Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em setembro

Por: Agência Brasil

Trabalhadores informais nascidos em setembro recebem hoje (30) a sexta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício tem parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.
O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro é depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.
Também hoje, recebem a sexta parcela do auxílio emergencial os participantes no Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) de final 0. Para esse público, o pagamento da parcela termina hoje, último dia útil de setembro.

As datas da prorrogação do benefício foram anunciadas em agosto.

Ao todo, 45,6 milhões de brasileiros estão sendo beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio é pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada (veja guia de perguntas e respostas no último parágrafo).

As datas da prorrogação do benefício foram anunciadas em agosto.

Ao todo, 45,6 milhões de brasileiros estão sendo beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio é pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada (veja guia de perguntas e respostas no último parágrafo).

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

O pagamento da sexta parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 17 e segue até hoje. O auxílio emergencial somente é depositado quando o valor é superior ao benefício do programa social.

Em todos os casos, o auxílio é pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

O programa se encerraria em julho, mas foi prorrogado até outubro , com os mesmos valores para as parcelas.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Padre é acusado de assediar e violentar sexualmente monges em Minas

O padre Ernani Maia dos Reis, líder do Mosteiro Santíssima Trindade, na cidade mineira de Monte Sião, é acusado por oito monges de assédio e violência sexual.

De acordo com os relatos, os crimes sexuais foram cometidos pelo menos de 2011 até 2018, quando ele se afastou do mosteiro. As oito vítimas eram homens, com idades entre 20 a 43 anos quando o assédio sexual começou.

Relatos colhidos pela colunista Maria Carolina Trevisan e pelo repórter José Dacau ainda dão conta de que Ernani, padre da Igreja Católica desde 2009, assediou moralmente outras 11 pessoas que viviam sob sua autoridade, por meio de humilhações e agressões verbais. Dez eram mulheres.

Em uma dinâmica de abuso de poder, o padre Ernani usava seu lugar de líder espiritual para conquistar a confiança dos integrantes do mosteiro, se colocava como “um pai” com a intenção de envolvê-los pelo lado afetivo e oferecia “sessões de psicanálise” em que as próprias vítimas eram os pacientes.

Relatos dos crimes sexuais atribuídos a Ernani chegaram ao conhecimento da Igreja Católica por meio de investigações internas, mas o padre só foi afastado a seu pedido, em agosto de 2018, alegando “cansaço” e “crise vocacional”.

Não consta que ele tenha recebido qualquer punição da Igreja Católica, que o enviou para uma casa de acolhimento para sacerdotes, por seis meses, com recursos do próprio mosteiro.

Ernani Maia dos Reis negou as acusações em duas oportunidades, mas se recusou a responder às perguntas. Aos 53 anos, vive em Franca (SP), onde mantém um consultório de psicanálise.

Por sua vez, a Igreja Católica disse, em resposta enviada por email, que “nunca negou qualquer fato (dele) ou ato atribuído quando do exercício na liderança daquela comunidade” e que não se omitiu em relação ao caso.

Essas denúncias estão no documentário “Nosso Pai”, lançado hoje pelo UOL.

Paulo Câmara sanciona lei que institui o Programa Chapéu de Palha Eventual Emergencial

Governador também anunciou ações em parceria com os movimentos, como o lançamento de um projeto para garantir a carteira de habilitação para trabalhadores rurais e o reforço no Programa de Aquisição de Alimentos

O governador Paulo Câmara sancionou, nesta quarta-feira (28.09), a lei que garante o pagamento de auxílio para mais de quatro mil famílias de trabalhadores da cana-de-açúcar e pescadores artesanais desempregados em virtude da entressafra. São quatro parcelas, no valor de até R$ 271,10, a serem pagas àqueles que ainda não são beneficiários do Programa Chapéu de Palha, mas que possuem os requisitos para estarem cadastrados e não conseguiram se inscrever por conta do cancelamento do cadastramento presencial, adotado como medida de prevenção à Covid-19 no Estado. A assinatura aconteceu na sede da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Pernambuco (Fetape), no Recife.

A iniciativa chegará a 58 municípios do Estado, por meio do Cartão Social Emergencial. O crédito total investido pelo Governo de Pernambuco gira em torno de R$ 3,6 milhões. “Esse auxílio poderá ser usado para comprar alimentos, produtos de higiene e limpeza, e é mais uma ajuda para minimizar os efeitos desse período de crise. O valor é correspondente ao da bolsa do Programa Chapéu de Palha. Assim, vamos dar mais um passo importante, com mais um instrumento de apoio aos trabalhadores rurais”, destacou Paulo Câmara.

“Fizemos questão, também, de ratificar nossas parcerias com novos programas. O Estado vai estar muito presente junto às entidades e os movimentos da agricultura familiar para a aquisição de alimentos dentro do programa PAA, que é uma política pública do Governo de Pernambuco. Ao mesmo tempo, firmamos parcerias para apoio às feiras agroecológicas e vamos dar início a um novo projeto que vai garantir a CNH para o homem do campo”, detalhou o governador.

“Para nós é uma satisfação, porque conseguimos. Acredito que vai ser muito positivo quando a gente chegar na base e disser aos trabalhadores que fomos atendidas pelo governador. É uma conquista muito grande”, comemorou Rejane Maria da Silva, 47 anos, diretora de Organização e Formação das Mulheres Assalariadas da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Pernambuco em Escada, na Mata Sul (Fetaepe).

CHAPÉU DE PALHA – Instituído em 2007, o Programa Chapéu de Palha atende mais de 37 mil trabalhadores dos segmentos da fruticultura irrigada, cana-de-açúcar e pesca artesanal, liberando recursos em um montante superior a R$ 37 milhões todos os anos, por meio do pagamento de uma bolsa, dividida em quatro parcelas, na época da entressafra.

Participaram da assinatura os deputados federais Carlos Veras e Milton Coelho e o estadual Doriel Barros; o secretário estadual Alexandre Gabriel (chefe da Assessoria Especial); o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco, José Patriota; o presidente da Perpart, Nilton Mota; o presidente do Detran-PE, Roberto Fontelles; a gerente de Articulações da Secretaria de Planejamento e Gestão, Maria de Oliveira; a presidente da Fetape, Cícera Nunes; o diretor da Fetaepe, Gilvan Antunis; e o presidente da Central Única de Trabalhadores (CUT), Paulo Rocha.

Câmara aprova vale gás para bancar 50% do botijão aos mais pobres

Christino Aureo, relator da proposta do Gás Social, defende texto em plenário Foto: Cleia Viana / Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira um novo auxílio, batizado de Gás Social, voltado para famílias de baixa renda. Caso o projeto também seja aprovado pelo Senado, o programa bancará pelo menos 50% do valor do botijão de 13 kg.

O texto determina que o pagamento será feito, no mínimo, de dois em dois meses aos mais vulneráveis. De acordo com fontes da equipe econômica, o impacto da proposta será de R$ 6 bilhões por ano.

O Gás Social será concedido a famílias de baixa renda que estão inscritas no Cadastro Único. Hoje, fazem parte do cadastro famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. Ou seja,  pessoas com renda mensal de até meio salário mínimo ou famílias com renda mensal total de até três salários mínimos.

Durante a discussão, apenas o partido Novo e o governo se posicionaram de forma contrária à proposta. Por votação simbólica, o texto seguiu para a análise dos senadores.

Para instituir o subsídio, o projeto indica duas fontes de receita para o governo. Parte do benefício será bancado com dinheiro dos royalties do petróleo. O restante pela arrecadação da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE), incidente sobre a importação e a comercialização de petróleo e derivados.

O projeto, de autoria de Carlos Zarattini (PT-SP), foi relatado por Christino Aureo (PP-RJ/foto). Em plenário, o parlamentar discursou sobre as dificuldades dos mais pobres diante da crise.

— Como já é do conhecimento desta Casa, em algumas praças o valor (do botijão) é de R$ 120, que é um valor insuportável para as famílias de um modo geral, mais especificamente para as famílias do Cadastro Único e ainda mais para um corte de famílias na extrema pobreza. O noticiário tem trazido toda semana desastres acontecidos no interior dos lares em função da utilização de meios para cozinhar que não são adequados nem seguros, como álcool, carvão e lenha, na maioria das comunidades e na zona rural, discursou o relator.

Adagro intensifica orientação e fiscalização  sobre uso e transporte da “cama de aviário” 

Fiscais da Adagro decretam greve e reduzem inspeção nos abatedouros | Local: Diario de Pernambuco

O produto pode ser usado apenas como adubo orgânico. O tratamento, transporte e a utilização do material na adubação do solo são regulamentados pela Portaria Adagro Nº 31 (maio/2014), que visa combater a ocorrência da praga “Mosca dos Estábulos”

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro/PE), autarquia vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), intensifica a fiscalização em todo o Estado para evitar que a cama de aviário, mais conhecida como “cama de frango”, seja utilizada como alimento para ruminantes. A prática é proibida pela legislação federal e estadual que regulamentam também o transporte e a utilização correta como adubo orgânico com o objetivo de evitar a incidência da mosca-dos-estábulos em municípios da Mata Sul e Agreste.

Diante da divulgação dos casos recentes de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), conhecida como “mal da vaca louca”, em Minas Gerais, a Adagro vem recebendo denúncias de comercialização irregular de cama de aviário em feiras de animais, bem como de fornecimento para alimentação dos ruminantes. Ao mesmo tempo, áreas próximas às plantações que usam a cama como adubo, vêm registrando alta concentração da mosca-dos-estábulos. Para garantir que a regulamentação seja cumprida, evitando risco de doenças e infestação das moscas, intensificamos o trabalho de orientação e autuação com vistorias em propriedades e bloqueio nas rodovias”, detalha o presidente da Adagro, Paulo Roberto Lima.

Desde maio de 2014, por meio da Portaria Adagro Nº 31, é obrigatória a fiscalização estadual nas granjas que produzem e comercializam a “cama de aviário” e nas regiões que a utilizam para a adubação.  O produto pode ser utilizado como adubo desde que o tratamento adequado para inibição da proliferação das moscas e inativação dos agentes patógenos que podem provocar doenças. A legislação torna obrigatória a cobertura completa e imediata da “cama de aviário”, com uma camada de solo, quando da sua utilização como adubo orgânico.

A mesma portaria determina que o transporte do produto deverá ser acompanhado obrigatoriamente do Certificado de Inspeção Sanitária Modelo-E (CIS – E), que deverá ser emitido pelo Responsável Técnico – RT da granja que produziu a “cama de aviário”, habilitado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). A carga deve ser transportada em sacos cobertos de lona plástica, garantindo que não haja perda de carga durante o percurso, permanecendo corretamente acondicionada até sua utilização.

“Durante a vistoria em estabelecimentos avícolas os fiscais vão notificar o produtor a respeito da obrigatoriedade do tratamento da cama e da emissão do CIS-E para seu transporte e comercialização (exclusivo para adubo). Nas barreiras móveis, caso seja abordado veículo transportando cama de aviário em condições inadequadas e sem o CIS-E, o condutor deverá ser autuado e a carga destruída”, detalha Paulo Lima. Ele acrescenta que a população pode denunciar irregularidade através dos canais de atendimento da Adagro: ouvidoria@adagro.pe.gov.br ou pelo 0800 081 1020.

Principais ações em curso:

 – Intensificar a fiscalização nas Feiras de Animais;

– Exigir o Certificado de Inspeção Sanitária (CIS-E), documentação obrigatória;

– Autuar os infratores e se necessário, solicitar apoio ao Ministério Público e à Polícia;

– Realizar divulgação da proibição do uso da cama de aviário na alimentação de ruminantes, bem como da obrigatoriedade do tratamento e emissão de CIS-E para transporte e comercialização;

– Em caso de recebimento de denúncias de fornecimento de cama de aviário na alimentação de ruminantes, realizar fiscalização nas propriedades e coletar alimento do cocho para análise laboratorial.

Patriota defende Turismo na Câmara Federal

O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e 1º secretário da Confederação Nacional de Municípios (CNM), José Patriota, participou nesta quarta-feira, 29/09, por videoconferência, do seminário Turismo na Ordem do Dia, promovido pela Câmara dos Deputados, em comemoração ao Dia Mundial do Turismo.

O encontro teve por objetivo discutir os desafios enfrentados pelo setor durante a pandemia da Covid-19 e as perspectivas para promoção e fortalecimento. Segundo Patriota, “o impacto econômico direto da interrupção de atividades turísticas nos Municípios e na vida da população que depende dessas atividades foi devastador”.

Por esse motivo, a Confederação Nacional de Municípios atuou para atenuar os efeitos negativos no setor, por meio da campanha “Municípios Juntos pelo Turismo”, que construiu de forma integrada e participativa o Plano Estratégico para retomada do Turismo”, além da atuação intensa junto às governanças, com publicações de cartilhas orientativas aos gestores e gestoras.

“A CNM, de forma arrojada, enfrentou o desafio e comprovou o impacto econômico do Turismo na arrecadação municipal. Com isso, percebemos os benefícios que podem ser gerados a partir do seu desenvolvimento nas localidades”, frisou o gestor.

O presidente da Amupe se refere ao estudo que constatou que: 1) a soma das três receitas dos Municípios turísticos equivale a 7 vezes mais que os Municípios não turísticos; 2) a receita do IPTU dos Municípios turísticos é 18 vezes maior que a dos Municípios não turísticos; 3) a receita do ISS é 11 vezes maior e a receita do ICMS é 5 vezes maior para os Municípios turísticos em relação aos que não são.

“É importante perceber que o turismo impacta, direta ou indiretamente, a economia de uma localidade, ativando o mercado e ocasionando um efeito multiplicador a partir do gasto de um turista, o que fomenta o PIB local. Portanto, os gestores e gestoras municipais não medirão esforços para, o quanto antes, retomar de forma segura e competitiva o turismo de suas localidades”, completou Patriota.

Rádio Pajeú comemora 62 anos com mudanças na programação

https://blogalysonnascimentodotcom.files.wordpress.com/2020/10/2f43e-whatsapp2bimage2b2020-10-252bat2b10.03.07.jpeg

Site da Rádio Pajeú

A Rádio Pajeú comemora 62 anos na próxima segunda-feira, dia 4 de outubro. De acordo com a emissora pioneira do Sertão Pernambucano, a programação se limitará ao lançamento da nova grade e a entrega do Cine São José repaginado.

O cinema também é gerido pela Fundação Cultural Senhor Bom Jesus dos Remédios e, de acordo com a emissora, “seu palco é uma extensão de seus projetos”.

Na inauguração, dia 2, 16h, com transmissão ao vivo, haverá a exibição do filme O Bom Virá, de Uilma Queiroz. Já o lançamento da nova grade foi o que se pode chamar de exigência após um grande abalo, com a morte do comunicador Anchieta Santos, que por décadas emprestou sua voz e talento à rádio. “Foi muito difícil porque em meio à dor da perda de alguém tão importante, tivemos que refletir uma nova grade sem ele”, diz o Gerente Administrativo da emissora, Nill Júnior.

As principais alterações a partir de 4 de outubro ocorrem no período da manhã. O próprio Nill Júnior chega mais cedo no ar, comandando o programa que deu identidade a Anchieta. O novo Rádio Vivo terá uma homenagem permanente ao comunicador que lhe deu vida, a partir do quadro “O Bom Dia de Anchieta Santos”, que marcou seu ciclo.

“Anchieta gostava de acordar mais cedo para informar primeiro, mas percebeu que mensagens de esperança, fé e reflexão eram importantes para começar o dia. Assim nasceu o quadro que se perpetuou”, explica o radialista, que ainda promete uma surpresa na abertura do programa. Às oito horas, a Manhã Total mantém o protagonismo que o faz estar a mais de 20 anos no ar. A diferença é que ele trás meia hora a menos de duração, com a criação do “Música Pajeú Brasileira” às 11 horas. Na sequência o tradicional Encontro com a Poesia às 11h30.

Um retorno marca a parte da tarde na rádio. O secretário municipal de Cultura, Augusto Martins, um nome forjado na Rádio Pajeú, volta a integrar a equipe que o revelou, a Seleção do Povo. Augusto vai comentar os principais fatos esportivos na Resenha Esportes no Ar, que será comandada por Aldo Vidal, o Narrador da Maioria. A vinda de Augusto é encarada como a de um filho que volta à sua casa.

À tarde, colado com a resenha esportiva, André Luiz apresenta  a revista eletrônica A Tarde é Sua, com músicas, participações de ouvintes, prestação de serviço, o Terço das Santas Chagas com Padre Reginaldo Manzotti e a comunicação  do profissional, mais um prata da casa que ganhou protagonismo na emissora.

Às 16h, Marconi Pereira, que também integra a equipe esportiva Seleção do Povo,  apresenta o Som da Terra, no tradicional horário do forró com informações e participações na emissora. À noite, Michelli Martins, que também foi formada nos quadros da emissora, empresta seu carisma e apresenta o “Em Dia Com a Noite”.

Há primeira semana terá ainda a participação de Celso Brandão, que se aposentou depois de anos prestando serviço à Rádio e fará sua despedida dos ouvintes, como gesto de gratidão por seus serviços prestados.

A Rádio Pajeú é uma emissora da Fundação Cultural Senhor Bom Jesus dos Remédios, um braço da Diocese de Afogados da Ingazeira, que tem como Bispo Diocesano Dom Egídio Bisol. Seu presidente é o Monsenhor João Carlos Acioly Paz. Além de Nill Júnior, Padre Josenildo Nunes de Oliveira integra a Gerência Administrativa.

Prefeito de Sertânia recebe em seu Gabinete coordenador do Núcleo de Educação à Distância da UPE

Em pauta a ampliação dos cursos já ofertados e outras melhorias

O prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira, recebeu em seu Gabinete o
professor Renato Medeiros, coordenador geral do Núcleo de Educação à
Distância da Universidade de Pernambuco (NEAD – UPE), Renato Medeiros,
no dia 24/09. Durante o encontro foi discutida a ampliação dos cursos no
formato de Educação à Distância – EAD e a viabilidade de implantação de
cursos presenciais no município.

A ideia é de que sejam oferecidos outros cursos EAD na cidade, além dos
já existentes.  Hoje, são ofertados pela UPE os cursos de Administração
Pública, Ciências Biológicas, História, Pedagogia, Letras (Habilitação –
Português), através da Universidade Aberta do Brasil (UAB Pólo –
Sertânia), na Escola de Referência em Ensino Médio Olavo Bilac (EREMOB).

O objetivo é também implantar cursos presenciais, inclusive se discutiu
a construção de sede própria do Pólo UAB em Sertânia.

Participaram do encontro, Renan Albino, que é assessor do Reitor e
professor Pedro Henrique de Barros Falcão; a coordenadora do pólo UAB –
Sertânia, Maria Jeane Alves, a secretária municipal de Educação, Simoni
Laet; o chefe de Gabinete da Prefeitura, Antônio Cajueiro Neto; o
presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Sertânia, Antônio
Henrique (Fiapo) e o vereador Tadeu Queiroz.

Pernambuco tem melhor mês de agosto dos últimos dez anos na geração de empregos

 
Ribeirão Preto e região oferecem 520 vagas de emprego - ACidadeON Ribeirão Preto
Saldo de contratações no Estado foi de 17.215 pessoas em agosto. O segundo melhor do Nordeste
 
Pernambuco teve o melhor mês de agosto dos últimos dez anos em geração de empregos. É o segundo melhor resultado do Nordeste, em termos quantitativos. No mês passado, houve 47.637 admissões e 30.422 desligamentos no Estado, gerando um saldo positivo de 17.215 postos de trabalho, uma variação de 1,36%. A Bahia abriu 17.882 postos, uma variação de 1%. Em relação ao mesmo período de 2020, em solo pernambucano, houve um acréscimo de 4.795 contratações. Foi o melhor mês de agosto desde 2011, mesmo considerando as mudanças na metodologia do Caged durante a série histórica.
 
O setor de maior crescimento foi o da indústria, com 6.348 contratações. Os números positivos seguem no setor de serviços (5.155), no comércio (2.763), na agropecuária (2.638), na construção civil (311). Em termos quantitativos, foi o segundo melhor resultado do Nordeste. 
 
As cidades que mais geraram empregos foram Recife (3.891), Igarassu (2.385), Petrolina (1.845), Lagoa de Itaenga (1.642) e Caruaru (698). Os números também refletem a sazonalidade da economia, que é favorável no segundo semestre do ano. No mês passado, a contratação de jovens entre 18 a 24 anos esteve em alta. Nessa faixa etária, o saldo de admissões é de 7.182 pessoas. Já o ensino médio predominou entre os contratados, beneficiando 9.437 pessoas. 
 
“Alcançamos um acumulado de mais de 45 mil empregos gerados este ano, e estamos confiantes que as ações do Plano Retomada vão contribuir para que mais postos de trabalho sejam criados até o fim do ano”, avaliou o governador Paulo Câmara.
 
Para o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, é marcante o fato de Pernambuco ter o melhor mês de agosto dos últimos 10 anos na geração de empregos formais. “Em 2011, a situação do Brasil era diferente, vivíamos pleno emprego, não enfrentávamos esta crise. Então, os números deste mês são positivos para Pernambuco, porque mostram a eficácia das políticas públicas do governo Paulo Câmara e o empenho constante em manter parcerias com a iniciativa privada”, disse Lopes. 
 
BRASIL – De acordo com o Novo Caged, o emprego celetista no Brasil apresentou crescimento em agosto de 2021, registrando saldo de 372.265 postos de trabalho. Esse resultado decorreu de 1.810.434 admissões e de 1.438.169 desligamentos. Em agosto, as 27 unidades federativas registraram saldos positivos.

Prefeitura de Sertânia realiza aula inaugural do curso de “Aplicativos Básicos de Informática”

A Prefeitura de Sertânia realizou na noite desta terça-feira (28/09) a
aula inaugural do curso profissionalizante gratuito “Aplicativos Básicos
de Informática”. A oferta é uma parceria da Secretaria de
Desenvolvimento Social e Cidadania de Sertânia (SDSC) com a Secretaria
do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco – Seteq. A aula
inicial contou com a participação do secretário da SDSC, Paulo Henrique,
do secretário de Juventude, Esporte, Cultura e Turismo – Seject, Tácio
Henrique, e da coordenadora Pedagógica do Senac Unidade Serra Talhada,
Sônia Ferreira.

“Eles aprenderão a utilizar o pacote Office e os aplicativos Word,
Excel, PowerPoint tanto no computador como no Google, adquirindo
agilidade e domínio dessas competências”, contou o professor do curso
Sibas Brasiliano. Quem ficou satisfeito foi José Alisson, 26 anos,
residente na Rua Maestro Sebas Mariano, Alto da Conceição. “Agradeço a
oportunidade, pois nos ajudará em seleções de concursos e de trabalho,
que exigem esse tipo de conhecimento e habilidades”, disse.

Samara Sthefany, 18 anos, residente no povoado de Caroalina, também
participou. “Parabenizo a Prefeitura, que tem ofertado cursos como esse,
onde podem se inscrever, tanto quem mora na cidade, como nós que moramos
no povoado. A iniciativa nos deixa entusiasmados para buscar nosso
espaço no mercado de trabalho”, disse. Serão 60 horas/aula, de forma
presencial, na Escola Municipal Presidente Vargas, à noite, de segunda a
sexta-feira, respeitando os critérios de segurança adotados na pandemia.