Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos e que em breve os apresentará a outras autoridades regulatórias em todo o mundo.
Esta é uma notícia encorajadora para os 15 milhões de americanos vacinados com este imunizante: o governo do presidente Joe Biden anunciou que lançaria uma campanha de reforço para adultos vacinados com Pfizer ou Moderna, mas disse que estava aguardando mais dados sobre a Johnson & Johnson.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Bolsonaro na ONU: ‘Vim mostrar um Brasil diferente’

Foto: Pool/AFP

Por: Natasha Werneck – Estado de Minas

Por: Roger Dias

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) abriu a 76ª sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira (21) retrucando as informações divulgadas sobre seu governo pela imprensa internacional. Segundo o chefe do Executivo, desde que assumiu o comando o Brasil, em janeiro de 2019, não houve casos de corrupção.

“Venho aqui mostrar o Brasil diferente daquilo publicado em jornais ou visto em televisões”, iniciou o discurso. “O Brasil mudou e muito depois que assumimos o governo em janeiro de 2019, estamos há dois anos e oito meses sem qualquer caso concreto de corrupção. O Brasil tem um presidente que acredita em Deus, respeita a Constituição, valoriza a família e deve lealdade ao seu povo”, disse Bolsonaro.

O presidente ainda disse que o Brasil estava “à beira do socialismo”, mas que agora as coisas mudaram. “É uma sólida base se levarmos em conta que estávamos à beira do socialismo. Nossas estatais davam prejuízo de bilhões de dólares no passado e hoje são lucrativas. Nosso banco de desenvolvimento era usado para financiar obras em países comunistas sem garantias. Quem honrava esses compromissos era o próprio povo brasileiro. Tudo isso mudou, apresento um novo Brasil com sua credibilidade já recuperada diante do mundo”, afirmou.

O chefe do Executivo desembarcou nos EUA com a comitiva presidencial no domingo (19/9). Desde então, Bolsonaro se reuniu com outros líderes mundiais, entre eles Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido.
Ele é o único entre os 19 líderes do G20 (composto pelas 19 principais economias mais a União Europeia) a não ter tomado a vacina contra a COVID-19.
Essa foi a terceira participação de Bolsonaro na ONU desde que assumiu o mandato, em 2019. O representante do Brasil é sempre o primeiro a discursar desde 1947.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Recife sedia reunião com secretários de Justiça e Administração Penitenciária de todo o Brasil

O ex-ministro de Segurança Pública, Raul Jungmann, fará uma palestra para os presentes, com foco em assaltos à instituições financeiras por organizações criminosas

A primeira reunião ordinária realizada de forma presencial fora de Brasília pelo Conselho Nacional dos Secretários de Estado da Justiça, Cidadania, Direitos Humanos e Administração Penitenciária (Consej) será no Recife, nesta quinta-feira (23/09). O secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco e presidente do colegiado, Pedro Eurico, será o anfitrião do encontro, que já tem confirmada a presença de secretários de todas as unidades da federação. O ex-ministro de Segurança Pública, Raul Jungmann, fará uma palestra para os presentes, com foco em assaltos à instituições financeiras por organizações criminosas.

A reunião ocorrerá na sala de monitoramento do Pacto Pela Vida (PPV), na Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco (Seplag), localizada na Rua da Aurora, 1377, Bairro de Santo Amaro, Recife-PE, com início previsto para às 9h, e também contará com a participação da diretora-geral do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Tânia Fogaça, do presidente do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP), Márcio Schiefler Fontes, e do desembargador e supervisor  do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF), Mauro Alencar de Barros.

Em pauta, a análise da Comissão referente a cogestão, PP e privatização dos sistemas penitenciários brasileiros; os impactos das recomendações da Corte Interamericana de Direitos Humanos no sistema prisional; além da implementação do Programa de Remição de Pena pela Leitura e a educação formal nas unidades prisionais, entre outros assuntos. “Passamos mais de um ano sem encontros presenciais, devido à pandemia de Covid-19. É uma satisfação muito grande trocar experiências e apresentar as boas práticas de Pernambuco no âmbito prisional a representantes do sistema penitenciário de todo o país”, pontua Pedro Eurico.

Serviço: Reunião do Consej no Recife

Data/hora: 23/09/2021, às 9h

Local: Sala de monitoramento do Pacto Pela Vida, na Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco (Seplag), localizada na Rua da Aurora, 1377, Bairro de Santo Amaro, Recife-PE

Estímulo à atividade profissional pode contribuir para a saúde mental

O mês de setembro acende um importante alerta para os cuidados com a saúde mental, sobretudo dos jovens. De acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), são registrados mais de 13 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo. Esta triste realidade afeta, em sua maioria, os jovens e, por isso, a importância de estar atento aos sinais e agir preventivamente em prol da saúde mental deles.

Pensando nisso, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) – que trabalha com o público jovem – orienta às empresas a estarem atentas aos sinais apresentados pelos jovens em seu dia a dia no estágio, e sugere a criação de espaços que favoreçam a escuta, o diálogo e o compartilhamento de sentimentos e emoções, criando assim uma rede de apoio, tanto para os colaboradores quanto para os estagiários.

“Sabemos que existem muitos quadros emocionais que dependem de um acompanhamento médico e psicológico, mas, aliado a isso, podemos usar o nosso ambiente de trabalho para a prática de atitudes saudáveis, com intuito de contribuir no combate à doença”, destacou a psicóloga do IEL-PE, Silviane Melo.

Ainda conforme a ABP, cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e de abuso de substâncias.

O estágio, além de ser um espaço de aprendizagem, atua também como rede de apoio a esses estudantes que vivenciam seus dilemas e conflitos emocionais. “Compreendemos que o estágio não será a solução da doença, mas possibilitará ao jovem a pensar em novos caminhos, perspectivas e em seu propósito de vida, promovendo a melhoria em sua saúde mental e qualidade de vida.”, destacou Silviane.

Diante disso, a psicóloga do IEL-PE reforça o alerta para que as empresas propiciem um ambiente empático e acolhedor. “Estamos no meio de uma pandemia, em que muitas pessoas sentiram mais fortemente as emoções por todo o processo que vivemos. Silviane sugere também que as pessoas se permitam a buscar ajuda de profissionais especializados quando perceberem que sozinhas não conseguem dar conta dos seus conflitos e sofrimento emocional”.

SETEMBRO AMARELO – Em alusão ao Setembro Amarelo – Mês de Prevenção ao Suicídio, o SESI-PE está com a campanha “Quem cuida da mente, cuida da vida”. A Rede de Ensino está desenvolvendo ações de promoção e proteção à saúde mental nas escolas durante todo o mês, como rodas de conversa sobre como identificar comportamentos de risco, oficinas com os professores das unidades e criação de painel com mensagens positivas. Além disso, os estudantes também podem contar com os profissionais do Serviço de Atenção Psicológica da rede de ensino.

NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DO EX-PREFEITO DE ARCOVERDE

Visualização da imagem

A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) se solidariza com familiares e amigos do ex-prefeito de Arcoverde, Ruy de Barros Correia Filho, esposo da ex-presidente da Amupe, Rosa Barros, que faleceu na manhã de hoje.

A Amupe, em nome da sua diretoria, vem expressar os sentimentos e agradecimentos a sua valiosa contribuição aos munícipes de Arcoverde.

Parceria entre Município de Sertânia e Governo do Estado promoverá capacitação para população de Sertânia

Interessados poderão se inscrever no curso: “Aplicativos Básicos de
Informática” hoje (21/09) e amanhã (22/09)

Uma parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania de
Sertânia (SDSC) e a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de
Pernambuco – Seteq irá promover para os sertanienses o curso de
“Aplicativos Básicos de Informática”. A capacitação é gratuita e as
aulas serão iniciadas no dia 28 de setembro. A iniciativa visa promover
conhecimento e qualificar a população para o mercado de trabalho.

As inscrições acontecem hoje (21/09) e amanhã (22/09) através deste
link:  https://sistemas.seteq.pe.gov.br/sima/inscricao_login/. A
capacitação contará com 15 vagas e terá a duração de 60 horas/aula e
será realizada na Escola Municipal Presidente Vargas, no turno da noite,
de segunda a sexta-feira. O curso será realizado de forma presencial,
respeitando os critérios de segurança adotados na pandemia.

“O nosso objetivo é realizar ações que promovam a cidadania no
município. E esse curso é uma oportunidade de qualificação e
aperfeiçoamento profissional”, disse o secretário de SDSC, Paulo
Henrique.

O Senac, unidade Serra Talhada, será o responsável pelas matrículas, que
serão realizadas on-line e logo após a Seteq divulgar a lista com os
inscritos. Os candidatos deverão aguardar o contato da equipe do Senac.
Para esclarecimento de quaisquer dúvidas ou informações, é só ligar no
telefone: 087- 3929 2350.

IPA completa 86 anos com inauguração do Centro de Produção e Comercialização de mudas no Recife

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), completa 86 anos de existência neste mês de setembro, consolidado como referência nacional na execução de ações e projetos, que visam ao fortalecimento e incremento da Agricultura Familiar e a interiorização do desenvolvimento em Pernambuco.

A solenidade comemorativa será realizada na quarta-feira (22/09), às 10h, com a inauguração do Centro de Produção e Comercialização de mudas do IPA (CPC-IPA), na sede do Instituto, no Bongi. Entre as diversas ações propostas para o CPC-IPA, estão a produção e comercialização de 20 mil mudas frutíferas, sete mil mudas florestais, cinco mil mudas ornamentais e três mil mudas de plantas medicinais e hortícolas por ano, que serão disponibilizadas na sede.

“Para isso será utilizada uma casa de vegetação para produção e manutenção das mudas e pagamento efetuado com emissão de notas fiscais”, explica o presidente do IPA, Kaio Maniçoba. O IPA também passa a oferecer consultoria em análise de águas.

Na ocasião também serão lançados dois livros: “Solos: estudos potencialidades e uso”, de Josimar Gurgel, e Paisagismo em Pernambuco Área Verdes Urbanas, de autoria de Marcelo Mara Bione e Fernando Antônio Távora Gallindo.

Haverá ainda o descerramento de uma placa comemorativa e o plantio de um pé de Baobá. O evento será transmitido ao vivo direto da sede do IPA, no Recife, pela página oficial do Instituto no Facebook (facebook/ipa.pernambuco) e pelo Canal do IPA no Youtube.

AÇÔES – Na área de Extensão Rural, o IPA está sempre próximo ao agricultor familiar. Coordena e mantém, no Estado, com elogiada atuação, ações do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Campo Novo (Distribuição de Sementes), Projeto Dom Helder – este uma referência para outros estados da federação; Projeto Mãe Coruja, cursos do Programa Horta em Todo Canto, entre outros. Além disso desenvolve ações a fim de beneficiar diretamente agricultores com dias de campo, cursos de capacitação, intercâmbio entre instituições, sempre buscando acrescer, cada vez mais, o agricultor familiar do Estado.

“Com corpo técnico altamente qualificado, o Instituto é uma importante ferramenta de desenvolvimento, ao levar inovação tecnológica e conhecimentos ao homem do campo, por meio dos trabalhos que desenvolve”, destaca Kaio.

Mesmo a pandemia, provocada pelo Novo Coronavírus, não conseguiu parar o trabalho desenvolvido pelos mais de 400 extensionistas do Instituto, espalhados por todo o interior pernambucano. Além do atendimento remoto e via watsap, os técnicos orientaram e acompanharam a distribuição de sementes e a forma de armazenamento para assegurar a qualidade e biossegurança dos alimentos entregues ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), garantindo a Segurança Alimentar nas entidades beneficiadas Além disso, a Diretoria de Extensão desenvolveu cartilhas educativas, com tópicos relevantes e em linguagem acessível para evitar a contaminação dos produtos, o agricultor e seus familiares.

Por sua vez, a diretoria de Recursos Hídricos vem utilizando instrumentos para a operacionalização de forma racional do aproveitamento das reservas de águas estaduais. As atividades visam ampliar a acumulação de água, de origem superficial ou subterrânea, por meio de perfuração de poços, construção de barragens mecanizadas ou com controle tecnológico, construção de cisternas, barragens subterrâneas, implantação de dessalinizadores, além de implantação de sistemas rurais de abastecimento de água – SRAA, entre outras ações.

Já os trabalhos desenvolvidos pela Diretoria de Pesquisa do IPA vem viabilizando o acesso de inovações tecnológicas aos agricultores familiares e reduzindo os custos dos serviços. Um bom exemplo é o Apoio à Pecuária de Leite em Pernambuco com a aquisição e distribuição de sementes de sorgo forrageiro, da Variedade SF 15, desenvolvida pelo Instituto.

No caso da palma forrageira, o IPA distribuiu nos últimos 5 anos, 60 milhões de raquetes. Aliás, foi o Instituto que desenvolveu a cultivar de palma resistente à praga da Cochonilha do Carmim. Tanto o sorgo como a palma forrageira são ações de inovação tecnológica para estabilizar a produção de leite no Estado, assim como são tecnologias de convivência com a seca.

Na área de Melhoramento Genético, o IPA conta com projeto de Produção de Embriões, em Afrânio, e a Estação Experimental de São Bento do Una, que reúne gado de excelência, ao lado de Arcoverde que se destaca com a raça Girolando.  Outra base importante para o produtor é o Laboratório de Reprodução e Melhoramento Genético Animal, no município de Arcoverde. O laboratório possui capacidade de produzir 50 mil doses de sêmen beneficiando 3,4 mil criadores por ano.

A Biofábrica da Estação Experimental de Itapirema, em Goiana, é outro ponto de destaque da pesquisa. Outros avanços foram a inserção de tecnologias inovadoras na prática do uso e reuso de água salina e de utilização de ambiente salinizado por plantas tolerantes.

Outro projeto de peso são os Bancos de Sementes e o fortalecimento dos Bancos de Sementes Crioulas, já existentes. Essa é uma forma de enfrentamento dos alimentos transgênicos e de outros modos de produção atuais.

Atualmente, a estrutura física do IPA conta com instalações em Recife, onde funciona sua sede, uma biblioteca, 12 laboratórios de pesquisa e serviços e um centro de produção e comercialização. No interior, o IPA dispõe de 12 estações experimentais, um centro de produção e comercialização, 12 gerências regionais, 185 escritórios locais de Ater, incluindo Fernando de Noronha, quatro unidades de infraestrutura hídrica e um Centro de Treinamento.

HISTÒRIA – O IPA foi criado em 1935 sob a denominação de Instituto de Pesquisas Agronômicas, órgão da administração direta do Estado de Pernambuco, com sede e laboratórios na cidade do Recife. Em 1960, foi transformado em autarquia, permanecendo com a mesma denominação, expandindo suas atividades para o interior por meio de uma rede de estações experimentais que lhe foi incorporada.

Em 1975, segundo a Lei 6959, foi novamente transformado, recebendo a denominação de Empresa Pernambucana de Pesquisa Agropecuária, mantendo a sigla IPA, já consagrada no seu universo de atuação.

Em consequência da reforma administrativa do Governo do Estado, cujo marco é Lei Complementar 049 de 31/01/2003, o IPA ampliou sua competência de entidade voltada para pesquisa e desenvolvimento e produção de bens e serviços agropecuários incorporando as atividades de assistência técnica, extensão rural e de infra-estrutura hídrica. O IPA, nos dias de hoje, integra o Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária (SNPA), coordenado pela EMBRAPA.

Sertânia é 4º lugar geral no Estado de Pernambuco em Governança Municipal 2020

Aprovados para Guarda Civil de Sertânia serão convocados - Blog dos Concursos - Folha PEJá na categoria que avalia os municípios do Estado de Pernambuco com
população entre 20 mil e 50 mil habitantes, Sertânia ficou em Segundo
lugar.

O município de Sertânia ficou em 4º lugar geral do Estado de Pernambuco,
no Índice de Governança Municipal – IGM, do Ranking Sudene IGM/CFA 2020,
com média geral de pontuação de 6,59. No total, foram avaliados 185
municípios. Levando em consideração os municípios do estado de
Pernambuco com população entre 20 mil e 50 mil habitantes, Sertânia
ficou em Segundo lugar. Os critérios de avaliação baseiam-se em:
desempenho, finanças e gestão.

O ranking analisa a eficiência da gestão pública dos municípios da área
de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene),
ligada ao Ministério do Desenvolvimento Regional. O levantamento foi
realizado em parceria com o Conselho Federal de Administração (CFA). Ao
receber a placa, o prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira, falou da
importância de uma gestão humanizada, administrada com ética,
transparência e competência.

“É uma enorme satisfação receber esse reconhecimento, resultado do
trabalho que estamos desenvolvendo no município para melhorar a vida de
cada cidadão. Parabenizo também o empenho de toda a equipe, que nos
ajuda diariamente a prestar os serviços para a população. Esse prêmio é
do povo de Sertânia, pois nossa missão continuará sendo realizar obras e
serviços com ética, respeito e transparência”, disse.

De acordo com a Sudene, o índice pode ajudar os gestores dos municípios
a visualizar as necessidades e/ou boas práticas de sua região. Para os
cidadãos é uma oportunidade de acesso às informações e estímulo à
participação social, para gerar uma maior integração entre governo e
sociedade. Além de nortear ações de profissionalização da gestão pública
local e o desenvolvimento de ações conjuntas de capacitação.