Covid-19: Taxas de ocupação de UTIs pediátricas chegam a 100% em dois estados

Com o agravamento da situação, especialistas alertam para a importância da vacinação e do uso de máscaras. Foto: Scott Olson/AFP

Por: Correio Braziliense

As taxas de ocupação das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) pediátricas para atendimento de casos de Covid-19 no Brasil estão altas. Em Belo Horizonte, capital mineira, não há mais nenhum leito disponível, enquanto no Distrito Federal (DF), 94,87% das vagas estão preenchidas. Na Bahia, que ainda sofre com os danos causados pelos temporais do final de 2021, a ocupação passou dos 80%. Com o agravamento da situação, especialistas alertam para a importância da vacinação e do uso de máscaras.

O cenário se deve ao avanço da variante ômicron, cepa do coronavírus com maior transmissibilidade. Agora, além da iminente escassez de leitos para pacientes adultos em diversos estados, a possibilidade de um aumento ainda maior do número de infecções entre as crianças causa preocupação.

No Amazonas, que sofreu com uma crise de falta de oxigênio e respiradores há cerca de um ano, a taxa de ocupação das UTIs está em 50% no setor pediátrico. O Ceará, no entanto, já chegou a 100%.

Para o epidemiologista Jonas Brant, a cena é grave pois configura apenas a “ponta de um iceberg”. “Como é um número muito grande de crianças infectadas ao mesmo tempo, nós acabamos tendo uma sobrecarga na rede assistencial para elas”, afirma.

“Quando há uma sobrecarga na rede, que os serviços começam a chegar próximos do seu limite, a qualidade da assistência começa a cair, porque já não tem os profissionais especializados, não tem os insumos adequados. E como o número de casos é muito grande, estamos tendo um afastamento muito grande de profissionais de saúde também”, explica o especialista.

Ele avalia que a cena mostra “um atraso importante no programa de imunização infantil. A gente poderia já estar com essas crianças imunizadas há algum tempo, nós perdemos 30 dias que estão sendo cruciais nesse momento”.

Cuidados

“Para analisar o crescente número de crianças acometidas pela Covid-19 internadas, com quadros graves, temos que considerar duas características da variante ômicron: primeiro a sua maior transmissibilidade — e quanto maior o número de pessoas infectadas, consequentemente maior também o número de crianças atingidas. Além disso, a não vacinação é um fator de risco. A maioria das pessoas internadas nos hospitais são pessoas não vacinadas ou que não completaram o esquema vacinal”, detalha o infectologista do Hospital das Forças Armadas (HFA), Hemerson Luz.

O especialista esclarece que outra característica da cepa é se manifestar no sistema respiratório alto. “Se considerarmos que, anatomicamente, as crianças têm um sistema respiratório mais curto, o acometimento pelo vírus pode ser mais danoso, a lesão pode ser maior e o processo inflamatório também pode ser maior, levando essas crianças a quadros mais drásticos”, avalia.

De acordo com ele, a vacinação é um caminho para evitar que a saúde dos pequenos fique muito abalada, visto que eles apresentam uma melhor resposta imunológica ao estímulo da vacinação, e alerta: “O vírus vai procurar um caminho para continuar s

disseminando, e esse caminho é nas pessoas não vacinadas — e as crianças compõem esse universo”

Ele aconselha que crianças que não foram vacinadas devem evitar aglomerações e permanecer isoladas de pessoas que apresentem sintomas da doença, ou tenham tido contato com quem esteja com suspeita de contaminação. No caso de os pais testarem positivo para a doença, Luz frisa que é recomendado evitar contato próximo, na medida do possível, fazer uso de máscaras e higienizar as mãos e as superfícies.

Já de acordo com Brant a ventilação também está entre os aspectos mais importantes da prevenção, além do uso de máscaras adequadas. No caso das crianças, é importante que os pais verifiquem se o item de proteção está bem encaixado no rosto, a ponto de forçar que o ar tenha que passar pelo filtro, e não entre pelas laterais, alerta o epidemiologista.

Avanço da Ômicron

O físico pesquisador da Unicamp, Pedro Cintra faz parte de um grupo de pesquisa em epidemiologia matemática no Laboratório Nacional de Computação Científica e também atua com divulgação dos dados da pandemia. Ele diz que São Paulo, Rio de Janeiro e Manaus sãos as cidades que mais tem sido impactadas pelo aumento de casos de coronavírus, causados pela onda da variante Ômicron “Em todas as fases da pandemia no Brasil, esses três estados sempre foram os primeiros a sentirem as novas ondas, como uma espécie de termômetro da pandemia”.

Cintra aponta que a situação da pandemia nas três capitais é resultado do grande trânsito de pessoas. “São Paulo e Rio são um pólo de viagens no país, então é natural que a reintrodução da Ômicron no Brasil cause um aumento mais rápido nessas duas cidades primeiro. Manaus também tem uma mobilidade muito grande, bastante gente viaja para lá, até pela Zona Franca de Manaus”, disse o pesquisador.

Segundo Pedro Cintra, é preciso reforçar a importância de ter o ciclo vacinal completo para que o avanço da ômicron seja combatida no país: “Observando os dados da rede nacional, podemos ver que tem muito idoso, acima dos 70 anos que ainda não tomou a sua terceira dose”

Ele ainda destacou que o mesmo fenômeno acontece com os adultos entre os 20 e 40 anos, “O número de pessoas que não está retornando para tomar a segunda dose nessa faixa etária também está acima do que deveria”. O pesquisador destacou que é importante descobrir os motivos para essa resistência em tomar doses de reforço, “É preciso saber se há uma dificuldade de acesso à vacina ou se é um outro fator, como as pessoas não querendo tomar por algum tipo de rejeição à vacina”, completou.

 

Brasileiros têm bilhões a receber de bancos e não sabem. Veja como descobrir se você é um deles

Com ferramenta do Banco Central, brasileiros conseguem consultar se tem dinheiro para receber de instituições financeiras Foto: Agência O Globo

O Banco Central (BC) lançou um serviço que permite aos cidadãos checarem se têm dinheiro a receber de instituições financeiras. São recursos de cobranças indevidas ou remanescentes de contas antigas encerradas que você pode nem saber que tem direito a receber.

Segundo o Banco Central, um levantamento feito em junho de 2021 mostrou que clientes tinham cerca de R$ 8 bilhões a receber dos bancos. Boa parte das pessoas desconhece ou não se lembra que tem esse direito.

O Sistema de Informações de Valores a Receber (SVR), na página do BC na internet, permite a consulta de recursos remanescentes nas contas, para pessoas físicas e empresas, e facilita o processo de devolução.

O sistema oferece informações sobre saldo credor de contas encerradas, parcelas de empréstimos e tarifas cobradas indevidamente, além de recursos não procurados após o encerramento de grupos de consórcio e cotas de capital a devolver em cooperativas de crédito, entre outros casos.

A consulta é feita em duas etapas. Primeiro você verifica se tem algum dinheiro a receber. Se o sistema disser que não, encerrou-se sua pesquisa. Se disser que sim, você terá que consultar os valores no Registrato.

Como fazer a consulta?

Na página do Banco Central, acesse a seção Minha Vida Financeira. Em seguida, clique na subseção Valores a Receber.

Role a página até o final e clique no último item, chamado Consulta ao Relatório Valores a Receber.

Logo depois aperte “Iniciar consulta” e insira o número do seu CPF. Após a verificação digital, o sistema vai dizer se você tem ou não valores a receber de bancos. Se não tiver, não adianta seguir adiante.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira comunica à população que, tendo em vista o expressivo aumento na demanda de testagem para COVID-19, o serviço voltará a funcionar, já a partir da próxima quinta-feira (27), no CER lll, situado à Rua Padre Luiz de Góes, ao lado do Tribunal Regional Eleitoral.

Dias e horários de funcionamento permanecem os mesmos.

Porto de Suape na palma da mão  

Apresentação do aplicativo marca lançamento oficial do Programa de Inovação de Suape. Informações sobre tráfego marítimo e operações portuárias, além de projetos socioambientais e outros itens, estão disponíveis na ferramenta

A comunidade portuária e a população em geral dispõem agora, na palma da mão, de nova ferramenta com as principais informações sobre o Complexo Industrial Portuário de Suape. Produzido pela Diretoria de Planejamento e Gestão da empresa, o App Suape reúne informações sobre tráfego marítimo, operações portuárias, projetos socioambientais, relação das empresas instaladas no território, além de notícias da estatal e uma gama de outros elementos disponíveis no site oficial.

O lançamento do App acontece nesta terça-feira (25), às 10h, no auditório do Centro de Artesanato de Pernambuco, no Recife, capital pernambucana. Devido às restrições impostas pela pandemia, o lançamento seguirá todas as determinações sanitárias em vigor, como capacidade de público limitada a 50%, distanciamento social, uso obrigatório de máscara e apresentação do passaporte de vacinação contra a covid-19.

Por isso, a transmissão do evento será realizada no canal oficial de Suape no Youtube (https://tinyurl.com/44fd5t9e), para que todos tenham acesso à novidade. O aplicativo é o primeiro produto do Programa de Inovação de Suape, que deverá transformar o atracadouro pernambucano em um dos mais modernos do país. Outra ação importante do programa é a parceria com o Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR), para o desenvolvimento de ferramenta que será a base do Port Community System (PCS), já usado em vários atracadouros do mundo e que tem por objetivo aperfeiçoar o fluxo de dados e a troca de informações entre os diversos atores envolvidos nas operações portuárias.

A grande novidade do App é o monitoramento das atividades portuárias em tempo real. Atrelado ao “Marine Traffic”, serviço online de rastreamento de navios usado em todo o mundo, a função consegue, por exemplo, determinar e apontar em um mapa quantas embarcações estão a caminho de Suape e informações relevantes, como o tipo de carga transportada, previsão de chegada, últimos portos onde atracaram, além de uma série de dados relevantes que facilitam a logística das operações em terra.

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

“A indústria naval vem se aprimorando e precisamos acompanhar esse desenvolvimento. A implantação desse aplicativo é um importante passo para Suape, pois a realidade atual, na qual o funcionamento dos portos se mostra tão essencial para o abastecimento da população, só reforça a necessidade de darmos seguimento a esse processo de transformação digital e consolidação de Suape, não apenas como um dos principais hubs logísticos do país, mas também um dos mais inovadores”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Geraldo Julio.

O aplicativo também mostra os navios que já estão atracados ou fundeados no porto e as operações em andamento. “O lançamento do App Suape é a socialização das ferramentas que foram desenvolvidas a partir do SuapeGeo, que faz o monitoramento dos navios com destino a Suape. Esse tipo de informação está sendo disponibilizada ao público, gerando impacto direto na competitividade e ganho de produtividade para os operadores portuários, que saberão dia, hora e minuto em que as embarcações vão chegar”, explica o diretor de Planejamento e Gestão de Suape, Francisco Martins.

De acordo com o coordenador de Informação Territorial da empresa, José Gleidson Dantas, o SuapeGeo é uma plataforma já utilizada pela empresa. “E composta por um arranjo de tecnologia de geoprocessamento e geolocalização voltado para estudos e informações sobre os territórios continental e marítimo de Suape, que apoia as operações e a tomada de decisão em diversas esferas”, pontua.

TEMPO REAL

“Além de todas as informações do porto em tempo real, vamos disponibilizar outras seções no aplicativo que são igualmente relevantes. Em uma delas, apresentaremos os projetos socioambientais de Suape, desenvolvidos sob a ótica das boas práticas ESG (sigla em inglês para governança ambiental, social e corporativa). Suape não é só o porto. Nós cuidamos do meio ambiente e das comunidades inseridas no complexo com variados projetos, que serão apresentados à população através do aplicativo”, reforça o diretor-presidente de Suape, Roberto Gusmão.

Para quem necessita das informações para tomada de decisões que impactam nos negócios, o aplicativo traz uma série de benefícios. “Com ele, Suape está na vanguarda e se equipara aos portos mais modernos do mundo. A informação ‘just in time’ beneficiará o importador, o exportador, o armador e todo o setor portuário. É uma ferramenta vital para agregar valor para o desenvolvimento de Suape. Hoje, tudo depende de informação e isso traz muitas vantagens. Com isso, você vai administrar o tempo, o custo do navio e de toda a operação”, salienta Manoel Ferreira, diretor-presidente da Agemar, holding de referência no Nordeste no ramo de infraestrutura e logística.

O Aplicativo de Suape já se encontra disponível para download na plataforma Android. Para quem utiliza o sistema iOS, o aplicativo estará na App Store nos próximos dias.

LINK PARA ACESSAR EVENTO PELO YOUTUBE

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nas últimas 72h foram notificados 105 casos novos para a COVID-19

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nas últimas 72h foram notificados 105 casos novos para a COVID-19 em nosso município.

São 53 pacientes do sexo feminino, com idades entre 08 e 71 anos. Dessas, 39 vacinadas com duas doses, 10 com três doses, uma com 01 dose e três não vacinadas.

São 52 pacientes do sexo masculino, com idades entre 01 e 76 anos. Desses: 13 com três doses, 10 não vacinados, 27 com duas doses e 02 com 01 dose.

Entre as mulheres: 06 estudantes (05 rede pública e 01 rede privada), 04 professoras (rede pública), 06 aposentadas, 14 agricultoras, 01 babá, 01 cabeleireira, 01 auxiliar de escritório, 01 auxiliar de serviços gerais, 01 auxiliar administrativa, 01 agente de saneamento, 04 atendentes, 03 profissionais da saúde, 01 vendedora, 01 economista, 01 telefonista, 01 doméstica, 01 engenheira civil, 01 dona de casa, 01 secretária, 01 diarista e 02 caixas.

Já entre os homens: 03 menores, 06 estudantes (01 rede privada e 05 rede pública), 02 vendedores, 02 repositores, 05 aposentados, 06 agricultores, 02 engenheiros, 01 laboratorista, 06 autônomos, 01 motorista, 02 encanadores, 01 empresário, 01 técnico agrícola, 01 serralheiro, 01 entregador, 03 servidores público, 01 entregador, 01 agrônomo, 01 administrador, 01 vigilante, 01 arquiteto, 01 agente de limpeza pública, 01 pedreiro, 01 auxiliar de escritório e 01 auxiliar administrativo.

Hoje não temos novos casos em investigação e 300 pacientes apresentaram resultados negativos para a COVID- 19.

Nesta segunda, 23 pacientes apresentaram alta após avaliação clínica e/ou epidemiológica. O município atingiu a marca de 5.529 (93,64%) recuperadas para a covid-19. Atualmente, o município tem 301 casos ativos para a COVID – 19.

Afogados atingiu a marca de 29.552 pessoas testadas para a covid-19, o que representa 79,31 % da nossa população.

Casos leves x SRAG/COVID – 19:
Leves: (5.731 casos), 97,06%;
Graves: (173 casos), 2,94%.

Semana Epidemiológica: Encerrou no último sábado a SE 03 com 205 casos e média móvel de 29,28 casos/dia. Comparando-se com a semana anterior, SE 02 com 52 casos, nota-se um aumento de 74,63% de uma semana para outra. Veja o quadro das semanas anteriores:

SE 01 – 07 casos e MV 1;
SE 52 – 08 casos e MV 1,14;
SE 51 – 05 casos e MV 0,71;
SE 50 – 10 casos e MV 1,42.

Em visita à Cehab, Diogo Moraes articula ações para Santa Cruz do Capibaribe e São Bento do Una

Dando prosseguimento às articulações para o desenvolvimento de projetos importantes para cidades do Agreste pernambucano, o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) esteve, nesta segunda-feira (24), na Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab) para deliberar com a presidente da instituição, Bruno Lisboa, pautas relacionadas aos municípios de Santa Cruz do Capibaribe e São Bento do Una.

A primeira delas foi sobre o andamento do projeto para cobertura da Central de Feiras de Santa Cruz. Esse projeto foi incluído no Plano de Retomada do Governo de Pernambuco após o pedido do deputado Diogo Moraes inclusive já foi realizada visita técnica ao local para elaboração do projeto.

Segundo Bruno Lisboa, presidente da Cehab, entre fevereiro e março o processo licitatório estará concluído, para a partir de maio ser dada a ordem de serviço nessa obra, tão importante para nossa cidade. “Nós sabemos a necessidade dessa cobertura para quem comercializa no local e também para os visitantes que circulam para fazer suas feiras, por isso solicitamos ao Governo do Estado a inclusão dessa obra no Plano de Retomada, que tem levado a todo Estado ações diversas de infraestrutura. É gratificante saber que, enfim, teremos essa cobertura”, afirmou Diogo.

SÃO BENTO DO UNA

Depois de conversar e articular com o governador Paulo Câmara a liberação de R$ 3 milhões para pavimentação de ruas em São Bento do Uma, Diogo Moraes também levou à Cehab a pauta dessa ação. “Tivemos com Bruno para pedir celeridade nesse processo, que sem dúvida será de grande impacto para São Bento. Quero iniciar o quanto antes a liberação dos recursos e estamos nesse processo de articulação para viabilizar a chega dos recursos à cidade. Em breve, poderemos dar início à maior ação de pavimentação da história de São Bento”, afirmou Diogo.

Hapvida firma parceria com Extrafarma e garante descontos em medicamentos

Agora, a Extrafarma compõe o elenco do Hapvida Clube de Vantagens e passa a oferecer descontos exclusivos para todos os clientes do Sistema Hapvida. A nova parceira está entre as seis maiores redes de farmácias do Brasil, com cerca de 400 lojas e presença em 11 estados.“Essa iniciativa é muito importante para nós e para os clientes, pois a Extrafarma possui abrangência e relevância no mercado. Sabemos que esse serviço tem impacto positivo para as pessoas, por isso permanecemos investindo para que elas possam ter mais qualidade de vida”, destaca Yuscka Galindo, Diretora de Alianças Estratégicas do Sistema Hapvida.

“A parceria com a Extrafarma vai permitir que os clientes Hapvida tenham benefícios em mais de nove mil produtos. Dar acesso à saúde, beleza e bem estar para que as pessoas vivam o seu melhor, faz parte de nossa missão. Estamos muito felizes em poder estar junto com a Hapvida nesse momento”, diz Diogo Sobrinho, Gerente Executivo de Operações da Extrafarma.

Esta é mais uma ação do clube de descontos (hapvida.com.br/clubedevantagens), que já conta com outros nomes importantes do setor farmacêutico, como: Pague Menos, Drogaria São Paulo, Drogasil, Drogaraia e Drogarias Pacheco.Os clientes do Clube de Vantagens têm acesso a medicamentos com descontos que podem chegar até 70% em mais de cinco mil lojas, em todo Brasil. O programa gratuito engloba serviços de saúde, beleza, viagens, alimentação, entretenimento, transportes, entre outros.Para saber mais sobre os benefícios e nossos parceiros, o cliente só precisa fazer login com o CPF e utilizar a mesma senha de acesso do portal hapvida.Sobre o Sistema HapvidaCom mais de 7,4 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como um dos maiores sistemas de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do RN Saúde, Medical, Grupo São José Saúde, Grupo Promed, Premium Saúde, além da operadora Hapvida e da healthtech Maida.

Atua com mais de 38 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais de 15 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 49 hospitais, 203 clínicas médicas, 49 prontos atendimentos, 176 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial.Sobre a ExtrafarmaHá 60 anos, a Extrafarma atua no mercado de varejo farmacêutico com o propósito de dar acesso a saúde e bem-estar para as pessoas viverem o seu melhor. Com cerca de 400 lojas e 6 mil colaboradores diretos, a rede conta com mais de 6 milhões de participantes em seu programa de fidelidade, o Clube Extrafarma.

Prefeitura dá início às atividades do Selo Unicef em Garanhuns

Primeiro evento será destinado aos adolescentes através do Núcleo de Cidadania de Adolescentes (Nuca). Momento conta com o apoio de diversas Secretarias
A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Comissão Intersetorial do Selo Unicef, dá início às atividades do Núcleo de Cidadania de Adolescentes (Nuca). O momento acontecerá nesta sexta-feira (28), a partir das 15h30, no Parque Euclides Dourado e visa ouvir os jovens, promover debates de políticas públicas e discussões de temas como a promoção da igualdade de gênero, enfrentamento ao racismo e prevenção da gravidez na adolescência.
O evento conta com o apoio das Secretarias de Juventude, Esportes e Lazer e Assistência Social e Direitos Humanos.
A ação terá início na área externa do parque, com as apresentações culturais do Projeto Batuque e dança cultural das meninas da Comunidade Quilombola Estivas; após isso, os adolescentes seguirão para a Biblioteca Pública Municipal Luiz Brasil, para a elaboração do Plano de Participação Cidadã onde serão tratadas as iniciativas para trabalhar os temas propostos referentes ao Selo Unicef.Arte: Anderson Carlos

Sesc abre mais de mil vagas gratuitas para as EJA em PE

Por: Diario de Pernambuco

O Sesc Pernambuco está com matrículas abertas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Podem se inscrever pessoas com idades a partir dos 15 anos que, por algum motivo, não conseguiram concluir os estudos no período escolar regular. As vagas disponíveis são para as turmas da Alfabetização e do Ensino Fundamental 1º Módulo (2º e 3º Anos) e 2º Módulo (4º e 5º Anos). Cada módulo tem duração de seis meses, e a Alfabetização tem duração de um ano.

Serão oferecidas 1.052 vagas para as 42 turmas em 12 unidades: Araripina, Arcoverde e Bodocó, no Sertão; Belo Jardim, Buíque, Caruaru, Garanhuns e Surubim, no Agreste; e Goiana, São Lourenço da Mata, Piedade e Santo Amaro, na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata Norte.

As aulas estão previstas para começar no dia 7 de fevereiro, de forma presencial. As matrículas gratuitas são feitas nas Centrais de Relacionamento das unidades. Para a Educação de Jovens e Adultos não há cobrança de mensalidades.

Na inscrição, os interessados precisam apresentar o comprovante de residência, uma foto 3×4, Carteira de Identidade, CPF e o histórico escolar do período em que esteve na escola regular. As aulas acontecem de segunda a sexta. Na unidade de Goiana, o horário é das 17h às 21h e em São Lourenço da Mata, das 17h30 às 21h; na de Piedade, são dois turnos: das 8h às 12h e das 18h30 às 22h. Nas demais unidades pelo interior, as aulas vão das 18h30 às 22h.

Serviço: Matrículas para a EJA – Educação de Jovens e Adultos do Sesc em Pernambuco

Inscrições gratuitas nas Centrais de Relacionamento das unidades

-Sesc Ler Araripina – Rua Vereador José Barreto de Alencar, s/n – Centro

Informações: (87) 3873-0812/ 3090

-Sesc Arcoverde – Av. Cap. Arlindo Pacheco de Albuquerque, 364 – Centro

Informações: (87) 3821-0864

-Sesc Ler Belo Jardim – Av. Pedro Leite Cavalcanti, s/n – Cohab II

Informações: (81) 3726-1576

-Sesc Ler Bodocó – Rua Luzia Couto Lóssio de Alencar, s/n – São Francisco

Informações: (87) 3878-1724

-Sesc Ler Buíque – Rua Projetada, s/n – Frei Damião

Informações: (87) 3855-2230

-Sesc Caruaru – Av. Rui Limeira Rosal, s/n – Petrópolis

Informações: (81) 3721-3967

-Sesc Garanhuns – Rua Manoel Clemente, 136 – Centro

Informações: (87) 3761-2658

-Sesc Ler Goiana– Rua do Arame, s/n – Centro

Informações: (81) 3626-5961

-Sesc Piedade– Rua Goiana, s/n – Piedade, Jaboatão dos Guararapes

Informações: (81) 3361-2275/6465/0097

-Sesc Santo Amaro– Praça do Campo Santo, s/nº – Santo Amaro, Recife

Informações: (81) 3216-1713/1714/1715

-Sesc Ler São Lourenço da Mata– Av. das Pêras, 56 –Tiúma

Informações: (81) 3525-9033

-Sesc Ler Surubim – Rua Frei Ibiapina, s/n – São José

Informações: (81) 3634-5280

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Novo carregamento da vacina pediátrica da Pfizer chega ao Brasil

Chegou hoje (24) no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, interior paulista, um carregamento de 1,8 milhões de doses de vacina pediátrica contra a covid-19. É o terceiro lote enviado ao Brasil do imunizante da Pfizer destinado a aplicação em crianças.

A entrega de hoje estava prevista para ser realizada na próxima quinta-feira (27), porém foi antecipada pelo laboratório norte-americano. Já tinham sido enviadas 2,5 milhões de doses desde que a vacinação de crianças com idade entre 5 e 11 anos foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Até o fim de março, o governo federal espera receber 20 milhões de doses de vacinas pediátricas da Pfizer.

Na última sexta-feira (21), a vacina Coronavac também foi incluída pelo Ministério da Saúde no plano de imunização contra a covid-19 para crianças e adolescentes de 6 a 17 anos de idade. O governo federal está negociando os termos de compra com o Instituto Butantan, que produz o imunizante no Brasil em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.